• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Páscoa feliz: mantenha os cães bem longe dos chocolates!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 3 de Abril de 2015

    Chegou a época mais achocolatada do ano, mas para os cães o chocolate é tóxico e pode até matar!

    Renovação
    Páscoa remete à renovação da vida. Cada novo dia é uma oportunidade de recomeço e, se não podemos mudar nosso passado e as escolhas já feitas, sempre poderemos plantar um novo futuro. Isso vale para tudo em nossa vida, inclusive para a maneira como lidamos com os animais sob nossos cuidados. Que os erros do passado nos estimulem a acertar agora e a plantar um novo futuro. Uma ótima Páscoa a todos!

     Chocolate

    A ingestão de chocolate pode causar problema aos cães de dois modos. Primeiro, todo chocolate contém cafeína e teobromina, substância do cacau presente em todos os sabores em maior ou menor grau. Quanto mais puro o chocolate, mais das duas substâncias ele terá e mais perigoso será para a saúde canina. Segundo, a manteiga do cacau, os recheios variados e outras substâncias adicionadas aos vários tipos de chocolate podem causar problemas intestinais ou, em casos mais severos, pancreatite.

    Tóxicos

    A cafeína, como qualquer consumidor regular de café sabe por experiência, aumenta a atividade mental e estimula o trato gastrointestinal. Os cães sentem estes mesmos sintomas, mas são muito mais sensíveis a ambos do que os humanos. Se um cachorro consumir quantidades significativas de cafeína e/ou de teobromina, poderá ficar profundamente agitado e/ou desorientado, sofrer arritmias cardíacas, convulsionar e até mesmo morrer. Como cada organismo reage de modo particular às intoxicações, dois cães com o mesmo peso podem ingerir a mesma quantidade de chocolate e apenas um deles ficar muito intoxicado.

    Os sintomas

    Geralmente aparecem após seis horas da ingestão do chocolate sob forma de  muita sede, vômito, diarreia, inchaço na barriga e inquietação. Se não for tratado, o animal poderá fazer muito xixi, perder a coordenação motora e ter tremores/convulsões. O quadro pode evoluir para um aumento da frequência dos batimentos cardíacos, da temperatura corpórea e dos movimentos respiratórios. Depois pode evoluir para hipertensão, hipotensão, queda da temperatura corpórea, coma e morte.

    Pancreatite

    Mesmo cães que aparentemente não sofram sintomas de intoxicação por chocolate podem desenvolver pancreatite. Com o consumo dessa e de outras guloseimas, o pâncreas, órgão que produz as enzimas digestivas, fica sobrecarregado com o processamento não apenas do cacau e da cafeína, mas também dos outros ingredientes adicionados aos chocolates. Os sintomas da doença incluem vômito, diarreia, perda de apetite e dor abdominal (nem sempre reconhecida pelas pessoas). Para piorar, o diabetes é uma consequência em potencial da pancreatite.

    Categoria: Colunas Jornal Notícias do Dia
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    Nenhum Comentário:

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados