• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Guia de raças Mãe de Cachorro: Weimaraner

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 10 de Fevereiro de 2013

    wei

    Raça de hoje: Weimaraner

    Texto: Michele Welton Tradução: Ana Corina – Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida.

    Temperamento – O que é bom e o que é ruim sobre eles*

    O super enérgico Weimaraner, foi criado para caçar o dia inteiro e precisa de um tutor atleta, que possa corresponder a sua alta necessidade de exercício físico através de corridas, trilhas, trabalho de campo etc.

    Confinamento gera nesta raça hiperatividade e destruição, assim como ficar sozinho por muito tempo. Um Weimaraner entediado latirá excessivamente, demolirá sua casa e quinta e tentará fugir em busca de aventura.

    Reservados com estranho, dominantes com outros cães e predatórios com animais pequenos como gatos e roedores, a maioria dos Weimaraners precisa de um tutor que tenha experiência e que seja capaz de providenciar socialização e treinamento acima de um nível iniciante. Embora esta raça seja cabeça dura, nas mãos certas ela é capaz de aprender e de fazer praticamente qualquer coisa.

    Na verdade, um tutor correto achará que o Weimaraner é um cão leal, praticamente um cavalheiro aristocrata de grande presença e com bom temperamento. Já um tutor novato no convívio com cães – especialmente os grandes – achará que a raça é teimosa, difícil de lidar e de ser controlada.

    Se você quer um cão que…

    • Seja um verdadeiro atleta e que tenha uma estrutura física grande, poderosa e musculosa,
    • Tenha uma pelagem que quase não precisa de cuidados,
    • Tenha uma aparência pouco usual, com uma pelagem prateada e olhos claros meio fantasmagóricos,
    • Tenha muita energia, demandando exercícios vigorosos e atividades atléticas,
    • Quando bem adestrador tenha um comportamento quase aristocrático e uma forte presença de espírito,
    • Seja cuidadoso com estranhos (o que faz dele um ótimo cão de alarme com um latido poderoso)…

    Um Weimaraner pode ser bom para você.

    Se você NÃO quer um cão que…

    • Precise de exercícios físicos vigorosos constantemente
    • Pule e agite-se, especialmente quando jovem ou quando não é bem exercitado
    • Tenha tendências a desenvolver ansiedade por separação ao ser deixado muito tempo sozinho, o que poderá resultar em destruição e tentativas de fuga,
    • Seja desconfiado ou nervoso com pessoas estranhas ao não ter sido socializado de maneira correta,
    • Possa ser agressivo com outros animais,
    • Tenha um temperamento forte, que requer um tutor experiente e capaz de lidar com ele corretamente,
    • Lata excessivamente quando estiver entediado…

    Um Weimaraner pode NÃO ser bom para você.

    Se você está pensando em adotar um Weimaraner (filhote ou adulto) considere as questões abaixo seriamente:

    1. Exercícios físicos e estímulos mentais. Weimaraners PRECISAM ter oportunidades regulares para extravasar sua energia e para fazer coisas interessantes. Caso contrário, tornam-se indisciplinados e aborrecidos, o que geralmente expressam latindo demais e destruindo tudo que encontram pela frente. Weimaraners entediados são famosos por destruir paredes, arrancar recheios de móveis e tornar seu quintal uma cratera lunar. Se você apenas quer um pet para sua família e não tem o tempo ou a inclinação para levar seu cão para correr, fazer trilhas ou ter aulas de treinamento avançado ou de agility (corrida com obstáculos), eu não recomendo essa raça. Tentar suprir a necessidade de um Weimaraner por corrida e trabalho sem providenciar maneiras alternativas para ele gastar energia pode ser difícil.
    2. Pulos. Weimaraners jovens (até dois anos de vida) pulam com muito vigor, o que pode mandar coisas e pessoas pelos ares. Se você tem crianças pequenas ou convive com alguém com dificuldades de locomoção ou idosos, não recomendo um Weimaraner filhote. Procure adotar um Wei já adulto e calmo.
    3. Ansiedade de separação. Mais do que muitas outras raças, Weimaraners precisam de muita companhia e não gostam de ser deixados sozinhos mais do que poucas horas. E eles tendem a expressar sua infelicidade destruindo, roendo e latindo… Se você trabalha o dia inteiro fora de casa, esta não é uma boa raça para você.
    4. Agressividade. Muitos Weimaraners são dominantes ou agressivos com outros cães do mesmo sexo. Muitos têm fortes instintos para perseguir e caçar gatos e outros animais “caçáveis”, inclusive bezerros e outros animais de fazenda. Se algo der errado na criação (procriação de pai e mãe e suas linhagens de sangue), socialização, treinamento ou na manutenção dessa raça, ela é seriamente capaz de ferir seriamente ou até mesmo matar outros animais.
    5. Temperamento forte. Os melhores Weimaraners são cães de trabalho versáteis, capazes de aprender praticamente qualquer coisa, mas ao mesmo tempo têm um temperamento independente e forte, não sendo fáceis de ‘enganar’. Eles podem se distrair facilmente com sons, objetos e cheiros. Podem ser manipuladores e alguns são obstinados, dominantes, cheios de vontade e farão você provar que pode realmente exigir que eles tenham um bom comportamento. Você deve mostrar a eles, através da mais absoluta consistência, que realmente quer que façam o que está pedindo.
    6. Latidos excessivos. Weimaraners são rápidos em soar o alarme ao menor sinal de novidade. Você precisa ser igualmente rápido para impedi-los de seguir latindo. Se você trabalha fora o dia inteiro e tem vizinhos próximos, Weimaraners não são uma boa opção. Pela mesma razão, Weimaraners NUNCA deveriam ser deixados sozinhos no quintal sem supervisão.
    7. Treino do banheiro. As raças usadas para apontar as caças, como o Weimaraner, podem demorar um pouco mais para aprender a usar o banheiro corretamente. Espero vários meses de treinamento constante.
    8. Problemas de saúde. Weimaraners são altamente predispostos a um grave problema de saúde, a síndrome digestiva (bloat). Problemas de articulações e ossos, problemas nos olhos, câncer e até doenças sanguíneas são comuns na raça.

    Adote um Weimaraner adulto!

    Quando você adota um filhote, você está adquirindo potencial do que ele um dia pode se tornar.  Mas quando você adota um cão adulto, você está adquirindo o que ele já é e pode decidir se é o melhor cão para você baseado em sua rotina e realidade. Há vários Weimaraners adultos que já provaram não ter as características negativas típicas da raça. Se você encontrar um cão assim, não deixe que elas preocupem você. Fique feliz que você encontrou um indivíduo atípico e aproveite!

    Salve uma vida. Adote um cão.

    *Lembrando: Estou traduzindo as descrições de temperamento das raças (que já vi disponíveis para adoção) apresentadas pela autora norte-americana Michele Welton, que obviamente leva em conta que a maior parte de seus leitores mora nos EUA e sempre tendo em mente cães dentro do padrão comportamental de cada raça. Não adianta um cão ter “cara” de uma raça, isso nem é tão difícil, um cão realmente “de raça definida” tem, mais do que qualquer outra coisa, a personalidade, o comportamento e os instintos da raça a que pertence.

    Sobre a autora: Michele Welton tem mais de 35 anos de experiência como educadora canina e tem mais de 17 livros publicados, sendo 15 deles sobre cães.

    Categoria: Guia de Raças
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    10 Comentários:

    1. semira disse:

      12 de Fevereiro de 2014 às 01:40

      Li sobre a raca weimaraner e agora estou na duvida e quero saber se vc pode me ajudar na escolha de um cao. Eu pretendo presentear meu filho e minha nora. Ate o momente de ler o que vc postou sobre a raca, era essa que estava querendo adquirir porque ja tive e amei te-lo. Porem minha nora est a gravida de 5 meses. O lugar onde eles moram eh bem espacoso, pois trata-se de um terreno de quase 2000mts, e justamente meu filho esta querendo um cao que seja docil, porem de alarme qdo alguem encostar no portao. Ele nao quer um cachorro que seja agressivo com conhecidos que visitarem a casa deles e nem com o bebe que esta para chegar, mas que assuste os indesejaveis que se aproximarem da casa. Neste caso, que raca voce me aconselha comprar?
      Aguardo sua resposta e desde ja obrigada.
      Semira

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        12 de Fevereiro de 2014 às 15:35

        Oi, Semira,

        Bebê e cachorro novo? Não compre NENHUM. Adote um já adulto, há inclusive weimaraners para adoção. Procure ONGs e protetores da tua cidade, ok?
        Um cão adotado adulto já tem a personalidade formada e será perfeito.

    2. cecilia disse:

      30 de julho de 2013 às 23:36

      Por favor, aqui na minha rua foi abandonado um ,idoso e depois de 15 dias aqui, ninguém queria ele na rua e nem deixar dar comida, uma pessoa resgatou , e está na casa de uma pessoa, mas ñ pode ficar lá na garagem, ele é super manso, e só precisa de quem ama realmente animais e cuidar dele pra ter um final de vida digna, nos primeiros dias ele uivava, chorava, se tiver alguém q tem um lar pra esse vovozinho, Deus abençoe, pq é dar amor, só.

    3. silveria lopes viana schingiry disse:

      6 de junho de 2013 às 23:53

      Dia 26 de abril agora perdi minha weimaraner Pedrita. Ela era a minha predileta, pois estava comigo 10 anos. Era tudo de bom na minha vida, uma grande amiga, uma grande filha para mim. Coloquei a foto dela linda na pagina inicial do meu computador e todo dia “converso” com ela e falo da minha saudade e do meu grande amor por ela; Ai, Pepe, um dia a gente se encontra e viveremos felizes para sempre …

      • cecilia disse:

        30 de julho de 2013 às 23:28

        Silveria Lopes, q pena q ela desapareceu, espero q vc tenha colocado cartazes postado no Facebook no Direito dos Animais,cachorroperdido e outros, pq muitas vezes ninguém pega e eles sofrem nas ruas, coleira com identificação é o ideal, se estiver castrada pelo menos ñ entra no cio, mas ainda é tempo ea pode voltar.

    4. marco antonio fresca disse:

      22 de Maio de 2013 às 07:38

      gostaria de saber sobre possivel adoção de um(a)
      weimaraner… moro em Americana/SP.. ja tive a
      oportunidade de conviver com a raça, são otimos.
      companheiros, carinhosos, protetores, brincalhoes,
      energicos etc… no aguardo..
      marco

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        22 de Maio de 2013 às 08:48

        Não trabalho com doação de animais e sou de SC. Por favor procure ONGs e protetores da sua cidade. Aqui no blog há a listagem de alguns: http://www.maedecachorro.com.br/sitesblogs-de-adocao

      • Kelly disse:

        29 de julho de 2013 às 23:04

        A colega de meu irmão encontrou um weimaraner adulto na zona leste. Estamos dando abrigo para ele, como temos 3 cães e 2 gatas, não podemos ficar com ele. Se alguém se interessar, por favor, entre em contato conosco.

    5. Ana Rayssa disse:

      11 de Fevereiro de 2013 às 16:14

      Esse é o Cadu… se deixar sozinho cavaca o jardim… ele é terrível, mas muito dócil mas também é o tipo de cachorro que não leva desaforo pra casa… anda pareado com a Duca que é igualzinha…. ambos já estão castrados, são uns amores e também são bons cães de guarda, impõem respeito, o único porém é que os dois pulam bastante… chegar em casa a noite usando camiseta branca é um suplício… sempre ganho um carimbo de um dois dois hehehehe. O Cadu é extremamente ativo, tem uma energia infinita e a Duca já é o contrário, sempre é muito calma, porém está alerta em tudo, só dá o alarme quando realmente é necessário é extremamente arredia com estranhos. E pensar que minha Mãe pegou os dois atravessando a rua abandonados, cabiam na palma da mão…. Muito boa a tradução!! Aubraços Ana!!! =)

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        12 de Fevereiro de 2013 às 14:35

        Ana, tenho visto MUITO abandono de weimaraner aqui em Floripa… Beijão e que bom que gostou, espero que seja útil.

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados