• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    5 motivos para adicionar cúrcuma à dieta de cães e gatos (e humanos!)

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 9 de abril de 2017

    Turma linda, Páscoa chegando e ao invés de apenas repetir de um modo diferente o quanto chocolate faz mal para os cães, resolvi pesquisar mais a respeito de uma maravilha que deve frequentar diariamente a dieta tanto dos nossos cães e gatos, quanto a nossa. Com vocês, mais uma vez, minha queridinha: a cúrcuma!

    Para potencializar suas propriedades anti-inflamatórias, combine a cúrcuma com uma pequena pitada de pimenta do reino moída. Em pequenas quantidades, ambas são seguras para serem consumidas por caninos e felinos.

    Dica para humanos> aqui em casa, não tem omelete sem a dupla cúrcuma-pimenta do reino! E... tchan nan nan, também uso para temperar meu café!! Sim!!! Boto óleo de coco, cúrcuma e pimenta do reino no meu café puro de todas as manhãs. Fica delicioso!

    Para facilitar a absorção pelo organismo, misture ambas na comida com um pouco de azeite de oliva extravirgem, óleo de coco, óleo de gergelim, ou manteiga ghee e só então adicione à comida.

    Comece aos poucos e vá aumentando o consumo a cada semana, enquanto presta atenção na aceitação do animal e percebe efeitos da mistura.

    Como sempre, lembre de oferecer muita água fresca para os pets. Caso você perceba constipação, diminua a oferta da mistura e reforce o consumo de água dos peludos! Iogurte natural (o de verdade, apenas leite e fermento!) também ajuda em casos de constipação e, aliás, deveria ser dado diariamente para a turma de patas também!!! Aqui em casa faço com leite integral de saquinho (receita no final do post).

    Leia também

    Vamos aos motivos para acrescentar tanta maravilhosidade master power da cúrcuma (açafrão da terra) à dieta de toda a família?

    Pelo mundo> A medicina tradicional asiática usa cúrcuma para estimular a produção de bile no fígado, desinfetar ferimentos e como tônico estomacal. Os tailandeses a usam para tratar diarreia e para males estomacais, já os paquistaneses a usam em ferimentos para estimular a recuperação e manter as bactérias afastadas.

    1 - A curcumina presente na cúrcuma ajuda a tirar dores, ou seja: adicioná-la sistematicamente à dieta de cães e gatos com dores variadas (articulações, ossos, tumores etc.) ajudará a mantê-los com menos sofrimento;

    2 - Vários estudos científicos sobre as propriedades da cúrcuma estão sendo conduzidos. O Dr. Horwitz, diretor médico do Arizona Centre for Integrative Medicine e professor assistente de medicina clínica na University of Arizona College of Medicine, cite um estudo de 2006 da University of Arizona que descobriu que a cúrcuma é um poderoso anti-inflamatório, reduzindo os sintomas associados à artrite reumatoide.  O tempero também possui propriedades antioxidantes, neutralizando radicais livres que causam inflamações e dano às articulações afetadas pela artrite. Ou seja, pode ser excelente para cães idosos que sofrem com artrite e processos de envelhecimento em geral;

    3 - Suas propriedades anti-inflamatórias, combinadas com o fato de que a cúrcuma é um antisséptico e agente antibactericida natural, sugerem que a substância também pode ser usada para desinfetar e tratar feridas. Pesquisas sugerem que quando seu uso for tópico, deve ser misturada com mel (também um bactericida poderoso), formando uma pasta facilmente aplicável em ferimentos. Aqui, dois cuidados devem ser tomados> o ferimento deve ser lavado no mínimo a cada seis a oito horas e o animal deve usar colar elisabetano para não retirar a mistura lambendo-a;

    4 - Também foi descoberto que a cúrcuma ajuda a reduzir os níveis de LDL no sangue, dando uma baita ajuda para a saúde do coração e do fígado. Ela também ajuda a afinar o sangue, reduzindo os riscos de coágulos que podem resultar em derrames e ataques cardíacos. Caso o peludo faça uso de remédios que afinam o sangue, é importante não exagerar, então a ofereça apenas de duas a três vezes por semana. 5 - Um estudo da UCLA descobriu que a curcumina parece bloquear o avanço em cânceres de pescoço e cabeça (outros estudos apontam o mesmo em outros tipos de câncer). O Department of Small Animal Clinical Scientists também conduziu estudos que mostram que a curcumina pode inibir o crescimento de tumores e até mesmo diminuir tumores existentes. Tal proeza tem a ver com a capacidade do tempero de bloquear veias que alimentam os tumores. Seus efeitos antioxidantes também são excelentes para reduzir os efeitos colaterais da quimioterapia. Quer mais? Outros benefícios propagados da curcumina:
    • Auxiliar no tratamento de epilepsia
    • Auxililar no alívio de alergias
    • Prevenção de cataratas
    • Tratamento coadjuvante para depressão
    • Mata vermes
    • Ótima para desordens estomacais e para reduzir gases e inchaço
    • Excelente para casos de diarreia (olha a turma da giárdia se beneficiando aí, minha gente!!)
    • Rica em fibras, vitaminas e minerais

    Leia também (mas leia mesmo!!)

    "Lá fora" o uso da cúrcuma para os cães já está devidamente comercializado 😉

    Quer saber como faço o iogurte natural pra cachorrada?
    1. Fervo 1l de leite integral de saco e depois coloco em uma refratária de vidro;
    2. Quando eu aguentar deixar um dedo por 10 segundos dentro dele, está na hora de misturar o iogurte;
    3. Passo o iogurte natural por uma peneira dentro desse leite morno e já na refratária,
    4. Mexo para incorporar o iogurte ao leite, tampo e deixo no forno por aproximadamente 8 horas sem abrir ou mexer.
    Gosto de fazer de noite, assim é só lembrar de tirar do forno de manhã. Como já estou fazendo há um tempo, reservo 200ml do iogurte fresco para usar na próxima receita, mas na primeira vez (ou se fico sem fazer e não tenho mais esse pote do meu iogurte) usei iogurte integral de uma marca que usa apenas leite e fermento. Cuidado para não comprar 'bebida láctea', pois não é iogurte!
    Categoria: Alimentação, Alimentação Natural, Destaques, Gatos, Saúde
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    Nenhum Comentário:

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados