• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Listas de veterinários

  • Receba os posts por e-mail:

    Mudar para uma nova casa pode ser estressante para seu cão. Planejamento com antecedência, paciência e carinho podem ajudá-lo a se ajustar mais rapidamente ao novo lar. Leia também: “Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 1” “Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 2” Preparando o novo lar Conforme você for mudando seus coisas para a nova residência, tome cuidado especial com itens que possam machucar/envenenar seu cão. Abaixe-se e olhe em redor na altura dos olhos do seu cão para ter certeza de que não está esquecendo nada ao alcance dele no meio da bagunça que é uma mudança. Certifique-se de que o novo lar é seguro para seu peludo. Procure por: Venenos – materiais de limpeza, repelentes de insetos, pesticidas, medicamentos, plantas venenosas etc. Objetos/superfícies que possam queimar – ferros elétricos, aquecedores, eletro-eletrônicos plugados na tomada, líquidos/superfícies quentes etc. Eletricidade – cuidado extra com fios desencapados! Objetos que possam provocar sufocamento – Que mudança não tem pedacinhos e pedações de tudo e mais um pouco espalhados por todos os lados? Atenção para agulhas, pregos, lascas de caixas e de móveis etc. Objetos que possam cair sobre o cão – Certifique-se de que tudo está sendo bem instalado na casa nova. Já pensou um armário caindo sobre seu peludo? Buracos por onde ele possa fugir – Casa nova pode provocar insegurança mesmo que a família inteira esteja junto. Tenha certeza de que seu cachorro não poderá escalar muros e cercas e de que não há buracos ou outras possibilidades de fuga. Já mude para o novo endereço sabendo onde há atendimentos veterinários de emergência nas proximidades. Tentar achar uma clínica quando você já precisa desesperadamente de uma é perder um tempo que pode significar […]

    Vai se mudar? Como acostumar seu cachorro ao novo lar!

    Leia também: Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 1 Vai se mudar? Como acostumar seu cachorro ao novo lar! Antes da mudança Prepare seu cão para a mudança algumas semanas antes dela acontecer. Empacote as coisas ao longo do tempo e tente manter a rotina normal do seu cão. Caso você não use ainda, compre/empreste/aluguel uma caixa de transporte (crate) e comece a acostumá-lo com ela. Acostume-o com a caixa de transporte bem antes da mudança, ela será seu local seguro no novo lar. Apare as unhas do seu cão para evitar que ele as prenda na grade da caixa de transporte ou em algum momento durante a mudança. Assim que você souber seu novo endereço, atualize os dados do microchipe e da placa de identificação do seu peludo e use as duas placas juntas, com os dados antigos e novos, por algum tempo. Durante a mudança No dia da mudança deixe seu cão com água e comida em um local seguro e tranquilo, de onde ele não possa escapar, como um banheiro. Coloque um aviso bem grande na porta dizendo “NÃO ENTRE” e assegure-se de que amigos e profissionais da mudança saibam que não podem abrir o cômodo onde o cão está. Escolha alguém da família para ficar responsável pelo cão durante o dia, vendo se ele precisa de algo (como sair para fazer xixi, se for um cão que só usa o quintal como banheiro). Mantenha fotos recentes e boas do seu cão, para o caso dele se perder (toc. toc. toc.!). Viajando de carro Se vocês vão de carro para a nova residência e seu cão já está acostumado a passear, é interessante que ele acostume-se a ficar dentro da caixa de transporte ou usando o cinto de segurança […]

    Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 2

    Leia também:  Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 2  Vai se mudar? Como acostumar seu cachorro ao novo lar! Dia desses recebi a mensagem abaixo: “Estou num dilema, e morrendo de dó – Tenho uma cachorrinha de 8 meses, vou mudar p/ apartamento que comprei aqui em Florianópolis, e não tenho como ficar com ela, e até o momento não consegui ninguém p/ adotá-la. Onde posso deixá-la p/ adoção ? Nestas feiras de adoção eles pegam, onde posso achar ? Por gentileza, me dê algumas alternativas, nomes de pessoas, sites, telefones, etc. Tenho urgência, pois antes da mudança, vou p/ São Paulo por 15 dias.” Respondi dizendo que ajudaria a divulgar a adoção se ela castrasse e microchipasse a cadela e ofereci ajuda com contatos baratos para ela castrar, microchipar e hospedar a pequena não só na viagem iminente, mas depois da mudança, até ser adotada. Preciso dizer que nunca recebi resposta? Quer doar, mas não quer castrar, não quer microchipar, não quer deixar hospedado em hotel até ser bem adotado? Quer simplesmente repassar o “problema”? Fico impressionada ao ver como as pessoas adquirem cães e gatos sem refletir, sem pensar que a vida muda, sem se COMPROMETER! Ok, a vida muda, não podemos julgar as pessoas, mas façamos as coisas com consciência e responsabilidade, pôxa!! Com tantos peludos sem família precisando de ajuda, achar novos lares para pessoas que querem/precisam se desfazer de seus animais não é algo que protetores ou voluntários tenham prazer em fazer (especialmente quando o ‘precisar’ é discutível). Eles terminam ajudando por pena do pobre bicho, mas as pessoas que os procuram precisam entender que doar não é dar, é escolher com critério e responsabilidade um novo lar, é colocar-se à disposição para ajudar com o que […]

    Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 1

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados