• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Texto: Fúlvia Andrade, autora dos blogs Mães com Cães e Canto dos Bichos EXCLUSIVO: Cães e crianças são ótimos companheiros, ao contrário do que algumas pessoas acham ao abandonarem seus cães quando descobrem que terão um filho. Mas este post não trata disso e sim de como pode ser divertido para cães e humanos mirins esta relação pra lá de amigável. Sim, vamos falar das brincadeiras e atividades que eles podem desfrutar juntos. Sempre é bom lembrar que nós, os pais, devemos supervisionar as brincadeiras, para que um não machuque o outro (ou vocês acham que só o cachorro que pode machucar uma criança? risos). Outro ponto importantíssimo: devemos conhecer pelo menos o básico da linguagem corporal canina, para a brincadeira seja segura. Os cães devem amar crianças, e não apenas tolerá-las: as chances de sucesso são mais garantidas. Agora, vamos brincar?? 1. Se você tem um cão que foi feito para puxar (como os Huskies, Malamutes, Samoiedas, Boiadeiros Bernês etc), ou se simplesmente tem um cão grande e bastante ativo que goste de correr, pode aproveitar a adoração de seu filho por patins e deixar que o cão leve-o para patinar em um local seguro, onde o cão não possa fugir (e você sempre supervisionando a brincadeira, lembra?). Neste tipo de brincadeira o cão deve ser muito bem treinado, ok?! 2. Esconde-esconde: esse, de longe, é o preferido das meninas aqui em casa. Tanto a Letícia se esconde pra Suzie achar, como a Lê esconde petiscos pela casa (e eu mantendo a Suzie no comando “espera” enquanto isso) para serem achados e devorados. Elas amam, amam, brincam bastante disso, até que uma das duas, normalmente a Suzie, se canse primeiro. 3. Pega-pega: esse as meninas gostam de brincar também, principalmente em locais mais amplos, como parques. 4. Correr: qual […]

    Papo de Mãe – Filhos: Brincadeiras e Atividades com Crianças e Cães

    Continuando com a ajuda da minha amiga Fúlvia Andrade para dar sequência às traduções da Série Filhotes no Mãe de Cachorro, segue mais um post. Importante: estes textos são traduzidos do livro Puppies for Dummies, transformado aqui no blog na Série Filhotes, mas tanto eu quanto a Fúlvia recomendamos firmemente que qualquer pessoa desejando um melhor convívio com seu cão leia diversos materiais sobre técnicas de educação e psicologia canina, principalmente sobre métodos positivistas, que não utilizam castigos/punições. Para ler um texto sobre a combinação de comandos senta-fica acesse este texto da Fúlvia: http://cantodosbichos.blogspot.com/2008/04/nveis-20-senta-fica.html Texto: Sarah Hodgson – Puppies for Dummies – 2nd Edition Tradução e adaptação: Fúlvia Andrade– Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida. De 16 a 24 semanas de vida: O Pré-Adolescente (parte VI) Uma palavra por semana Conforme seu filhote se desenvolve física e mentalmente, você precisa começar a ensiná-lo os comandos mais úteis: Junto, Não, Fica, Vem e Parado-Fica. Se você ensinar uma palavra por semana, ele aprenderá rapidinho. Parado-Fica Este comando é ótimo quando você precisa limpar as patas sujas de lama ou cuidar da pelagem e da higiene do seu filho peludo. Se você seguir os passos seguintes, não é algo difícil de ensinar: Ajoelhe-se perto do filhote. Coloque sua mão direita na coleira dele. Deslize sua mão esquerda sob a barriga dele. Diga “Parado-Fica” assim que o filhote ficar na posição. Relaxe sua mão direita e deslize sua mão esquerda até a coxa do filhote. Varie a pausa de dois a cinco segundos – e libere o filhote com um “OK”. Vá aumentando a pausa até chegar a um minuto. Repita os passos 2 a 7 com você em pé. Depois que o filhote ficar parado, você está pronto para soltá-lo. Coloque o filhote na posição. Fale “Fica” e retire […]

    Série Filhotes no Mãe de Cachorro – 15º post: como ensinar o comando "Parado-Fica"

    Continuando com a ajuda da minha amiga Fúlvia Andrade para dar sequência às traduções da Série Filhotes no Mãe de Cachorro, segue mais um post. Importante: estes textos são traduzidos do livro Puppies for Dummies, transformado aqui no blog na Série Filhotes, mas tanto eu quanto a Fúlvia recomendamos firmemente que qualquer pessoa desejando um melhor convívio com seu cão leia diversos materiais sobre técnicas de educação e psicologia canina, principalmente sobre métodos positivistas, que não utilizam castigos/punições. Texto: Sarah Hodgson – Puppies for Dummies – 2nd Edition Tradução e adaptação: Fúlvia Andrade– Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida. De 16 a 24 semanas de vida: O Pré-Adolescente (parte V) Uma palavra por semana Conforme seu filhote se desenvolve física e mentalmente você precisa começar a ensiná-lo os comandos mais úteis: Junto, Não, Fica, Vem e Parado-Fica. Se você ensinar uma palavra por semana, ele aprenderá rapidinho. Vem Agora você está pronto para ensinar o “Vem”, que é outro comando altamente importante. Primeiro, você precisa se perguntar duas coisas: Você já disse o comando “Vem” mais de uma vez e gritou-o repetidamente? Você correu atrás de seu filhote e subornou-o com seu petisco favorito? Se você respondeu sim a uma ou ambas as perguntas, já começou o problema. Seu filhote agora pensa que “Vem” significa desobediência ou que é hora de brincar. Felizmente, você pode reformatar seu entendimento, mas fazê-lo requer tempo, concentração, paciência e muitos elogios. Descubra como. Primeiro, tenha o controle Ensine o filhote a interagir fisicamente com você, assim quando ele ouvir “Vem”, ele vai querer voltar para o seu lado. E quando você o ensinar a vir de uma distância maior, ele virá mais rápido, para chegar logo ao seu lado. O objetivo deste comando é que o filhote volte e faça contato […]

    Série Filhotes no Mãe de Cachorro – 14º post: como ensinar o comando “Vem”

    Continuando com a ajuda da minha amiga Fúlvia Andrade para dar sequência às traduções da Série Filhotes no Mãe de Cachorro, segue mais um post. Importante: estes textos são traduzidos do livro Puppies for Dummies, transformado aqui no blog na Série Filhotes, mas tanto eu quanto a Fúlvia recomendamos firmemente que qualquer pessoa desejando um melhor convívio com seu cão leia diversos materiais sobre técnicas de educação e psicologia canina, principalmente sobre métodos positivistas, que não utilizam castigos/punições. Para ler um texto sobre a combinação de comandos senta-fica acesse este texto da Fúlvia: http://cantodosbichos.blogspot.com/2008/04/nveis-20-senta-fica.html Texto: Sarah Hodgson – Puppies for Dummies – 2nd EditionTradução e adaptação: Fúlvia Andrade– Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida.De 16 a 24 semanas de vida: O Pré-Adolescente (parte IV) Uma palavra por semana Conforme seu filhote se desenvolve física e mentalmente, você precisa começar a ensiná-lo os comandos mais úteis: Junto, Não, Fica, Vem e Parado-Fica. Se você ensinar uma palavra por semana, ele aprenderá rapidinho. Fica Se este comando é o seu sonho, acredite, é o sonho de muitos. Não sei porque muitas pessoas têm dificuldades em ensiná-lo, talvez por quererem resultados pra ontem: ensinam o fica em um dia e esperam que o cão fique lá por um tempo infinito, enquanto vão abrir a porta pra alguém ou na cozinha preparar a janta. Não tenha pressa! Quando ensinado progressivamente, é um comando ótimo. Abaixo, algumas regras para se ensinar o Fica: → Olhe acima da cabeça do filhote quando for praticar; nunca direto nos seus olhos. É desencorajador pra ele. → Fique ereto. Quando você se curva, para que você quer brincar (do ponto de vista do cão). → No começo, fique perto do filhote, cerca de 10 a 15 centímetros de distância. Se aumentar a distância muito rápido, assusta […]

    Série Filhotes no Mãe de Cachorro – 13º post: como ensinar o comando “Fica”

    Continuando com a ajuda da minha amiga Fúlvia Andrade para dar sequência às traduções da Série Filhotes no Mãe de Cachorro, segue mais um post. Importante: estes textos são traduzidos do livro Puppies for Dummies, transformado aqui no blog na Série Filhotes, mas tanto eu quanto a Fúlvia recomendamos firmemente que qualquer pessoa desejando um melhor convívio com seu cão leia diversos materiais sobre técnicas de educação e psicologia canina, principalmente sobre métodos positivistas, que não utilizam castigos/punições. Texto: Sarah Hodgson – Puppies for Dummies – 2nd Edition Tradução e adaptação: Fúlvia Andrade– Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida. De 16 a 24 semanas de vida: O Pré-Adolescente (parte III) Uma palavra por semana Conforme seu filhote se desenvolve, física e mentalmente, você precisa começar a ensiná-lo os comandos mais úteis: Junto, Não, Fica, Vem e Parado-Fica. Se você ensinar uma palavra por semana, ele aprenderá rapidinho. Não Há algumas contradições com o modo como as pessoas fazem uso dessa palavra tão pequena mas que deixa os filhotes confusos com o seu significado. → Normalmente as pessoas gritam. Gritar com um filhote parece com um latido. Você acha que latir excita ou acalma uma situação? → Muitos usam junto com o nome do filhote (tanto que a maioria dos filhotes acha que “Não” é seu sobrenome: Suzie Não!; Bono Não!). Devemos usar o nome do filhote somente quando estamos felizes, nunca quando estivermos bravos. → As pessoas dizem “Não” depois que a ação já aconteceu. Se eu gritar com você depois de você ter jantado, você vai saber que eu estava brava com você por ter comido meu iogurte? Dito na hora errada, o comando “Não” não significa nada. → A grande maioria das pessoas o diz repetitivamente. “Não, não, não, não” é diferente de “Não”. O […]

    Série Filhotes no Mãe de Cachorro – 12º post: como ensinar o comando “Não”

    Fulvia e suas meninas! Tem colunista nova no Papo de Mãe!!! Chamei a Fúlvia, minha queria amiga do Mães com Cães e do Canto dos Bichos, para ser a voz da maternidade “dupla” aqui no Mãe de Cachorro. Muitas vezes, em conversas sobre crianças com amigos que têm filhos, termino ficando quieta porque não tenho filho gente. Daí a presença da Fúlvia por aqui, hehehe. Ela pode! Ela é mãe no sentido mais aceito da palavra, mãe de gente. Mas também é mãe de peludo, então está em casa aqui conosco =0]  Amiga, seja-bem vinda! Tenho certeza de que minhas leitoras agora serão também tuas. Grande beijo e obrigada por aceitar estar por aqui! *********** Texto: Fúlvia Andrade, dos blogs Mães com Cães e Canto dos Bichos Confesso: nunca fui uma pessoa muito ligada em bebês e crianças. Nunca mesmo. Por outro lado, não me imaginava sem meus amados peludos, meus anjos caninos. Desde que me conheço por gente, amava os cães, lia sobre eles, queria saber tudo sobre eles. E sempre quis ter meus cães.   Quando conheci o Luis, ele logo soube que eu queria muito ter cães. E ele nunca se opõs a isso. Logo que nos casamos, conversamos sobre ter um cão, antes de ter um filho. Seis meses depois, chegou nossa primogênita, a Suzie. Foi amor à primeira foto. Amo essa magrela, do fundo do coração. O tempo foi passando e Luis queria ter um filho. “Tá, tudo bem”. Eu tinha acabado de pedir demissão do meu emprego e passei a dar aulas em casa. Com este ambiente favorável, e Suzie já adulta, engravidei. Não, não dei pulos de alegria. Senti muito medo, pavor mesmo. Não queria que os nove meses passassem… por mim, poderia demorar uns 30 meses… risos. Não me sentia nada preparada, não entendia […]

    Papo de Mãe – Comportamento: Mãe de Cachorro e Mãe de Criança

    Continuando com a ajuda da minha amiga Fúlvia Andrade para dar sequência às traduções da Série Filhotes no Mãe de Cachorro, segue mais um post. Importante: estes textos são traduzidos do livro Puppies for Dummies, transformado aqui no blog na Série Filhotes, mas tanto eu quanto a Fúlvia recomendamos firmemente que qualquer pessoa desejando um melhor convívio com seu cão leia diversos materiais sobre técnicas de educação e psicologia canina, principalmente sobre métodos positivistas, que não utilizam castigos/punições. Texto: Sarah Hodgson – Puppies for Dummies – 2nd Edition Tradução e adaptação: Fúlvia Andrade– Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida. De 16 a 24 semanas de vida: O Pré-Adolescente (parte II) Uma palavra por semana Conforme seu filhote se desenvolve física e mentalmente você precisa começar a ensiná-lo os comandos mais úteis: Junto, Não, Fica, Vem e Parado-Fica. Se você ensinar uma palavra por semana, ele aprenderá rapidinho. Junto Um filhote ficar calmamente ao lado do seu dono, andando junto e sentando quando o tutor parar, é algo lindo de se ver. Apesar de levar um tempo para haver sincronia, eventualmente você conseguirá andar por entre as pessoas e pedir para o filhote ficar junto de você por uma boa distância. Milagre? Use os seguintes exercícios para ensinar seu filhote a ficar junto ao seu lado. Faça um círculo simples Pratique em um lugar calmo (dentro ou fora de casa). Limpe o local para que vocês possam andar em círculo. Posicione o filhote ao seu lado esquerdo, vocês dois olhando à frente, as patas do filhote alinhadas com seu calcanhar. Pronto? Vamos começar: Relaxe os braços, mantenha seu dedão esquerdo atrás da costura das suas calças. Dê um puxãozinho na guia se o filhote puxar. Ajude o filhote dizendo “Fulano, Junto” quando você começar a andar no sentido […]

    Série Filhotes no Mãe de Cachorro – 11º post: caminhando “Junto”

    Continuando com a ajuda da minha amiga Fúlvia Andrade para dar sequência às traduções da Série Filhotes no Mãe de Cachorro, continuamos a falar da educação do filhote de acordo sua idade. –>Para acessar o índice dos posts da Série Filhotes, clique aqui. Texto: Sarah Hodgson – Puppies for Dummies – 2nd Edition Tradução e adaptação: Fúlvia Andrade – Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida. De 16 a 24 semanas de vida: O Pré-Adolescente (parte I) Quando seu filhote atinge este estágio, você pode ficar meio perdido. Alguns dias são ótimos; em outros você tem vontade de fugir de casa. O filhote não te ouve nem responde ao que você pede. Ele pula em cima, persegue e mordisca tudo que se mova. Requer atenção e late ou monta quando não é atendido. Insiste em ser o centro da atenção todos os minutos do dia, todos os dias. É uma fase completamente normal e durante ela é bom que se faça um “calendário de educação”. As sessões devem ser curtas e divertidas e ensine cada comando uma vez ao dia na primeira semana; depois disso, use o comando várias vezes ao dia. Isso permitirá que o filhote tenha sucesso no aprendizado, fazendo com sucesso cada exercício antes de usá-lo no dia-a-dia, em situações reais. Dê livre acesso à casa, aos poucosContinue a manter o filhote na guia quando livre em casa, a menos que você seja capaz de dar atenção total a ele.Se ele se sair bem sozinho, use uma guia curta (*faça uma guia com cerca de uns 30cm para que você possa corrigir o cão sem colocar as mãos nele, já que o uso das mãos significa para seu filhote um convite para brincadeiras. Por exemplo, quando ele pular em você, não o empurre ou toque nele, apenas puxe […]

    Série Filhotes no Mãe de Cachorro – 10º post: Educando seu filhote de acordo com seus estágios de crescimento – de 16 a 24 semanas de vida

    Filhote usando um crate como cantinho de descanso.   Continuando com a ajuda da minha amiga Fúlvia Andrade para dar sequência às traduções da Série Filhotes no Mãe de Cachorro, segue um post sobre a importância do uso correto das caixas de transporte (crates) na educação de cães.   Sobre o assunto de hoje recomendo a leitura da série “Crate is Grate“, da Camilli Chamone.   –> Para acessar o índice dos posts da Série Filhotes, clique aqui. Texto: Sarah Hodgson – Puppies for Dummies – 2nd Edition  Tradução e adaptação: Fúlvia Andrade – Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida.   Crate A visão de um crate parece mesmo a de uma gaiola. Mas seu filhote adorará ganhar um, simplesmente porque parecerá uma toca, coisa que todos os cães adoram. Muito útil durante os estágios iniciais da educação, o crate ajuda o filhote a sentir-se seguro quando você não está em casa. Deixá-lo no crate também ajuda no treino do uso do banheiro, já que nenhum cão suja o lugar onde dorme. Ainda não quer dar um ao seu filhote? Pense assim: ter seu próprio cantinho todo especial para brincar e descansar é sinônimo de dar a uma criança sua própria cama e levá-la lá quando for hora de dormir. Você não deixaria uma criança dormir desprotegida em um cômodo grande, deixaria?   Quando for comprar o crate, verá que há muitas opções: diferentes tamanhos, materiais e cores. Qual levar? Algumas dicas: Crates de plástico são o padrão e podem ser usados em viagens bem como no dia-a-dia. Se você planeja viajar, compre-o – dará mais segurança ao filhote quando você estiver fora de casa. E quando o levar para qualquer outro lugar, o crate será sua referência de segurança, funcionando uma toca portátil!  Crates de arame têm maior ventilação e visão e podem ser cobertos com uma […]

    Série Filhotes no Mãe de Cachorro: 9º post – O uso de crates (caixas de transporte) dentro de casa

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados