• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Ai, ai… Respiro fundo, me ajeito melhor na cama (não é mordomia, estou moída de gripe ou coisa que o valha) e penso “Por onde começar a contar toda a experiência que foi trazer o workshop do projeto Vira-Latas a Floripa?”. Acho que nada mais justo do que iniciar agradecendo. Aparentemente, parece simples organizar um evento onde basicamente há um palestrante e uma audiência. Mas não é, logo, a lista de agradecimentos não é pequena. Em primeiro lugar, agradeço ao Tiago Ferigoli, que aceitou vir a Floripa sem receber nada, disponibilizou dois dias inteiros de sua corrida agenda e desde o começo dos nossos contatos demonstrou ser uma pessoa extremamente educada, batalhadora e disponível. Foram dias e mais dias de contato intenso, troca de mensagens, telefonemas, e-mails, arquivos, informações, tudo sem hora para começar ou terminar. Planejávamos fazer muito mais do que a palestra. Infelizmente não tivemos verbas nem tempo. (A partir de agora os agradecimentos vão em meu nome e no do Tiago); Depois, agradeço ao vice-presidente da RIC Record SC, Marcello Petrelli, que autorizou o patrocínio da RIC e do jornal Notícias do Dia; Também não vou esquecer das equipes da RIC e do Notícias que deram uma super força com a divulgação através de matérias no jornal e no programa Ver Mais; Em seguida pulo pra minha querida UFSC, onde fui muito bem recebida e atendida pela equipe da Pró-Reitoria de Cultura e Eventos, pela Rogéria e Cláudia Reis da AGECOM e pelos meus queridíssimos ex-companheiros de trabalho no NPD, Márcio Clemes, Jaime e João Batista; À amiga Gabrielli que fez as fotos, obrigada! Aos queridos Gilvan e Maricota que foram atrás das pilhas no fim não usadas… Muito obrigada!; Também ficam registrados os agradecimentos à equipe do auditório da Reitoria e à querida aluna de jornalismo […]

    Vira-Latas: os verdadeiros cães de raça – Um workshop, várias lições.

    A vida é mesmo imprevisível. E o poder da internet colabora para que a palavra ‘imprevisível’ tome um sentido ainda mais literal… Além disso, há coisas que nos acontecem ou que sentimos e que muitas vezes nos fazem pensar “Como assim?” e na maioria delas, simplesmente não há explicação. Quando eu imaginaria que criaria laços tão profundos com Sampa City, uma cidade que sempre admirei demais, mas que, querendo ou não, até pouco tempo era apenas um destino turístico que me agradava?? Jamais! Hoje, tenho nada menos de uma lista considerável de amigos e conhecidos queridos e especiais para visitar, pessoas daqui e dali, que de uma maneira e de outra estão todas morando na famosa “terra da garoa”, mas que pra mim está a cada dia mais se transformando em “terra da amizade”. Em homenagem a todos eles e também a todas as pessoas verdadeiramente especiais e queridas que conheci através do Mãe de Cachorro, deixo um texto que recebi da Mircea, uma das primeiras leitoras que viraram referência no meu caminhar. Com todo carinho possível, aí vai! Amizades são feitas de pedacinhos. Pedacinhos de tempo que vivemos com cada pessoa. Não importa a quantidade de tempo que passamos com cada amigo, mas a qualidade do tempo que vivemos com cada pessoa. Cinco minutos podem ter uma importância muito maior do que um dia inteiro. Assim, há amizades que são feitas de risos e dores compartilhados; outras de escola; outras de saídas, cinemas, diversões; há ainda aquelas que nascem e a gente nem sabe de quê, mas que estão presentes. Talvez essas sejam feitas de silêncios compreendidos, ou de simpatia mútua sem explicação. Hoje em dia, muitas amizades são feitas só de e-mails e essas não são menos importantes. São as famosas ‘amizades virtuais.’ Diferentes até, mas não menos  […]

    Terra da garoa? Pra mim tem sido a "terra de pessoas especiais"…

    “Uma mãe entende mesmo o que um filho não diz.” (Provérbio Judeu) Queridas mamães, é com muito carinho que trago dois presentes de dia das mães pra todas nós. O primeiro, é a indicação de um dos deliciosos textos da Carina querida, lá do Comédias da Vida Canina, o “Porque mãe de cachorro também é mãe“. Impossível não se identificar e curtir muito a maneira divertida como ela escreve. E o segundo presente… Bem, foi pensado com antecedência e ficou guardadinho para ser publicado hoje, em homenagem a todas vocês! É uma entrevista exclusiva respondida prontamente, de maneira muito atenciosa por Tiago Ferigoli, “aquele moço” do lindo projeto Vira-Latas, o verdadeiro cão de raça. Mãe de Cachorro: Quem é Tiago Ferigoli, o homem por trás do Projeto Vira-Latas? Tiago Ferigoli: Um publicitário em busca da comunicação com conteúdo. Uma pessoa que procura deixar algo de significativo para o mundo através do seu trabalho. Que leva a sério aquilo que faz. Nascido em meio a uma família de artistas, desde cedo teve lápis e papel nas mãos. Os primeiros trabalhos, ainda na adolescência, foram o de Ilustrador para periódicos em sua cidade natal. Então, logo em seguida, veio a informática e a Internet, e com elas o interesse pela tecnologia ligada à criação. As inúmeras, para não dizer infinitas, possibilidades de se explorar o uso da imagem e do som, nos mais variados Meios de Comunicação. Explorar, experimentar, desafiar, criar. Trabalhar horas a fio em busca daquele “segundo perfeito”. MDC: Como começou sua relação pessoal com os cães? TF: A minha relação com cães vem desde criança. Na minha família sempre tivemos cães. O cão sem dúvida alguma é um grande companheiro. MDC: Assistindo ao making of do filme entendi que você descobriu o vira-lata durante o processo de fotografar o […]

    Especial Dia das Mães! Entrevista exclusiva com Tiago Ferigoli, o diretor do filme e autor do livro Vira-Latas: o verdadeiro cão de raça.

    Não gosto de radicalismos. Ponto. Nada é exatamente preto ou branco. Os conceitos de certo e errado são totalmente discutíveis e não passam disso mesmo, conceitos. E acredito em educação e boas maneiras acima de tudo. Não estou dizendo aqui que eu seja exemplo de alguma coisa. Apenas acho que respeito é bom e que na mesma medida em que gostamos de ser respeitados, também deveríamos respeitar. Por exemplo, se recebo uma visita que não convive com cães ou que diz abertamente que não fica confortável perto deles, não saio achando que a pessoa boa coisa não é, que não presta, e nem muito menos que ela tem a obrigação de ganhar um beijo na boca do Shoyo e achar legal, só porque está em nossa casa. Amo cães, mas isto não me exclui da vida em sociedade ou muito menos me faz ter raiva de gente só porque vejo incontáveis humanos praticando barbaridades contra estes seres que amo tanto [e outros mais]. Quando explico às pessoas sobre o blog, digo que defendo o Amor e o respeito à Vida. Porque no dia em que uma pessoa conseguir olhar nos olhos de um “simples” animal e enxergar nele um irmão, uma Vida a ser respeitada, com toda certeza amará também a seu próximo. É minha maneira de ilustrar às pessoas que não entendem meu trabalho voluntário como o Amor aos animais nos torna, na teoria!, pessoas melhores. Mas hoje me caiu a ficha de que vejo tanta e tanta gente que diz amar horrores aos animais, mas que nutre um profundo desprezo e uma imensa raiva por sua própria espécie. Então, que capacidade de Amor é esta? Como queremos explicar que defendemos que uma pessoa não pode surrar e maltratar um cão porque amanhã ou depois ela surrará e maltratará uma criança, […]

    Cães educados e socializados tornam as pessoas mais abertas a tê-los por perto.

    “Feliz aquele que transfere o que sabe e aprende o que ensina.” (Cora Coralina) “Quando não há, entre os homens, liberdade de pensamento, não há liberdade.” (Voltaire) O ser humano tem muitas manias irritantes. Uma delas é a de se achar no direito de julgar a tudo e a todos. Outra, é a falta de tolerância. Querer que as pessoas vivam segundo seus princípios também está na lista… Mais uma, é a estreiteza de pensamento. E também não podemos deixar de fora a falta de equilíbrio e de inteligência emocional, que parece até ser moda ultimamente.Vejo as pessoas achando um absurdo o fundamentalista que vira homem-bomba, mas na verdade tem muita que vive a explodir bombas diárias de pura ignorância e grosseria nos outros…Uma amiga minha quer adotar um cão. Não faz questão do sexo, não faz questão da idade, não faz nem questão da aparência. Mas por viver em apartamento com o marido, precisa de um cão pequeno e faz questão que ele tenha um temperamento que verdadeiramente não o faça sofrer ao passar o dia sozinho. Como ela não entende absolutamente nada de adoção e quetais, me pediu ajuda para encontrar seu filho peludo, aquele que será seu primeiro filho na vida (até agora só foi irmã e tia de cachorro) e que decidiu adotar justamente por conhecer meu trabalho e se inteirar das vantagens da adoção, principalmente em termos de responsabilidade social. A frase que ela usou foi exatamente esta “Não me sentiria bem comprando com tantos precisando de um lar“. Pois bem, mandei um e-mail para vários dos meus contatos em São Paulo, a cidade onde minha amiga fixou residência. Nele, dizia que o casal estava procurando para adotar um lhasa, um shihtzu ou um SRD com temperamento e energia parecidos com os dessas ruas raças, […]

    "Preconceito às avessas" ou "Conscientização é um prato que se come frio…"

    Fotos das ‘acomodações’ de um comerciante explorador de gatos persa que foi denunciado através de Boletim de Ocorrência à Diretoria do Bem-Estar Animal de Florianópolis.22 gatos persas, entre adultos e filhotes, e uma cadela pinscher foram resgatados, serão castrados esta semana e estarão disponíveis para adoção.Para adotar os gatos, ligue em horário comercial para (48) 3237-6890 A foto que ilustra o cartaz abaixo é do mesmo local das fotos acima. Clique nas imagens para ampliá-las.Copie o cartaz e o divulgue, muito! Sabe quando você passa em frente à vitrine daquela petshop linda, colorida e que sempre tem filhotes fofos de cães e gatos à venda?Sabe quando você abre os classificados dos jornais ou acessa sites de vendas de produtos e encontra anúncios e mais anúncios de venda de animais e outros nojentos, do tipo “Compro ninhadas de filhotes de cães e gatos”?Sabe quando você vai a feiras de filhotes, tão bem montadas, com veterinário presente, com alvará municipal para funcionamento etc.?Sabe quando você sai para passear com a família e encontra aquele casal simpático, e articulado vendendo filhotes de cães no porta malas do carro ou em caixas e grades sobre a grama? Então agora olhe bem as fotos e o cartaz que ilustram este post, pois eles mostram apenas um dos inúmeros casos de exploração de animais de estimação, subjugados e tratados como verdadeiras fábricas de dinheiro e tenha absoluta certeza de que por trás de tanta fofurice, de tanta pretensão de estar fazendo um ‘bom negócio’, há crueldade, desrespeito e muiiiito, muito sofrimento animal. Quer comprar um cão ou gato? Então, antes de mais nada, vá pesquisar sobre a raça para poder saber se a pessoa que a cria realmente a conhece, estuda e aprimora, vá pesquisar depois com muito critério os que se dizem criadores da mesma, […]

    Fazendas de filhotes: elas estão mais perto do que você imagina

    Temos a ingenuidade de achar que os que criticam quem ajuda animais são pessoas que nada fazem, que não ajudam a nada nem a ninguém. Mas na verdade, cada vez mais percebo que criticar o próximo é algo tão intrínseco ao ser humano quanto respirar. Tenho visto cada vez mais uma lógica do tipo “Penso, logo existo, e quem não pensa ou age como eu, está errado“. Tem muita gente que batalha muito por causas nobres, mas que ainda assim tem tempo e energia para olhar em volta e apontar dedos dizendo “Você não está fazendo como eu, portanto, você não merece sequer respeito“. É impressionante constatar como conseguem esquecer que cada pessoa que está fazendo algo em prol de um mesmo fim, faz parte do processo. Como uma imensa rede de fios que se cruzam para formar um tapete colorido, por exemplo. Cada um tem sua cor, sua textura, mas sozinhos, seriam apenas novelos de linhas… Somente unidos e direcionados formarão o tapete final. 2009 foi um ano de sofrimentos reais, mas também foi um ano em que ouvi besteiras imensas, estúpidas e descabidas. Coisas do tipo “A Ana Corina está querendo roubar a Cão Terapia” ou “A Ana Corina não faz nada pelos bichos além de escrever e aparecer” ou ainda “A Ana Corina ganha dinheiro com os animais“. O que as pessoas esquecem, é de se informar devidamente e usar um pouco da inteligência que o mínimo de cérebro deveria lhes garantir. Está tudo aqui no blog, tudo bem dito, documentado e só não entende, quem, literalmente, não quer (e é óbvio que não vão entender este post também, hehe). Essa de eu querer tomar a autoria da Cão Terapia foi a grande piada de 2009. Primeiro porque sempre ficou muito bem dito aqui como o projeto […]

    Especialistas em Vida Alheia ou O Submundo da Proteção Animal

    Vocês acham que sempre quero vir pra internet fazer o blog? Claro que não! Amo ler, amo brincar com meus filhos, amo estar quietinha, amo sair com os amigos e todas estas coisas muitas vezes eu deixo de fazer para estar aqui, sentada, pesquisando, fuçando, buscando material para fazer do blog um lugar de aprendizado. Primeiro, e sempre, aprendizado pra mim, porque a cada dia que passa vejo como devemos estar sempre abertos para o novo e o quanto estudar é importante. Depois, claro, para quem me lê. O triste é que algumas vezes, muitas mais do que eu gostaria, os assuntos tratados não são agradáveis. Mas o mundo não é uma injeção de fluoxetina na veia, todo colorido em cores pastéis. Nesta última semana, fiquei chocada com a maldade humana que presenciei lendo sobre o cão que foi levado para morte no CCZ só porque mordeu a esposa do seu dono. E aqui é dono mesmo, não é tutor, não é pai, não é amigo. É dono no sentido mais estrito de “proprietário”, porque só alguém com uma mentalidade assim, de possuidor de um objeto, para dar a um animal um fim tão triste e macabro. O pior: o cão não era de grande porte, a esposa ‘ferida’ não levou pontos, não foi nenhum ataque dramático e sanguinário, enfim, não havia sequer nenhuma desculpa mais forte para que pudéssemos ao menos tentar pensar que talvez as pessoas envolvidas nesta crueldade pudessem ter algum argumento. De sangue realmente derramado nesta história, só o do pobre cão. Pior do que este fato isolado, foi ver uma outra pessoa escrevendo um texto em defesa e outras ainda, comentando e apoiando. Daí você é obrigado a parar e a pensar: “Pra onde vai a humanidade se há gente com esse tipo de mentalidade?“. […]

    Altos e baixos da vida…

    Mais uma vez, não tenho palavras para agradecer o imenso carinho que recebo de leitores do mundo inteiro. São pessoas que muitas vezes estão sofrendo algo parecido com o que relato no blog, ou estão apenas felizes de conhecer um espaço onde podem simplesmente sentir-se “em casa” em meio a outras pessoas que amam os animais. Querida Luciana, meus mais sinceros agradecimentos pela linda mensagem e pela autorização para eu publicá-la juntamente com teu e-mail. Grande beijo! From: MANIA DE CÃOTo: anacorina@maedecachorro.com.brSent: Monday, September 21, 2009 9:59:09 PMSubject: Mensagem de São Francisco de Assis Ana, Boa Noite Senti vontade de poder compartilhar um pouquinho com você esta dor que parece não ter fim. Também sou mãe de cachorros, e já chorei e choro muito pelos meus peludos. Uma amiga em um momento especial em minha vida me enviou este recado de Francisco , nunca mais deixei de ler, e quando alguem está triste sempre envio. Sempre acompanho seu blog, e digo você nunca estará só, pois mesmo à distância as pessoas torcem muito por você e por esta causa que você tanto batalha… Fique com Deus Luciana Farah RECADO DE SÃO FRANCISCO DE ASSIS “Sei que lágrimas de dor vertes agora dos teus olhos, dia em que teu cão se foi, e se afastou de ti e se aproximou de Deus. Todavia, dou-te uma nota feliz neste dia tão triste: jamais Deus teria sido injusto com os animais! Por isso, não importa quem está nascendo ou morrendo, há sempre alguem chamando por ti; então VIVA! Agora mesmo, neste exato instante em que choras, teu anjo amado segue e evolui…Brilha na imensidão do espaço e volta, manso e feliz ao aconchego das almas! Com tua mania racional, teimas em duvidar, mas nada importa, senão continuar a VIVER! As hostes dos Anjos […]

    Linda mensagem pra todos nós…

    16 de outubro de 2009Textos favoritos
  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados