• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Mas que diabos é o Halloween mesmo? Em 2007, até falei dele, em 2008 passou batido. Para ajudar quem, como muiiita gente, não entende bem a data, achei um texto bem instrutivo pra gente e colei um pedacinho aqui. Para lê-lo inteiro, clique aqui. De quebra, descobri mais coisas que não sabia e que são bemmm brasileiras: hoje é Dia do Saci Pererê!! Lembram dele? Quem é ‘da minha época’, o conhece, hehe. Para ler mais sobre este personagem do nosso folclore – que pode participar numa boa da festa das bruxas, junto com fantasminhas, mulas-sem-cabeça, vampiros (super na moda ultimamente), lobisomens, abóboras macabras & afins – clique aqui. “No Brasil, o Halloween é popularmente chamado de “Dia das Bruxas” e sua comemoração é recente. Geralmente as escolas de inglês é que promovem festas para comemorar a data, como forma de vivenciar com os estudantes a cultura norte-americana. Há quem defenda que o Halloween não tem nada a ver com a nossa cultura e que a data não deveria ser comemorada aqui. Para essas pessoas, o Brasil tem um folclore muito rico e isso deveria ser mais valorizado. Devido a essa reivindicação, em 2005 o governo brasileiro criou o Dia do Saci, também comemorado em 31 de outubro. Nos Estados Unidos o Halloween é caracterizado por histórias assustadoras de fantasmas, fantasias elaboradas e brincadeiras bizarras.” Pra quem acha graça em ver animais fantasiados (não sou muito fã, mas se eles estiverem confortáveis e felizes, até vale), clique aqui e aqui para conferir algumas fantasias de Halloween no mínimo intrigantes… Um lado triste, cruel e realmente assustador do Dias das Bruxas é o uso de gatos, principalmente pretos, em rituais. Lembram das campanhas educativas da Silvana Borges? Esta vem bem a calhar na data de hoje… Clique na figura para lê-la […]

    Feliz dia do Saci Pererê! Ué! Mas hoje não seria "Feliz Dia das Bruxas"?

    31 de outubro de 2012Campanhas, Notícias

    Filme brasileiro “Almas Caninas” pretende conscientizar sobre guarda responsável e abandono de animais. Parcialmente patrocinado pela Total Alimentos, o filme ainda precisa de outros patrocinadores para chegar aos cinemas do Brasil. Assim, ainda não tem data de estreia marcada, mas já está animando entidades de proteção animal e os amantes de cães. O Diretor garante que o final do filme é emocionante e que atingirá seu objetivo principal: conscientizar sobre a guarda responsável. Com cerca de uma hora e meia de duração, “Almas Caninas” aborda os benefícios da autêntica amizade entre homem e cão, ao passo que questiona o que o homem lhe dá em troca. De acordo com o diretor e Roteirista do filme, Ricardo Bruini, o nome “Almas Caninas” remete à “essência” dos cães, ao que está por dentro desses animais tão gentis e carinhosos, que ofereceram sua amizade ao homem há mais de 14 mil anos, sem cobrar nada em troca. Andréia Godoy, roteirista e produtora do filme, explica que o filme pretende mudar o conceito de que o cão é apenas um mero bem de consumo, e que, quando não tem mais utilidade, pode ser descartado nas ruas. “Passamos meses pesquisando e criando o roteiro em conjunto. Quando iniciamos as gravações, demos início a mais uma etapa de pesquisa junto aos entrevistados. Foi um trabalho árduo, porém muito gratificante,” revela Andréia, que, juntamente com o diretor Ricardo Bruini, assina o roteiro para o filme. Conversei a Andréia, roteirista, produtora do filme, esposa do diretor e, consequentemente, adotante do Nick e da Nickita, cujo abandono fez nascer a ideia do projeto. Além de gentilmente responder às perguntas, ela também nos enviou a foto exclusiva que ilustra esta postagem. Mãe de Cachorro: Por que um filme sobre cães? Andréia Godoy: Sempre fomos apaixonados por cães e estamos sempre […]

    EXCLUSIVO: Entrevista com os diretores do filme brasileiro ALMAS CANINAS.

    7 de agosto de 2012Notícias, Vídeos

    Lembram do post “Genéricos na medicina veterinária? Parece que vai rolar, o que seria ótimo!”? Pois agora parece que a coisa toda andou. A querida Rosana Garcia mandou a novidade abaixo. O Plenário aprovou o substitutivo do Senado para o Projeto de Lei 1089/03, que permite o uso de medicamentos genéricos na medicina veterinária e estabelece preferência para eles nas compras governamentais. O texto vai a sanção da Presidência da República. O deputado João Ananias (PCdoB-CE) defendeu a aprovação da proposta. Segundo ele, a medida vai permitir que os consumidores economizem com remédios veterinários. “Podemos fazer a analogia dos genéricos para humanos, a economia que trouxe, e a importância de ferir os monopólios”, disse. (fonte: site da Câmara) Mas antes de sairmos COMEMORANDO MUITO, vale reler o post citado acima, pois o interesse de tanta “bondade” na verdade referia-se no texto original aos medicamentos dos animais de grande porte, justamente os que são comidos, explorados etc. Não necessariamente a medida valerá para TODOS os medicamentos veterinários, ou seja, talvez cães e gatos sequer sejam beneficiados. Leia também: Medicamento Genérico X Medicamento Similar

    Plenário aprova permissão para medicamento genérico veterinário

    27 de junho de 2012Notícias, Saúde

    Semana passada foi boa para os peludos no Brasil! Já vimos a ótima nova do hospital veterinário público em São Paulo capital e agora temos mais duas ligadas à legislação brasileira x animais! De acordo com matéria da Folha Online, “O tema de proteção aos animais foi o que provocou a maior quantidade de manifestações da população no período em que a reforma do código recebeu sugestões no site do Senado”. HAHAHAHA Os políticos estão aprendendo na marra que quem defende (também) animais é muito mais engajado e que toma para si a responsabilidade de falar em nome dos que não têm voz! Ainda do site da Folha: “A comissão de juristas que discute a reforma do Código Penal no Senado aprovou nesta sexta-feira uma pena quatro vezes maior para quem maltratar animais, silvestres ou domésticos. Todas as propostas da comissão ainda precisam ser votadas pelo Congresso, que deve receber o texto consolidado até o final de junho. Hoje, praticar abuso ou maltratar animais é considerada uma contravenção penal, punida com pena de 3 meses a um ano de prisão. Pela proposta da comissão, o comportamento passa a ser crime, punido com um a 4 anos de prisão.” E a turma que defende (como??) a vivisecção também tomou uma rasteira! “Também receberá a mesma pena quem, existindo meios alternativos, realizar experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, mesmo para fins didáticos.” Leia também: Abandono de animais pode se tornar crime “Com a proposta aprovada hoje, o mero abandono passa a ser crime em si, com uma pena que vai de um a quatro anos de prisão –ou seja, quatro vezes maior do que atualmente. O texto criminaliza o abandono em qualquer espaço, público ou privado, e abrange animais domésticos, silvestres e exóticos (de fora do país), dos quais o acusado […]

    Cadeia neles: Juristas aprovam aumento de pena para quem maltrata animais e abandono pode vir a ser crime com legislação específica!

    28 de maio de 2012Leis, Notícias

    Sampa City ficou mais querida e bonita ainda para os meus olhos com esta super notícia! Direto do site da Folha: “A Prefeitura de São Paulo vai criar um hospital veterinário especializados no tratamento de cães e gatos no Tatuapé, zona leste de São Paulo, em parceria com a Anclivepa (Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais). De acordo com o consultor da associação Wilson Grassi Júnior, a entidade já tinha projeto para criar o espaço. Com a procura da prefeitura para elaborar o convênio, o hospital poderá sair do papel em julho, para quando está prevista sua abertura. A Anclivepa disponibilizará o imóvel para o funcionamento do hospital, e a prefeitura irá comprar equipamentos necessário, além de custear os serviços do hospital. Segundo Grassi, a assinatura do convênio deverá acontecer na próxima semana.” (…) "Temos uma medicina veterinária bem desenvolvida em São Paulo. É possível fazer ressonância magnética, tomografia e vídeo-cirurgias complexas nos cachorros, mas isso é direcionar para quem tem dinheiro. Uma família com um poder aquisitivo mais baixo não tem nenhum serviço gratuito para sequer dar uma injeção para tirar a dor de seu cachorro acidentado", disse Grassi. Leia tudo clicando aqui.

    São Paulo terá hospital veterinário público para cães e gatos!!

    Gente, essa cachorrada é o MÁXIMO mesmo. Por que o cão Mobile, todo velhinho, dormindo naquela garagem nojenta, cheia de areia, arriscar a vida contra 3 banbidos armados? Só cachorro mesmo… Aconteceu aqui pertinho de Floripa, em Palhoça. E como a CORAGEM e VALENTIA foram filmadas, aí vão as imagens! Tem matéria escrita também, aqui. Que tal escrevermos para a Redação do Jornal pedindo condições de vida mais dignas para este herói de patas? Ele merece no mínimo uma cama seca, longe da umidade do solo e cuidados específicos pra velhice. Clique aqui para escrever ao Jornal (por que não achei como escrevermos na própria matéria, infelizmente). Ou então, comentem no vídeo no YouTube!!!

    Cachorro IDOSO salva família de assalto violento com 3 bandidos em Santa Catarina.

    25 de maio de 2012Notícias

    O post abaixo é de 12 de abril de 2009, mas toda hora alguém ainda toca no assunto. Lembrei dele hoje por que resolvi deixar o Shoyo e a Java no quarto enquanto fazia minha prática de ioga hoje de manhã e AQUI EM CASA NÃO DEU CERTO, hehehehe. Foi um tal de ioga misturada com beijinhos e lambidinhas… Era eu fazendo cachorro-olhando-pra-baixo e a Java me dando lambeijocas nas mãos, enquanto o Shoyo deitava no tapetinho abaixo de mim só pra ter que sair correndo em seguida quando eu subia pro cachorro-olhando-pra-cima… Olha, pra mim não deu. hehehe Mas tentem e me contem. Queria era ter filmado, ficou meio hilária a situação toda. E a minha concentração foi pro espaço. Ioga com mais amor e carinho, com certeza, mas acho melhor não misturar as coisas daqui pra frente =D Bem… Há um tempo, fiz aulas particulares de Pilates em aparelhos e massagens relaxantes e confesso que levei o meu amado Shoyo junto algumas vezes porque eu simplesmente queria passar mais tempo com o meu filho querido. Ele é tão quietinho e perfeito que durante os exercícios ficava deitado na minha barriga ou ao lado da minha cabeça e nas massagens ficava deitadinho ao lado da minha cabeça, todo emboladinho e tão quieto que parecia um bibelô. Vez ou outra, eu ainda ganhava umas beijocas no rosto (no rosto pode, lembram?). Então confesso que lendo a reportagem do The New York Times sobre aulas de ioga com a presença de cães, tanto acho uma maldade usar os animais como peso durante os exercícios, quanto entendo o desejo das pessoas de simplesmente passarem mais tempo com seus peludos.Na verdade, acho que o bom senso deveria estar presente em todas as ocasiões de nossas vidas e o limite aqui é saber o que […]

    Estressado(a)??? Você conhece a Doga, a Ioga praticada com cães??

    Descobri o Aqui Pode por que deixaram um link lá na página do blog no Facebook. Achei interessante e repasso! Pelo que entendi, o site serve para o Brasil todo, basta que as pessoas (clientes e donos de estabelecimentos) indiquem os bares com infraestrutura para receber: pessoas grandes, cadeirantes, fumantes, pessoas acompanhadas com cachorros, ciclistas, bebês, crianças e/ou que ofereçam wi-fi gratuita. Por enquanto só achei duas cidades de São Paulo e Minas Gerais, mas depende de nós aumentar o guia, né? Outro site que pode facilitar nossa vida é o Pet Site Brasil. Este eu conheci por que o dono me procurou. Como estou saindo com amigos e cães para almoçar aos sábados e temos vivido esse drama de onde ir com os pequenos, achei interessante repassar a vocês. Bons passeios!

    Aqui Pode Totó e Pet Site Brasil: use a internet para achar estabelecimentos que aceitam peludos!

    17 de fevereiro de 2012Notícias

    Fofura é pouco para designar este trem japonês. A Tati Lee me mandou a notícia do trem em homenagem à gata Tama, mas a matéria era muito superficiail, então comecei a vasculhar a web em busca de mais informações e terminei descobrindo que trata-se da mesma iniciativa de usar animais para atrair passageiros a estações e linhas de trem quase falidas sobre a qual eu já havia falado no post "hahahaha Shoynho japonês e chefe de estação de trem", de 2009.  As fontes divergem um pouco em alguns detalhes, mas o resumo da ópera é o mesmo: uma gatinha nascida em 1999 salvou a economia de uma pequena cidade japonesa. A gata Tama era da dona da loja de conveniências da estação Kishi Station em Kinokawa, Wakayama, Japão. Como a bichana vivia por ali recebendo as pessoas, em 2006 tiveram a ideia de nomeá-la Chefe da Estação, com posto oficial e uniforme para ajudar a atrair passageiros para a linha de trem, à época quase falindo. Só que a novidade deu tão certo que a pequena Tama atraiu nada menos do que o equivalente a dez milhões de dólares, tamanha a visitação de turistas para ver e passar alguns momentos com Tama. Com o dinheiro entrando foi questão de tempo para todo um comércio surgir em redor da gata, com todo tipo de produtos à venda, o que oportunizou em 2009 a customização do trem (lindo!) que vocês podem conferir nas fotos e nos vídeos. Mais outros dois vagões receberam o mesmo cuidado depois. Com o sucesso de Tama, que depois virou nome da estação ferroviária, outras linhas imitaram a iniciativa, usando outros animais, como o Yorkshire do post citado acima. Mais fotos! Vídeo com a história toda: Vídeo com imagens do trem por dentro e por fora (fofo de […]

    Tama Densha, um trem animal: estação e trem em homenagem aos gatos!

    25 de janeiro de 2012Animais e nós, Gatos, Notícias, Vídeos
  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados