• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Vai se mudar? Como acostumar seu cachorro ao novo lar!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 7 de novembro de 2012

    Mudar para uma nova casa pode ser estressante para seu cão. Planejamento com antecedência, paciência e carinho podem ajudá-lo a se ajustar mais rapidamente ao novo lar.

    Leia também:

    “Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 1”
    “Vai se mudar? Hora de se preparar para levar o peludo junto! – Parte 2”

    Preparando o novo lar

    • Conforme você for mudando seus coisas para a nova residência, tome cuidado especial com itens que possam machucar/envenenar seu cão. Abaixe-se e olhe em redor na altura dos olhos do seu cão para ter certeza de que não está esquecendo nada ao alcance dele no meio da bagunça que é uma mudança.
    • Certifique-se de que o novo lar é seguro para seu peludo. Procure por:
    • Venenos – materiais de limpeza, repelentes de insetos, pesticidas, medicamentos, plantas venenosas etc.
    • Objetos/superfícies que possam queimar – ferros elétricos, aquecedores, eletro-eletrônicos plugados na tomada, líquidos/superfícies quentes etc.
    • Eletricidade – cuidado extra com fios desencapados!
    • Objetos que possam provocar sufocamento – Que mudança não tem pedacinhos e pedações de tudo e mais um pouco espalhados por todos os lados? Atenção para agulhas, pregos, lascas de caixas e de móveis etc.
    • Objetos que possam cair sobre o cão – Certifique-se de que tudo está sendo bem instalado na casa nova. Já pensou um armário caindo sobre seu peludo?
    • Buracos por onde ele possa fugir – Casa nova pode provocar insegurança mesmo que a família inteira esteja junto. Tenha certeza de que seu cachorro não poderá escalar muros e cercas e de que não há buracos ou outras possibilidades de fuga.
    • Já mude para o novo endereço sabendo onde há atendimentos veterinários de emergência nas proximidades. Tentar achar uma clínica quando você já precisa desesperadamente de uma é perder um tempo que pode significar a vida ou a morte do animal.

    Acomodando-se no novo lar

    • Quando vocês chegarem ao destino, tire seu peludo da caixa de transporte assim que ele estiver em um local/cômodo seguro e o examine.
    • Passe um tempo brincando com ele, dando-lhe atenção e carinho, mostrando a casa nova e deixando-o cheirar tudo enquando você caminha com ele na guia.
    • Dê a ele um brinquedo novo e um petisco saboroso, para que ele associe o novo local com coisas boas.
    • Arrume a mudança do seu cão imediatamente, para que ele possa se sentir em casa vendo/cheirando sua cama/casinha, potes, brinquedos etc. no novo ambiente. Não compre nada novo neste momento! De novidade, já basta a mudança de endereço, seu cão precisa de referências para se acostumar com o novo lar.
    • Certifique-se de que portões, portas, cercas etc. estão fechados e de que não há possibilidade de fuga e solte-o para conhecer o quintal e a casa sozinho.
    • Certifique-se de que as placas de identificação dele estão com os dados atualizados.
    • Tente manter sua rotina normal enquanto vai desempacotando a mudança.
    • Tente não mexer/circular/ficar limpando a área/cômodo onde estão as coisas do cão (cama, caixa de transporte, potes etc.). Ter um ambiente tranquilo e securo é importante para que ele se ajuste às novidades.
    • Leve-o para passear nas redondezas – sempre na coleira e guia – todos os dias para que ele acostume-se com a nova região e também para que possa ter mais referências para voltar, caso fuja.
    • Seja paciente e permita que seu cachorro explore tudo na casa nova.
    • Veja se é possível apresentá-lo a vizinhos e seus cães. Quanto melhor eles conhecerem seu peludo, maiores as chances de ajudar em caso de fugas.
    • Não saia de casa com seu cão solto!

    Texto feito/traduzido a partir das dicas de mudança da PetCo.

    Categoria: Adestramento, Caixa de Transporte, Guarda responsável, Mudança de casa
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    10 Comentários:

    1. Isabelle disse:

      20 de dezembro de 2013 às 21:15

      Resido em uma casa,na qual minha cachorrinha esta acostumada a fazer suas necessidades no quintal,porém em breve me mudarei para um apartamento que tem apenas uma pequena varanda(1,20/70cm mais ou menos) e gostaria mtmtmt de saber como faço para acostumala na varanda. Obg desde já. Ps.: ela ja tem 3 anos

    2. Gleis disse:

      27 de Janeiro de 2013 às 16:26

      Vamos nos mudar, temos a jessy uma Cadela amável de grande porte e nao temos idéia de como leva-lá , só temos a certeza de que ela vai junto.moramos em sao jose do rio preto( interior de sao Paulo) e vamos nos mudar para Goiânia como levar a jessy ???

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        30 de Janeiro de 2013 às 15:12

        Acostume-a a usar a caixa de transporte (tem material sobre isso aqui no blog, olhe os posts por assunto lá no rodapé) e tente achar uma transportadora que a leve ou de avião. Já transportei um cachorro de 40kg por avião 🙂

    3. Katya disse:

      10 de novembro de 2012 às 21:19

      Obrigada pela dica Ana! Estou fazendo e já estou vendo resultados 🙂

    4. Katya disse:

      8 de novembro de 2012 às 10:48

      Bom dia! Adorei o post! Mudei de casa faz uma semana e fiz tudo conforme o post, só que meu cachorro está fazendo xixi e cocô pela casa, dificilmente faz no lugar que determinei pra ele. Não sei se é o stress da mudança ou o que. Alguma dica?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        8 de novembro de 2012 às 22:58

        Stress da mudança, falta de referências. Vai passando vinagre de álcool TODO dia nos locais onde NÃO queres que ele faça as necessidades.

    5. Franciele disse:

      8 de novembro de 2012 às 10:09

      Um problema grande que muitas pessoas enfrentam com cão adulto quando se muda de apartamento por exemplo, é que os bichinhos “se trancam” para fazer as necessidades. Conheço vários casos e o meu próprio. Depois da troca de lar o cachorro só faz necessidades na rua.

    6. Raíssa (: disse:

      22 de agosto de 2011 às 14:41

      Amei o blog, amo cães e gatos!
      Já estou te seguindo 🙂
      Dê uma passadinha no meu e fique à vontade pra me seguir.
      beijos

      http://noostillo.blogspot.com/

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados