• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    O texto da veterinária Alice Ribeiro, Síndrome do ovário remanescente , lá do Tudo Gato, fala especificamente das gatinhas, mas o mesmo acontece com cadelas. Engraçado como há alguns assuntos super sérios e infelizmente comuns, como este, que termino esquecendo de comentar com vocês. Ainda bem que há tantos outros blogs bons e competentes por aí para me lembrar deles! Boa leitura! Abaixo, um trecho pra gente, como sempre e clicando aqui você lê o texto da Alice na íntegra. Infelizmente essa ocorrência é comum sim e é conhecida como a Síndrome do Ovário Remanescente (SOR). Após a castração, a fêmea vai apresentar sintomas de cio como secreção vulvar sanguinolenta, mudança no comportamento e atração de machos. É muito embarçoso para o veterinário que realizou a cirrugia se deparar com esses casos. Em 1970, Shemwell e Weed realizaram um estudo com a implantação de fragmentos da córtex de ovários no peritôneo (camada que reveste internamente o abdomen e órgãos abdominais) em gatas que tiveram seus ovários removidos. Após quatro meses algumas gatas do estudo apresentaram cio, o que mostrou que, se for deixado um fragmento do ovário durante o procedimento, ou se o mesmo acidentalmente cair no abdomen, pode haver revascularização e este se tornar funcional. Em mulheres a incidência de SOR é ainda maior que em cães e gatos. Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Minha peluda foi castrada e continua a entrar no cio, por quê?

    14 de fevereiro de 2011Castração, Gatos, Mãe de Gato

    Putz, não lembro se recebi por e-mail, se li no Twitter ou como cheguei nesta página, mas deixei aberta aqui desde ontem pra postar as boas novas pra vocês. Se foi algum leitor querido que me enviou, mil desculpas pelo esquecimento. A notícia é do site do Diário Oficial de BH! SECRETARIA DE SAÚDE TRAÇA AÇÕES EM DEFESA DOS ANIMAIS EM REUNIÃO COM REPRESENTANTES DE ONGS Feira de adoção, cirurgia de castração, guarda responsável e controle da população animal. Esses foram alguns dos temas debatidos no encontro realizado na semana passada na Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) entre a coordenação de Zoonoses e da Gerência de Comunicação da SMSA com representantes da Comissão Interinstitucional de Saúde Humana na sua Relação com os Animais. Durante o encontro, foi proposto um calendário de ações a serem implantadas no decorrer deste ano. Serão feitas várias campanhas de conscientização da população quanto à guarda responsável, castração e adoção de animais e eventos como o Saúde na Praça, que é uma ação do grupo MobilizaSUS-BH que será realizada uma vez por mês em várias praças da cidade. Além disso, o Conselho na Praça, evento do Conselho Municipal de Saúde e da SMSA, será realizado mensalmente em cada regional. O grupo também debateu a importância da castração cirúrgica para o controle da população animal com a representante do Conselho Regional de Medicina Veterinária (CRMV-MG), Fernanda Ciolfi. Ficou acertado a confecção de um material explicativo a ser enviado aos cerca de 600 médicos veterinários, cadastrados no conselho, que atuam em clínicas de cachorros e gatos e que fazem operações cirúrgicas nesses animais. A representante da ONG Animais Urbanos do Brasil, Maria das Graças Leal, ressaltou a importância da parceria entre a SMSA e a comissão. “Quanto mais divulgação e mobilização tivermos, melhor é. Só levando informação à […]

    Belo Horizonte discute políticas públicas de combate à superpopulação de cães e gatos de rua

    9 de fevereiro de 2011Castração, Notícias

    Antes de tudo: sou totalmente contrária ao cruzamento de cães e gatos por particulares. Não só já há animais sobrando no mundo, sem que todos tenham um lar responsável e amoroso, como ainda acho uma irresponsabilidade simplesmente juntar o animal A com o B e tirar uma cria. Ainda ontem estava esperando para tirar sangue e na TV do laboratório estava passando o programa de uma apresentadora loira e famosa. A reportagem era sobre um SRD adotado vagando nas ruas ainda filhote. Tudo muito bonito, muito emocionante, mas a história era longa e deixava claro: o cão em questão teve 18 filhotes até ser castrado. A castração não foi mencionada em nenhum momento, mas nas imagens em que o cão brincava de barriga pra cima, ficava evidente que estava castrado. Para piorar, a matéria seguia com visitas do cão, uma filha sua e a tutora de ambos às casas de “namoradas” que o peludo havia “usado” e largado grávidas. Sim, bem assim. Fazendo graça com a irresponbilidade dele ter feito 18 filhos sem assumir nenhum e usando palavras como “catei, peguei” e outros termos populares e, sinceramente?, xulos! A dúvida de hoje não me agrada em absoluto, mas abstraí tudo em que acredito para buscar uma resposta que possa ajudar estes pobres bebês, que já foram colocados no mundo e que nem sei se ainda estão vivos… Quem responde é a querida e sempre prestativa Sara Favinha, da Tudo de Cão, e meu conselho é o mesmo de sempre: castrar a mamãe e seus filhotes assim que possível! “Olá, tenho uma poodle chamada Pandora, ela criou 2 machinhos há uma semana e agora estou tentando tirá-la da minha cama, coloquei os filhotes no cantinho do quarto, mas ela fica na minha cama e toda hora vai lá onde eles estão […]

    Dúvida do leitor: minha cadela larga os filhotes para ficar na minha cama, e agora?

    20 de janeiro de 2011Adestramento, Castração

    Cachorrada está com tudo e não está prosa. Coisa BOA acordar com notícia assim!! Parabéns às duas iniciativas, sucesso e vida longa na ajuda aos peludos amados! Calendário Vira-Latas de Raça     Enquanto isso na Veja São Paulo… Calendário de 2011 traz doze fotos de vira-latas As estrelas foram escolhidas no site www.celebridadeviralata.com.br Por Mauricio Xavier [Com reportagem de Catarina Cicarelli, Isabella Villalba, Pedro Henrique Araújo e Renata Sagradi] | 03/01/2011 Calendário Celebridade Vira Lata: doze cães sem raça definida por Divulgação Doze cães sem raça definida para ilustrar os meses de 2011: é a segunda edição do projeto Calendário Celebridade Vira Lata, idealizado pela publicitária Luli Sarraf. As estrelas foram escolhidas no site www.celebridadeviralata.com.br, no qual é possível comprar as duas versões do produto: a de mesa custa 21 reais, e a de parede, 23 reais. O dinheiro arrecadado será revertido para mutirões de castração de cães e gatos, em parceria com a ONG Natureza em Forma. No ano passado, 400 animais foram atendidos. Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Calendário Vira-Latas de Raça no Bom dia Brasil e Calendário Celebridade Vira-Lata na Vejinha SP

    Com apenas R$50,00 você patrocina a castração de uma gatinha, evitando que o problema da superpopulação de animais de rua aumente. Não pode doar R$50,00? Então clique no cartaz acima para ampliá-lo e contribua com quanto puder, porque os valores menores serão acumulados até que paguem castrações. Podem fazer contato porque me informei sobre a seriedade do trabalho da protetora antes de repassar o pedido de ajuda. Para visitar o perfil da Maura no orkut clique aqui ou procure por ADOÇÃO FLORIPA ANIMAIS NO ALBUM – (Ma.) Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Neste NatAU, patrocine a castração de uma MIAU!!

    1 de dezembro de 2010Campanhas, Castração

    Que delícia assistir minha querida amiga dando entrevista toda bonitinha!!!  Deslumbres à parte, achei super hiper mega interessante o relato da Luli linda sobre como, a partir dos aprendizados adquiridos ao longo do seu caminhar, uma única pessoa gerou um movimento que em seu primeiro ano já castrou 400 animais. Vocês têm NOÇÃO de quantos bichos sofrendo nas ruas a menos isto significa? Segundo o site do calendário, são cerca de 2 milhões de cães e gatos a menos Fico absurdamente feliz com o fato da Luli ter encontrado o Lito do Natureza em Forma, que com lucidez a instruiu a destinar a renda do calendário Celebridade Vira-Lata para castração de cães e gatos. É isso aí, amiga! Educação e castração, sempre! Parabéns mais uma vez e que em 2011 você consiga atingir a meta de castrar 600 peludinhos! Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Calendário Celebridade Vira-Lata no programa Coisa de Amigo, da Simone Abravanel

    Há fases na minha vida em que pareço um imã de malucos e isto é fato. Dia desses, passando de carro pela rua de uma clínica veterinária/pet shop aqui de Floripa vi um chihuahua  caminhando sozinho e “pelado” no meio da calçada e uma senhora andando hesitante bem mais à frente dele e olhando pra trás. Fiz a volta com o carro numa super barbeiragem que merecia uma multa e parei o carro na calçada pra terminar de merecer  a multa que felizmente não veio mais adiante, assim tanto a senhora quanto o cão vinham em minha direção. A seguir, o diálogo surreal (ao menos pra mim!) que tive com ela: “- Senhora, este cachorro é seu?” “- Não, é da minha filha.” “- Mas por que a senhora está com ele assim, sem coleira, sem guia, solto? Fiz a volta achando que era um cão perdido ou abandonado que logo ia parar no meio da rua.” “- Porque ele não me deixa tocar nele e nem colocar nada e a minha filha está viajando.” “- Mas a senhora está indo onde com ele assim solto?” “- Dar banho ali…” Agora alguém responde, por favor, porque fiquei tão passada que só tirei meu carro da calçada e fui embora resmungando “Mas isso não é jeito de levar o bicho pro banho, e se ele for atropelado?“: 1) Se a santa da filha está viajando e o deseducado do cachorrinho não deixa que lhe encostem, pra quê levar o bendito pra tomar banho – e pior, solto pela rua? 2) COMO alguém consegue estragar tanto um cãozinho minúsculo a ponto dele ficar tão mimado que não deixa que ninguém coloque coleira e guia nele? Enfim, voltando aos malucos… Outra pessoa anônima nos presentou com mais uma pérola. Desta vez, no post […]

    Mais um(a) anônimo(a) Zé Graça resolveu dar as caras… SÓ RINDO – parte II

    Ontem o querido Fowler divulgou a novidade lá no Facebook, mas eu já tinha feito 3 posts, então deixei pra hoje. Só agora é que li direito e vi que talvez a notícia não seja tão positiva quanto me pareceu à primeira vista. Leiam os trechos abaixo e a íntegra lá na página do CFMV e digam se estou errada, por favor. Estou achando que na verdade é só mais uma maneira de cercear a liberdade do profissional que quer participar de mutirões de castração particulares (bancados por ONGs, voluntários, protetores independentes ou às vezes até pelo próprio veterinário socialmente consciente). A Resolução objetiva “normatizar os procedimentos de contracepção, considerando que os programas com finalidade de controle populacional devem fazer parte de uma política de saúde pública e bem-estar dos animais e das pessoas”, explicou o Presidente do CFMV, Benedito Fortes de Arruda. Ele lembra que a saúde animal é um dos pilares que reflete diretamente na saúde ambiental, saúde pública e no próprio Sistema Único de Saúde. De acordo com a Resolução, “Os programas deverão ter por base a educação em saúde e guarda responsável, e não apenas o fluxo das esterilizações”. (…) O objetivo desta Resolução do CFMV é abranger exclusivamente os procedimentos de esterilização de cães e gatos com a finalidade de educação em saúde, guarda responsável e controle populacional, como demanda de programas oficiais envolvendo instituições públicas. Entende-se por estes programas, o método de trabalho caracterizado pela mobilização coletiva e programada, que envolve a realização de procedimentos de esterilização em cães e gatos (machos ou fêmeas), em local e espaço de tempo pré-determinados, sempre precedidos ou associados a ações concomitantes de educação em saúde e guarda responsável. Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 […]

    Conselho FEDERAL de Medicina Veterinária normatiza procedimentos de controle populacional de cães e gatos. Mas não sei se a notícia é tão boa quanto pensei…

    10 de setembro de 2010Castração, Notícias, Veterinários

    Anônimo deixou um novo comentário sobre a sua postagem "Mitos e verdades sobre a castração de cães": mima. tenho um poodle ele é muito arisco e mordedor a dra. dele sempre me aconselhou a castração mas eu sempre tive dúvidas depois de ler essa reportagem já o levei para fazer exame de sangue e a cirurgia já está marcada para o dia 29/07/2010 obrigada. Postado por Anônimo no blog Mãe de Cachorro Também é Mãe! em Terça-feira, Julho 27, 2010 7:58:00 PM Este artigo pertence ao Mãe de Cachorro Também é Mãe. Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Comentário aprovadíssimo!

    29 de julho de 2010Castração
  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados