• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Malefícios de uma dieta à base de grãos para cães e gatos.

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 3 de julho de 2013

    Não consigo deixar de compartilhar algo tão importante e tão diretamente ligado à saúde real de nossos amados peludos. Até 2009, eu mesma dizia “não cuido bem nem da minha alimentação, então meus cães seguirão comendo ração”. Mas as doenças não paravam de (re)aparecer e o fim da história foi feliz para todo mundo, pois hoje não só meus cães comem realmente bem (alimentação natural), mas eu também e a saúde vai muito bem de verdade, obrigada. De tanto estudar nutrição canina e felina, terminei prestando mais atenção na minha alimentação e as mudanças foram acontecendo naturalmente.

    Seguem trechos da tradução que a Otávia Mello fez do texto “Grains are Very, Very Bad for Your Obligate Carnivore Cat, Carnivore Dog”. A íntegra da tradução você lê clicando aqui.

    Quer saber quanto de carboidratos há na ração do seu pet? Leia os textos: Como escolher uma boa ração para o meu cão? e O que você precisa saber antes de escolher a ração do seu bichano?

    Todos os textos sobre ração no blog: http://www.maedecachorro.com.br/category/racao

    Grãos são os piores ingredientes para seus cães e gatos. Eles precisam de carne, não de grãos.

    É algo muito simples de entender. De acordo com a Associação de Prevenção da Obesidade para Animais de Estimação, 55% dos gatos adultos e 53% dos cães adultos estão oficialmente acima do peso ou obesos. E não é por comerem demais ou fazerem pouco exercício, mas por causa da perigosa e grande quantidade de grãos, milho e outros ingredientes de baixa qualidade, repletos de carboidratos e açúcares inúteis, encontrados nas rações secas. (…)

    Alimentar animais que foram criados para se manter com carnes e outros alimentos frescos, com uma dieta altamente processada e baseada em grãos, certamente irá criar doenças com o tempo.(…) Gatos fazem parte da familia "FELIDAE", a mais carnívora das dezesseis famílias mamíferas da ordem dos carnívoros. (…)

    Grãos são utilizados por encherem linguiça e fazerem volume de forma extremamente barata nas rações, ao invés do uso de proteinas de qualidade, que são mais caras para os fabricantes. Estes carboidratos em excesso apenas farão com seu animal o mesmo que fazem nas pessoas: irão deixá-los gordos. E, ao contrário dos seres humanos que ainda podem aproveitar algo dessas substâncias, cães e gatos somente conseguem energia de carnes e gorduras boas, ou seja, esses carboidratos são completamente inúteis para eles.

    Categoria: Alimentação, Alimentação Natural, Gatos, Ração
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    23 Comentários:

    1. Marcia disse:

      17 de março de 2014 às 12:19

      Então arroz não faz bem para os cães?? Minha mãe sempre dá arroz, galinha, cenoura e chuchu cozidos para os cachorros dela. O que me indicaria?

      Obrigada!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        21 de março de 2014 às 16:54

        Oi Márcia, preferencialmente o melhor é não dar. Mas veja a diferença> sua mãe cozinha o arroz e é uma fonte só de grão. Numa ração há soja, milho, arroz blábláblá. Vc leu o texto? Essa dieta deles está pobre, falta muita coisa em termos de carnes, vísceras etc. Leia o site http://www.cachorroverde.com.br Batata doce é ótimo, inhame, repolho, brócolis, abóbora (todos os tipos), há várias opções pra tua mãe variar. Ossos NUNCA devem ser oferecidos cozidos. Ela dá só a carne do frango? Cadê o cálcio na dieta, daí? Bj

    2. sandra gomes disse:

      13 de março de 2014 às 19:46

      Já faz alguns meses para as minhas meninas estou só dando comida natural, mas cozida. Faço comida uma vez por semana sempre mudando o tipo de carne, uma semana peito de frango, carne bovina moida(patinho), coração de frango, moela e sempre variando o legume tudo com arroz sem tempero e principalmente sem sal. Tb trituro casca de ovo no liquidificador e coloco meia colher de café para cada uma(cálcio). Será. Que preciso fazer mais alguma coisa, por exemplo omega 3, pesquisando o site cachorro verde devo dar sardinha 1 x por semana, mas aqui em Uberlândia é difícil, posso substituir por alguma outra coisa.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        21 de março de 2014 às 13:31

        Oi Sandra,
        1)Iogurte natural e queijo branco também contêm cálcio, viu? Pra quando quiseres variar…
        2)Querida, mesmo que a dieta seja cozida, faça de conta que eles mataram um bicho pra comer e em tudo que um bicho tem, inclusive a pele. Como não podes cozinhar os ossos, pense em todo o resto. Era bom adicionar fígado e outros miúdos, tá?
        3)A sardinha pode ser aquela em água, de lata. Que tal? Baratinha e ainda assim sardinha!
        4)Cápsula de ômega 3 também pode ser, mas pra saber a dose, teria que saber o peso de cada uma… Para os meus, que são pequenos, dou a cápsula de 1G umas 3x por semana. Bjo.

        • Sandra Gomes disse:

          21 de março de 2014 às 20:28

          Ana muitoooo obrigada vou verificar com veterinario das meninas qto posso dar de omega 3. Eu dava queijo, mas o Vet. disse que nao podia e etc. A sardinha vou achar. Bj

          • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

            26 de março de 2014 às 11:12

            Oi Sandra, sobre o ômega até posso te ajudar, mas terias que me dizer quanto elas pesam. Beijo.

    3. Renata disse:

      7 de março de 2014 às 12:51

      Oi, Ana!

      Eh por esse motivo que temos que deixar o arroz de molho de um dia para outro antes de cozinha-lo? O site do cachorro verde esta fora do ar desde o carnaval!!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        13 de março de 2014 às 07:30

        Isso mesmo, Renata. Eu parei com o arroz e todos os grãos de vez. Vai de batata doce, inhame, abóbora, repolho 😉 Beijo

    4. JULIANA disse:

      3 de fevereiro de 2014 às 09:16

      Olá Ana, tenho os 2 cães mais lindos do mundo, ja iniciei a AN crua e eles vão indo muito bem, tenho um horário ja agendado com a Sylvia do cachorro verde. Como estou lendo o cachorro verde inteiro achei o depoimento da Maria mãe do Marley, o que me incentivou a entrar em contato contigo. Gostaria de sua ajuda pra encontrar um veterinário que não se mostre contra a AN aqui em Curitiba no Paraná onde moro, para ter todo apoio necessário, no acompanhamento do Bruce um lindo pit Bull e da Raquel a bulldog americana mais amada do mundo. Eu tenho um veterinário de confiança que trata meus dogs desde filhotes só que ele é super conservador e só recomenda ração. Obrigada, Juliana.

    5. sandra gomes disse:

      6 de dezembro de 2013 às 22:32

      Boa noite
      quais legumes posso dar para as minhas meninas misturada vom carnes de vaca ou peito de frango. Parece que mandioquinha nao deve ser fornecido para caes. A alimentacao que faco e’ cozida e sempre tento colocar um legume diferente. Se vc puder me passar um site onde eu tenha rste tipo de informacao.
      Desde ja obrigada.

    6. Marizete Assis Alves disse:

      6 de julho de 2013 às 19:26

      É tudo tão complexo. Aqui comem uma ração de qualidade, mais tbm comem frutas, ossos carnudos duas vezes por semana, legumes. P/ quem trabalha fora, fica complicado, mais é preciso saber alimentar seus animais. Muitas pessoas já pensam em limpar a sujeira do animal, por isso evita dar comida natural. Gostei do artigo.
      Obrigada Ana.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        8 de julho de 2013 às 16:07

        Beijo pra vc, Marizete querida, sempre tão presente no blog!

      • Maria disse:

        10 de julho de 2013 às 10:34

        Marizete, cheguei ao site do cachorroverde através do mãedecachorro, há 1 ano, e desde então meu cão come AN crua com ossos! Trabalho, estudo, faço mil coisas, mas deixo a comidinha dele congelada…dá mais trabalho q ração, claro, mas a melhora na saúde dele compensa TUDO! Cuidado, pois ração + AN não é uma dieta equilibrada! Boa sorte!

    7. renata t kojima disse:

      3 de julho de 2013 às 18:09

      ola,
      minha poodle de 7 anos já operou 3 vezes para retirada de calculos na bexiga´, a ultima foi em março/13.já tentei ração medicamentosa de todas as marcas ,mas não adianta.ninguem sabe me passar uma dieta natural p/ inibir a fomração de calculos, atualmente ela toma chá de quebra pedra e urinary da r.canin. mas na ultrassonografia , já consta calculos.Por favor nos ajude!!

    8. Sueli Gomes Monteiro disse:

      3 de julho de 2013 às 13:54

      Boa tarde, tenho um cão shih- tzu de 3 anos, fêmea e que é alérgica, tenho dado a Ração Guabi Natural Indoor Porte Pequeno e Mini e gostaria de complementar com alimentação natural mas não sei como? Vocês poderiam me orientar?
      Grata. Sueli

    9. vanessa martinelli Padilha disse:

      3 de julho de 2013 às 12:44

      olá adorei o artigo, é mto importante msmo falarmos e divulgarmos pq mtas vezes pecamos por ignorancia então pesquisem e se informem fica a dica aki, a minha bebe so come ração da hills, desde que nasceu, e não tenho intenção de mudar.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        3 de julho de 2013 às 15:41

        Oi Vanessa…

        Peguei uma Hills aleatória (adulto light small bites – cães). Veja os ingredientes, querida… Os dois principais ingredientes são milho e soja, lamento informar…

        Composição Básica
        Milho Integral Moído*, Casca de Soja Moída**, Farinha de Vísceras de Frango, Celulose em Pó, Farelo de Glúten de Milho-60*, Farelo de Soja**, Hidrolisado de Frango, Óleo de Soja Refinado**, Ovo em Pó, Premix Aminoácido, Premix Vitamínico, Vitamina E, Vitamina C, Cloreto de Sódio (Sal Comum), Semente de Linhaça, Cloreto de Potássio, Cloreto de Colina, Premix Mineral, Carnitina, Antioxidantes (BHT & BHA).
        fonte: http://www.hillspet.com.br/pt-br/products/sd-canine-adult-light-small-bites-dry.html

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados