• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    A coluna de Natal deste ano está um pouco diferente. Para ler sobre cuidados com os peludos durante as festas de final de ano, acesse os textos recomendados no fim do texto. Então é Natal… Este ano não falarei sobre comidas da ceia que fazem mal para os cães, ou dos cuidados com fogos de artifício e prevenção de fugas. Quem quiser ler sobre esses e outros assuntos pode acessar as colunas de outros finais de ano. Hoje quero conversar sobre o real significado do dia 25 de dezembro, o aniversário de Jesus Cristo. Alguém cujos relatos contam que viveu por apenas 33 anos, mas que teve uma importância tão grande que o mundo computa o passar dos anos em antes e após seu nascimento. Continue a ler clicando aqui.

    Feliz Natal: Uma coluna Mãe de Cachorro sobre o Natal diferente de todas as outras…

    Cresce o número de locais que aceitam a presença de cachorros, mas é preciso educá-los para conviver em sociedade. Aprenda como na coluna de hoje. Parques caninos Por iniciativa dos moradores e de associações de bairro, Florianópolis já tem alguns espaços específicos onde cães podem brincar soltos. Alguns locais já são inclusive cercados e contam como bebedouros, lixeiras, sacolas para recolhimento de fezes e bancos. Para que tais espaços, cada vez mais necessários, cresçam em número e sejam finalmente incorporados à vida da cidade, é preciso que seus frequentadores – pessoas e animais – sejam educados e saibam conviver em sociedade. Para os cães, o processo de educação para o convívio em sociedade é chamado de socialização. Continue a ler clicando aqui.

    Como socializar cães para o convívio em sociedade?

      Conheça alguns motivos para não presentear crianças com filhotes de cães e gatos, especialmente no Natal. Presente Datas festivas trazem a opção de presentear crianças com filhotes de animais, mais comumente de cães ou de gatos. E em dezembro, para o bem, ou mal, muitas vezes lá vem o Papai Noel com um filhotinho nos braços. Apesar de serem pacotinhos de amor, animais jamais devem ser presente, muito menos para crianças, menos ainda para as muito pequenas. A entrada de um bicho na família deve ser programada pelos adultos que efetivamente serão responsáveis por ele. Se essa programação acontecer previamente, daí sim a ocasião da apresentação do novo membro à família poderia ocorrer em uma data festiva. Continue a ler clicando aqui.  

    Natal chegando e… filhotes não são presente!

    A coluna de hoje é minha declaração de amor aos vira-latas e por tudo o que representam para os seres humanos em termos de aceitação das diferenças e de amor incondicional. Vira-latas No Brasil, vira-latas é o cachorro ou gato sem raça definida, aquele que a gente não sabe dizer o que é, além de “um cachorro”, ou “um gato”. A coluna de hoje é minha declaração de amor aos vira-latas e por tudo o que representam para os seres humanos em termos de aceitação das diferenças e de amor incondicional. Espero que vocês também tenham a felicidade de conviver e de aprender com esses peludos especiais! Continue a ler clicando aqui.

    Somos todos vira-latas! Uma declaração de amor a esses peludos especiais

    O querido cãozinho volta a ser ajudante de Papai Noel em um fim de semana recheado de bons eventos voltados à ajuda de cães e gatos em necessidade na Grande Florianópolis. Au-au Noel Este ano, Darci, o vira-latas mais famoso de Santa Catarina, volta a ser ajudante do Papai Noel no Iguatemi de Florianópolis. O peludo participará do atendimento às crianças que visitam o estabelecimento para conversar com o Noel, das 18h às 20h dos dias 27 de novembro (esta sexta-feira) e 4 e 11 de dezembro. Quem doar ração para cães e gatos, a ser destinada para os animais assistidos pelo Instituto é o Bicho, ganhará um “AUtógrafo” do pet mais querido da cidade.  Continue a ler clicando aqui.

    Confira o lançamento da campanha Gesto de Amor e ganhe um “AUtógrafo” do vira-latas Darci.

    Especialistas recomendam que os pais sejam honestos com as crianças e que usem uma linguagem clara e apropriada à faixa etária para explicar o acontecimento. Respeito Os laços de amizade entre crianças e animais de estimação podem ser muito fortes e quando são quebrados pela realidade do ciclo natural da vida, que culmina na morte, o rompimento pode ser especialmente dramático para as crianças. Muitas vezes, é o primeiro contato de uma criança com a morte, podendo ser doloroso e confuso. Continue a ler clicando aqui.

    Como ajudar as crianças a lidar com a morte do animal de estimação da família?

    Gato preto Hoje é sexta-feira 13, um dia que seria como outro qualquer, caso em nosso país não existisse a superstição de que cruzar com um gato em nosso caminho, especialmente em uma sexta-feira 13, seja um sinal de má sorte. Infelizmente, para muitas pessoas a data é uma oportunidade para maltratar animais. Por isso, atenção protetores de gatos que praticam a doação responsável: não doem gatinhos inteiramente pretos ou brancos próximo à data, pois costumam ser usados em rituais de magia. O mesmo vale para sextas-feiras de lua cheia. Parece um cuidado absurdo mas, acreditem, não é. Muitos animais ainda são mortos em rituais e sacrifícios. Continue a ler clicando aqui.  

    Gato preto: sorte de quem tem.

    Ano passado, na festa de lançamento da edição 2015 do calendário Celebridade Vira-Lata, conheci uma das estrelas, o fofíssimo Cupcake. À primeira vista, o cãozinho, um talvez poodle ‘puro’, talvez mestiço, poderia levar alguém a perguntar “Mas o quê este poodle está fazendo em um calendário de cães sem raça definida?”. Mas Cuppie, seu apelido carinhoso, se destacava por algo de impacto muito maior do que sua carinha de cachorro “de raça”: uma energia contagiante em cima de duas patas! E duas patas de um mesmo lado do corpo, o que faz com que qualquer pessoa que ouça falar dele sem ver fotos ou vídeos, duvide seriamente de quem está contando que essa riqueza mimosa é uma prova viva de que todos os animais merecem e querem viver. Meus parabéns à Estrela e à família dela, adotantes e anjos na vida do Cupcake, e a todos os que adotam cães e gatos adultos, ou especiais, a razão de ser da seção Finais Felizes! Sigam o trabalho educativo lindo que o Cupcake faz nas redes sociais: Página no Facebook: https://www.facebook.com/cupcakedogy Instagram: @cupcakedogy De: “contato@petreal.com.br” <contato@petreal.com.br> Para: Mae de Cachorro <maedecachorro@yahoo.com> Enviadas: Quarta-feira, 5 de Agosto de 2015 11:56 Assunto: Re: Cupcake Oi Ana!    Vamos lá!  Cupcake foi encontrado nas ruas de São Paulo quase sem vida,  sujo, desnutrido e com as patinhas do lado direito – dianteira e traseira –  dilaceradas, provavelmente em decorrência de um atropelamento. Como ele não tinha dono, e acreditavam que ele não teria qualidade de vida, seria sacrificado. Eu fiquei sabendo do caso por meio de uma colega de profissão e assumi a adoção naquele momento. Suas patinhas foram amputadas e eu o trouxe para casa quatro dias após a cirurgia. Minha filha de nove anos escolheu seu nome, Cupcake. A recuperação não foi fácil, eu ficava 24 horas por dia cuidandando dele, tinha que dar água com uma […]

    Finais Felizes: Cupcake, o cachorrinho de duas patas!

    8 de novembro de 2015Destaques, Finais Felizes

    Perseguir ou morder obsessivamente a própria cauda é sinal de que há algo de errado com a saúde do cachorro! Mordendo o rabo Quando um cachorro inicia comportamentos repetitivos ou destrutivos, ficamos preocupados, mas muitos não se importam ao ver um cão perseguir a própria cauda. Mas quando esse comportamento passa a ser um hábito e quando este leva o cão a morder/mastigar a própria cauda, é hora de prestar atenção. Não entender um comportamento de seu cão não significa que ele seja inocente ou sem fundamento. Continue a ler clicando aqui.

    Entenda por que os cães correm atrás do próprio rabo

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados