• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Santa cúrcuma Nativa da Ásia, a cúrcuma (Curcuma longa), também conhecida como açafrão da terra, é membro das raízes da família do gengibre. Na sua forma natural, lembra gengibre pintado na cor laranja. Depois de cozida e desidratada, a raiz é transformada em pó. Sua cor é tão intensa que a cúrcuma tem sido usada como tinta natural ao longo dos séculos. Hoje, ela é um dos principais ingredientes do curry, condimento indiano. Além de ser saborosa, contém várias propriedades medicinais que fazem bem à saúde de pessoas e também dos cães. Propriedades Na Ásia, a cúrcuma é muito utilizada como antisséptico em cortes, queimaduras e machucados, como agente bactericida e para alívio estomacal. No Paquistão, a usam como antiinflamatório e para ajudar quem tem síndrome do intestino irritável e outros transtornos digestivos. Recentemente, cientistas da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), divulgaram o uso da cúrcuma misturada à água na luta contra a dengue, matando larvas do mosquito. Na Ásia, ela também é usada contra infestações de formigas. Medicina A cúrcuma também tem sido estudada na prevenção e no tratamento de Alzheimer, câncer e artrite. Atualmente o governo norte-americano tem dezenove estudos clínicos sobre os benefícios e propriedades da cúrcuma sendo conduzidos no National Institutes of Health. Mas o que tem seu cachorro e gato a ver com isso? Tudo! Se quiser aproveitar os benefícios desse pó que é um presente da natureza para a saúde, basta incorporar a cúrcuma na alimentação regular, seja na sua, ou na dos peludos. Saúde O uso regular da cúrcuma contribui com antioxidantes importantes e com fitonutrientes capazes de desintoxicar o fígado, estimular a imunidade, proteger contra fungos e estabilizar as taxas de açúcar no sangue, em pessoas, cães ou gatos.  Para potencializar suas propriedades antiinflamatórias, adicione sobre […]

    A cúrcuma, ou açafrão da terra: um tempero maravilhoso para a saúde de cães, gatos e pessoas.

    Manter o hálito de nossos cães fresco é possível, basta observar alguns cuidados com alimentação e limpeza. Bafo Ter mau hálito é um sinal de que há algo errado com a saúde do seu cachorro. Dentes e/ou gengivas doente […] Leia mais em: http://ndonline.com.br/florianopolis/colunas/mae-de-cachorro/251700-mau-halito-nao-e-normal-dicas-para-manter-a-boca-do-seu-cao-fresquinha-e-refrescante.html.

    Mau hálito não é normal: dicas para manter a boca do seu cão fresquinha e refrescante!

    Alguns temperos naturais podem e devem ser servidos aos cães, ajudando-os a manter a saúde em dia. Canela A canela, além de saborosa e perfumada, traz vários benefícios para a saúde. Essa pequena árvore, que cresce na Índia, Sri Lanka, Indonésia, Brasil, Vietnã e Egito, é cozida, desidratada e depo […] Leia mais em: http://ndonline.com.br/florianopolis/colunas/mae-de-cachorro/252071-beneficios-da-canela-para-a-saude-dos-caes.html.

    Benefícios da canela para a saúde dos cães.

      Se o cão é o melhor amigo do homem, o óleo de coco extravirgem não fica muito atrás! Conheça os benefícios que ele traz para a nossa saúde em geral e também para a saúde dos peludos. Óleo de coco Nem sei como não escrevi sobre os benefícios do óleo de coco extravirgem antes, pois sou consumidora deste produto natural e maravilhoso, utilizando-o diariamente na pele, na alimentação […] Leia mais em: http://ndonline.com.br/florianopolis/colunas/mae-de-cachorro/250685-oleo-de-coco-um-grande-aliado-na-saude-dos-caes.html.  

    Óleo de coco é um grande aliado na saúde de cães e gatos.

    Conheça os vários benefícios do neem para a saúde da cachorrada! Neem Existe uma solução natural, não tóxica e eficaz na luta contra pulgas e carrapatos e que ainda ajuda a manter mosquitos e outros insetos longe de nossos cães e casas. O óleo de neem (Azadirachta indica), extraído das folhas de uma planta nativa da Índia. Estudos científicos comprovaram que o neem (óleo, pó etc.) tem propriedades antisépticas, antioxidantes, antivirais, bactericidas, antifúngicas e até espermicidas! Biopesticida O neem é um biopesticida sem efeitos colaterais tóxicos/nocivos. Quando aplicado topicamente (diretamente na pele), não apenas repele mosquitos, carrapatos e pulgas, mas também os mata. Claro que seu poder residual é menor do que o de produtos tóxicos, então precisa ser reaplicado com regularidade. Existem medicamentos orais que contêm o neem entre os ingredientes e são usados para diversos fins, entre eles, combater vermes. Alergia à pulga Como o neem age como repelente, é altamente recomendável para ser usado em animais com alergia à pulga, cuja reação alérgica é iniciada pela saliva da picada. Continue a ler clicando aqui.

    Dê adeus a mosquitos, pulgas e carrapatos usando óleo de neem. 

    Informação é poder! Conheça sete ocasiões em que você deve correr para o veterinário com seu peludo clicando na imagem acima.

    7 situações que pedem atendimento veterinário urgente!

    Chegou a época mais achocolatada do ano, mas para os cães o chocolate é tóxico e pode até matar! Renovação Páscoa remete à renovação da vida. Cada novo dia é uma oportunidade de recomeço e, se não podemos mudar nosso passado e as escolhas já feitas, sempre poderemos plantar um novo futuro. Isso vale para tudo em nossa vida, inclusive para a maneira como lidamos com os animais sob nossos cuidados. Que os erros do passado nos estimulem a acertar agora e a plantar um novo futuro. Uma ótima Páscoa a todos!  Chocolate A ingestão de chocolate pode causar problema aos cães de dois modos. Primeiro, todo chocolate contém cafeína e teobromina, substância do cacau presente em todos os sabores em maior ou menor grau. Quanto mais puro o chocolate, mais das duas substâncias ele terá e mais perigoso será para a saúde canina. Segundo, a manteiga do cacau, os recheios variados e outras substâncias adicionadas aos vários tipos de chocolate podem causar problemas intestinais ou, em casos mais severos, pancreatite. Tóxicos A cafeína, como qualquer consumidor regular de café sabe por experiência, aumenta a atividade mental e estimula o trato gastrointestinal. Os cães sentem estes mesmos sintomas, mas são muito mais sensíveis a ambos do que os humanos. Se um cachorro consumir quantidades significativas de cafeína e/ou de teobromina, poderá ficar profundamente agitado e/ou desorientado, sofrer arritmias cardíacas, convulsionar e até mesmo morrer. Como cada organismo reage de modo particular às intoxicações, dois cães com o mesmo peso podem ingerir a mesma quantidade de chocolate e apenas um deles ficar muito intoxicado. Os sintomas Geralmente aparecem após seis horas da ingestão do chocolate sob forma de  muita sede, vômito, diarreia, inchaço na barriga e inquietação. Se não for tratado, o animal poderá fazer muito xixi, perder a coordenação motora […]

    Páscoa feliz: mantenha os cães bem longe dos chocolates!

    O fim da crueldade contra cavalos está próximo. Vitória A Câmara Municipal de Florianópolis aprovou por unanimidade em primeira votação na última quarta-feira, o projeto de lei complementar 1.352/2014, de autoria da vereadora Maria da Graça Dutra (PMDB), que inibe a circulação de veículos de tração animal em Florianópolis. A proibição vale para recolhimento de material reciclável e atividades que submetam o animal ao excesso de carga, que de acordo com o projeto, é considerado o peso superior ao do animal. Fim das carroças A proibição deve ser gradativa e tem o prazo máximo de dois anos para ser totalmente aplicada. A proposta determina ainda que durante a redução, o Executivo realize uma série de ações para melhorarar e profissionalizar o trabalho dos recolhedores de resíduos, fazendo assim com que não necessitem mais utilizar o animal para o transporte do material. Continue a ler clicando aqui.

    Câmara Municipal de Florianópolis aprova Lei que proíbe veículos de tração animal.O fim da crueldade contra cavalos está próximo

    Conheça quatro das emergências veterinárias mais comuns nesta coluna e outras mais na próxima edição da coluna Mãe de Cachorro. Emergência As colunas desta e da próxima semana trarão dicas sobre como reagir em situações de emergências veterinárias. Ficar calmo é a primeira providência.Depois, é preciso evitar que o cão se machuque mais, ou machuque alguém, pois, mesmo o animal mais manso pode morder em reação à dor. Emergências veterinárias pedem atendimento médico urgente, o que nem sempre é algo fácil, pois você pode estar sozinho, ou sem carro, e apenas você poderá correr contra o tempo para ajudar o animal. Veterinário Também é fundamental não piorar a situação automedicando o peludo ou oferecendo comida, leite e outras substâncias. Procure o veterinário com urgência, tenha sempre mais de um número de plantão veterinário à mão e ligue antes para avisar que está chegando com um animal em situação de emergência. Falta de ar Há dois inimigos dos cães com dificuldade para respirar: estresse e calor. Os dois aumentam demais a demanda de oxigênio no organismo. Para piorar, a dificuldade respiratória em si é estressante, o que aumenta a necessidade de oxigênio, dificultando a respiração, aumentando o estresse e causando, assim, um ciclo catastrófico de falta de ar – necessidade de oxigênio – estresse – falta de ar. Manter a calma é fundamental para ajudar o cão a se acalmar, o que o ajudará a respirar melhor. Continue a ler clicando aqui.

    Como agir em casos de emergências veterinárias envolvendo cães?

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados