• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    ENTREVISTA: Hospital Albert Einstein, onde os cachorros podem visitar seus donos.

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 17 de Abril de 2013

    Paciente Andrea Baptista recebe visita do seu gatinho no Hospital Albert Einstein. Créditos: Divulgação

    No dia da mulher, 8 de março, recebi o e-mail abaixo da querida Luiza. Na correria da vida, fui deixando a pauta no meio a tantas outras, até que semana passada me mexi e mandei à Luiza algumas perguntas e o pedido de algumas fotos para ilustrar o post. Quem respondeu à entrevista foi a senhora Rita Grotto, gerente do SAC do Hospital Albert Einstein. É ela quem lidera as ações do Planetree no hospital e para quem quiser saber mais sobre a certificação Planetree, basta clicar aqui.

    De: Luiza Ramos Spinelli <luiza.spinelli@einstein.br>
    Para: “‘anacorina@maedecachorro.com.br'” <anacorina@maedecachorro.com.br>
    Enviadas: Sexta-feira, 8 de Março de 2013 14:47
    Assunto: Hosp. Albert Einstein | Onde os cachorros podem visitar seus donos

    Oi Ana, tudo bem?

    Meu nome é Luiza, sou do núcleo de Mídias Digitais do Hospital Albert Einstein, em São Paulo.

    Você deve estar se perguntando porque um hospital a procuraria. O Einstein é certificado e segue os princípios da filosofia Planetree, uma respeitada organização americana que certifica Instituições de Saúde quando o assunto é humanização no atendimento.

    Esta filosofia tem diferentes atuações, sempre com foco na humanização, estimulando o maior contato físico entre médico e paciente, ambientes confortáveis no meio hospitalar, acesso a informação, terapias complementares ao tratamento e também a presença de animais de estimação.

    Para nós, enxergar cada detalhe da vida do paciente também faz parte do tratamento e contribui para a cura. Pensando nisso, e seguindo os preceitos do Planetree, um de nossos pacientes, Sr. Baruch Chachamovits,  recebeu uma visita especial: o seu cachorrinho Nick. Nós filmamos esta visita, e decidimos compartilhar com você.

    O endereço do vídeo é http://www.youtube.com/watch?v=FMAUVvLzYA4

    Espero que goste!

    Um abraço,

    Luiza Spinelli

    Mídias Digitais | Hospital Israelita Albert Einstein

    visita dog

    Mãe de Cachorro – Para que outros hospitais possam seguir este exemplo louvável do Einstein, é possível resumir o que é preciso para se estabelecer um programa de visitas com animais?

    Rita Grotto – Hospital Albert Einstein – É necessário obter autorização médica, carteira de vacina atualizada, atestado de avaliação veterinária com data no máximo cinco dias da visita, um banho com um dia de antecedência, entre outros cuidados que o familiar é orientado para trazer o visitante. A avaliação médica é o 1º passo para o paciente receber ou não a visita.

    A visita deve ser evitada em algumas situações:

    a. Pacientes em Precauções Aéreas, por Gotícula ou Precauções durante o Contato.

    b. Pacientes imunossuprimidos (especialmente pacientes receptores de órgãos sólidos, transplante de medula óssea ou em uso de terapia imunossupressora em virtude de outras doenças, tais como neoplasias) ou que estejam em companhia de outro paciente imunocomprometido.

    c. Pacientes em unidade de terapia intensiva

    d. Pacientes psicóticos, com alucinação ou confusos a ponto de não terem entendimento perceptivo.

    Mãe de Cachorro – Já foi possível ver resultados no sentido de diminuir o tempo de internação dos pacientes? E na qualidade de vida na rotina deles no hospital?

    Rita Grotto – Hospital Albert Einstein – O Hospital quer que a experiência do paciente seja a melhor possível, e atender esse pedido só contribui para o tratamento e  seu bem-estar. É uma ação que ajuda na recuperação e faz com que o paciente se sinta bem, e acolhido em nossas instalações, além de incentivar as parcerias de cura entre familiares, paciente e equipes.

    Mãe de Cachorro – Que animal inaugurou as visitas? Quando?

    Rita Grotto – Hospital Albert Einstein – Foi em 2009, a visita de um cachorro.

    Mãe de Cachorro – Como a equipe do hospital, médicos, enfermeiros etc., está reagindo à novidade?

    Rita Grotto – Hospital Albert Einstein – Fizemos uma sensibilização com todos os nossos colaboradores, fazendo uma campanha interna sobre a importância do seu animal de estimação e o quanto eles proporcionam bem estar  em suas vidas e de seus familiares. A campanha foi um sucesso, somos seres humanos cuidando de seres humanos, assim os cuidados podem ser melhor realizados através de ações de humanização.Isso precisava ser compartilhado para que  a ação tivesse bons resultados, e todos estivessem envolvidos com o mesmo propósito.

    Mãe de Cachorro – O hospital abriu as portas para os animais apenas por causa do processo de humanização do hospital ou foi sonho/projeto de alguém?

    Rita Grotto – Hospital Albert Einstein – Essa solicitação sempre existiu no Einstein, e sempre partiu dos pacientes e seus familiares.Essa experiência  nos motivou a criar um fluxo. Com o passar dos anos, transformamos essa solicitação numa rotina com procedimentos claramente definidos.O Hospital quer que a experiência do paciente seja a melhor possível, e atender esse pedido só  contribui para o tratamento e  seu bem-estar. É uma ação que ajuda na recuperação e faz com que o paciente se sinta bem e acolhido em nossas instalações.Além de incentivar as parcerias de cura entre familiares, paciente e equipes.

    Mãe de Cachorro – Qual a média de visitações de pets?

    Rita Grotto – Hospital Albert Einstein – Recebemos em média 3 visitas por mês.

    Mãe de Cachorro – Que bichinhos já foram visitar seus humanos em tratamento?

    Rita Grotto – Hospital Albert Einstein – Cachorro, gato, coelho e passarinho.

    Gostaria de agradecer e parabenizar à equipe que tornou e continua a tornar esta postura consciente do Hospital Albert Einstein em realidade. Como mãe de cachorro, posso imaginar a felicidade que estas visitas trazem às pessoas que passam por momentos delicados como a recuperação da saúde plena. Que mais instituições sigam este exemplo e esforcem-se para conseguir implementar atividades de humanização do tratamento médico.

    À Rita e à Luiza, meu muito obrigada!

    Assistam à visita do Nick (fofo!):

    Categoria: Entrevistas
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    2 Comentários:

    1. Marli Delucca disse:

      17 de Abril de 2013 às 11:54

      Depois de ler toda a postagem, passei a discordar do título Ana Corina…não deveria ser..onde todos os animais podem visitar seus donos….(rs…rs..) ser mãe de cachorro é fogo sempre pende para o lado dos caninos (rs…rs)

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de Abril de 2013 às 12:16

        Simmmmm, concordo contigo! Mas eu usei o título do e-mail que o próprio Hospital me mandou… Só por isso deixei assim. Beijo!

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados