• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Já falei do assunto algumas vezes aqui no blog, mas vai lá mais uma, porque ele é sério, pertinente e está entre nós. Recebi da querida Vivi Vieri um texto da Lilian Rockenbach sobre a leishmaniose e compartilho com vocês. Um pedaço segue abaixo, a íntegra você lê clicando aqui. A Leishmaniose Visceral é considerada uma antropozoonose e atualmente está entre as seis endemias prioritárias do mundo (OMS). Essa doença apresenta ampla distribuição mundial e mais de 90% dos casos que ocorrem na América Latina, são diagnosticados no Brasil. Hoje no país existem focos da doença em 19 Estados e surgem cerca de 3500 casos humanos a cada ano. Curiosamente o Ministério da Saúde até agora não conduziu testes para o tratamento da doença, tendo publicado em seu último boletim sobre a doença praticamente o mesmo teor do anterior, desprezando totalmente as novas informações obtidas por médicos e pesquisadores da área. Outros posts sobre o assunto: A prevenção é a solução O Brasil escolheu matar Mosquito do bem! Mais uma arma na luta contra a leishmaniose Atualização: A Vivi mandou o vídeo abaixo. Vontade de perguntar para a representante do CCZ de MG, sra. Mariana Brito, o que ela pensa sobre a vacinação anual e exagerada de cães e gatos, que também não tem NENHUMA comprovação científica de necessidade e mesmo assim é largamente recomendada porque entope os bolsos de veterinários, clínicas e petshops de dinheiro… Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Leishmaniose: matar cães não resolve! –> atualizado com vídeo em 3 de junho

    3 de junho de 2010Leis, Leishmaniose, Saúde

    Direto do Cachorro Paraguaio pra gente, (mais um) exemplo de ignorância em rede nacional: "Estava eu, sossegada, dando uma olhada no twitter, quando vejo um link do @loborepórter com esta pérola. Eu fico IMPRESSIONADA com a ignorância absoluta da equipe jornalística do Bom Dia Brasil em relação à realidade dos animais e do porquê a situação de abandono está do jeito que está. E me desculpa, mas depois da invenção do Google, não existe justificativa plausível para uma reportagem absurda como essa!!!!!!! Se a eutanásia resolvesse o problema da superpopulação nós não teríamos mais esse problema hoje, tendo em vista os milhões de animais mortos nas últimas décadas pelas cidades brasileiras que, para não perder o hábito, não tem nenhuma política pública salvo raras exceções como Florianópolis . A castração aliada à educação são é a ÚNICA saída para a solução deste triste problema, coisa que os nossos hermanos argentinos já descobriram, através de um projeto exemplar que acontece na cidade de Almirante Brown (para saber mais clique aqui). E outra coisa, o Brasil é o único país do MUNDO que não trata a Leishmaniose Visceral Canina!!!!!!!!!!!!! Leishmaniose tem tratamento SIM!!!! (Para saber mais, clique aqui). Se você quiser mais informações úteis sobre a questão da superpopulação de animais, clique aqui, aqui e aqui. Acho que está falando um café bem forte para acordar a equipe do Bom Dia Brasil." Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    MEDA! Se uma rede nacional com décadas de existência não consegue fazer uma pesquisa de tema decente antes de produzir uma matéria, realmente estamos muito longe do mundo que queremos…

    5 de Maio de 2010Denúncias, Leishmaniose

    Vejam o que achei aqui no blog, ali no “Enquanto isso, pelo mundo…”: Após atingir a marca de quatro adoções de animais por dia útil nos primeiros meses de 2010, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) da Secretaria de Saúde viu a procura cair drasticamente. Nas últimas semanas, o índice recuou para um animal a cada dois dias. A queda coincide com o início da polêmica envolvendo a denúncia do deputado estadual Feliciano Filho (PV) sobre a possível eutanásia de animais sadios no órgão. Continue a ler clicando aqui.Para acessar a matéria de denúncia no blog do deputado, clique aqui. Atualização: a querida leitora Fabiane, de Bauru, deixou um comentário pertinente que sugiro que todos leiam e indicou um link muito útil sobre o tratamento (possível e barato) da leishmaniose visceral, o que só reforça o que já vimos sobre a doença aqui no blog. Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Ué, não entendi! Denúncia de que CCZ de Bauru mata cães sadios faz número de adotantes diminuir? Não deveriam aparecer mais pessoas querendo ajudar os animais?

    19 de Abril de 2010Denúncias, Leishmaniose

    Recebi da sempre atenta Vivi Vieri, gostei e repasso! Japoneses criam mosquito que ‘aplica’ vacina ao picar Pesquisadores criaram linhagem transgênica que inocula doses de uma vacina experimental contra a leishmaniose Pesquisadores japoneses criaram mosquitos transgênicos que funcionam como “seringas voadoras”. Ao picar suas vítimas, os insetos injetam pequenas doses de uma vacina experimental contra a leishmaniose. A ideia não é nova. Na década de 80, cientistas já propunham manipulação dos genes para transformar as pragas em aliadas. Agora, um artigo publicado na Insect Molecular Biology demonstrou a viabilidade técnica da estratégia. A saliva do mosquito é um líquido sofisticado, com muitas substâncias. Algumas delas dificultam a coagulação do sangue, outras atuam como imunossupressores. Servem para melhorar o desempenho do inseto nas suas refeições. Durante anos, os pesquisadores buscaram a melhor forma de inserir mais um ingrediente na saliva: a vacina. “Realizamos a descoberta chave em 2005”, recorda Shigeto Yoshida, líder do trabalho realizado pela Divisão de Zoologia Médica da Universidade Jichi, no Japão. Naquele ano, os cientistas acharam um bom gatilho para disparar a produção da vacina nas glândulas salivares do inseto: o interruptor do gene que produz um anticoagulante chamado AAPP. Por enquanto, só um grupo de camundongos se beneficiou da descoberta. “As picadas induzem uma resposta imunológica, como na vacinação convencional, mas sem dor e sem custo”, considera Yoshida. “A exposição contínua aos mosquitos serve como reforço natural da imunidade.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. fonte: Agência Estado Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Mosquito do bem! Mais uma arma na luta contra a leishmaniose

    22 de Março de 2010Leishmaniose, Saúde

    Clique na imagem para ampliá-la. O assunto é sério, urgente e, a cada dia que passa, mais presente em nossas vidas. O pessoal do Miaaudote – os queridos Carol e Allan que fizeram a nova identidade visual do Mãe de Cachorro – criou um super folheto explicativo sobre a prevenção da leishmaniose, uma doença grave que mata mesmo e que, por conta da ignorância humana, tem sido a desculpa para o extermínio em massa de cães, já que eles, como todos nós, principalmente crianças e idosos, são transmissores da doença. Atenção: o cão só pode ser vacinado contra leishmaniose se não estiver contagiado. Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Leishmaniose: prevenção é a solução!

    7 de novembro de 2009Campanhas, Leishmaniose

    Recebi, repasso e deixo o alerta: o assunto é sério! Cães, como crianças e idosos, são as maiores vítimas, mas são os únicos a serem mortos (claro!). Uma criança infectada e/ou um idoso é um foco de retransmissão da doença muito mais perigoso que um cão (até porque estão dentro das casas), enquanto isso, só os cachorros são mortos, demonstrando estupidez e ignorância inclusive de órgãos que deveriam, na teoria, defendê-los. Não torça o nariz e nem ache que não é com você. Quando meu irmão morava em Campo Grande, MS, simplesmente foi obrigado a entregar suas cadelas para a Vigilância Sanitária, que passou recolhendo e depois matou milhares de animais. Se o governo ou a prefeitura de seu estado/cidade decidirem tomar a mesma atitude drástica, vocês verão que não é simples assim dizer que “não” e serão obrigados a entregar seus filhos para a morte por pura preguiça humana de combater eficazmente a doença. LEISHMANIOSE: HORA DE AGIR O Projeto Focinhos Gelados promoveu um seminário técnico sobre LEISHMANIOSE, evento que o CRMV-SP tentou proibir, mas que foi extremamente produtivo e com muitas novidades sobre diagnóstico, vacinação e prevenção. Entre as conclusões, a necessidade urgente das ONGs, médicos veterinários, setores de saúde pública unirem-se para mudar o foco de combate à doença, que resume-se no extermínio em massa de cães por parte do poder público. O Projeto Focinhos Gelados, um dos pioneiros na discussão sobre Leishamaniose, entre os organismos da sociedade civil organizada, está propondo para ONGs, WSPA Brasil, Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, médicos veterinários especializados, entidades representativas da classe, e até para representantes da saúde pública a formação de um FÓRUM PERMANENTE DE DISCUSSÕES E PROPOSTAS SOBRE LEISHAMANIOSE. Leiam todos os detalhes do Seminário nos links: Leishmaniose – é hora de acabar com o extermínio Veterinários […]

    Assunto sério e pertinente. Leia com atenção e repasse!

    27 de outubro de 2009Leishmaniose, Saúde

    Clique na imagem para ampliá-la e aqui para ir ao site do Projeto Focinhos Gelados. AGENDA SÁBADO 18 DE OUTUBRO 08:30 às 8:45 hs. Abertura08:45 às 9:30 hs. – Experimentação animal – A experiência do IPEN com métodos alternativos – Dra. Nanci Nascimento – Presidente do Comitê de Ética – IPEN Instituto de Pesquisas Energéticas Nucleares09:30 às 10:15hs – Conservação, Preservação e Proteção – Dra. Cristina Harumi Adania – Associação Mata Ciliar Doutorado em Reprodução Animal 10:15 às 10:30 hs. – Coffee break10:30 às 11:15 hs. – Processo legislativo e atual situação da legislação para os animais – Dra. Ana Nira Nunes Junqueira – Veterinária e Consultora WSPA 11:15 às 11:35 hs. – Perguntas do primeiro bloco11:35 às 12:20 hs. – Fadiga da Compaixão – Elizabeth Mac Gregor – Gerente de Afiliadas WSPA Sociedade Mundial de Proteção Animal 12:20 às 13:50 hs. – Almoço 13:50 às 14:35 hs. – Acunpuntura – Dra. Maria Carolina Ochsendorf Castro14:35 às 15:20 hs. – Há implicações (causas e consequências) no aumento da população felina? – Angela Caruso – Presidente do Quintal de São Francisco 15:20 às 15:40 hs. – Perguntas do segundo bloco 15:40 às 15:55 hs. – Coffe break 15:55 às 16:40 hs. – Projeto Arca Amazônica – um novo paradigma de proteção ambiental – Elizabeth Mac Gregor 16:40 às 17:30 hs. – Apresentação do vídeo – Animais Seres Sencientes – WSPA 17:30 às 17:45 hs. – Perguntas do terceiro bloco 17:45 às 18:00 hs. – Debate sobre o primeiro dia e encerramento DOMINGO – 19 DE OUTUBRO 08:30 às 09:15 hs. – Comportamento animal – O certo e o errado no trato com animais domésticos – Dr. Mauro Lantzman – Doutor em Psicologia clínica e especialista em comportamento animal09:15 às 10:00 hs. – Leishmaniose estágio atual – Dr. Márcio Antonio Batistela Moreira […]

    III Seminário Projeto Focinhos Gelados

    2 de outubro de 2008Eventos, Homeopatia, Leishmaniose

    Recebi, repasso e confirmo! >> A todos que amam os animais, divulgo as palavras da Presidente do>>Abrigo dos Bichos, que luta contra a ação irracional da nossa Secretaria>>de Saúde, que ao invés de realizar ações contra o mosquito trasmissor da>>Leishmaniose prefere adotar a eutanásia compulsório de milhares de cães.>>Nós podemos ainda fazer algo! A eutanásia de cães não vai impedir que>>alguém da sua família contraia a doença. Observe:>>>> O resumo da Drª. Alessandra Gutierrez de Oliveira (UFMS) sobre os>>flebotomineos de Campo Grande revela que há prevalência para sangue humano>>(66,4%), depois aves (64,8%)… e, por último… o sangue canino (8,9%).>>Isto representa que não adianta matar cachorro, mas que medidas sanitárias >>efetivas devam ser tomadas de imediato!!!>>>>Mais do que nunca… vamos assinar a petição, principalmente agora que a>>liminar de Ação Civil Pública proposta pelo Abrigo dos Bichos foi>>indeferida.>>>> Assinem a petição virtual: http://www.petitiononline.com/232527>>>> Muito obrigada! Repassem este email para seus amigos.>>>> Camila>>>>>> LEIAM ESSES COMENTÁRIOS:>>>> “Por gentileza, assinem a petição on line em favor de nossos cães que>>estão sendo exterminados, vítimas de uma inadequada política de>>administração de saúde pública.>>>>http://www.petitiononline.com/232527/>>>>* Os moradores de outras cidades/Estados podem e devem assinar juntos>>tb!!!>>Vidas serão salvas.>>>>Em virtude da ilegalidade da matança de animais saudáveis e por não>>concordarmos com a política de saúde pública praticada, onde cada vez mais>>se torna cristalina a ineficácia do sacrifício de animais doentes como>>método de controle e eliminação da leishmaniose canina e humana, bem como>>da inconstitucionalidade do recolhimento compulsório dos animais>>domésticos doentes (confisco) e da necessidade da adoção de protocolos>>mais rígidos para o exercício de poder de polícia administrativa pelo>>Centro de Controle de Zoonoses de Campo Grande, o Abrigo dos Bichos>>protocolizou uma Ação Civil Pública, sendo que o senhor juiz não deferiu a>>liminar.>>>>Inúmeras pessoas estão revoltadas e indignadas, denunciando,>>aterrorizadas, a ação brutal dos agentes sanitários do CCZ exigindo entrar>>nas residências para colheita de […]

    Absurdo contra os cães no Mato Grosso do Sul! Assinem e ajudem!

    25 de junho de 2007Denúncias, Leishmaniose
  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados