Acne felina (foliculite felina)

Pedi ao dr. Carlos Gabriel, o veterinário especialista em gatos que entrevistei para o post “E as gatinhas, têm menopausa? (+ dúvidas sobre reprodução de gatos)”, para fazer um texto exclusivo para o Mãe de Cachorro falando um pouco sobre acne felina. Ao Gabriel, meus agradecimentos! O texto segue abaixo, boa leitura e fiquem de olho no problema!
 
Mais comum do que se imagina, porque seu surgimento quase sempre passa despercebido pelos humanos, a acne de gatos é o assunto desta vez. Começa com algumas feridinhas no queixo e, se não tratadas, evoluem para feridas maiores e que demoram mais tempo para serem tratadas. Se forem identificadas precocemente, o tratamento é tranquilo e com sucesso quase sempre garantido. Normalmente são mais difíceis de serem inicialmente observadas em gatos com pelos longos ou semi-longos.
 
A pele dos gatos exibe glândulas que liberam substâncias que impermeabilizam a pele e o pelo e que, além disso, liberam odores específicos. Esses odores são importantes para a comunicação entre os gatos e até entre os gatos e os seus responsáveis. Os odores surgem através de uma secreção oleosa que é liberada principalmente nas patas, próximo das orelhas, na cauda e no queixo. Existem várias hipóteses para o surgimento da acne felina, que ocorre mais comumente nestas regiões onde existe maior quantidade de glândulas. Uma produção exagerada de secreção pode “entupir” as glândulas, a quantidade de secreção pode aumentar a proliferação de bactérias no local e as alterações nas glândulas podem causar coceiras que aumentam a chance de feridas e infecções. Mas existem outras hipóteses relacionadas ao surgimento da acne felina. Alergia ao pote plástico de comida e água, baixa de imunidade ou acumulo de comida e água no queixo do gato.
 

Dicas para minimizar a ocorrência da acne felina:

  • Examine com freqüência o queixo dos gatos, principalmente aqueles de pêlos longos.
  • Mantenha os pelos dos queixos limpos e curtos, para evitar acúmulo de alimento e água.
  • Evite vasilhas de plástico se o gato apresentar sintomas de acne felina. (Leia o post “Onde seu filho peludo come e bebe?” para saber mais sobre as melhores opções de comedouro e bebedouro para cães e gatos)
  • Gatos idosos podem perder o hábito de se higienizar mais satisfatoriamente e, assim, podem estar mais predispostos a desenvolver a acne felina.

Bem, não perca tempo ao notar alguma ferida no queixo ou nos lábios do seu gato. Leve-o ao veterinário imediatamente.
Até a próxima!
Carlos Gabriel A. Dias MV MSc PhD – Médico Veterinário-CRMV 4897-RJ

www.clinicaparagatos.blogspot.com

3 comentários em “Acne felina (foliculite felina)

  • 16 de maio de 2012 em 15:20
    Permalink

    boa tarde verifiquei que o meu gato mais novo tem algues pontos preto na regiao da boca poderia ser acne felina ?

    • 17 de maio de 2012 em 17:51
      Permalink

      Só mostrando a um veterinário para saber, mas você pode fazer as mudanças mesmo que não seja, né? Potes de água e comida, só de vidro, cerâmica ou inox!

  • 4 de julho de 2011 em 19:34
    Permalink

    Gostaria de saber se a acne felina é contagiosa. Pq tenho 10 gatos e verifico que apenas 03 possuem a acne felina.

    Grata,
    Flávia.
    Salvador /Ba
    email:flaviaquesada@uol.com.br

    email:

Fechado para comentários.