• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Cadelas entram na menopausa?

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 20 de Maio de 2013

    Recebi a seguinte dúvida nos comentários do blog:

    Ana, a Mimosa tem 11 anos,minha dúvida é a seguinte : cachorra entra na menopausa ? ela nunca tomou vacina para naõ emgravidar e só cruzou uma vez e os filhotes eram prematuros , morreram todos , mas ela naõ os quiz eu tentei salva-los mas imfelizmente morreram , isso faz 3 anos a veterinaria disse que ela ja era idosa… obrigado – Por Conceiçaõ A. Santos (Conce )

    Para responder, fiz uma pesquisa rápida na internet e a resposta é NÃO! Cadelas não entram na menopausa! Mas vamos lembrar que:

    Castrar evita inúmeros problemas de saúde, fugas e demonstra uma atitude responsável e socialmente consciente da parte do tutor do animal, seja cão ou gato, macho ou fêmea, pois é um animal a menos contribuindo para a superpopulação de animais de rua. Não se iludam, por mais criterioso(a) que você seja, eventualmente algum descendente do(a) seu(sua) peludo(a) irá sofrer maus-tratos ou abandono. Maus-tratos incluem falta de cuidados básicos e, inclusive, falta de atenção e amor. Você quer MESMO ter esta co-participação na vida de um animal?

    Abaixo, três das fontes pesquisadas sobre a menopausa em cadelas:

    “ ‘Cio seco’:
    Algumas cadelas não apresentam sangramento durante o cio. Nessas fêmeas, é muito mais difícil identificar o momento certo para o acasalamento. Para quem tem um casal de cães e não tem muita experiência, isso é um problema pois os acasalamentos indesejáveis poderão acontecer. Algumas pessoas, por não perceberem sangramento na fêmea, acham que seus animais nunca tiveram cio. Cadelas mais velhas podem apresentar cio seco.
    As fêmeas têm cio até o final da vida. Não existe a ‘menopausa’ em cadelas.” Silvia C. Parisi médica veterinária – (CRMV SP 5532) – Webanimal

    “As cadelas não entram na menopausa, diferentemente dos humanos. Mas, conforme envelhece, o cio começa a se tornar irregular.
    Uma fêmea mais velha que não foi castrada nunca parará de ter o cio e pode, inclusive, engravidar. Isto pode levar a ninhadas indesejadas e reprodução irresponsável.
    Há como evitar isso? Claro. Castrando-a, ela parará de entrar no cio e você não terá mais problemas em lidar com a dificuldade de cios imprevisíveis. Mas este não é o único benefício. Com a castração você protege sua cadela de doenças potencialmente letais, como:
    Câncer de útero – Infecção uterina (Piometra) – Câncer nos ovários. As chances dela desenvolver câncer nas mamas também diminuirá. Se você tem uma fêmea, é bom se familiarizar com os cios, como prevenir gravidez e com a opção da castração.” Blog Canto dos Bichos

    “Conforme sua cachorrinha for ficando mais velha, o que ocorre é um aumento de intervalo entre os cios, nascimentos de menor quantidade de filhotes, nascimentos de filhotes mais fracos e apresentação de maior tendência de problemas no parto.” Blog Animais – Notícias e Artigos

    Categoria: Câncer, Piometra, Saúde
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    34 Comentários:

    1. Ana disse:

      9 de Março de 2014 às 14:04

      Ola, amei ler as respostas q vc deu so fiquei preocupada em saber q cachorro q tem cancer nao pode mais ser vacibado porque?
      Outra coisa posso dar babosa para minha cachorra ela tem 18 anos estou dando para ela gerioox q discobri q e muito bom, acabou a medicacao gerioox eu nao encontrava para comprar no prazo de 3 dias surgiram 3 pelotinhas um na mama outra ao lado da mama e outra quase perto da barriga todas salientes vc as ve e pega debaixo da pele dai por diante a minha menina negou comer racao eu dou propram filhote por causa da coluna pq ela tem bico de papagaio como faco p dar babosa p ela comer fiquei sabendo q babosa cura mas na internet fala q solta o intestino e pde matar o q faco?
      Por favor me ajuda?
      Obrigada

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        20 de Março de 2014 às 11:11

        Oi Ana,
        vacinas contém adjuvantes que são cancerígenos, por isso alertamos TANTO para serem usadas com critério, não todo santo ano e pra tudo que os veterinários empurram. Além disso vacinas detonam a imunidade no período em que são aplicadas, o que é péssimo para qualquer doença, quem dirá para quem precisa lutar contra o câncer.

        Querida, sua cadela provavelmente está com tumor de mama (pode não ser também, viu?), dada a avançada idade, o melhor é não mexer, pois depois que começam as biópsias e retiradas, a coisa alastra rapidinho. Melhora fazeres o controle da doença mesmo.
        Seguindo as dicas deste texto http://www.maedecachorro.com.br/2011/02/sarna-demodecica-dicas-naturais-para-vencer-a-doenca.html você estará contribuindo MUITO para uma possível luta contra o câncer ou para ela NÃO ter a doença nunca. Bjo.

    2. Lucia Medeiros disse:

      2 de Janeiro de 2014 às 21:19

      Minha poodle tem 13 anos e esta sempre no cio,isto e normal?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        3 de Janeiro de 2014 às 18:38

        Oi Lucia, como assim sempre? Sem parar? Não é normal, por favor, consulte um veterinário o quanto antes.

    3. gustavo disse:

      2 de setembro de 2013 às 22:15

      boa noite descobri hj q minha cacchorra nao castrada e com 11 anos esta com um tumor muito grande,, 20 cm ,,esta entre o ovario e o basso amanha vai sair o resultado do exame de sangue ,mas estou arrasado ,,,o que vc acha

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        3 de setembro de 2013 às 14:16

        Oi Gustavo, não tenho muito o que achar, ela precisa ser operada com urgência 🙁 Peça para usarem anestesia inalatória, por conta da idade dela. Te passo um texto de dicas para combater o câncer, que repasso pra quem precisa.

        Olha só, seria MARAVILHOSO se ela pudesse fazer autohemoterapia e com um veterinário ensinando você pode fazer sozinha. Vc conhece este tratamento? http://www.maedecachorro.com.br/2011/06/auto-hemoterapia-cura-atraves-do-sangue.html .

        Outras dicas baratas e fáceis:
        Dar um dente de alho picadinho e cru POR DIA, todo santo dia até ficar óteeemo;
        Dar 1 gota de própolis (de preferência verde, custa 12 pila) por kg de peso, 2x ao dia;
        Polvilhar cúrcuma (açafrão da terra, fácil de achar nos temperos de supermercado) por cima da comida dele (barato também);
        Dar cápsula de 1G de óleo de peixe por dia (tem barato na Farmácia Di Bernardi da Vidal Ramos);
        Dar babosa (botar aquela meleca da babosa na comida ou achar alguma dessas batidas anti-câncer em farmácia homeopática pq a babosa teria q ser tirada do pé todo dia…) sempre que possível (todo dia seria bom);
        Dar probiótico/prebiótico (Organew é o mais barato dos bons) todo dia na comida;
        Chá de ipê roxo (troca a água e dá o chá no lugar);
        Tirar da ração… É que açúcar é COMIDA de câncer e as rações são cheias de carboidratos que viram… açúcar! Veja o http://www.cachorroverde.com.br para se animar a mudar para alimentação natural (é o que uso aqui em casa, principalmente depois que a Moira morreu de câncer) Mas NÃO mudar a alimentação sozinho, sem consultar a veterinária Sylvia (contato@cachorroverde.com.br), pois a troca da alimentação em casos de doença precisa ser avaliada e depois muito criteriosa.
        NUNCA MAIS VACINAR NA VIDA, nunca, nunca, nunca. Cães/gatos com câncer ou que já tiveram câncer NÃO podem ser vacinados.

    4. Mona disse:

      23 de Maio de 2013 às 12:13

      Quando falei em castrar o vet responsável pela clínica quase teve um treco… Mas teve uma outra que disse que castrava ainda fazia uma plástica nas peitolas dela pra ficar “igual filhote”… kkkk
      De repente posso ver se converso mais com essa outra vet, pra ver se convencemos o outro e fazemos os dois procedimentos.
      De qualquer forma, sempre conto tudo pra vcs… Aguardem!
      E quanto as receitinhas pra ajudar minha bb, quero sim, quero tudo. *__*

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        24 de Maio de 2013 às 09:14

        Mona, então converse mais com a outra veterinária, pois tudo que te falei não é exagero. A piometra está comendo SOLTA.
        Todas as dicas para lutar contra a demodécica valem para o câncer. Leia este post e os comentários, ok? Tá tudo lá. Beijo e sugiro que faças consulta com a Sylvia do Cachorro Verde, pois ela pode formular uma dieta específica para a tua cadela lutar contra o câncer. Na teoria o melhor seria ela comer 100% de proteína, fugindo TOTALMENTE do carboidrato (que ABUNDA nas rações, que mais parecem ração de vaca que de cachorro e gato!), mas tem que ver como fazer essa transição certinho e isso só a Sylvia. http://www.maedecachorro.com.br/2011/02/sarna-demodecica-dicas-naturais-para-vencer-a-doenca.html

    5. Clara disse:

      21 de Maio de 2013 às 11:46

      Oi Ana, depois que descobri a insuficiência renal da Nina (como comentei nos comentários acima) procurei saber mais sobre a alimentação natural, inclusive na época entrei em contato com vc, que me passou receitas para dieta renal, que não estavam disponíveis no cachorro verde (sou mt grata). A alimentação natural foi essencial, pois a Nina não comia bem a ração renal (royal cannin), principalmente quando o quadro dela se agravou e seu apetite diminuiu muito. Na sua última consulta ao vet ele até comentou que ela tinha sobrevivido além do esperado para um paciente com doença renal crônica devido, além dos cuidados que graças a deus pude dar a ela (como dar as refeições na boca, na hora que ela se disponibilizava a comer, entre outras)à alimentação natural oferecida!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        21 de Maio de 2013 às 12:40

        Poxa, é que respondo tanta coisa pra tanta gente que não tenho como lembrar de tudo, mas fico feliz em saber que ajudei vocês. De qualquer maneira, o ideal para um próximo animal é fazer uma consulta para que a Sylvia possa elaborar uma dieta bem específica para o caso. Beijo.

    6. Mona disse:

      21 de Maio de 2013 às 09:49

      Oi Ana, a minha “bb” fêmea pitbull tem por volta de 8 anos, ela vai ter que operar por causa de um câncer de pele na orelha, vai ter que tirar as orelhinhas, ou parte delas, ainda não sei bem… Até então, como já adotei ela velhinha, optei por castrar meus outros cães, todos machos, jovens e mais aptos a se recuperarem bem de uma cirurgia. Mas já que ela vai entrar “na faca”, quase cheguei a cogitar em aproveitar que já está anestesiada e castrar, mas até o vet falou que seria demais pra ela.
      Ela fez todos os exames, hepático, renal, hemograma… (quanto exame viu!).
      Enfim, as orelhinhas devem cicatrizar rápido pelo que o vet falou, mas como fizemos ecografias e outros exames, e ela aparenta não ter nenhum problema no aparelho reprodutivo (vasculhamos tudo depois de descobrir o câncer na orelha) o vet recomendou que fizesse só a operação das orelhas, já que um dos meus outros machos já é castrado, e que o filhote vai ser castrado em breve, assim que fechar o esquema de vacinação.
      Continuo com a ideia de castrar os guris e deixo minha velhinha quieta.
      Eu acho melhor… mas aí, como tenho muita “amiga” protetora, elas ficam me enchendo o saco, dizendo que tenho que castrar todos…
      Mas se ela não tem acesso à rua, se meus bbs são castrados, e se o veterinário dela, que a acompanha desde que eu a adotei, falou que ela não tem necessidade fazer outra intervenção cirúrgica porque seria muito desgastante pra ela, quem sou eu pra discutir?
      Sou a favor da posse responsável, que inclui a castração, mas quando essa é viável e recomendável diante do quadro clínico do animal, depois de uma certa idade, como meu vet disse, só traz sofrimento, já quando o animal é jovem se previne uma infinidade de doenças…
      Acho interessante fazer como fiz com meus outros bbs, os que adotei filhotes foram castrados jovens, e até a gatinha que eu mesma resgatei e depois adotei que tem 4 anos, foi castrada e ainda está se recuperando… mas quanto aos “idosos” eu sou um pouco mais receosa. Na verdade eu morro é de medo de perder minha senhorinha porque ela é muuuito querida por nós, a cadela mais fofa do planeta, tem vet que dá 6 anos, outro dá 8, outro 10… Tem vet que diz que ela só é doce assim porque já está velhinha pra daná… sei lá, só quero que ela passe muuitos anos conosco!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        21 de Maio de 2013 às 11:34

        Oi Mona,

        concordo 100% contigo. Mas… Só tem um problema aí a considerar com o teu veterinário: o risco dela desenvolver piometra e PRECISAR castrar às pressas, com muito mais risco à saúde.
        Pensa comigo: se ela fará anestesia geral para amputar as orelhas por conta do câncer, não seria melhor aproveitar esta anestesia e já também castrar, visando a saúde dela, não a questão do controle de natalidade. Se ela já é um animal com câncer, é propensa a desenvolver tumores em outros lugares. Pra quê deixar dois ovários e um útero, órgãos bastante suscetíveis a tumores, dando sopa? Na boa, eu faria como a Angelina Jolie, amiga… Tiraria tudo. E JUSTAMENTE pensando na saúde dela.
        A piometra está “comendo solta”. Não teve UMA cadela de amigos meus que não era castrada e que eu vivia na ladainha “castrem, olha a piometra“, que não tenha sido castrada às pressas, com risco e custo$$ altos…

        Castração não é só controle de população, é antes de tudo saúde para o animal. Claro que não é uma cirurgia 100% benéfica, nenhuma é! Mas na ponta do lápis, melhor castrar do que deixar inteira. Digo mais, existem idades melhores ou piores para castração, variando com o porte do animal. Cães de porte grande/gigante só deveriam ser castrados APÓS um ano de vida, pois a castração antes de um ano de vida aumenta em até 40-50% os riscos do animal desenvolver câncer ósseo, por exemplo. Daí você tem o outro argumento de que a castração ANTES do primeiro cio derruba pra quase 0% o risco do câncer de mamas. EU, sendo mãe de uma cadela de porte gigante, por exemplo, preferiria esperar pra castrar depois de um ano, mesmo já tendo passado aí provavelmente dois cios, e NÃO lutar com um câncer ósseo e, se for o caso, lutar contra um câncer de mamas.

        NADA é tão simples, por isso precisamos TANTO estudar.

        Querida, há MUITA coisa a ser feita pra ajudá-la contra o câncer, você sabia? Cúrcuma + uma pitada de pimenta do reino (potencializa a ação antiinflamatória da cúrcuma 1.000 vezes!!!) na comida todo santo dia, babosa, alho cru picadinho, redução ao máximo de carboidratos etc. ajudarão e muito a matar o câncer!

    7. Bruna disse:

      20 de Maio de 2013 às 17:20

      Muito interessante esse artigo. Eu tb achava que cadelas,à medida que envelheciam, iam deixando de entrar no cio. Mais um bom motivo para castrar!

    8. Clara disse:

      20 de Maio de 2013 às 12:26

      Oi Ana, adorei esse post! Há mais de 2 anos descobri que cadelas não tem menopausa, pois minha poodle, com 13 anos, começou a ter cios hemorrágicos e frenquentes (praticamente 1 mês sim e outro não, com duração de mais de 15 dias, causado por cistos nos ovários. Devido sua idade avançada e insuficiência renal qqr cirúrgia foi excluída (e infelizmente, qd ganhei a Nina – a cadelinha em questão – a castração não era tão divulgada e vista com tamanha importância de hj). A cada novo cio era necessária a medicação para cessar a hemorragia e adição de uma dieta rica em ferro, para evitar anemia. O medicamento e a alimentação acabavam interferindo no seu quadro renal. Infelizmente ela se foi em dezembro pela insuficiência renal.

    9. Júlia disse:

      5 de Abril de 2013 às 20:13

      Oi meu nome é Júlia tenho uma cadela e percebi que ela entrou no cío,levei ela pra cruzar com um cachorro da mesma raça mas ela estava tipo ”sangrando” um pouco e não aceitava levei ela no decimo terceiro ou foi quarto dia de cío,porem não vi se ela cruzou ou não… como saber se ela está gravida ah e obs: ela é mais velha que o cachorro ela tem 5 anos e o cachorro tem 2.Pf me ajude. (:

    10. janaina disse:

      26 de Janeiro de 2013 às 21:10

      Olá Pessal
      Tenho uma cachorrinha vira lata de porte pequeno, adotamos ela a 8 anos atras,como foi encontrada na rua não sabemos ao certo quantos meses ela tinha, mas era filhotinha,sempre tivemos muito cuidado para que ela nao cruzasse com medo dela morrer na hora do parto,ela é nossa 1° cachorrinha, mas hj vejo que ela sente falta disso, e as vezes ela dá leite, gostaria de saber se é perigoso para ela engravidar agora, pois tenho muito medo dela morrer, ela é tratada igual uma filha por tds nós, e queria que ela tivesse um filhote, pois já esta de idade.

    11. Julianah disse:

      16 de dezembro de 2012 às 09:19

      Aki, tenho uma cadela(Sandy) que ja prenho 2 vezes e a mais ou menos uma semana ela entro no cio de novo so que aparece que ja ta diminuindo não sei bem ao certo,não quero que ela crie de novo , queria saber quantas vezes no maximo uma cadela pode cria sem ter nenhuma consequencia que pode a levar a morte? ela tem entre 3 e 4 anos, a duração do cio de uma cadela vai diminuindo com o tempo ??

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        16 de dezembro de 2012 às 22:33

        CASTRE SUA CADELA ASSIM QUE O CIO ACABAR, mesmo que ela tenha cruzado. Vai demorar ANOS até TALVEZ ela não ficar mais no cio. Vais deixar ela tendo cria em cima de cria e botando mais cachorro no mundo pra sofrer? Se estás preocupada com a saúde dela, a resposta é uma só: CASTRE QUANTO ANTES.

    12. mario santos marques disse:

      21 de novembro de 2012 às 11:42

      Adoro animais,e adoro os vossos conselhos.Estarei sempre atento a eles, mesmo que não vos pergunte nenhum. GOSTEI – 1ª. vez

      Portugal-Costa Vicentina

    13. Milenna disse:

      3 de novembro de 2012 às 23:04

      Ana Corina vc disse que pode ser e se nao for um tumor se abrindo talvez possa ser que ela esta parando de menstruar ?

    14. Milenna disse:

      3 de novembro de 2012 às 17:34

      oi tenho uma cachorra que ela esta sangrando e nao e pouco e muito , e sao umas pelotas . o que sera ? por favor me dizem o que pode ser

    15. carlos disse:

      27 de outubro de 2012 às 11:06

      Plágio é crime, Internet é pública, proteja seus texto contra cópias.

    16. Gra disse:

      25 de Abril de 2012 às 00:29

      Oi tenho uma cachorra e faz dois meses que ela esta sangrando primeiro começou a sair um liquido transparente e cremoso depois começou a sangrar parou por uns dias e começou a sair o liquido depois a sangrar pensamos que ela estaria tendo final de ciu pela idade, mas li que nao acaba o ciu pode ter periodos irregulares, mas faz dois meses que ela ta sangrando pq sera? Desde ja obrigada

    17. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      23 de julho de 2011 às 04:01

      Oi Aparecida,
      É normal, sim. Vc precisa evitar que ele lamba/morda o local (bote aquele colar que parece um "balde" na cabeça dele, é bem barato).

      Se puder, mande fazer Arnica CH30 e dê 5 gotas 3x ao dia, batendo o frasco 10x na palma da mão antes de pingar na boca dele e mantendo longe de qualquer fonte de energia (geladeira, TV, celular etc.), se possível em uma caixa de isopor. É uma ótima homeopatia para se ter em casa sempre.

      É normal eles ficarem quietos nos primeiros 2 dias, mas depois é vida normal e temos até que cuidar para não façam muita bagunça.

      Ligue para quem o castrou amanhã cedo, ok?
      Nada substitui o exame veterinário, estas dicas são apenas para te dar um "norte".

      Abraço e parabéns pelas castrações!

    18. asoaresa disse:

      23 de julho de 2011 às 03:45

      OLA,TUDO BEM?GOSTARIA DE SABER SE E NORMAL APOS A CASTRAÇAO DO MACHO,(LORY)O LOCAL INCHAR E FICAR VERMELHO,CASTREI MEU PINCHER ONTEM,EM UMA CLINICA POPULAR,E ELES ME ENTREGARAM-NO APOS A CIRURGIA SEM NENHUMA RECOMENDAÇAO,AGORA NAO SEI O QUE FAZER,PQ ELE ESTA SENTINDO DOR,E GRITA QUANDO EU O PEGO,CASTREI TAMBEM MINHA FEMEA,QUE E FILHA DO LORY,ELA ESTA AMUADA,MAIS NAO ESTA SENTINDO DOR APARENTE(PENSO EU)GOSTARIA QUE VC ME ORIENTASSE A RESPEITO.
      DESDE JA AGRADEÇO. BJUS DA
      APARECIDA SOARES ANDRUSKEVICIUS.
      a.andruskevicius@hotmail.com

    19. Ana Corina disse:

      30 de dezembro de 2010 às 19:02

      Ai Karim, não faz assim, comigo, hehe! Não posso dizer o que deves fazer ou não, meu anjo… Tem bastante material sobre castração aqui no blog e te sugiro que leias tudo e converses novamente com a veterinária.

      O que vejo por ter amigas que trabalham com proteção animal, recolhendo da rua e castrando não importa a idade, é que desde que o veterinário seja bom e a anestesia seja bem feita, os riscos ficam bem reduzidos. Mas pra morrer basta estar vivo, né? Dia desses a cachorrinha de 2 anos e meio de uma leitora morreu e ela me escreveu arrasada. Perguntei se a cadela estava com a saúde 100% em dia e se ela havia feito exames de sangue (checkup básico) antes de operar e, pra minha surpresa, a cachorrinha NÃO estava bem nos dias anteriores e o vet, mesmo sabendo disso, não só operou, como não fez exames… Depois disse que havia errado na anestesia, mas daí já era, né?

      Então, se fosse MINHA cadela, e com 8 anos, eu faria um hemograma completo, perfil renal, perfil hepático e castraria usando anestesia inalatória. Mas mesmo assim só depois de conversar bastante sobre a questão da idade com um vet de confiança, porque querendo ou não, tua peluda já é uma senhorinha.

      GIGI QUERIDA e LOLA LINDA, um super beijo pra vocês e desculpas mil pq ainda não respondi o mail da Gi.

      Beijão pra todas vcs !

    20. Gigi e Lola disse:

      30 de dezembro de 2010 às 15:26

      Esta mensagem de ano novo é uma caixinha cheia de alegria, embrulhada com carinho, selada com um sorriso e enviada com MUITAS LAMBEIJOKAS.

      SAÚDE, PAZ, AMOR, ESPERANÇA É O QUE DESEJAMOS!!!

      Feliz Ano Novo!

      LOLA E MAMÃE

    21. Anonymous disse:

      30 de dezembro de 2010 às 14:38

      Olá, adorei o post!! Meu nome é Karim, tenho uma vira-lata que não é castrada, mantenho ela em meu jardim sem contato com a rua, ela já têm oito anos, já pensei em castrá-la mas tenho um certo receio, porque toda a cirurgia tem um risco,do outro lado sei também, que será importante para ela. Será que devo castra-lá?

      Obrigada!! Abraços e Lambidas das minhas Guapécas !!
      Email – konig_k@hotmail.com
      Facebook

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados