• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Fogos de artifício e o agito das festas podem provocar terror nos pets. Já uma caixa de transporte pode ser um oásis no meio de tanto agito. Clique na imagem para ler a coluna ou acesse o link http://cachor.ro/q09

    Coluna de hoje: Como deixar seu pet seguro nas festas da virada? Aprenda uma dica infalível na coluna de hoje.

    Lembram do post “Casa, comida e roupa lavada? O bem-estar dos gatos passa por bem mais do que isso!”? Nele o veterinário especialista em gatos, Carlos Gabriel, fala da importância do enriquecimento hambiental para gatos que criados indoors (dentro de casa e apartamentos). Dei uma estuda em sites estrangeiros (onde a cultura de gatos criados indoors é mais forte e mais antiga do que no Brasil) e achei algumas sugestões bem interessantes: Tem banheira em casa? Então deixe uma bolinha de ping pong dentro da banheira vazia e divirta-se com a festa que seu gatinho fará com ela! Compre brinquedos específicos para os felinos de estimação, com os quais eles possam brincar sozinhos. Como sei que no Brasil quase não temos opções, fiz uma busca no site Amazon e garanto pra vocês: muitas vezes é mais fácil e barato comprar lá fora e receber a entrega em casa! Para acessar a pesquisa que fiz para vocês, cliquem aqui. Pesquisei o site da famosa marca Kong e eles possuem váriossss brinquedos para gatos. Acesse todos clicando aqui e depois basta procurá-los para vender na Amazon ou em outros sites que entreguem no Brasil. Passeie com seu gato! Pois é… Vários sites falam o mesmo: acostume seu gatinho a usar uma peitoral segura e saia com ele para passear! Vídeos divertidos! Criar crianças assistindo TV não era uma boa nem na minha época de pirralha, muito menos agora. Mas as mamães de gatos podem – e devem – fazer uso da telinha para manter os bichanos entretidos. Existem vídeos específicos para gatos (clique aqui), mas se você perceber que algum DVD seu já faz sucesso, use e abuse! Fofocando na janela: apenas para gatos com vida realmente indoors – Com seu bichano seguro dentro de casa com as grades de proteção, deixe […]

    Distraia seu bichano!! Alternativas para manter seu gatinho ocupado, feliz e seguro, dentro de casa.

    19 de novembro de 2012Gatos, Guarda responsável, Vídeos

    Mudar para uma nova casa pode ser estressante para seu cão. Planejamento com antecedência, paciência e carinho podem ajudá-lo a se ajustar mais rapidamente ao novo lar. Leia também: “Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 1” “Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 2” Preparando o novo lar Conforme você for mudando seus coisas para a nova residência, tome cuidado especial com itens que possam machucar/envenenar seu cão. Abaixe-se e olhe em redor na altura dos olhos do seu cão para ter certeza de que não está esquecendo nada ao alcance dele no meio da bagunça que é uma mudança. Certifique-se de que o novo lar é seguro para seu peludo. Procure por: Venenos – materiais de limpeza, repelentes de insetos, pesticidas, medicamentos, plantas venenosas etc. Objetos/superfícies que possam queimar – ferros elétricos, aquecedores, eletro-eletrônicos plugados na tomada, líquidos/superfícies quentes etc. Eletricidade – cuidado extra com fios desencapados! Objetos que possam provocar sufocamento – Que mudança não tem pedacinhos e pedações de tudo e mais um pouco espalhados por todos os lados? Atenção para agulhas, pregos, lascas de caixas e de móveis etc. Objetos que possam cair sobre o cão – Certifique-se de que tudo está sendo bem instalado na casa nova. Já pensou um armário caindo sobre seu peludo? Buracos por onde ele possa fugir – Casa nova pode provocar insegurança mesmo que a família inteira esteja junto. Tenha certeza de que seu cachorro não poderá escalar muros e cercas e de que não há buracos ou outras possibilidades de fuga. Já mude para o novo endereço sabendo onde há atendimentos veterinários de emergência nas proximidades. Tentar achar uma clínica quando você já precisa desesperadamente de uma é perder um tempo que pode significar […]

    Vai se mudar? Como acostumar seu cachorro ao novo lar!

    Tudo bem, nem todo mundo é falador, metido e até mesmo abusado como eu, o tipo de pessoa que escuta alguém falando sobre cães seja onde for e que pede licença e se mete na conversa. Mas… Um pouco de posicionamento e atitude perante o vasto mundão não faz mal nem mata ninguém e, de quebra, ainda pode ajudar aos animais que você jura amar tanto, sejam eles quais forem. Basta estarmos abertos a algo para que nossas energias se encontrem. Exemplos? Não faltam, sobram! Falo sobre castração com todas as mães de cachorro que encontro com seus peludos. Sim, todas. É o mesmo papinho sempre “Oi, que lindo(a). Qual o nome? Quantos anos? Que amor! Já castrou?”…Se a resposta for sim, vou de: “Parabéns! Pôxa, parabéns mesmo!”. Se for não, “Ah, mas por quê não? É tão bom castrar, fora que olha a quantidade de bicho nas ruas. E os de raça então? Tá cheio pra doar! bláblábláblá”… Conversando com o fornecedor de camisetas da Loja, de novo castração em pauta, mas desta vez também abandono e piometra, já que ele pretendia cruzar sua American S. Terrier porque ela tinha um “ótimo pedigree”. Como é alguém com quem já tenho uma certa intimidade, fui mais incisiva, embora tenha dito tudo sorrindo, esperando as respostas e com tom amigável, mas ainda assim, falei tudo que queria: “Tá, você diz que a tua cadela é ótima, mas e o macho? Vais fazer exames de saúde nos dois, você conhece as doenças da raça? Ou só vais juntar A com B e encher o mundo de mais cachorro? Vais cuidar dos filhotes até eles teram uns 60 dias de vida? Deixa eu vê-la?”.  Ontem mesmo fui atrás dele para conhecer a cadela e… Deu até pena, lá veio ele com o pedigree […]

    Promover educação pró-peludos: basta abrir a boca e…

    Já diz o ditado popular que é “melhor prevenir do que remediar”. E como com saúde não devemos brincar, que tal ficar de olho nas situações abaixo e manter seu peludo saudável? Doenças periodontais e bucais: o uso regular de ossos carnudos e crus (meaty bones) é garantia de boca saudável. Para cães e gatos que alimentam-se de rações industrializadas então, deveria ser obrigatório! Quer entender o que é, afinal de contas, um osso carnudo e cru e como oferecê-lo a seu peludo? Acesse o link Guia sobre meaty bones e tire suas dúvidas! Leia também: Fio dental natural: conheça uma alternativa saudável para limpar os dentes do seu gato (ou cão de pequeno porte)! E os veterinários que me desculpem, mas limpeza de tártaro com seus riscos de anestesia e custos elevados pra mim não é prevenção, é remediar uma situação que não precisava chegar a um estado tão crítico a ponto da limpeza ser necessária. Doenças do trato urinário (mais comuns em gatos): Dieta apropriada (o mais úmida possível) e enriquecimento ambiental (o tédio e o estresse acentuam a predisposição) são tudo que você precisa para mantê-las longe do seu amigo de patas. De novo, se seu animal já chegou ao ponto de precisar de cirurgia ou de rações terapêuticas, desculpem, mas a doença não foi evitada, ela agora está sendo remediada… Leia também: Suplementos naturais para enriquecer a dieta de cães e gatos que se alimentam de rações Como escolher a melhor ração para o meu gato? – Parte 1 Como escolher a melhor ração para o meu gato? – Parte 2 Qual a maneira correta de alimentar seu bichano? Dicas de manejo dietético para gatos! Piometra (infecção no útero): A piometra precisa de cirurgia de emergência para retirada do útero cheio de pus e de cuidados […]

    SAÚDE cães e gatos: Conheça as doenças e acidentes mais comuns que você pode prevenir de maneira bastante simples!

    Achei este artigo ontem de bobeira no Twitter e não tinha como ele não estar aqui pra todos nós aprendermos/lembrarmos um pouco mais o que já deveríamos saber/praticar com nossos amorecos de patas! Apesar de ser mãe de cachorro assumida e devidamente criticada (kkkk!), sempre defendi aqui no blog que humanizar nossos cães é uma das piores coisas que podemos fazer com eles. Simplesmente não está certo e quem o faz não está levando em conta as reais necessidades de um cão para ser emocionalmente equilibrado e psicologicamente saudável. É fácil? Lógico que não! Ainda mais para quem tem um “cão bibelô”, como é o meu caso. Mas ser mãe/pai é fazer o que é certo e bom para os filhos, não o que é mais fácil ou melhor pra nós mesmos… Ao menos é assim que entendo toda e qualquer maternidade/paternidade (e já falei isso também, porque me irrita esse povo que bota filho no mundo só pra fazer sombra, sem se preocupar em formar e educar um cidadão). E quem mais ganha com uma relação equilibrada e sadia conosco são os peludos, que passam a ser mais bem vistos na sociedade. Espero que vocês gostem, boa leitura! “Cães equilibrados raramente apresentam problemas comportamentais” – Dr. Marcel Pereira Confiram um pedaço do artigo do PetMag e leiam a íntegra clicando aqui. Cães equilibrados raramente apresentam problemas comportamentais, além de serem mais facilmente treinados. Mas o que deve ter um cão para ser equilibrado? Um animal equilibrado é aquele que tem todas as suas necessidades preenchidas diariamente. Além de água, comida, carinho e cuidados com a saúde, deve ter atividades físicas rotineiras e desafios psicológicos frequentes. O problema é que costumamos humanizar os cães, e costumamos mimá-los e tratá-los como nossos filhos – e é aí que os problemas aparecem. […]

    Educador ou adestrador, qual a diferença?

    A leitora Juliana Marques mandou a dica deste material super legal que o site Irmão Animal preparou para nos ajudar a manter cães e gatos mais quentinhos e saudáveis no inverno. Para acessar a apostila em .pdf, basta clicar nas imagens deste post ou aqui. Uma vez no arquivo, você pode consultá-lo na internet mesmo, salvá-lo em .pdf para enviar aos amigos ou imprimi-lo. Colei para nós a capa e as duas primeiras páginas só para dar uma ideia do material pra vocês. Confiram e divulguem!!!   Lembrando: ao reproduzir o material, sempre citar a fonte, linkando-a e dando todos os créditos devidos. Plágio é crime federal, além de uma super falta de vergonha na cara e atestado de má fé e desonestidade! Grupo Irmão Animal "Nós, seres humanos, estamos na natureza para auxiliar o progresso dos animais, na mesma proporção que os anjos estão para nos auxiliar. Por isso, quem chuta ou maltrata um animal é alguém que ainda não aprendeu a amar" – Chico Xavier Deseja ajudar a causa animal em Petropolis? Acesse: http://irmaoanimal.com https://www.facebook.com/irmaoanimal

    Como aquecer cães e gatos no inverno: Apostila do site Irmão Animal traz dicas práticas e baratas!

    24 de julho de 2012Gatos, Guarda responsável, Saúde

    Clique nas imagens para ampliá-las e aprenda como ajudar o planeta a economizar água! Já faz tempo que estou para postar estas dicas, mas sempre esqueço. Espero que vocês façam bom proveito e lembrem de zelar por nossos recursos naturais, todos eles. Como diria meu pai “Luz que se apaga, não se paga” e por aí vai. Não custa escovar os dentes usando um copo d’água ao invés de torneira aberta, nem apagar as luzes desnecessariamente acesas, também vale comprar sacos de lixo biodegradáveis para todas as lixeiras da casa etc. etc. etc. São tantas as pequenas atitudes e mudanças que podemos fazer para ajudarmos nosso querido planeta a continuar azul. Inclusive vale levar de um post lá do Cachorro Paraguaio, onde a Cris nos dá dicas de como cuidar da natureza quando o assunto é também cuidar de nossos peludos amados. Confiram também! Post de maio de 2010, mas sempre pertinente. Como hoje deixaram um comentário com mais material sobre o assunto, achei legal repostar e chamar a atenção de vocês para o comentário com mais dicas.

    Planeta água: saiba como descobrir vazamentos e fazer sua parte para ajudar o planeta azul!

    Adoção, guarda responsável, controle da reprodução de cães e gatos e abandono são os temas abordados em folder com tiragem inicial de 10 mil unidades. Clique aqui para ler a coluna Mãe de Cachorro no Notícias do Dia de hoje. Clique nas imagens!

    Coluna de hoje: Instituto Ambiental Ecosul e Ministério Público de Santa Catarina lançam material educativo sobre guarda responsável

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados