• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Listas de veterinários

  • Receba os posts por e-mail:

    Quem ama, educa: conviva bem com seu cachorro!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 4 de março de 2016

    educa

    Para educar um cão você precisa de três coisas, vontade, paciência e conhecimento.

    Educação

    Ninguém gosta de conviver com falta de educação, seja por parte de crianças, de adultos ou de cães! Crianças e animais são o reflexo da família onde estão inseridos e da educação que recebem (ou que deixam de receber). Pessoas que mimam seus cães podem até não perceber, mas estão fazendo a eles muito mais mal do que bem. Poucas pessoas que convivem com cães estudam seu comportamento buscando ter um melhor convívio com eles e acham que basta dar carinho e eventuais broncas.

    Mimo

    Só que, às vezes, até carinho dado de maneira errada pode matar um animal. Como? Tornando-o tão agressivo a ponto de precisar ser sacrificado, já que ninguém mais consegue controlá-lo. Ou levando-o a ter comportamentos que culminem em uma mordida ou a um ataque, por exemplo, o que no caso de cães de grande porte ilustra aqueles casos em que o cão da família, até então sempre pacato, agride um ser humano. Qualquer que seja o mau comportamento de um cachorro a culpa é sempre dos humanos envolvidos.

    Natureza

    Um cão vai reagir ao tratamento que lhe é dispensado. Cães são animais de matilha e em cada matilha há um líder. Pessoas que não sabem disto acabam deixando seus cães entenderem que são os líderes e aí os problemas começam, não importa o tamanho do animal. As pessoas tiraram os cães da natureza, mas não tiraram a natureza de dentro dos cães. Se você quer realmente um convívio de amor e respeito com seu cachorro, deve ensiná-lo a ser obediente.

    Ensine

    Muitos reclamam de cães que latem demais, mas até isso é culpa nossa. Quantas vezes você elogiou e deu carinho a seu cachorro quando ele estava quieto? Agora diga quantas vezes você brigou quando ele latiu? Provavelmente em todas. Acontece que para os cães atenção é atenção. Seja um carinho ou uma bronca. Ele latiu, você reclamou, ele ganhou sua atenção. O melhor castigo para um cão é ser completamente ignorado. Ele late? Você sai de perto. Continua latindo? Você faz algum barulho sem que ele perceba que foi você. Pode ser jogando uma garrafa pet perto dele (eu disse perto, nunca nele!), batendo atrás da porta, mas sempre sem interagir, sem nem mesmo olhar. Aos poucos, você verá que ele ficará cada vez mais silencioso. E também se lembre de elogiá-lo quando ele ficar quieto principalmente numa situação em que antes latia.

    Diariamente

    Para educar um cão você precisa de três coisas, vontade, paciência e conhecimento. Há vários livros sobre o assunto, prefira sempre os que educam por meio de recompensas. Jamais bata num cão para ensiná-lo, você só estará demonstrando ser mais irracional do que ele. E se você optar em contratar um adestrador, prepare-se, pois o maior aluno será você e todos os que convivem com o cão. Escolha dentre os profissionais que utilizam métodos positivos, sem choques, enforcadores e castigos, e que adestram apenas junto com a família e não os que o levam pra trazê-lo de volta já ensinado. Cães não são robôs programáveis e adestramento é como dieta: para o resto da vida.

    Categoria: Adestramento, Animais e nós, Colunas Jornal Notícias do Dia, Destaques
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    Nenhum Comentário:

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados