• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Listas de veterinários

  • Receba os posts por e-mail:

    A renda obtida com a venda do calendário que ilustra cachorros vira-lata e adotados já custeou a castração de quase oito mil cães e gatos. Conheça este projeto social que ajuda a mudar a realidade do Brasil desde 2009. Calendário No dia quatro deste mês, foi lançada a edição 2016 do Calendário Celebridade Vira-Lata, em São Paulo. O sonho de criar um projeto voltado para cães e gatos sem raça definida (SRD) nasceu em 2009. Apaixonados por animais se reuniram em torno de uma causa: jogar um foco de luz sobre os queridos vira-latas que habitam as ruas, praças e lares deste país. Esse amor e a vontade de mudar as perspectivas dos animais abandonados foram o impulso para a criação do Calendário Celebridade Vira-lata. Projeto Com renda destinada à realização de mutirões de castração de cães e gatos carentes, em sete anos de existência as vendas do calendário já patrocinaram a castração de mais de 5.100 animais diretamente e mais de 7.200, quando considerados os apadrinhamentos – o que significa mais saúde tanto para eles quanto para a sociedade, além de milhões de animais a menos nas ruas ao longo dos anos. Por meio das exposições das fotos dos cães que ilustram os calendários anuais, mais de 200.000 pessoas foram alcançadas em programas de conscientização. As palestras educacionais sobre a causa dos animais domésticos promovidas pelo Celebridade Vira-Lata já atenderam mais de 2.000 pessoas. Continue a ler clicando aqui.

    Calendário Celebridade Vira-lata de 2016 conta com a participação de dois cães de Florianópolis!

    Soluço canino O soluço é um fenômeno reflexo que se manifesta por contração espasmódica e involuntária do diafragma, através do qual o ar expulso é eliminado juntamente com um ruído característico. O soluço em si nunca deve ser um motivo de preocupação, no entanto, se ocorrerem crises muito longas com mais de uma hora de duração, o médico veterinário deverá ser consultado. Possíveis causas Os quadros de soluço são frequentes em filhotes de cães e podem ser causados em função da ingestão de alimentos ou líquidos de forma rápida, especialmente em animais ansiosos, onde normalmente a rapidez da ingestão acaba pré-dispondo ao sintoma. As crises de soluço, ao que se sabe, podem ser desencadeadas através de situações de cansaço extremo ou estresse. Clique aqui para continuar a ler a coluna.

    Tudo sobre soluço canino.

    A chegada de uma criança à família deve ser melhor planejada quando há um animal de estimação. Pequenas mudanças de atitude podem facilitar a guarda responsável dos peludos. Planejamento Quando você estiver sem dormir e tendo que cuidar de um bebê, a última coisa da qual precisará é se preocupar com qualquer coisa além dele e de você. Não planejar com antecedência as necessidades dos animais de estimação após o nascimento da criança faz com muitas famílias se desfaçam deles. Levar o cão ou gato para o checkup anual no veterinário e estocar ração, tapetes higiênicos e remédios que ele utiliza são ações que devem ser tomadas antes do parto. Guardar alguns brinquedos novos para ele se distrair nos longos períodos sem atenção que virão também ajudará a manter toda a família mais calma. Anjos São infindáveis os relatos de cães e gatos que salvam vidas de crianças, de adultos e de idosos chamando a atenção de outras pessoas quando algo de ruim acontece sem que ninguém perceba a tempo. Quanto mais integrado à rotina familiar, tendo acesso ao interior da casa, mais calmo o animal será. Cães que ficam isolados no quintal, ou presos em sacadas e áreas de serviço, além de estarem sofrendo maus-tratos, ficam ansiosos e desesperados por atenção e afeto. Deixar que seu peludo realmente seja parte da família pode salvar a vida do seu filho, literalmente. Continue a ler clicando aqui.

    Sete dicas para tratar bem seu bichinho de estimação após ter um filho

    A dermatite alérgica à picada de pulgas, ou DAP, é uma reação à saliva do parasita e muitas vezes não é devidamente tratada, pois não ser corretamente diagnosticada. Alergia A verdadeira causa da alergia a pulga é a reação alérgica do cão ou do gato à saliva da picada, cuja reação causa um edema local com coceira, pápulas, crostas e graus variáveis de perda de pelo. As lesões podem ser generalizadas e são mais frequentes na cabeça, no pescoço e na região da base da cauda, sendo esta última a mais comum em cães. Seu cachorro tem perda de pelo do começo do rabo até quase a metade das costas? Pode ser que ele seja alérgico a pulgas! Continue a ler clicando aqui.

    Aprenda a reconhecer os sinais da alergia a pulgas no seu cachorro ou gato.

    A erva do gato deve ser plantada em vasos que possam ser recolhidos, pois não deve ser exposta constantemente aos bichanos, que podem ficar imunes a seus benefícios. Erva do gato Ter gatos e desconhecer a erva do gato, é algo bastante improvável nos dias de hoje. Mas mesmo quem a conhece, não necessariamente sabe o que ela é, ou como afeta o comportamento dos felinos. A nepetalactona é um óleo existente nas folhas, flores, caules do catnip, erva medicinal muito popular nos Estados Unidos produzida às centenas de toneladas. É a essa substância que os gatos reagem quando em contato direto com a erva, que pode ser plantada em casa, ou com brinquedos recheados com ela. Continue a ler clicando aqui.

    Como o catnip, ou erva do gato, afeta nossos bichanos de estimação?

    Conheça as diferenças entre criador e fabricante de filhotes. Raça Mais uma coluna sobre venda de filhotes… Dessa vez, o que me motivou a voltar ao assunto foi o relato de uma amiga que acabou de adotar um filhote de Shar-pei, o cão que virou moda no Brasil depois da música do famoso cãozinho Xuxo. E, como toda raça que vira modismo, este cão chinês, que demanda cuidados específicos de saúde que poucas pessoas estão dispostas a dar, virou objeto de desejo, sendo prontamente vendido como mercadoria pelos sempre atentos fabricantes de filhotes. Com isso, as procriações sem critério só contribuem para que a “pureza” da raça exista mais na aparência do cão do que no que realmente é esperado dela em termos de temperamento e de saúde. Continue a ler clicando aqui.

    Quer comprar um filhote de cachorro ou de gato? Antes, leia a coluna de hoje.

    Quer ver a cachorrada por todos os lados? Você pode fazer a diferença na construção dessa realidade de aceitação! Aceitação Quem ama cães e já visitou países com uma tradição de maior aceitação à presença deles em locais públicos sempre volta ao Brasil se perguntando “Por que aqui não é assim também?”. Afinal, se somos o segundo maior mercado pet do mundo, por que nossos cães ainda são aceitos em tão poucos lugares? Como ainda há locais onde até mesmo deficientes visuais são impedidos de frequentar com seus cães de serviço, ainda que tais absurdos sejam hoje amplamente denunciados? Continue a ler clicando aqui.

    Por que o Brasil ainda não aceita a presença de cães tanto quanto outros países?

    A coluna de hoje traz dicas para ajudar seu amigo de patas a lidar com o problema. Pânico O pavor de trovões e de fogos de artifício em cães causa acidentes, fugas e mortes rotineiramente. Cães com sinais da fobia podem se esconder, urinar e/ou defecar por medo, salivar e/ou ofegar em excesso, tremer, chorar e tentar maneiras desesperadas e absurdas de fuga. Conheça algumas dicas na coluna de hoje para ajudar a lidar com o problema. Continue a ler clicando aqui.

    Seu cachorro tem medo do barulho de trovões e de fogos de artifício?

    Piometra Existe uma doença silenciosa que ataca cadelas e gatas não castradas, a piometra. Os sintomas não são fáceis de reconhecer e, quando ficam muito evidentes, pode ser tarde. Felizmente, com o aumento de conscientização das pessoas, mais e mais animais estão sendo castrados, evitando que as fêmeas sofram os horrores provocados por essa doença. Quando não tratada com rapidez, a doença termina em morte lenta e dolorosa. A única prevenção possível é a castração, cirurgia que remove útero, trompas, ovários e também, de quebra, todas as doenças que poderiam acometer tais órgãos. Castração é sinônimo de saúde e de consciência social! Desequilíbrio A partir de um desequilíbrio hormonal as fêmeas não castradas passam a produzir progesterona, um hormônio sexual feminino, em excesso. Em paralelo, também podem ocorrer alterações nas células da mucosa uterina. Depois… continue a ler clicando na imagem, ou aqui.

    Piometra: conheça essa doença cada vez mais comum que afeta cadelas e gatas não castradas.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados