• Receba os posts por e-mail:

    Pulgas e carrapatos? Confira esta receita natural, saudável e infalível!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 25 de julho de 2012

    A veterinária Sylvia Angélico, do site Cachorro Verde, traduziu uma receita natural contra pulgas e carrapatos postada pela veterinária Karen Becker. Testada e aprovada, válida também para gatos e filhotes!

    Quer conhecer mais receitas e dicas naturais contra parasitos externos? Clique aqui!

    Confira também: armadilha caseira para pulgas

    Dependendo da farmácia de manipulação onde você mandar aviar a receita pode ser necessário o pedido de um veterinário, com carimbo, CRMV e assinatura.

    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    110 Comentários:

    1. Mona disse:

      23 de abril de 2013 às 10:00

      Luciana, minha pitbull tinha umas dermatites assim, que faziam raspagem nela, consultas periódicas e não acusava nem fungo, nem bactéria, nem sarna, nada!
      Passaram remédios fortes pra ela, que faziam ela vomitar e ficar letárgica. Suspendi todos os remédios e passei a dar banho nela com CLOREXIDINA.
      É um remédio hospitalar. Tente comprar o litro, que sai muito mais em conta que vidrinhos pequenos. Toda clínica veterinária e humana usa, e consequentemente pode te passar um litro a preço de custo se quiserem. Depois de tanto remédio, foi só manter com os banhos que resolveu. Também pode agravar o caso se ela tiver pulgas. Então, seja lá qual for o método empregado, mantenha o ambiente sem pulgas!

      Eu mantinha os meus livres de parasitas só com banhos quinzenais e talco anti-tudo no ambiente: casinhas, tapetes, camas, rodapé, cantos de muros(para que não venham do vizinho), etc…

      Mas meus vizinhos estão tendo uma PRAGA de carrapato, e se recusam a gastar mais do q R$5,00 num remédio. Aí já viu né! De um dia pro outro meu schnauzer apareceu EMPESTIADO de carrapatos. Catei cerca de 150, e mandei a tropa toda tomar banho terapeutico no veterinário enquanto “impactava” o ambiente.
      Tive que apelar pra passar frontline na galera toda, são 3 cães (dois pitbulls e 1 schnauzer) e 2 gatas (uma persa e uma ragdoll). Estou fazendo cães num mês, gato no outro, assim não perco a “validade” do produto. Para proteger meus roedores, coloco o talco anti: pulga, carrapato, piolho, e contra tudo q tem perninhas embaixo do viveiro dos ratos para que nada DEUS ME LIVRE E ME GUARDE chegue nos minhas premiadas ratazaninhas.
      Apesar de conseguir controlar o vetor e não ter mais carrapatos no ambiente ou nos meus cães, sei que qualquer descuido é uma tragédia, pois a minha cadela mais velha que já tinha sido resgatada com erlichiose (doença do carrapato) teve uma recaída. =( Foram feitos hemograma completo, sorologia específica para saber QUAL das “doenças do carrapato” era e tratar corretamente, Exames para verificar a função hepática e renal, enfim, foram tantos tubinhos de sangue que fiquei com dó. Ela começou o tratamento com ferro, cálcio, vitaminas, doxiciclina, aplicação de imesol. Assim que terminar o tratamento com a doxi faremos outro hemograma para ver se deu resultado, mas ela já ganhou 3kg. Gastos? Nessas alturas se meu marido não trabalhasse estaria frita, porque o meu salário ficou TODO no veterinário – sem exageros, foi todo de forma bem literal, (tá que estou com uma gata nova, castração da gata nova, vacina, e meu filhote de pitbull que ainda está naquela fase das primeiras vacinas – o que juntando tudo gerou um senhor gasto, mas como esse tipo de coisa só acontece assim, tudo junto… Melhor tratar agora, do que esperar ela piorar e precisar de transfusão de sangue. Acredite, conseguir transfusão para um cão que “abatido” pesa 30kg não é fácil.

      Carrapato é coisa séria!!!
      Causa anemia, baixa as plaquetas, vira uma coisa tipo uma “leocemia” e MATA!
      Todos os cães que adotei adultos vieram com essa doença. Perdi um labrador jovem, porque eu demorava pra identificar alguns sintomas pq ele era preto (fica dificil ver mucosas pálidas, sinais de anemia antes que fossem bem aparentes)!

      Essa minha pitull mais velha, se ela fica pálida eu já corro com ela para o vet, pois sei o quão grave é a doença, e o quão importante para eles terem uma vida longa e feliz é manter o ambiente limpo de parasitas e identificar muito rapidamente qualquer sintoma de recaída.

      Se você viu carrapatos em casa, ou no animal, seja lá qual for o método, dê uma de paranoica, gaste o que puder, mas elimine esses assassinos!!!

      Eles podem fazer você perder, ou debilitar permanentemente seus filhos queridos de 4 patas!

      Essa é só a experiência de quem adora adotar animais adultos e debilitados, mas se vc tem seu animalzinho desde filhote, mais um motivo para ele jamais ter que passar por nada desse tipo!

      Ah Ana, quanto tempo né! Adotei mais uma gatinha. Uma Ragdoll resgatada deu um “gatil” horrível… de 20 gatos do gatil, só sobreviveram 7!!!! E adotei um pitbull filhote. Quando tiver um tempo mando a história da guerreirinha Ragdoll. Ela castrou ontem, era para pesar 10kg (ela é de raça gigante, só é menor que o maine coon), está com 3,5kg. E pesava 2,2kg no dia do resgate há um mês atrás mais ou menos. Depois mando pra vc com todos os detalhes sórdidos no email.

    2. Mona disse:

      23 de abril de 2013 às 10:14

      Ah, luciana, quanto a alimentação, só troquei a alimentação para uma ração super premium… gasto em média R$150 num saco de 15kg. E uso 2 a 3 desses num mês (porque são 3 cães). Quanto menos corante menor as chances de alergia, sei que dando banho com clorexidina e mudando de ração, não tive mais problemas de pele nela. ;)
      Ainda assim se tiver que manter a ração anti-alérgica pacotes de 3kg são sempre nessa faixa de preço que vc falou, se encontrar ela em pacotes maiores, tipo 10 a 15kg, vc gastará bem menos. Se onde vc mora tiver pet center marginal, faça o cartão de fidelidade, assim se comprar todo mês, vc tem 10% do valor da última compra de desconto na próxima. Nesses casos de ração de “alto custo” acho que vale a pena.

    3. Marizete Assis Alves disse:

      23 de abril de 2013 às 18:20

      Adorei a dica, moramos em Sítio, é uma luta constante contras pulgas e carrapatos, prefiro os remédios naturais, uso uma vez por semana a vassoura de fogo, preparo álcool de cerais com capim limão, p/ borrifar, tbm uso repelente a base de óleo de citronela, a cada 15 dias lavo casinhas e canis com sal moura, um k de sal p/ cada 10 litros de água, é eficiente, e isso reso,ve bem, além dos banhos que dou. Obrigada Ana, sempre nos dando dicas importantes e interessantes. Abço.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        24 de abril de 2013 às 08:41

        Marizete querida, mas com tudo isso ainda aparecem pulgas e carrapatos? hehe Você cuida super bem! O problema é o local, né? Em sítio há contágio por animais silvestres, gado etc. Beijo!

    4. Mary Denise Araujo dos Passos disse:

      3 de junho de 2013 às 09:54

      Bom dia!

      Tenho 2 cachorrinhos Yoshire e vem tendo carrapto direto, incluisive ja tiveram a doença do carrapato, já detetizei com colosso e nada e os bichos ainda parecerem posso dar banho de colosso neles para cair os carrapatos.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        4 de junho de 2013 às 00:01

        Mary, pesquisei o Colosso na internet e ele é cipermetrina. MUITO estranho não estar dando conta dos carrapatos, pq cipermetrina é ótima contra eles.
        POR FAVOR NÃO DÊ BANHO NELES com o produto, vai intoxicar os cães e VOCÊ, ok? Você tem dois yorkshires, querida, não dois bois ou dois porquinhos!
        Como vc pulverizou tudo? Choveu em seguida? Tem gado em volta? Tens como pulverizar por fora dos muros da tua casa também?
        Para usar nos cães, melhor algo mais natural mesmo. Sugiro o BioCão, dá uma olhada nos outros comentários. Ele inclusive já foi aprovado por outros leitores.
        Se queres passar algo neles para os carrapatos caírem, há receitas já testadas que foram postadas nos comentários deste e dos outros textos deste link http://www.maedecachorro.com.br/category/carrapatos. Lê tudo aí e qualquer coisa escreve novamente, ok?

      • Sabrina Albuquerque disse:

        11 de fevereiro de 2014 às 19:56

        Olá tenho uma pitbull de 4 meses e ela tem muitos carrapatos.
        Levei na veterinaria e ela passou um tal de max 3 … eh pra passar na nuca, foi 45 reais mas pelo nossos babys vale a pena neah…. lave o quintal e os panos com butox, mas nao passe neles viu. Bjos.

    5. Carolina disse:

      11 de junho de 2013 às 16:13

      Olá! Eu resgatava (agora não tenho mais espaço até doar os que lá estão) animais de rua na cidade onde moro Tramandaí (fica no RS, é uma cidade litorânea, praia). Atualmente tenho no meu pátio 17 cães que esperam um lar permanente. Além de ter problemas com pulgas e carrapatos, eu tenho um problema sério com bicho-de-pé. Já passei Colosso, Butox e um outro veneno que não lembro no ambiente; dei ivermectina para os cães e o bicho-de-pé continua lá. Meus cães estão infestados e quando vou dar ração a eles, sempre volto com um na mão, e/ou no pé e até no braço. Já pesquisei em tudo quanto foi site, mas o que encontrei foi a recomendação de dar Capstar e tirar o bicho um por um dos animais, mas isso eu não tenho como fazer. Meus cães não deixam. A maioria passou por maus tratos nas ruas e são desconfiados demais. Quero saber, se a ivermectina ajuda no combate e o que eu posso passar no ambiente para exterminar essa praga. Os carrapatos desapareceram e as pulgas diminuíram bastante. Alguém tem uma dica, ou já passou por isso??? Obrigada

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de junho de 2013 às 13:17

        Oi Carolina,
        uma amiga protetora me passou a seguinte dica:

        Dica da Dr Patrícia e usada na aldeia todos os dias, diz que funciona super bem.
        Pega um cotonete, umedece com creolina, (cuidado creolina é muito forte) Passa só no local onde está o buraquinho do bicho. Ele cai, nem precisa retirar. Não usam mais nenhuma medicação. Diz que até mesmo do focinho retiram assim. Só ter cuidado. =D

    6. Inge Schild disse:

      29 de junho de 2013 às 11:56

      Olá! Adorei todas as dicas.
      Um vizinho meu me falou que dando uma colherinha de cha de enxofre misturada na comida uma vez por mês evita que o cão tenha pulgas e carrapatos. Gostaria de saber se procede.
      Abraços,

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        1 de julho de 2013 às 17:22

        Inge, não sei se procede contra pulgas e carrapatos, mas faz bem ao pelo e não duvido que ajude contra essa dupla chata também! Obrigada pela dica.

    7. Elis disse:

      3 de julho de 2013 às 10:59

      Gostaria de saber como acabar com os carrapatos em gatos, pois minha gata pegou daqueles miudinhos, fico preocupada, porque eles labem-se muito. Tem algum remédio natural pra isso?
      Desde já aguardo e vou agradecer pela resposta!!!

    8. ANDREA disse:

      4 de julho de 2013 às 20:39

      MUITO GRATA PELAS DICAS, TENHO UMA CACHORRINHA, ELA APARECEU AINDA BEBE EM MINHA RESIDENCIA COM OUTRA CACHORRINHA DO VIZINHO, DECIDIMOS FICAR C ELA. SENDO QUE JA ESTAVA C CARRAPATOS….. NOSSAAA JA FIZ DE TUDO P ACABAR COM ESSES CARRAPATOS, A ULTIMA LAVEI O LUGAR E ELA C CARRAPATEX + CRIOLINA MISTURADOS C AGUA, FOI COMO MELHOROU MAIS.

    9. Marcela disse:

      11 de agosto de 2013 às 14:07

      Muito obrigada pela receita, está resolvendo com a minha cachorra, tínhamos grandes problemas com pulgas, pois ela tem alergia a picada de pulga e me sentia muito mal em ter que dar aquele veneno a cada dois meses pra ela. Agora com essa receita, ela não tem mais pulgas!

    10. Vivian disse:

      18 de setembro de 2013 às 13:07

      Meninas esta fórmula é eficaz contra carrapatos?
      Tenho um York que não sabemos mais o que fazer com ele.
      Está cheio de carrapatos, fora as feridinhas de quando minha mãe tira os bichos dele.
      Ele se coça demais tadinho, já passamos todos medicamentos indicados pela veterinária e NADA, estava aqui pesquisando e achei esse blog e vi uma luz rs.
      Alguém pode me ajudar???

    11. Vivian disse:

      18 de setembro de 2013 às 13:26

      Não há problema se o dog lamber essa mistura? Ou é melhor colocar um cone para evitar o contato?

    12. José Roberto disse:

      26 de dezembro de 2013 às 11:18

      Achei muito interessante a receita manipulada, no entanto não consegui encontrar nenhuma farmácia de manipulação aqui da minha região que tivesse os ingredientes.
      Será que alguém pode me indicar o endereço ou telefone de alguma farmácia que tenha os ingredientes da fórmula?
      Muito obrigado

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        26 de dezembro de 2013 às 13:31

        Oi José Roberto, não é muito fácil de achar, realmente. Leia os comentários anteriores, pois já botei o contato de uma farmácia aqui em Florianópolis que vende e lembro de mais no mínimo outra pessoa botando contato de farmácia também.

    13. Angela Costa disse:

      15 de janeiro de 2014 às 23:05

      Amei, amei, amei. Tudo natural para meus dois labradores e minha gatinha.

    14. Célia Sutto disse:

      16 de janeiro de 2014 às 18:31

      Olá Ana, gosto muito de aproveitar suas dicas pra tudo, tenho 4 vira-latas grandes maravilhosos, e segui várias recomendações suas pra combater pulgas, inclusive alho crú, porém acabei de ler no portal de notícias da ANDA, 10 alimentos proibidos para cães, entre eles está o alho, informando que pode destruir células vermelhas, levando a anemia. Se puder, verifique a veracidade destas informações e me escreva, por favor. Obrigada. Célia.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de janeiro de 2014 às 12:18

        Célia, só em grandes quantidades. Pode continuar tranquila. Tanto que no tratamento para leishmaniose visceral praticado pelo super veterinário André Fonseca (http://fielamigo.com.br/trata/) o alho é usado. No tratamento em questão as doses são grandes, eu questionei isso com o André e ele disse que pesquisou muito e que não há estudos comprovando os malefícios de alho para cães. Pra gato daí sim, não pode MESMO. Beijo.

    15. Thalles disse:

      15 de fevereiro de 2014 às 12:51

      Boa tarde, ao utilizar o Kit Lar é necessário deixar o filhote fora do ambiente por quanto tempo? Estou com medo de fazer mal, minha Staffbull tem só 2 meses e uns dias. Obrigado.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        16 de fevereiro de 2014 às 11:46

        Oi Thalles,

        que Kit Lar? O que é isso? Se for veneno para pulverização, eu deixaria o animal longe por no mínimo dos mínimos, 12 horas. Melhor ainda se ela puder ir pra casa de alguém e ficar 24h longe.

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados