• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Animai$$ de E$$timação S.A.

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 4 de setembro de 2012


    Pra mim, quando o assunto é produto para cães/gatos sou fã da filosofia de que ‘menos é mais‘ e só acredito que não vale economizar quando o assunto é saúde e bem-estar. E ainda assim, precisamos estar sempre bem informados para saber se aquela tal vacina que o veterinário insiste em aplicar é realmente necessária, se aquele remédio ‘preventivo’ não fará muito mal no futuro etc. Mas acho que muita coisa é simplesmente frescura e luxo, quando não pura manipulação econômica para gastarmos mais e mais. Na boa, se fosse pra eu gastar horrores de dinheiro em supérfluos e produtos duvidosos com o Shoyo, preferiria doar esta grana para castrações ou até para instituições de caridade para crianças, idosos etc.

    Mas há quem tenha realmente grana e disposição sobrando para bancar seus pets com gastos exagerados. E também tem muita gente que cai na lábia de veterinários e vendedores de petshop e agropecuárias que só querem mesmo é meter a faca no bolso dos clientes mesmo que isto signifique empurrar produtos totalmente desnecessários, ainda que façam mal aos animais. Um exemplo de supérfluo que não me desce e que ainda acho uma agressão imensa são os perfumes, colônias e afins. Todo mundo sabe que borrifar cheiros em cães e gatos é uma baita sacanagem, mas ainda assim, se não deixamos claro nas petshops que não queremos nosso peludo perfumado, lá vem o pobre coitado todo cheiroso para o nosso colo, só para depois chegar em casa e se arrastar por tudo na tentativa desesperada de tirar aquele cheiro fortíssimo de seus pelos…

    Fora que enquanto uma minoria gasta a valer com seus pets, seja para suprir seu próprio descontrole consumista, seja por acreditar que está fazendo o melhor por eles, a maioria das pessoas ainda deixa de gastar dinheiro com itens realmente importantes, como baterias de exames necessários, consultas veterinárias, remédios etc.

    Achei a matéria que começa abaixo aqui pelo blog mesmo, lá no “Enquanto isso, pelo mundo…” e resolvi botar aqui por que, afinal, não posso escrever só sobre o que me agrada… Vai aí o comecinho pra gente, o texto inteiro pode ser lido clicando aqui.

    E por falar em dinheiro, recebi da Pri Coelho a notícia doProjeto permite que gastos com veterinário sejam abatidos do IR“.

    O brasileiro não economiza quando se trata dos seus bichos de estimação. Cães e gatos, que cada vez ganham mais espaço nos lares brasileiros, também estão ampliando sua presença nos gastos das famílias. Uma pesquisa da Associação Nacional dos Fabricantes de Alimentos para Animais (Anfalpet) mostra que a despesa média mensal do brasileiro com seus pets é de R$ 350 – o que equivale a quase 70% do salário mínimo, hoje em R$ 510.
    A “mesada” vai para bancar custos como banho, tosa, alimentação e medicamentos, além de outros mimos, como acessórios e roupas. Em algumas famílias – principalmente as que têm mais de um animal – as despesas po­­dem chegar a cifras próximas de R$ 1 mil. Um exemplo é a arquiteta e decoradora Sandra Mara Serpe Horlle, que tem oito cães. “Tí­­nhamos nove, mas um deles faleceu em setembro do ano passado. Fomos cruzando os animais e daí tínhamos pena de nos separar dos filhotes”, diz. A família canina inclui exemplares das raças maltês (Lilly Maria, Billy Chico, Cindy Carolina e Lyla Francine), yorkshire (Átila Augusto e Sushi Pedro), scottish terrier (Elga Regina) e poodle (Melanie Cristina). A conta: R$ 1mil por mês, gastos nos banhos semanais, na ração, e em mimos como roupinhas da estação, paticure (a manicure dos pets), enfeites, roupas de cama e brinquedos.
    Categoria: Animais e nós, Pet Shops, Produtos pet
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    7 Comentários:

    1. Mir disse:

      1 de abril de 2013 às 17:32

      Ana! Os perfumes não são apropriado para os cães? Vou pedir para não passarem mais… E os silicones para não quebrar os pelos compridos do shitzu? Eu tive que ler pro meu marido sobre ir fazer escova em nossos cabelos! Vc está certíssima! Amei!
      Todo dia passo pra ler algum assunto relacionado e me surpreendo … Como esquecemos de ser simples e complicamos a nossa vida ….
      Beijos!

    2. Débora disse:

      11 de setembro de 2012 às 18:47

      Oi Ana,
      quais seriam essas baterias de exames? Existem exames periódicos que devem ser feitos? Nunca nenhum veterinário solicitou exames para o meu peludinho que tem 2 anos.
      Abraços.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        12 de setembro de 2012 às 10:13

        Oi Débora,
        seu cão é novo, mas a partir dos 3 anos é legal conferir funções do fígado, dos rins e fazer um hemograma completo. Bjim.

    3. Vivi Vieri disse:

      7 de maio de 2010 às 13:34

      Oi Aninha!
      Já vou divulgar o banner sobre pet shop legal não vende animal.
      Parabéns pelo blog, é tudo de bom!
      bjs e muitos lambeijos da "criaunçada".
      Eles agradecem pelo que faz!
      Vivi Vieri

    4. Ana Corina disse:

      24 de março de 2010 às 22:58

      Oi Adri, vc sempre querida… Bjo!

    5. Adriana Diniz disse:

      25 de fevereiro de 2010 às 00:04

      Oi Ana! Gostei do artigo na íntegra! Valeu por + essa indicação!
      Um abraço!

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados