• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Guia de raças Mãe de Cachorro: Golden Retriever

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 27 de novembro de 2012

    Raça de hoje: Golden Retriever

    Texto: Michele Welton Tradução: Ana Corina – Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida.

    Temperamento – O que é bom e o que é ruim sobre eles

    A expressão adorável do Golden Retriever já diz tudo. Este é um dos melhores cães “de família” do mundo: alegre, expressivo, confiável com todo mundo e ávido a perdoar erros cometidos por tutores inexperientes (oh, pobrezinhos!).

    Ofereça a um Golden Retriever duas boas caminhadas por dia (ativas, não aquela voltinha na quadra), brinco um pouco de jogar algo para ele buscar e leve-o para uma boa corrida uma vez por semana e o Golden será um cão adaptável a quase todo e qualquer estilo de vida dos humanos com quem conviver.

    Amigável com todos (estranhos, crianças, cães, gatos, animais menores), seu latido é mais de boas-vindas do que de proteção. Você deverá controlar sua tendência para mastigar objetos e para morder suas mãos — providencie vários brinquedos pela casa para que ele possa carregá-los na boca pela casa .

    Um Golden Retriever será um “filhotão” por muitos anos, então é necessário começar o treinamento de obediência desde cedo para acostumá-lo a ser mais calmo e bem educado.

    Ávido por agradar e extremamente responsivo, ainda assim ele é facilmente distraído por sons e visões excitantes, então você deve ter paciência e perseverança ao treiná-lo.

    A mente e o coração de um Golden são doces e gentis, mas seu corpo é grande e robusto — até que ele seja bem ensinado a usar a guia e a passear calmamente você precisará de ótimos bíceps para sair com ele… O uso da coleira Gentle Leader é excelente.

    Se você quer um cão que…

    • Tenha um porte grande, atlético e bonito
    • Tenha uma pelagem bonita e farta
    • Tenha um temperamento festivo e alegre, sempre de rabo abanando
    • Seja dependente de carinho e atenção
    • Seja pacífico com outros animais
    • Goste de agradar e responda bem a treinamentos

    Um Golden Retriever pode ser bom para você.

    Se você não quer um cão que…

    • Precise de quantidade considerável de exercício diário
    • Pulo muito, especialmente quanto jovem (até 3 anos de idade)
    • Tenha mania de morder objetos e mãos e de carregar coisas na boca
    • Precise de constante escovação e cuidados na pelagem para evitar nós
    • Solte muito pelo
    • Tenha cheiro forte
    • Tenha vários problemas de saúde (displasias de vários tipos etc.)

    Um Golden Retriever pode NÃO ser bom para você.

    Se você está pensando em adotar um Golden Retriever considere as questões abaixo seriamente:

    1. Muita energia quando jovem. Golden Retrievers (até 3 anos de idade) pulam e jogam-se em cima de pessoas e coisas com vigor, o que pode fazer com que pessoas e coisas caiam por todos os lados. Se você tem crianças que engatinham ou adultos com problema de locomoção, considere seriamente a possibilidade de adotar um Golden adulto, já bem calmo. Cães adultos são ótimos, pois já têm temperamento definido e aprendem muito mais rápido.
    2. Necessidade de exercício físico e estímulos mentais. Golden Retrievers foram desenvolvidos para caçar, o que significa que são cães atléticos e inteligentes, que precisam de oportunidades regulares para gastar tanta energia fazendo coisas interessantes. Você não pode simplesmente deixar que ele entre e saia de casa circulando no quintal e achar que isto é exercício/estímulo suficiente. Mora em apartamento? Pior ainda! Entediado, um Golden Retriever não só viverá menos e será menos saudável, como também poderá desenvolver comportamento destrutivo e

      indisciplinado.

    3. Queda de pelo e “cheiro de cachorro”. Golden Retrievers soltam muito pelo, então você encontrará pelos em suas roupas, carro e casa inteira. Esteja pronto para isso. Se você quiser diminuir essa tendência, passe seu Golden para alimentação natural (ver www.cachorroverde.com.br). A dieta natural também reduzirá (ou até eliminará) o “cheiro de cachorro” que os Goldens costumam ter mais do que outros cães.
    4. Saúde complicada. Infelizmente a raça caiu nas graças do público, virou moda e passou a ser reproduzida sem critérios por particulares e “criadores”. Muitos têm sofrido cada vez mais com problemas nas articulações, doenças ósseas e/ou do coração, epilepsia ou câncer. Para evitar ao máximo que seu Golden seja mais um a sofrer, mantenha-o magro, informe-se e evite o excesso de vacinação, cuide de sua dieta e providencie exercícios adequados a sua condição física (é muito comum filhotes de Golden já terem displasias severas). Um Golden (na verdade NENHUM cão) jamais deveria viver em espaços com chão liso ou ficar acima do peso.

    Adote um Golden Retriever adulto!

    Quando você adota um filhote, você está adquirindo potencial do que ele um dia pode se tornar.  Mas quando você adota um cão adulto, você está adquirindo o que ele já é e pode decidir se é o melhor cão para você baseado em sua rotina e realidade. Há vários Golden Retrievers adultos que já provaram não ter as características negativas típicas da raça. Se você encontrar um cão assim, não deixe que elas preocupem você. Fique feliz que você encontrou um indivíduo atípico e aproveite!

    Salve uma vida. Adote um cão.

    *Lembrando: Estou traduzindo as descrições de temperamento das raças (que já vi disponíveis para adoção) apresentadas pela autora norte-americana Michele Welton, que obviamente leva em conta que a maior parte de seus leitores mora nos EUA e sempre tendo em mente cães dentro do padrão comportamental de cada raça. Não adianta um cão ter “cara” de uma raça, isso nem é tão difícil, um cão realmente “de raça definida” tem, mais do que qualquer outra coisa, a personalidade, o comportamento e os instintos da raça a que pertence.

    Sobre a autora: Michele Welton tem mais de 35 anos de experiência como educadora canina e tem mais de 17 livros publicados, sendo 15 deles sobre cães.

    Categoria: Guia de Raças
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    16 Comentários:

    1. Momo disse:

      2 de Abril de 2014 às 00:05

      soh passei para parabenizar pelo site e dizer para quem tem duvidas sobre como a raça foi descrita: nao podia estar mais certa!
      minha Yuki é uma golden de 11 meses e 1 dia e ela faz tudo que foi descrito: pula de um lado para outro, carinhosa, festeja ao ponto de quase derrubar qualquer um que ela nao veja a mais de duas hrs, ela AMA pegar meias, almofadas e panos para ficar desfilando com eles pela casa e é uma chachorra muito esperta e encantadora.Quando meu sobrinho de 1 anos vem em casa ela apenas o persegue de um lado para o outro e o enche de lambidas, mas nao pula e nem o atropela… fica apenas rodeando-o. A unica coisa que posso reclamar e que tambem foi citado é em relaçao aos passeios… dale bicepis! ateh hj infelismente naum consegui fazer com que pare de puxar a guia jah que ela nao pode ver outra pessoa, cao, gato, passarinho ou uma folha voando que jah sai em disparada querendo brincar.. eh uma raça muito sociavel isso naum tem como negar..

    2. Fabiana disse:

      4 de outubro de 2013 às 10:40

      Olá!!!
      Sou mãe da Chelsea de um ano, ela tem soltado muito pelo e agora que estou grávida queria saber se tem alguma coisa que posso fazer para diminuir a queda de pelos. Pois quero que a Chelsea conviva com o nosso bebê sem causar alergias no pequeno.
      Tem algo que possa ser feito?
      No aguardo,
      Fabiana.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        7 de outubro de 2013 às 00:24

        Fabiana, tem sim> alimentação natural, tosa e escovação diária!
        http://www.cachorroverde.com.br
        http://www.tendenciasnaturebaspets.com.br

        Tosar não deixa tão bonito, mas paciência… Agora assim… o bebê não terá alergia só pq conviverá com pelos. A pessoa nasce com alergias… e já foi mais do que comprovado que crianças que crescem com animais são justamente MENOS doentes e MENOS alérgicas 😉 Relaxa! Cresci no meio de bichos, conheço N casos de filhotes de veterinários, de protetores, todo mundo no meio da bicharada, saudável e feliz! As crianças mais doentinhas que conheço são justo os filhos de gente neurótica que não deixa a criança brincar, se sujar, que esteriliza até o ar. Alimentação saudável, homeopatia, contato com animais, amor etc., tudo isso fará teu baby de ferro, hehe. Não é ser imundo e viver na sujeira, claro, mas é não pirar no excesso de limpeza. Bjo.

    3. Raiane Lima disse:

      17 de setembro de 2013 às 18:38

      Oi! Sou mãe, de “primeira viagem”, da Amora de apenas 1 mês e meio. Levei ela ao veterinário, ele passou remédio para verme e uma vitaminas. Não gostei muito do atendimento dele. Tenho achado a Amora muito tristinha, ela dorme quase o dia todo e nem brinca e esta magrinha… O veterinário disse que é assim mesmo. Qual a sua opinião?.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        18 de setembro de 2013 às 08:42

        Oi Raiane, se você já não gostou do atendimento dele, melhor procurar outro profissional, né? Filhotes nessa idade dormem bastante mesmo, mas quando estão acordados, são bem ativos. Se ela foi vacinada recentemente, pode ser reação também. Não tenho como opinar muito, mas remédio de vermes é algo que todo filhote precisa com uma certa frequência nessa fase e vitaminas podem ser necessárias mesmo. Tenta outro vet 😉

    4. elizete ap cardoso disse:

      9 de julho de 2013 às 21:17

      Boa Noite

      Sou de SP e achei uma cachorrinha na rua, levei ao veterinário e disseram que é mestiço de Golden.
      Não posso ficar com ele , e tentei algumas pessoas e o centro de zoonose , mas eles dizem que não pegam o cão.
      Pode me indicar a quem levo este cãozinho?
      Me ajude
      Abraços
      Elizete

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        10 de julho de 2013 às 11:24

        Oi Elizete, poxa… sou de SC, não conheço ninguém em Sampa que trabalhe com recolhimento. Não tens como castrá-la e depois postar foto no Facebook? Consegues doar fácil!

    5. Rosane disse:

      9 de julho de 2013 às 09:33

      Oi Ana!! Sou mãe do Zeca, um golden de 5 meses muito amado e mimado. Sou mãe de “primeira viagem” de peludo, então tudo me assusta e tenho pesquisado muito sobre o assunto (foi assim que te achei!). Minha preocupação é que ele, apesar da idade, não tem essa “energia toda” que todos falam, se cansa fácil, quando volta da caminhada (30 minutos em media) fica la, na almofada dele sem coragem para mais nada. Quando meu sobrinho de 6 anos vem em casa então…Ele fica estafado, não levanta nem para beber água!!! Sinceramente, por morar em apartamento, ate gosto dele ser mais calmo, mas me preocupo com a saúde dele, já que essa calmaria não é característica da raça. Me dê uma luz!!!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        9 de julho de 2013 às 14:33

        Rosane, apesar da fama de agitado, só conheci Golden pacato… Levanta as mãos para o céu e agradece, hehe. Ainda mais que moras em apartamento. E el é muito bebê. Já está trocando dentes? Tem que estar! SE não estiver, te mentiram a idade dele e ele ainda é bebezuco demais e é normal querer dormir tanto.

        • Rosane disse:

          10 de julho de 2013 às 10:28

          kkkkk é verdade… Ele esta trocando os dentes sim, inclusive não anda muita afim de comer, não consigo achar uma ração que goste, já tentei Equilibrio (ele ja veio comendo essa), EUKANUBA, Pro Plan,e não tem jeito, ele não gosta… Só come se misturo um pouco de ração úmida ou melhor, comia!! Agora ate assim ele não anda muito afim… Agora comprei a Premier, vamos ver se ele aprova!! kkkkkk
          Obrigada pela atenção!!

    6. Paulo Eduardo disse:

      25 de junho de 2013 às 09:09

      Bom dia

      Gostaria de saber como faço para adotar um gonden filhote, tenho muita vontade e agora que estou morando em uma residencia gostaria de presentear a pessoa que amo. Adorei este espaço. Parabens

    7. marco aurelio gomes disse:

      6 de junho de 2013 às 13:57

      ganhei um gold recentemente de 1/5 mais ele estava muito debilitado estava jogado num sitio e com a doença do carrapato agora estou tratando já esta melhor mais so fica deitado na casinha e quando pego ele para escovar e dar um volta ele treme muito com o rabo no meio da perna sera que tudo isto e medo e vais passar.

      obrigado..

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        6 de junho de 2013 às 14:57

        Marco, você precisa de um diagnóstico veterinário para saber exatamente o que ele tem, para poder tratá-lo de acordo.

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados