• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    PA.RA. TU.DO. pra eu compartilhar com vocês uma delícia de notícia!! Ok, ela nem é novidade (é de janeiro), mas só fiquei sabendo agora. Vamos a ela, que pra mim, é divida em duas partes boas: Parte boa 1: O ainda candidato, Mauricio Macri, adotou um vira-latas em julho de 2015, durante a campanha presidencial. O peludo ganhou o nome de Balcarce, o apelido de Balca, muitos fãs e uma conta no Twitter: @ElPerritodelPRO Parte boa 2: Já presidente eleito da Argentina, Macri sentou Balcarce na “Sillón de Rivadavia”, cadeira reservada ao chefe da Casa Rosada, registrou o momento e postou em sua conta no Facebook, dizendo, “Balca esteve na Rosada e se sentou na famosa poltrona presidencial. É o primeiro cachorro da história argentina que chega a esse lugar. Estamos muito orgulhosos dele”(fonte). Odiadores, odiarão. Mas nós, que amamos cães e gatos, adoramos, entendemos e vemos o lado positivo da ação do Presidente, que incentiva a adoção de animais, especialmente de mestiços e de vira-latas, e a tolerância com o convívio. Faz bem o Presidente Macri em ter um Primeiro Amigo tão sincero, fiel e confiável! 😉 Pena que o Presidente Obama, dos EUA, não foi de vira-latas adotado também. Fez toda uma firula e no fim… quéquéqué… Leia aqui o que rolou lá em 2009, quando os Estados Unidos também ganharam um Primeiro Cão.

    Presidente da Argentina adota vira-latas e posta foto do peludo na cadeira presidencial!

    4 de abril de 2016Adoção, Notícias

    Lembram que uma vez contei que vi em um documentário que todos os cães descendem dos lobos e que, portanto, deveriam ter focinhos longos? Então, todas as raças que têm focinhos curtos ou achatados são uma clara (e triste) demonstração da intervenção humana na genética dos nossos queridos peludos ao longo dos séculos, usando-os como meros objetos com diversas finalidades. Pois aqui vai mais uma prova deste ancestral comum: uma matéria sobre genética de cães e gatos na revista Veja desta semana (edição 2131, ano 42). Genética A Eva dos cães e gatos A reconstrução da história do DNA dos dois animais prediletos do homem mostra que cada espécie descende de uma única linhagem, o equivalente da mãe primordial do ser humano. Há tempos se sabe que os laços afetivos entre o homem e seus dois bichos de estimação favoritos, o cão e o gato, se estabeleceram faz pelo menos 10 000 anos. Agora, os cientistas tentam descobrir mais detalhes sobre as origens desses dois casos de amor – em que lugar do mundo e de que maneira as duas espécies foram domesticadas. Uma das principais aliadas das pesquisas tem sido a genética, sobretudo o DNA mitocondrial, aquele que passa quase intacto das mães para os filhos (veja o quadro). Com ele, os biólogos conseguem construir as árvores genealógicas das espécies. A maior análise genética da história evolutiva dos cães foi publicada há duas semanas na revista científica Molecular Biology and Evolution. O estudo traz duas novidades. A primeira é que os 250 milhões de cães que atualmente vivem no planeta descendem de uma única linhagem, proveniente de lobos que foram domesticados entre 14 000 e 11 000 anos atrás no sul da China. A segunda novidade é que, a princípio, os cães eram criados não para ajudar o ser […]

    Mãe de todos: cientistas buscam as origens de cães e gatos domésticos.

    8 de agosto de 2013Notícias, Saúde

    O que mais me deixou pasma nessa história toda da Ginger não foi nem ela ter sido encontrada uma década depois de sumir misteriosamente. Foi ler que a ex-esposa do cara foi quem deu sumiço na cadela! Assistam ao vídeo no fim do post. É em inglês, mas a linguagem do amor é universal Li a matéria no Yahoo News há uns dias e me mandei o link por e-mail pra postar pra vocês depois. Vou traduzir por cima, por que o artigo é compridinho. Quem quiser ler a íntegra, é só clicar aqui. Jamie Carpentier, de Nashua, New Hampshire, Estados Unidos, sempre se perguntou o que teria acontecido com Ginger, a cadela que havia sumido de sua vida há quase uma década. Por um capricho, em uma noite do mês passado, ele entrou no site da Humane Society de Greater Nashua para olhar os cães disponíveis para adoção. Assim ele chegou à Ginger, uma basset hound de 13 anos de idade. Algo na biografia da cadela (contada no site), lembrava Jamie de sua peluda desaparecida há anos. Embora não houvesse fotos de Ginger no site, ele ficou intrigado com sua descrição feita pelos voluntários, “Tenho as orelhas mais compridas e o maior coração que você jamais encontrará! Sou uma garota idosa, mas ainda tenho muita energia”. Sem que Carpentier soubesse, sua ex-esposa havia entregado Ginger para o abrigo da Humane Society de Nashua em 2003. Um casal de idosos a adotou, mas a devolveu ao abrigo em outubro do ano passando, quando tiveram dificuldades para continuar com ela. Para encurtar a história, Jamie fez contato com o pessoal do abrigo, conversando eles compararam as características físicas (inclusive marcas no pelo) que demonstravam ser a mesma cachorrinha e o pai de cachorro saudoso foi ao abrigo da ONG encontrar sua […]

    Homem encontra cadela pela internet 10 anos depois dela sumir!

    26 de fevereiro de 2013Notícias

    Uma grande amiga minha contou eufórica que havia ganhado a escultura de um cão do marido e que o artista tinha uma história muito legal sobre como havia começado a pintar e esculpir cães e gatos. Achei interessante e fiquei feliz por ela, mas não dimensionei sua alegria até que recebi a foto do tal novo filho (acima). Como o achei absolutamente lindo, perguntei o nome do autor para poder contar sobre ele pra vocês. E assim descobri o trabalho de Ron Burns, um pai de cachorros e de gatos que começou a pintar por hobby e que alcançou a fama com as pinturas de seus próprios filhos peludos. A arte de Ron é colorida e vibrante, como ele acredita ser o amor dos animais de estimação. “Não há nada sutil ou silencioso no amor de um animal de estimação, especialmente se ele for um cão,” diz Ron, e continua,  “é um sentimento com força total, sentido no coração e selvagem como o vento. Cores brilhantes e saturadas são o único meio de eu começar a captar o que cada um de nós vivencia com os cães e gatos de nossas vidas.” Uma curiosidade: Ron começa cada uma de suas pinturas de peludos pelos olhos. Os primeiros filhos peludos de Ron e sua esposa, Buff, foram dois gatinhos adotados em 1985, Kingsford and Smokey. Mais tarde, com a mudança da família para uma casa, em fevereiro de 1988 o casal adotou duas cadelas, mãe e filha, abandonados na virada do ano. Sobre a adoção, Ron conta “Uma vez no abrigo fomos apresentados a uma cadela e sua filhote. Nos contaram que haviam sido abandonadas com outros três filhotes da mesma ninhada, que não sobreviveram, e que quando este último bebê fosse adotado a mãe seria sacrificada. Bem, fomos para casa […]

    Ron Burns, o apaixonante (e lindão) artista pai de cães e gatos!

    A querida Carol Daemon escreveu um post muito dez sobre peludos e sustentabilidade. Confira 4 das 10 dicas da Carol abaixo e leia a íntegra do texto dela clicando aqui. Tornar seu animal mais “verde” não é difícil ou caro, existem formas inteligentes para facilitar a vida de todos os interessados. 1. Adotar seu animal de estimação de uma organização de abrigo ou de resgate: Há todo tipo de criadores de animais. Dos mais bem intencionados aos que agem movidos pela pura má fé. E todos sabemos o que a maioria tem em sua mente – o lucro. Criar animais é um negócio como outro qualquer, mesmo os mais bem intencionados não podem ter prejuízos. Criadores mantêm fêmeas prenhes por períodos seguidos, a fim de garantir muitas linhagens e filhotes, as fêmeas morrem de doenças e exaustão, além de serem forçadas a manter relações com machos determinados pelos criadores, sem qualquer preocupação com endogamia na maioria dos casos. Os animais são sempre confinados em canis superlotados e a alimentação é de má qualidade. Lembre-se sempre que para cada animal comprado, menos um animal de rua é adotado. Você não tem nada a ganhar em aspectos morais, participando de um sistema que explora animais inocentes. 2. Comprar brinquedos eco-friendly: Se compramos brinquedos eco-friendly para nossos filhos, por que fazer qualquer exceção para animais de estimação quando as mesmas regras deveriam ser aplicadas? Você pode comprar os brinquedos feitos com algodão orgânico, evitando plásticos e outros produtos químicos prejudiciais, além de optar por brinquedos de materiais reciclados, como madeira. Animais normalmente não precisam de roupinhas coloridas, seus donos inclusive parecem gostar mais. Fique atento ao consumismo desnecessário. 3. Evitar produtos químicos a qualquer custo: Não é uma boa idéia ter produtos químicos como pesticidas ou fertilizantes em qualquer lugar a distância de […]

    Pet verde: 10 dicas para um viver mais sustentável do seu peludo.

    6 de fevereiro de 2013Carol Daemon, Notícias, Produtos pet

    A Kátia, leitora que virou amiga, mandou uma novidade tão legal que mereceu vir pro blog. Boa leitura! Texto: Kátia Rossi O mundo é dos cães! Basta olhar para os lados e ver quantas iniciativas voltadas para nossos companheiros peludos surgem a todo instante. A novidade agora vem da Arquitetura. Architecture for Dogs, um projeto criado pelo designer japonês Kenya Hara, traz criações de doze arquitetos e/ou designers, a maioria deles de renome internacional. A ideia é lançar um novo olhar sob a velha casinha de cachorro. Confesso que algumas coisas me pareceram um pouco estranhas, porém outras como a criação “Olhos nos olhos” (abaixo) acertaram em cheio. A mostra é garantia de sucesso por onde passar. Lançada em dezembro em Miami, passará por Tóquio em outubro e esperamos que passe em breve pelo Brasil. Enquanto isso não acontece, visite o site do projeto http://www.architecturefordogs.com/ (em inglês ou japonês, se preferir) e divirta-se. É fofurice para todos os lados. A surpresa maior é que todos os projetos que compõem a mostra estão no site, acompanhados de instruções detalhadas de montagem, disponíveis para livre cópia e reprodução. É só baixar! O próprio Hara diz: “Ficaria imensamente feliz que nossas ideias fossem replicadas por todos”. E aí se animou? Então mãos à obra!

    Uma casinha de cachorro pra lá de especial.

    4 de fevereiro de 2013Notícias

      Vacina contra doença do carrapato e tratamento de cães com leishmaniose visceral autorizado no Brasil? MEU DEUS, sou uma pessoa FELIZ e com esperanças renovadas. Colo a íntegra da matéria do site Campo Grande News abaixo. Aproveito para dar PARABÉNS a todos os envolvidos nesta luta contra a IGNORÂNCIA do CRMV e contra o assassinato de cães, em especial aos amigos André Luis Fonseca, Vivi Vieri e Fowler Braga. Decisão do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) desta quarta-feira (16) derrubou a portaria do Ministério da Agricultura que proibia o tratamento de cães com leishmaniose visceral. A ação foi movida pela ONG (Organização Não Governamental) Abrigo dos Bichos e é válida para todo o País. Por dois votos a um, o Tribunal autorizou o tratamento dos cães com o entendimento de que proibindo a utilização de medicamento humano para tratamento, automaticamente é incentivado o extermínio dos animais. Em Campo Grande, a polêmica reacendeu após o caso do cão Scooby, que sofreu maus tratos, teve a doença diagnosticada, foi tratado, depois voltou ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), de onde foi retirado ontem, pela Abrigo dos Bichos, graças a uma decisão da Justiça. Havia o temor de que ele fosse submetido a eutanásia. “A matança de animais é inconstitucional e vai contra as Leis de proteção ambiental, convenção de Bruxelas e todas as leis de preservação dos animais”, explicou o advogado responsável pelo processo que teve liminar deferida pela Justiça Federal, Wagner Leão. À medida ainda cabe recurso junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) e STJ (Superior Tribunal de Justiça), que pode manter ou não a decisão da instância anterior, mas até um novo julgamento o tratamento está autorizado. O tratamento é proibido pelo CFMV (Conselho Federal de Medicina Veterinária), que inclusive pune os profissionais que o praticam, […]

    Mais uma notícia maravilhosa: Justiça Federal autoriza tratamento de cães com leishmaniose NO BRASIL TODO!

    18 de janeiro de 2013Leis, Leishmaniose, Notícias

    A cantora Fiona Apple escreveu uma longa e linda carta aos fãs da América do Sul explicando os motivos para ficar ao lado de sua cadela Janet e cancelar turnê. No emocionante relato ela conta como a pitbull foi encontrada machucada e abandonada após ser usada como isca para aumentar a confiança de cães usados em rinha e fala de sua personalidade doce e pacífica. Janet tem 14 anos e está morrendo. E sua humana querida simplesmente quer estar ao seu lado cantando quando o momento final chegar. “Ela é minha melhor amiga, minha mãe, minha filha, minha benfeitora, foi ela quem me ensinou o que é amor. Não posso ir à América do Sul. Não agora. Quando voltei da última parte da turnê dos Estados Unidos havia uma grande diferença. Ela não queria nem mais sair para passear. (…) Não serei a mulher que coloca a carreira à frente do amor e da amizade. Sou a mulher que fica em casa e cozinha tilápia para minha amiga mais antiga e querida. E a ajuda a ficar confortável e confortada, e segura e importante.” Não vou traduzir a carta inteira, mas taí o Google Translator pra quem não sabe ler em inglês, ok? Vale a pena, é lindo de doer…   Íntegra da carta: It’s 6pm on Friday, and I’m writing to a few thousand friends I have not met yet. I am writing to ask them to change our plans and meet a little while later. Here’s the thing. I have a dog Janet, and she’s been ill for almost two years now, as a tumor has been idling in her chest, growing ever so slowly. She’s almost 14 years old now. I got her when she was 4 months old. I was 21 then, an adult officially – […]

    Cantora adia turnê na América do Sul para ficar com sua cadela com câncer!

    “Três homens e cão” Artesanato de mais de 500 anos no Museu Regional de Guadalajara, México post de 3 de março de 2010 A sempre antenada Pri Coelho, do Adote, Não Compre!, me mandou o e-mail abaixo fazendo graça com a minha sina de gastar dinheiro comprando revistas que trazem matérias especiais sobre cães. Felizmente, a dona internet me permitiu economizar alguns Reai$$ desta vez! From: “Não Compre, Adote!” To: Ana Corina Sent: Fri, February 26, 2010 1:39:08 PM Subject: Artigo na revista Scientific American Brasil: Fidelidade e traição entre cães e seres humanosMais uma pra você gastar tua grana ou pedir emprestado/escaneado pra alguém! Sim, a matéria é enorme. Tem doze páginas na internet, mas recomendo a todos que a leiam inteira, porque além de interessante (e apesar de ser triste ver a obtusidade e crueldade humanas) traz dados históricos e é muito bem escrita e fundamentada. Triste é ver com dados e datas documentadas e registradas como os políticos lutaram contra os cães abandonados sempre com uma visão sanitarista de extermínio, sendo que se o primeiro tivesse tomado uma atitude abrangente de educar a população, a História seria outra. E só queria deixar registrado que neste exato momento em que publico este post, na madrugada de quarta-feira, sinto uma imensa, gigantesca, profunda vergonha por fazer parte do lado ‘traidor’ desta história que poderia ser tão diferente e mais cheia de amor e respeito.Deixo aqui pra gente os parágrafos finais da competente matéria de Nelson Aprobato Filho, “Fidelidade e traição entre cães e seres humanos” para a Revista Scientific American Brasil, edição 92, de janeiro de 2010. Do Paleolítico Superior aos sofisticados pet shops da atualidade, cada época, cada região, cada povo e cada sistema sociocultural e políticoeconômico tem estabelecido com o cão distintas relações. De animal sagrado nos […]

    Uma história de fidelidade canina e traição humana, sempre humana…

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados