• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Estudar é preciso… 11 erros que você deve evitar ao oferecer a alimentação natural para pets carnívoros.

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 8 de maio de 2013
    Ok, ok, ok! Quem me lê sabe que recomendo a alimentação natural como a melhor opção para quem quer manter cães e gatos saudáveis e em dia com suas naturezas carnívoras. Mas como no Brasil ainda não existem marcas específicas para cães e gatos de alimentação natural e congelada à venda, quem deseja praticar essa alternativa deve estudar bastante antes de fazer a troca. Se não for para levar a mudança a sério e estudá-la com seriedade, melhor ficar na prática ração mesmo. Alimentação natural não é dar restos de comida, não é dar carne moída com arroz ou muito menos sebo com fubá.
    Leia mais sobre o assunto: acesse o excelente post “Erros mais comuns na utilização da alimentação natural” e saiba tudo sobre os equívocos abaixo!
    1. Iniciar a alimentação natural sem ler nada sobre o assunto
    2. Não fazer a fase de transição entre ração e alimentação natural
    3. Não ter uma balança para pesar a quantidade certa de meaty bones e carnes
    4. Oferecer ração e alimentação natural ao mesmo tempo
    5. Não individualizar as porções, quando há mais cães em casa
    6. Fazer uso da dieta natural, mas não oferecer meaty bones ou outra fonte de cálcio

    7. Iniciar a alimentação natural em períodos especiais da vida do cão
    8. Acreditar que alimentação natural é sobra do almoço
    9. Não respeitar as quantidades sugeridas e oferecer mais  que o necessário
    10. Permitir que o cão roa o osso recreacional o dia inteiro
    11. Falta de variação – monodieta

    Categoria: Alimentação Natural
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    16 Comentários:

    1. iolanda disse:

      18 de março de 2014 às 01:19

      Meu nome é Iolanda cinco cachorro, três Shin-tzu, uma poodle e Yorshire, ambos com idade diferente, o meu problema é como tenho seríssimo problema financeiro e onde eu moro até o publico é cobrado uma taxa de consulta e mais operação com isso fico com as mãos atadas, bom diante mão começo a falar de uns dos Shin-tzu,minha cachorra dos mês de fevereiro estava com nenês antes fiz uma Ultrasonografia constatou que teria 3 dois meninos e menina, quando recebi o resultado o médico me falar que assim que ela tivesse as crias teria que operar porque estava com o útero inflamado e uma pedra na bexiga , ela além de esta com a doença do carrapato, primeiramente estou tratando dela com o remédio para combater a doença e mais um outro de infecção no útero. o que faço, já mudei de ração com ela esta comendo da marca royal para tratamento renais, o remédio que toca são dois um é Doxicilion e o outro é não lembro neste momento, agora apareceu nela umas coceiras nas patas como se estivesse descamando a pele não se inicio de sarna ou alergia o que faço, passei nela Saralogo uma pomada cicatrizante , mais a danada lambe o odor é forte da pele dela e sempre faço banhos com sabonete Tiuran estou fazendo certo?qual o remédio caseiro que devo dá a ela para espélir a pedra da bexiga ou ração faz o efeito? me ajude já o filho dela de dois anos está com a bolinha fora da bolsa escrotal é de operação imediata o que faço

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        21 de março de 2014 às 17:23

        Iolanda,

        Não tenho como te ajudar sem saber onde moras. Se for em Florianópolis e arredores, tem castração muito barata ou até gratuita.

        Para todo o resto precisas de veterinários, tratamentos etc. Existe tratamento natural sim, mas a consulta é paga também. A veterinária poderá fazer uma dieta específica para eles etc., mas infelizmente não há nada gratuito neste sentido. A cadela prenhe já teve os filhotes? Ela será castrada em seguida, certo?

        Sugiro que faças um apelo entre teus amigos. Você tinha uma condição financeira melhor antes e agora está mal, é isso?

    2. patricia disse:

      12 de dezembro de 2013 às 17:02

      Boa tarde,

      Tenho um frenchie com 5 meses, dou AN p ele.
      Basicamente sobrecoxa bem picadinha, peito de frango, músculos, azeite em todas as refeições, as vezes coloco sal e 1/5 de alho.
      Está muito básica??

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        13 de dezembro de 2013 às 09:04

        Oi Patrícia,
        sim, está básica demais. Cadê o cálcio? Os legumes? As vísceras? Na parte animal da dieta, você tem que imaginar que teu cão caçou um bicho, assim, ele precisa comer ao longo da semana tudo que comeria se tivesse caçado: carne, ossos, pele, vísceras e conteúdo do interior das vísceras (no caso, a parte vegetal da dieta). Também devemos variar a fonte de proteína. Só frango? Não!!

        Por favor, sugiro que estudes os sites http://www.cachorroverde.com.br e http://www.tendenciasnaturebaspets.com.br ou que contrates uma das veterinárias para montar a dieta do teu frenchie. Essa raça tem muitos problemas gástricos e outros, vale o investimento.

    3. ABDEL disse:

      10 de dezembro de 2013 às 22:48

      Olá! Poderia me indicar livros sobre alimentação natural, que sejam traduzidos para o português, queria iniciar com essa pratica no entanto não estou encontrando livros sobre o assunto, por favor não quero nada da net! quero livros tanto de literatura nacional quanto estrangeira traduzido. ESTOU NO AGUARDO! GRATO.

    4. Andrea Martins disse:

      9 de outubro de 2013 às 14:14

      Olá, por favor, vc sabe o que houve com o blog Ville Chamonix? Estava estudando nele a respeito dos meus frenchies e ele sumiu!!! Grata!!! Estou desesperada, rs

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        9 de outubro de 2013 às 21:50

        Oi Andrea, mandei mensagem pra Camilli no Face (somos amigas) pq não estava sabendo. NÃO posso ficar sem o Ville no ar, estou cheia de links pra lá!!! Obrigada por avisar.

    5. MISSIONARIA MAGALY disse:

      20 de fevereiro de 2013 às 16:14

      gostaria de saber sobre raçao antialergica e raçao de ovelha coelho ou peixe (se te de peixe) e se posso dar uma colherinha de latinha de raçao de gato com peixe pra molhar a raçao dela. esta com 14 anos poodle alefgica a carne , frngo , figado etc so JESUS ESTOU NA LUGA TRATAMENTO DE PELE COM SHAMPOO ELA JA FEZ TESTE DE PELE ULTRASSOM CITOLGOIA DE PELE E OUVIDO TA TUDO NO CONTROLE , ELE MANDOU DAR SO RAÇAO DESTAS QUALIDADES OVELHA COELHO EOU PEIXE AGUARDO SUA RESPOSTA . GRATA MAGALY PESSOA, RECIFE PE

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        20 de fevereiro de 2013 às 22:13

        Você precisa fazer consulta para ter uma dieta específica para o seu cão. Por favor, procure a veterinária Sylvia do http://www.cachorroverde.com.br
        Não existe ração antialérgica pq não há como garantir que o cão não seja alérgico a farinhas etc. que botam nas rações. Claro que elas funcionam que o cão for alérgico ao que não há lá, mas se ele continuar tendo alergia é pq ALGO na ração provoca ou pq não é nem alergia alimentar… Só uma dieta de eliminação pra dizer.

    6. Ana Corina disse:

      1 de novembro de 2010 às 13:12

      IMAGINA, eu é que agradeço você e a Sylvia pelo texto maravilhoso!
      ;-D

    7. Camilli Chamone disse:

      1 de novembro de 2010 às 10:21

      Obrigada por divulgar, Ana!

      🙂

    8. Ana Corina disse:

      31 de outubro de 2010 às 22:27

      Helena e Nani, beijo pra vcs!

      Anônimo(a): Sobre o que são meaty bones leia o link http://www.cachorroverde.com.br/meatybones.php, mas só pra resumir "2. Quem são os meaty bones?
      São peças compostas por osso e carne, que podem ser mastigadas pelo cão ou gato com facilidade e totalmente ingeridas. Um osso como o fêmur, por exemplo, mesmo que contenha carne, é duro demais para ser devorado inteiro durante a refeição. Por isso não é um bom meaty bone. Em contrapartida, o pescoço de frango pode ser oferecido a cães de qualquer porte e a gatos, e ao fazê-lo, você garante a ingestão de carne e de osso."

      Aliás, leia TUDO no Cachorro Verde para que suas dúvidas sejam devidamente sanadas e para evitar um dos erros de quem quer fornecer Alimentação Natural: NÃO estudar BEM o assunto, ok?

      Boa sorte e manda brasa!

    9. Anonymous disse:

      31 de outubro de 2010 às 19:52

      Ana,
      Dicas necessárias!

      Emmanuelle Moraes
      Educadora Canina

    10. Anonymous disse:

      31 de outubro de 2010 às 15:48

      Ai, o que é meaty bone? É um osso com carninhas? Estou muito interessada na dieta natural, pois pretendo adotar um cão no começo do ano que vem e queria alimentá-lo assim. Tenho medo que ele fique com falta de vitaminas.
      O mais difícil acho que é saber qual é a quantidade certa, e se segurar para não deixar o cão gordinho.

    11. Helena Cruz disse:

      31 de outubro de 2010 às 12:44

      Ana, ADOREI as dicas.
      Queria ver se estava fazendo tudo certinho (como sou nova tem a insegurança né?) e fiquei super feliz em ver que não cometi nenhum dos erros!
      Dicas ótimas! Quando falo da Alimentação Natural, as pessoas pensam que é dar a sobra do almoço para os cães, e acho um absurdo! Quando ofereço o arroz (como fonte de carboidratos), cozinho só para ele!
      A Alimentação Natural só trouxe alegrias aqui em casa!
      Beijos

      Helena

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados