• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Muito já foi dito sobre o cruel comércio de vidas que quem compra animais em petshops, feiras, anúncios etc. teima em ignorar e sustentar. Recentemente a Bianca amadica publicou dois posts no seu delicioso O Pequeno Grande Cão que me fizeram tomar a decisão de trazer pra vocês um apanhado de links sobre a questão da exploração de cães e gatos para suprir a demanda por filhotes de raça definida. Antes de prosseguir com a leitura (ou, quem sabe, após terminá-la), vale visitar a página Sites/blogs de adoção aqui do blog. Retirem um tempinho e boa leitura, o assunto merece nossa atenção e divulgação. Veja o resgate de 90 yorkies de uma fábrica de filhotes Saiba como funciona a indústria de filhotes Fábricas de filhotes (Puppy mills) Fazendas de filhotes: elas estão mais perto do que você imagina Feiras de Filhotes. DIGAM NÃO! Back Yard Breeders Criadores acima da lei O papel dos criadores no controle de cães abandonados Criador ou comerciante? Assumindo responsabilidades Filhotes Online Petshops usam cães de clientes para cruzar sem autorização Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe.Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Sobre fábricas/fazendas de filhotes, comerciantes/atravessadores e criadores de fundo de quintal…

    Minha querida amiga Kika, do Adote Floripa, ligou na tarde de ontem explodindo de indignação e contando por cima o que o texto da mãe dela descreve pra vocês logo abaixo. Eu havia entendido que quem havia se recusado a transportar a Pandorinha e o outro peludo era o motorista do ônibus e meu conselho foi um só, “Processem a empresa!“. Só ontem de noite, ao receber o relato pro escrito, foi que entendi a real situação e fiquei ainda mais impressionada com tudo. Ô gente ignorante! O que dois cães de porte pequeno, devidamente acomodados em caixas de transporte, poderiam fazer para incomodar tanto este ser das trevas que deu esse piti? Fala sério! Quantas vezes viajamos aguentando roncos, puns, conversas em voz alta, choros de crianças, blábláblá? Mas barulhos e cheiros de pessoas estão dentro do pacote de tortura das viagens coletivas, é isso? Ahhhh, façam-me o favor! ARF, mil vezes ARF! EMPRESA DE TRANSPORTE CONSTRANGE PASSAGEIRAS Passageiras são retiradas do interior do ônibus, por transportar cão de pequeno porte em local adequado, conforme exigências da própria Empresa de Transporte Rodoviário, e ainda são expostas a constrangimento público! Hoje , dia 12 de outubro, Dia da Criança e Dia de Nossa Senhora Aparecida, pude constatar uma cena triste e lamentável. Minha filha e uma colega, que cursam Medicina Veterinária em Lages, adquiriram suas passagens para subir a Serra acompanhadas de seus cães de estimação. Cada uma com seu cachorro, de porte pequeno, dentro das valises próprias para transporte de animal. Final de feriado, rodoviária lotada, e o ônibus mais ainda. A Auto Viação Catarinense ao vender a passagem informa que o cão tem que estar com a carteira de vacinação em dia, e dentro do compartimento próprio. Assim foi feito! O motorista pediu os documentos dos bichinhos, inclusive […]

    Estudantes de medicina veterinária são expulsas de ônibus intermunicipal em SC porque levavam cães de estimação

    13 de outubro de 2010Denúncias

    Queridos, estou sem receber e-mails na conta anacorina@maedecachorro.com.br no mínimo desde a noite de 3ª feira, então, por favor, se alguém me escreveu, peço que envie a mensagem novamente para o endereço maedecachorro@yahoo.com porque talvez o pessoal do meu servidor não consiga recuperar minhas mensagens não recebidas, ok? Como desgraça pouca nunca é bobagem, passei a noite de domingo e a 2a feira inteira sem internet e o botão do Twitter também está com problemas e só mostra o número real de retweets se a pessoa clica no título do post ou no “Leia Mais”… Desculpem, desculpem, desculpem, estou batalhando para resolver TUDO, ok?  🙁 Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Estou sem receber e-mails desde a noite de 3ª feira!!

    30 de setembro de 2010Denúncias

    Gente, fiquei sem internet desde ontem e só voltou agora, mas tenho que sair correndo de casa. De noite volto e boto tudo em dia, principalmente os e-mails, ok? Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Não sumi, estava sem internet!

    27 de setembro de 2010Denúncias

    O texto abaixo é de um e-mail que acabei de enviar para várias pessoas aqui de Floripa.Mas gostaria de contar mais uma vez com o apoio de todos vocês, meus amados leitores, para ajudar a ensinar aos senhores do Diário Catarinense um pouco sobre respeito aos animais e guarda responsável! Caso vocês queiram ter suas cartas ao jornal publicadas no Diário do Leitor, coloquem nome, profissão e CPF, porque estes dados autorizam a publicação de suas palavras. Oi, gente! Todos sabem dos absurdos cometidos pelos criadores de fundo-de-quintal que despejam seus filhotes em vitrines de pet-shops e da batalha que foi pra Diretoria do Bem-Estar Animal conseguir barrar um pouco essa turma desonesta ao impor condições para a venda de filhotes de cães e gatos em Florianópolis. Condições estas que, diga-se de passagem, qualquer criador realmente decente e honesto inclusive apoia e pratica, até mesmo porque não revende filhotes para atravessadores como petshops e feiras e muito menos anuncia em jornais e classificados de qualquer espécie. Esta semana fui a uma pet e conheci uma moça que tem uma yorkie de 4 meses com catarata congênita, comprada em uma petshop de Palhoça pelo noivo (por R$1.300,00!!). Detalhe: a petshop tem veterinária, que examinou a pobrezinha quando voltaram para reclamar e disse que estava tudo normal e, mais tarde, quando não era possível negar, que então eles que ‘trocassem’ a filhote. Recebi há pouco as notas abaixo. Por favor, vamos todos escrever reclamando dos absurdos abaixo? Todos sabemos que inclusive este senhor que deu ‘depoimento’ revendia filhotes como se fossem caminhas, sem a menor preocupação com o local de onde vieram e muito menos para onde iam, era pagar e levar. Lógico que está fazendo rolo pra voltar a ser atravessador, afinal, pagava preço de babana pelos filhotes e os revendia […]

    ATENÇÃO de TODOS os leitores Mãe de Cachorro, por favor!

    Castramóvel de São Chico do Sul: PARADO por culpa do Conselho! Levante o dedo quem trabalha com castração de animais de rua ou de pessoas carentes e já se irritou com as arbitrariedades praticadas por alguns Conselhos de Medicina Veterinária, sempre fazendo de tudo para cercear a liberdade de atendimento dos poucos veterinários solidários e conscientes que existem no Brasil… Vai ter dedo pra caramba de pé, garanto! O argumento mais utilizado? “Ah, veterinários não podem cobrar tão mais barato do que os preços sugeridos pelo cartel Conselho porque estarão prejudicando seus colegas de máfia profissão.” Só que o que estes senhores – tão preocupados com seus lucros e bolsos e não com quem um dia juraram defender – esquecem é que poderiam lucrar muito mais “no giro”, na quantidade maior de atendimentos, do que ao meter a faca em um ou outro que aceita pagar absurdos R$600,00 para castrar um cão macho de menos de 10kg! E de quebra, caso ainda pensem nisso, estariam prestando um imenso serviço à população do Brasil, tanto a humana, quanto a canina/felina. Com castrações praticadas a preços sociais, mais pessoas castrariam seus animais, menos cães e gatos nasceriam em ninhadas não planejadas ou pelas ruas e, obviamente, menos morreriam. Clique aqui e conheça a mais nova iniciativa do Halem Guerra, a Rede Catarinense de Solidariedade Veterinária, que tem tudo para virar nacional e mudar essa festa dos preços altos e cartelizados que temos visto. Halem Guerra observa que os problemas relativos aos animais, sobretudo as questões envolvendo superpopulação de domésticos, não podem mais ser resolvidos por grupos de heróis voluntários. “Temos que abrir frentes, estabelecer parcerias estratégicas, e estamos fazendo isso em vários municípios do Sul, iniciando a discussão com o envolvimento das Prefeituras, Ministério Público, ONGs e, também, dos veterinários. Os órgãos […]

    RESOLVE ou não resolve? Rede Catarinense de Solidariedade Veterinária, divulgue esta ideia!

    31 de agosto de 2010Denúncias, Veterinários

    Histórias de resgate há aos montes e nem por isso as divulgo no blog até porque há vários sites e blogs focados neste tipo de post. Mas o relato da luta da Mariana Albano para salvar o Tobias tem simplesmente todos os elementos que demonstram claramente o que é a realidade da proteção animal no Brasil, por isso gostaria que vocês a lessem clicando aqui. – O crime: apesar de ser crime federal maltratar animais, raciocínios como o do senhor criminoso são comuns ainda “O cachorro é meu. Eu mato na hora que eu quiser“ – A indiferença: Mariana só atentou para o fato do cão jogado no rio porque viu três pessoas olhando sem nada fazer, mesmo quando ela foi ameaçada pelo criminoso. “Mariana, então, começou a chorar e a gritar, pedindo ajuda para que o cachorro não morresse afogado. O homem, vendo o desespero dela, a ameaçou. “Ele veio pra cima de mim, ameaçando me bater, quando peguei o celular e disse que iria chamar a polícia. Eu gritava e chorava e, mesmo assim, ninguém parou para ajudar.” Em seguida, o homem fugiu de bicicleta.“ – A luta pelo atendimento das autoridades: “A segunda parte do drama teve início diante da resistência da polícia em atender a ocorrência. Ela, inicialmente, foi orientada a acionar o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) do município.“ – A importância da educação: “Ao afirmar que se tratava de um crime federal maltratar animais, conseguiu que fosse enviada uma equipe ao local. Em seguida, ligou para o Corpo de Bombeiros.” Se Mariana não fosse uma pessoa informada o suficiente para discutir com as autoridades, alguém duvida da morte certa de Tobias? – A falta de solidariedade: ” ‘Não tinha como ele sair de lá. Tentei chegar próxima da margem através do muro de […]

    Mulher salva (com dificuldade e após vencer um obstáculo após o outro) cão jogado no rio Tietê!

    21 de agosto de 2010Denúncias, Notícias

    Uma nova seção sobre um assunto único e que todo mundo AMA, menos eu, hahahaha. Quem adivinha o que é? Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Amanhã tem… Novidade no Mãe de Cachorro!

    19 de agosto de 2010Denúncias

    … que amanhã ela chega! 😉 Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Só mais um pouquinho…

    16 de agosto de 2010Denúncias
  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados