• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Mais uma notícia maravilhosa: Justiça Federal autoriza tratamento de cães com leishmaniose NO BRASIL TODO!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 18 de Janeiro de 2013

     

    Vacina contra doença do carrapato e tratamento de cães com leishmaniose visceral autorizado no Brasil? MEU DEUS, sou uma pessoa FELIZ e com esperanças renovadas. Colo a íntegra da matéria do site Campo Grande News abaixo. Aproveito para dar PARABÉNS a todos os envolvidos nesta luta contra a IGNORÂNCIA do CRMV e contra o assassinato de cães, em especial aos amigos André Luis Fonseca, Vivi Vieri e Fowler Braga.

    Decisão do TRF-3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região) desta quarta-feira (16) derrubou a portaria do Ministério da Agricultura que proibia o tratamento de cães com leishmaniose visceral. A ação foi movida pela ONG (Organização Não Governamental) Abrigo dos Bichos e é válida para todo o País.

    Por dois votos a um, o Tribunal autorizou o tratamento dos cães com o entendimento de que proibindo a utilização de medicamento humano para tratamento, automaticamente é incentivado o extermínio dos animais. Em Campo Grande, a polêmica reacendeu após o caso do cão Scooby, que sofreu maus tratos, teve a doença diagnosticada, foi tratado, depois voltou ao CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), de onde foi retirado ontem, pela Abrigo dos Bichos, graças a uma decisão da Justiça. Havia o temor de que ele fosse submetido a eutanásia.

    “A matança de animais é inconstitucional e vai contra as Leis de proteção ambiental, convenção de Bruxelas e todas as leis de preservação dos animais”, explicou o advogado responsável pelo processo que teve liminar deferida pela Justiça Federal, Wagner Leão.

    À medida ainda cabe recurso junto ao STF (Supremo Tribunal Federal) e STJ (Superior Tribunal de Justiça), que pode manter ou não a decisão da instância anterior, mas até um novo julgamento o tratamento está autorizado.

    O tratamento é proibido pelo CFMV (Conselho Federal de Medicina Veterinária), que inclusive pune os profissionais que o praticam, como a médica veterinária Sibele Cação que teve cassado o mandato de presidente do Conselho Regional. Sibele defende o procedimento com os animais, sendo uma das defensoras do tratamento do cão Scooby, símbolo da luta dos que defendem o fim da eutanásia dos cães contaminados.

    Como a portaria não tem eficácia, os médicos veterinários que fizerem não podem ser punidos, mesmo em caso de derrubada da medida.

    “Acho uma decisão lógica, de bom senso, até quando se fala do aspecto do equilíbrio ecológico porque exterminar uma raça por conta do fator econômico é um absurdo”, explicou. Ele lembrou ainda que o cão é somente mais um dos hospedeiros da leishmaniose. "Se o gado começar a ser responsável pela transmissão, vamos eliminar todo rebanho do Estado?", questionou.

    Categoria: Leis, Leishmaniose, Notícias
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    8 Comentários:

    1. luciane ramos disse:

      21 de Fevereiro de 2013 às 21:06

      otima noticia,como conseguiremos a vacina, e so levar no veterinario, mora em minas gerais, governador valadares

    2. fernanda disse:

      27 de Janeiro de 2013 às 13:35

      que notícia maravilhosa.minha cachorrinha ja teve a doença do carrapato, mas graças a Deus e ao veterinário ela hj está ótima.

    3. Denio de Oliveira Quadros disse:

      19 de Janeiro de 2013 às 13:07

      Prezada Ana Corina, mas estas despesas são da responsabilidade de quem?????

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        19 de Janeiro de 2013 às 22:43

        Ué, se o animal tiver responsável, dele. Se meu cachorro fica doente eu que pago tudo, né? Se for animais de ONGs, elas pagam e por aí vai.

    4. katia disse:

      19 de Janeiro de 2013 às 12:50

      maravilhoso,todos tem direito ao tratamento.

    5. Denio de Oliveira Quadros disse:

      19 de Janeiro de 2013 às 09:45

      Em Carmo do Cajurú, tinhamos, ( não foi reeleito) que era chefe do serviço de meio ambiente, ele matava os cães a pauladas, conforme denuncia de um tratorista que trabalhava no depósito de lixo da cidade. Graças a DEUS este não volta mais a praticar tamanha covardia, e maior ainda contra todas as leis do pais………

    6. Vânia Monroe disse:

      19 de Janeiro de 2013 às 02:32

      Que ótima notícia!!! Fico muito feliz em saber sobre esta importante vitória para o universo canino.
      Vamos festejar 😉

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados