• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Papo de Mãe: 11 dicas de como ensinar Direitos dos Animais para crianças!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 7 de abril de 2013

    Adorei este post da Carol Daemon!

    Colei os títulos das dicas pra nós aqui, os textos de cada uma delas vocês leem no blog da Carol, ok? Basta clicar aqui.

    1. Saiba a importância da Educação e estude!
    2. Faça um diagnóstico e elabore atividades específicas e contextualizadas!
    3. Proponha desafios, descobertas e questionamentos.
    4. Crie com didática e ludicidade.
    5. Utilize jogos cooperativos.
    6. Utilize recursos multimídia e oficinas para usar os sentidos!
    7. Fazer o bem sem olhar a quem.
    8. Cuidado com a semântica. O uso das palavras é muito importante.
    9. Quer promover mudanças, então seja criativo e reinvente!
    10. Os fins não justificam os meios.
    11. Tenha um ótimo material em mãos.

    EXTRA: Para pais e responsáveis.

    1- No processo de educação, os pais devem ter a preocupação de ensinar a criança a ver o animal como um amigo, que precisa ser protegido dentro e fora de casa, e não como brinquedo.

    2- Até os quatro anos a criança vê o animal como um objeto, por isso é preciso que os pais mostrem a ela que os animais respiram, tem fome, sede, sentem dor, amam e jamais poderão ser abandonados. A partir dos dez anos é possível confiar os cuidados necessários à saúde do animal, sem que haja perigo de maus tratos, desde que sejam orientados corretamente.

    3-  “Crueldade infantil com os animais entre criminosos e não-criminosos” é o título de uma importante pesquisa realizada nos EUA, que visou estabelecer a relação entre a crueldade para com os animais durante a infância e o comportamento agressivo para com as pessoas, numa fase posterior da vida. A análise aprofundada, permitindo traçar um perfil, foi possível através de entrevistas individuais com três grupos de homens: criminosos agressivos, criminosos não agressivos e não-criminosos. Verificou-se que 25% dos criminosos agressivos informaram de cinco ou mais casos de crueldade contra animais em comparação a menos de 6% dos criminosos não agressivos e nenhum dentre os não-criminosos.

    4- Analise criteriosamente os livros e brinquedos, selecionando os que não reafirmam explorações. Veja aqui lista de livros infantis selecionados pelo Projeto Ulinha.

    5- Não há um jeito específico para ensinar o que é respeito. O primeiro passo é respeitar também, permitir que a criança aprenda assistindo a seu exemplo. Por fim, é importante chamar a atenção da criança ao vê-la desrespeitando outras pessoas, os animais e também o meio ambiente.

    Categoria: Animais e nós, Carol Daemon
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    1 Comentário:

    1. Kátia Rossi disse:

      7 de abril de 2013 às 11:51

      Ana, amei esse post.

      Gostaria que visse esse vídeo que publiquei ontem, tem tudo a ver com o texto. Bjs

      https://www.facebook.com/photo.php?v=360832097368372&set=vb.100003247552939&type=2&theater

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados