• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Lembrando que o Neem é inseticida e repelente, ou seja: repele e mata! Para comprar, clique aqui. Repel-Neem Sachets Produto orgânico, certificado pela Control Union. Produto único, desenvolvido a base de neem indiano e andiroba, para uso doméstico, com alto poder de repelência de inseto e longa duração. Repele muriçocas, baratas, moscas, formigas, traças e uma infinidade de insetos. Aplicação: Retirar a capa da fita adesiva e colar 1 sachet para cada ambiente da residencia (1 para cada 30m²) sempre em lugares baixos (logo acima do rodapé, em baixo de camas e mesas e dentro dos armários). Não Tóxico Apresentação: Caixa com 5 Sachets prontos para uso. Eficaz contra mais de 400 tipos de insetos, inclusive o mosquito da DENGUE. Fonte: http://www.preservamundi.com.br/repel_sachets.html Outros produtos de Neem da mesma marca: http://www.preservamundi.com.br/produtos_neem.html Atenção: há diversas alternativas de prevenção. Algumas exigem bastante cuidado porque são tóxicas (coleira de deltametrina, gotas de cipermetrina, gotas de produtos para cães contra pulgas etc.) e outras são naturais, mas exigem aplicação diária.  Por favor, estudem com atenção todo o material disponibilizado no índice dos posts sobre leishmaniose visceral aqui no blog ! Lembrando: NÃO use nenhum medicamento sem orientação médico-veterinária! Tudo que cito aqui no blog serve de referência para que os leitores conversem com veterinários de confiança. NÃO façam “consultas” com balconistas, vendedores ou qualquer outra pessoa que não esteja inscrita no CRMV de seu Estado como um médico veterinário formado.

    Sachets de Neem: bons contra carrapatos, pulgas, leishmaniose visceral e insetos.

    23 de setembro de 2010Leishmaniose, Produtos pet

    Clique para ampliar. Recebi da Denise Finotti, achei que poderia ser útil para alguém e repasso! Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Equipamentos para cães com limitações físicas

    12 de setembro de 2010Produtos pet

    Sempre digo às pessoas que peçam aos veterinários o princípio ativo dos remédios que receitam, assim elas podem escolher de qual laboratório comprar e muitas vezes é só uma questão de “grife” o que faz um mesmo princípio ativo ser tão mais caro em um laboratório do que em outro. Um exemplo simples? Vermífugos! Outro? Enrofloxacina. E tem mais: às vezes é possível dar ao animal o remédio para uso humano, geralmente mais barato. Só que esse tipo de informação acaba sendo “sabotada” por alguns motivos, entre eles: a) o local onde o veterinário trabalha revende apenas uma ou outra marca que trabalha com aquele princípio ativo, então ele indica o que tem lá para vender, não o princípio ativo e muito menos dá ao cliente a dica de que poderia comprar o mesmo medicamento em farmácia humana; b) os laboratórios formam “parcerias” com os veterinários, oferecendo vantagens caso eles indiquem/revendam apenas suas linhas de produtos remédios. Pois acabei de achar lá na página do Conselho Federal de Medicina Veterinária, enquanto lia para fazer o post anterior, uma notícia excelente: MEDICAMENTO GENÉRICO DE USO VETERINÁRIO ESTÁ PRÓXIMO. Leiam abaixo trechos da matéria que pode ser lida inteira clicando-se aqui. De acordo com o substitutivo aprovado, medicamento genérico de uso veterinário é aquele que contém os mesmos princípios ativos que o medicamento de referência de uso veterinário, com a mesma concentração, forma farmacêutica, via de administração, posologia e indicação terapêutica, podendo ser com este intercambiável. (…) O texto aprovado determina ainda prioridade para o medicamento genérico de uso veterinário nas aquisições do setor público e autoriza o Ministério da Agricultura a adotar medidas especiais relacionadas ao registro, à fabricação, à tributação e à distribuição com a finalidade de estimular o uso do genérico veterinário no país. E entendam os motivos de […]

    Genéricos na medicina veterinária? Parece que vai rolar, o que seria ótimo!

    10 de setembro de 2010Notícias, Produtos pet

      Ela não é muito comum aqui em Floripa ainda. O Bolt lindo tem a sua, a minha Moira amada tinha a dela, a Melzoca também tem. E o Thor, do Curtindo São Paulo Juntos, sempre aparece nas fotos e vídeos com a dele, todo lindão. Tudo isso pra falar que de tanto ver o Thor usando sua gentle leader, lembrei de um post que fiz faz tempo, em julho de 2008, o “Coleiras: já parou para pensar no assunto?“. Nele indiquei um texto bem legal sobre o assunto, e queria recomendar sua leitura novamente, porque é um tema importante e pra quem, como eu, já usou ou usa a gentle leader, é quase que libertador conhecer a coleira de cabeça. Pra mim, não tem opção melhor para conduzir cães que puxem muito ou que precisem de controle total. (Fora que quando a Moira passeava com a dela, todo mundo achava que era focinheira e não era, então a minha amada ficava tranquila da vida e eu também, porque se alguém viesse pra cima da gente ela podia meter a boca! Na boa, Floripa anda tão perigosa que não tenho coragem de sair pra passear na Beira Mar Norte e em vários outros locais com o Shoyo, por exemplo, porque posso terminar sem ele, já que aqui já estão roubando até cachorro da mão do tutor – aliás, não é só cachorro, bicicleta também! Agora, com um cão imenso no fim da guia a conversa já muda e mesmo assim só ficaria segura se ele pudesse me defender, sinceramente. O que me dá uma tristeza profunda, porque sou da época em que Floripa era calma e pacata e podíamos deixar a casa toda aberta e andar por aí pra cima e pra baixo, fosse qual fosse o horário, sem medo da […]

    Coleira de cabeça, a famosa Gentle Leader

    Já parou para pensar que muitas substâncias comumente usadas e tidas como obrigatórias no cuidado de cães e gatos podem intoxicá-los e até matá-los? Não? Então aproveite o post de hoje pra refletir sobre o assunto e confira dicas quentíssimas para cuidar do seu peludo com mais carinho e menos risco. Pra quem trabalha com doação de animais, vale imprimir e entregar para adotantes! Clique aqui para conferir “7 receitas caseiras para tratar seu cachorro” Muiiito bom!, separei uma delas pra ilustrar o post: Espantar parasitas, como pulgas e carrapatos Remédio natural: arruda Primeiramente, prepare uma infusão com 20g de folhas de arruda em 1 litro de água quente (sem ferver) e use como a última água de enxágue. Deixe secar naturalmente. Galhos da erva-de-santa-maria sob a cama deles agem como repelente. Outros posts sobre parasitas e produtos naturais para mantê-los longe: Sai de mim! Deixe seu pet livre das pulgas, carrapatos e… produtos químicos! Diga ADEUS aos carrapatos (e melhore a saúde do seu cão)! Armadilha caseira para pulgas

    Dicas caseiras para tratar seu peludo (cicatrização rápida, anti-pulgas naturais etc.)

    Vejam que legallll! From: “ceciliamodeo” Sent: Fri, July 23, 2010 1:38:29 AM Subject: Meu Blog ganhou… Oiii, tô muito feliz com um lance q ganhei, chorei d alegria! Não acreditei! Entra no meu blog q vais entender! Lê tudinho! Por favor! Já estudo este caso faz um tempinho! Espero que gostes! Pq eu adorei! Bjks Cecília. Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Blog "Cachorros Especiais e Muito Felizes" ganha uma cadeira de rodas pra doar!!!

    Não sei se você é do tipo de pessoa que aprendeu com o “Pug verde” que recicla, reutiliza e reduz o consumo ou se procura fazer compras ecologicamente conscientes, buscando produtos de empresas que não testam em animais, aderindo às sacolas de lixo e produtos de limpeza biodegradáveis etc. De qualquer maneira, o que é um cuidado de poucos logo poderá se transformar em algo tão comum como procurar comprar alimentos orgânicos, por exemplo. E nossos peludos, que geram incontáveis fortunas com seus produtos e alimentos mundo afora não ficaram de fora da onda verde que cresce cada vez mais em todo o planeta. Recebi do maridão a matéria “Donos de bichos de estimação aderem a ‘onda verde’ ” e ao invés de simplesmente repassá-la a vocês, resolvi dar uma fuçada na internet para achar outros exemplos de empresas comercializando ou produzindo produtos “verdes”. Confira alguns! Biscoitos veganos da Pet Gourmet (empresa brasileira!) Produtos Eco-Friendly da Planet Dog All Green Dog Products Sacola biodegradável para recolher fezes Outra opção de sacolas biodegradáveis (em apenas 40 dias já eram!) Lista de produtos ‘verdes’ para cães Great Green Pets Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Pet verde! Produtos ecologicamente corretos para cães e gatos já são alternativa para tutores conscientes!

    22 de julho de 2010Notícias, Produtos pet

    A Wanice deixou um recado no meu Twitter comentando a palestra “Como suas emoções podem afetar seus animais” e o post de hoje vem lá do blog dela. Confiram e aproveitem! E leiam também a matéria “Acupuntura e reiki agora têm explicação científica“ OS ANIMAIS AMAM O REIKI Todos os animais instintivamente reconhecem e valorizam a capacidade curativa e harmonizadora do REIKI. Eles geralmente aprendem rapidamente a procurá-la por conta própria. Frequentemente, os animais respondem mais rapidamente à cura do Reiki do que os humanos e os resultados positivos são geralmente vistos em um período relativamente curto de tempo.  REIKI é uma forma eficaz de cura complementar e, quando usado juntamente com os tratamentos veterinários pode acelerar o processo de cicatrização , aliviar a dor e melhorar ou ajudar a manter a qualidade de vida do animal . REIKI cura o animal como um todo, de forma holística e não causa desconforto, estresse ou dor.Todos os animais podem se beneficiar de tratamentos de Reiki. Para os animais saudáveis, receber energia Reiki ajuda a manter o estado de saúde, aumenta a imunidade, traz paz e bem-estar geral. Continue a ler clicando aqui. Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe.Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Vai uma mãozinha aí? Os animais e o Reiki!

    A Mariana, mãe do Jet, mandou pra gente um relato bem divertido sobre como conseguiu ensinar um cãozinho idoso a não fazer xixi pela casa inteira! Espero que a dica seja útil para mais pessoas, aí vai ela! Leiam os comentários porque depois a Mariana lembrou de nos passar as quantidades da “solução mágica”, ok? Aqui em casa eu uso o vinagre de álcool puro para limpar xixis e cocos fora do lugar (eles miram o focinho no tapete higiênico, mas às vezes o bumbum fica pra fora) e eventuais vômitos.  Seu Jorge é um cão idoso, com tamanho e temperamento de pinscher.  Foi resgatado nas ruas de Floripa, depois do seu “abandono típico”: carro joga fora o cão idoso, em uma noite de chuva, em uma avenida movimentada e foge junto com sua consciência. Depois de algum tempo aqui em casa e muitas reclamações de vizinhos sobre latidos (são 5 cães), percebi era que o Seu Jorge quem começava toda a bagunça do alto dos seus 35 cm de altura! Solução? Toca pra dentro de casa – junto com o outro pequeno, o Jet (o da demodécica e que “já veio sabido” de não fazer xixi dentro de casa) e o Gato – pra minimizar os latidos! Mesmo castrado, urinava em tudo que é quina, coisas pelo chão, no seu próprio prato de comida… Enfim, ou eu limpava xixi o dia todo ou ouvia mil latidos por dia (dos cachorros e dos vizinhos). Em um belo dia estava lendo e-mails de protetores que indicavam vinagre para limpar o xixi e não ficar com cheiro. Tudo é válido! Usei. Já faz duas semanas que ele só fez 1 xixizinho dentro do seu prato e nada mais! Fiquei sabendo que o cheiro do vinagre repele os animais a fazerem xixi no […]

    Vinagre no adestramento para fazer xixi no lugar certo!

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados