• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Sai de mim! Deixe seu pet livre das pulgas, carrapatos e… produtos químicos!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 15 de maio de 2012
    Este post foi primeiramente publicado em 20 de fevereiro de 2010. Depois, foi repostado em abril do mesmo ano. Como o tempo passa, mas algumas coisas continuam importantes e até mesmo urgentes, achei interessante republicá-lo agora. Muita gente não imagina, mas o inverno é a época de maior proliferação dos carrapatos, graças ao tempo seco. Virem, revirem e inspecionem seus peludos no mínimo uma vez por semana. Assim eles ficam mais acostumados a ser examinados, o que facilita consultas veterinárias, e vocês pegam qualquer coisa (de infestações a doenças) no início.
    ***********
    Atualização do post:
    Publiquei este texto em 20 de fevereiro deste ano, mas depois de ler no Facebook da ANDA News que a coleira Kiltix matou um filhote de Bernese Mountain Dog e que a Bayer foi condenada pelo fato, me senti obrigada a lembrar a todos das alternativas naturais, eficientes e baratas para deixar nossos peludos livres de parasitas externos!
    ***********
    Vem cá, vocês realmente acreditam que essa montoeira de química usada em produtos contra pulgas e carrapatos não tem nenhum influência negativa da saúde de cães e gatos? Eu não.
    Fico impressionada como não encontro artigos de veterinários brasileiros alertando para o imenso mal que produtos químicos contra pulgas e carrapatos provocam em cães, gatos e até pessoas e no meio ambiente quando ‘lá fora’ o assunto é largamente discutido e propagado. Tenho estudado mais e mais sobre alimentação pet e excessos de vacinação, então termino encontrando outros assuntos relacionados ao dia-a-dia de nossos peludos e fico apavorada como o Brasil está simplesmente ignorando propositadamente assuntos tão relevantes à saúde de milhões de animais por pura ganância econômica.Falarei melhor sobre isto em outros posts, este na verdade era só para sugerir algumas alternativas realmente saudáveis e que não apresentam riscos aos animais e nem aos humanos que com eles convivem. Mesmo que você esteja pensando “Essa Ana é uma exagerada”, gostaria que você refletisse algo muito simples e aparentemente bobo: se um produto é realmente seguro, por que na bula mandam você usar luvas e lavar as mãos após a aplicação? Comece daí a desenrolar este novelo…E para quem pensa como eu, apresento algumas alternativas para as drogas contra pulgas/carrapatos/bernes.

    • Armadilha caseira para pulgas
    • Homeopatia contra carrapatos, bernes, moscas de orelha e doenças transmitidas por carrapatos: o laboratório Arenales tem ótimos produtos para cães e gatos, já usei a fórmula contra giardíase e é fantástico, uma amiga usa a fórmula contra pulgas para borrifar ambientes e também ama. Recomendo 100%, mesmo não sendo muito barato…
    • Homeopatia contra pulgas: também do laboratório Arenales, para ser usada nos ambientes.
    • Homeopatia contra carrapatos (mas que também some com as pulgas): já usei o BioCão aqui em casa e recomendo também. Felizmente, não temos infestações nem de pulgas, nem de carrapatos no nosso quintal/terreno, mas o Shoyo anda por tudo comigo e mesmo assim não volta com nenhum parasita pra casa… Acho barato, prático de dar e dura muito! Tenho tido MUITOS comentários de pessoas que estão usando o produto e adorando.
    • Homeopatia contra carrapatos e pulgas: Produtos da Homeopet. Esta dica eu achei lá no Cachorro Verde no post “O que mais você pode fazer pela saúde do seu pet“.
    • Óleo de Neem (Nim) contra carrapatos: nunca usei, mas até onde sei, na verdade repele todo tipo de inseto também, o que é ótimo, não?

    Quer ler mais sobre o mal que produtos químicos contra parasitas externos provocam em nossos peludos e consegue ler em Inglês? Então acesse:

    Categoria: Carrapatos, Homeopatia, Produtos pet, Pulgas, Saúde
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    81 Comentários:

    1. Diego disse:

      19 de janeiro de 2014 às 00:11

      Muito obrigado as duas pela ajuda!
      Não sei como agradecer, é sério! Vou seguir cada conselho.
      Consegui dicas muito úteis lendo esse tópico.

      Aproveitando o post, quero agradecer também pela matéria sobre dirofilariose.
      Hoje fui comprar um vermífugo para meu filhote e lá o veterinário disse que eu teria que dar o medicamento para o resto da vida do bicho, todo santo mês, para prevenir contra o verme do coração. Questionei dizendo que o ciclo do verme era de, no mínimo, 5 meses, o que descarta a possibilidade de ter que dar o remédio todo mês. Ele deu aquela risada debochada, sabe. Aí um atendente ouviu, e depois que o veterinário saiu, me perguntou se eu era formado em veterinária, em tom de deboche.
      Obrigado, Ana! Parabéns por todas as informações contidas aqui. Eu poderia estar entupindo meu bebê com vermífugo se não fosse seu site.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        22 de janeiro de 2014 às 21:35

        Oi Diego, é isso aí, ESTUDE E JOGUE NA CARA DESSE TIPO DE BABACA que VOCÊ não é bobo nem fantoche na mão deles. Não é preciso ser formado em veterinária para ser inteligente e ter raciocínio crítico. E infelizmente não é preciso ser ÉTICO e ter verdadeiro amor pelos animais para ser formado em veterinária também, por isso vemos tantos profissionais da área com atitudes assim, absurdas e que visam LUCRO, não a saúde real de seus pacientes.

        • evelyn sá disse:

          25 de fevereiro de 2014 às 10:31

          Oi Ana querida

          Apesar de todas as providencias naturais não consegui eliminar 100% os carrapatos do meu jardim e grama. Vou ter que usar triatox. Te pergunto,linda: tenho que deixar minha Juju quanto tempo longe do jardim? Não tenho outro lugar para deixá-la, fora de minha casa, quero dizer. Após quantas horas ela podera voltar a andar pelo jardim?

          Ainda: mesmo com biocão, shampoo de nemm,pó de nemm e outros cuidados, Juju esta com doença do carrapato. Sorte que percebi a tempo e levei logo no veterinario. Está medicada. O medico passou melovivet(?,não consigo ler direito na receita) e doxitrat. O primeiro por 10 dias e o segundo por 28.
          Ela esta otima, feliz, bagunceira e comilona. O veterinario não abre mão dela tomar o doxitrat por 28 dias. Será mesmo necessario? Esses veterinarios nem sempre são confiaveis e estou nesta cidade a pouco tempo.

          É isso, amada. Agradeço, de novo sua ajuda.
          Zilhoes de bjs e afetos.

          • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

            27 de fevereiro de 2014 às 11:28

            Oi Evelyn! Tudo bem?

            Então, basta um carrapato infectado para eles pegarem a doença, então não tens nem como saber exatamente QUANDO ela foi infectada.
            A doxi por 28 dias é necessária, sim, mas pode detonar o fígado e dar enjoos na Juju. Seria legal ela tomar junto com um protetor hepático.

            Sobre o Triatox, ele não é pra carrapatos, mulher! É pra dar banho em cachorro com sarna demodécica. No quintal, use cipermetrina para pulverização, achas fácil em agropecuárias e o bom seria ela ficar umas 8h longe do local. Aplique em dias secos, pq se chover, vai tudo literalmente por água abaixo…

            Beijo pra vcs.

    2. Diego disse:

      14 de janeiro de 2014 às 23:25

      Ana,

      Eu já tentei ajudar o cão do vizinho. Uma vez até pedi para o dono dar mais atenção ao bicho, mas acredite, não deu certo. O homem me deu uma bronca e disse que o cão é dele e não meu. O bichinho está começando a ter aquela doença que vai comendo a pele do cachorro. Aqui chamamos de lepra, porém não sei é o certo.

      Quanto a sua pergunta sobre os ratos, não sei se exatamente há uma infestação, porém existem esses malditos aqui. Anteontem outro vizinho meu matou um enorme! Foi aí que fiquei com mais medo.

      Na minha cidade, infelizmente não há um tratamento de esgoto ideal, o que faz com que, quando chova, os ratos saiam dos bueiros e invadam as casas (meu quintal é composto de 60% terra, não sei se isso ajuda).
      Mas há um ponto interessante no que você falou e que eu tenho carência intelectual: somente ratos infectados transmitem lepto? Não são todos?
      Antes de ter esse meu pet, eu tinha outro, só que já era adulta. Ela fuzilava os ratos – minha mãe adorava – e nunca pegou nenhuma doença. Acabou morrendo assassinada por um ser sem coração (tem uns 5 anos isso e, acredite, me doeu tanto que só tive coragem de ter outro agora). Ela matava os ratos como se fosse um gato. Então, acabei tendo esse medo quando pensei em soltar meu novo filhote. Acha melhor soltar, mesmo depois do que eu disse? Realmente me dói muito mesmo ver ele preso o dia todo.

      Agora, sobre as pulgas e carrapatos, vou ler todas as dicas que vc me disse, inclusive usar o BioCão. Estava de olho nele mesmo e há vários feedbacks positivos. É ruim ver nossos filhinhos infestados, né?
      Ah, existem fotos dos seus bebês aqui? Hahaha, queria ver como são.

      Muito obrigado mesmo, Ana! Vc tem sido de grande ajuda! Quase que hoje uso um tal sabonete lá que me recomendaram. Ia fazer mal pro meu filhote.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de janeiro de 2014 às 12:53

        Oi Diego,
        eu não desistiria. Passe cipermetrina no cão quando o cara não estiver em casa. Não sei o que ele tem, pode ser malassezia, pode ser sarna demodécica. Meus vizinhos também não cuidam direito da cadela deles, daí eu simplesmente dou carne crua e ossos pra ela pela grade e passo remédio pra pulga, tudo quando não estão em casa.

        Se tem esse tanto de ratos, melhor dares a vacina específica contra leptospirose 1 vez por ano, sempre distante 1 mês pra mais/menos de outras vacinas que decidas dar (já leu sobre excesso de vacinas aqui no blog? http://www.maedecachorro.com.br/category/vacinacao

        Fica fácil veres meus filhos no Instagram: http://instagram.com/maedecachorro#

        Tudo respondido? 😉

    3. Diego disse:

      14 de janeiro de 2014 às 19:35

      Oi, Ana!

      Recentemente estava fazendo um monte de perguntas no tópico sobre reações vacinais e agora venho para cá.
      Descobri há 2 dias que meu filhote de apenas 3 meses está com pulgas e carrapatos. Eu retirei um carrapato enorme, que mais parecia de cavalo! Ao retirar, vi que estava cheio de filhotes. Fiquei com um nojo… Na mesma hora, vi uma pulga andando no corpo dele. Fiquei apavorado!
      Não levo ele na rua, não deixo ele ter contato com nenhum outro animal e fiquei me perguntando de onde vieram esses infelizes. Só pode ser do cachorro do vizinho, mal tratado e mal cuidado.
      O que me apavora mais é que costumo deixa-lo dormir em dentro de casa. De dia deixo ele num cercadinho (optei por não soltá-lo no quintal até ter terminado as vacinas, pois tenho medo de ratos).
      O que faço? Não sei se posso sair usando todo tipo de produto nele, ainda mais por se tratar de um filhote muito novinho. Vi no seu post o BioCão e me interessei muito nele. Posso usá-lo?
      Peço desculpas pelo texto enorme. É apenas uma forma minha de expressar minha preocupação.
      Obrigado.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        14 de janeiro de 2014 às 21:34

        Oi Diego,

        Ratos só transmitem lepto. Há uma infestação real na tua casa/bairro? Acho excesso de zelo. Nenhuma vacina contra lepto tem todas as cepas da doenças e vários cães vacinados já tiveram lepto, então é uma vacina recomendada apenas para possibilidades reais de contágio/contato com a urina das ratas infectadas.

        Carrapatos e pulgas podem vir dos vizinhos realmente. Que tal ajudar o pobre cão do vizinho?
        A saída é tratar do ambiente e do animal. Acreditas que aconteceu o MESMO comigo ontem? Descobri um MEGA carrapato na Java e dois pequenos no Shoyo. AFFFFFFFFFFFFFF, bote nojo nisso. Vou comprar o BioCão (já usei e gostei) e vou passar cipermetrina no terreno. Dentro de casa vou atacar de neem. Nessa loja há várias opções de repelente. Leia posts e comentários das categorias “pulgas” e “carrapatos” no rodapé do blog e verás que há várias alternativas. Nos comentários falo sobre como aplicar cipermetrina inclusive nos cães.

        Mesmo com tudo isso, voto pela liberdade do pequeno no quintal, viu? São ajustes a serem feitos, mas cercadinho, não! 😉

      • evelyn sá disse:

        15 de janeiro de 2014 às 13:09

        Oi Diego
        Gostaria de compartilhar minha recente experiencia. Esse site e a Ana foram fundamentais.

        1- minha Juju tb estava assim como seu caõzinho.
        2- passei cal com sal em toda a area externa que ela ficava
        3- no jardim dei uma boa “lavada” de agua,sal,cloro e vinagre de maça. Logico,com risco de acabar com jardim!!- Mas, entre carrapatos e grama….
        4- todos os dias catava os carrapatos com pinça e os colocava num recipiente com cloro. Eles morriam e depois eu jogava no sanitario.
        5- comprei o biocão e estou dando a uma semana
        6-hoje comecei os banhos com o shampoo Natu Neem
        7-tb comprei o pó de neem e vou colocar ainda hoje no jardi
        8- joguei fora varios paninhos que ela gostava e lavei os outros.

        Resumindo: leia TODOS os posts. Dá trabalho mas vale a pena.Eu li tuuuudo para chegar a essas atitudes. A Ana me ajudou muito a tirar duvidas essenciais.
        E: hoje a Juju esta sem nenhum carrapato. Sapeca e linda.
        E tem 15 dias que o “inferno” começou. E eu em panico por causa das minhas gatinhas.
        ESpero poder te ajudar de alguma forma. abç.

    4. evelyn sá disse:

      4 de janeiro de 2014 às 10:43

      Oi Ana
      Ontem depois de ter escrito de novo pra vc, uma ideia nova me surgiu e uma outra pergunta “curiosa”.
      1- as paredes da garagem onde fica a Juju são de chapisco com cal. Se eu passar cal com o sal pode funcionar como “assassinato em serie” dos carrapatos? Não li nada a respeito em nenhum dos topicos deste site,mas sera que vale a pena tentar? O que acha?
      2-a “velha” creolina mata pulgas e carrapatos?
      Obrigado querida. Acho que agora não tenho mais perguntas. rs.rsrs.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        4 de janeiro de 2014 às 13:26

        Oi Evelyn,
        ótima ideia da cal com sal, querida! Fui voluntária em um canil onde faziam isso.
        Creolina mata TUDO, inclusive NÓS! É altamente tóxica, inclusive pelas vias aéreas, se acumula no organismo e não tem antídoto. FUJA dela!

        • evelyn sá disse:

          4 de janeiro de 2014 às 21:18

          Querida Ana

          Super obrigado por tudo. Já troquei a casinha e a Juju esta super feliz na nova casinha de plastico.
          Estou indicando este site para “deus-e-o-mundo”. rs.rsr.ss.
          Afeto.

    5. evelyn sá disse:

      1 de janeiro de 2014 às 15:58

      Procurando respostas para tirar os carrapatos de minha Juju, encontrei este cantinho sensacional. Que ajuda!
      Mas tenho uma duvida: a casinha de madeira da Juju fica dentro da garagem. Com a infestação de carrapatos estou colocando a casinha de cabeça pra baixo o dia inteiro no sol super quente. Aí, aos poucos, dia apos dia, aparecem os carrapatos saindo dos buracos da madeira. Pergunto: o sol mata os carrapatos? Agora que ja vi as dicas, vou trocar as famosas pipetas por produtos naturais. Pena que na minha cidade não tenha veterinario homeopata.Muito grata.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        3 de janeiro de 2014 às 17:35

        Oi Evelyn,
        a veterinária dos meus cães atende por Skype se a doença permitir, claro. Fala com ela: Carmen Cocca homeopatas.vet@gmail.com

        Outra coisa: não tem como trocar a casinha de madeira por uma de plástico?
        Não creio que o Sol vá matar os carrapatos, seria melhor, caso não tenhas como mudar a casinha, passar produtos contra carrapatos nela e na garagem, deixando a Juju longe por no mínimo umas 8h.

        Sobre como tirar os carrapatos da Juju, veja este texto http://dicaspeludas.blogspot.com.br/2011/10/carrapatosvoce-sabe-forma-correta-de.html?q=carrapato

        Bjo

        • evelyn sá disse:

          3 de janeiro de 2014 às 20:45

          OI Ana super grata pela resposta. Vou trocar a casinha. E depois de ler todos os posts- como é bom ler todas as opiniões e experiencias!!! – acho que vou tentar no combate externo, usar agua e sal, e talvez acrescentar bicarbonato e um pouco de cloro. Tudo para lavar chão e paredes.
          Estou com muiiiito medo de usar triatox, cipermetrina e congêneres. Não teria como deixar a Juju longe do ambiente .
          Abç.

    6. telma disse:

      28 de julho de 2013 às 23:07

      Ola!tenho um golden de 4 anos que desde uns 14 meses passou a se alimentar com comida natural,nunca mais sofreu de vomitos, diarreias, quedas de pelo.O pobre tomava injeçoes toda a semana para o figado,vomitava bilis, vivia enjoado triste.Parei pra pensar na droga da ração que eu pagava uma fábula e ainda por cima estava matando o animal!parei de usar as pipetas justamante por imaginar o qto aquela quimica era absorvida pelo figado dele!mas e agora ao que vou recorrer??dai pesquisando achei suas valiosas dicas!vou amanha mesmo procurar esses produtos!Abraço!

    7. Katia disse:

      10 de maio de 2013 às 11:50

      Uma alternativa para controle de pulgas e carrapatos e o oleo de neem.

    8. nadja obadia disse:

      1 de maio de 2013 às 21:52

      depois que a minha amiga Dana teve a doença do carrapato, estou sempre tensa com ela já que moro em area rural e com vacas e cavalos passando sempre no meu portão vou procurar uma dessas indicações que conheci agora e assim que tiver algum resultado prometo postar ( tenho em casa tambem 2 filhotes dela e quero evitar essas pipetas )

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        2 de maio de 2013 às 10:36

        Oi Nadja, fica complicado manter os pets longe dos carrapatos nas áreas rurais, realmente. O ideal seria você tentar manter o terreno sempre limpo, mas se vc for usar algo bom mesmo, como cipermetrina, estará sempre intoxicando também a Mãe Terra. Tente usar o óleo de neem no terreno também! Boa sorte.

    9. Natalia disse:

      29 de abril de 2013 às 12:22

      Gente, meus peludos tiveram umas visitas indesejadas de pulgas durante um passeio. E o veterinário me ensinou uma misturinha que ajudou muito.
      Ferver água com uma quantidade razoável de cravo-da-índia. Espera esfriar, colocar em um borrifador e espalhar nos pelinhos. É ótimo e dá um baita resultado. E o melhor, não faz mal pros fofinhos.

    10. Blanca disse:

      17 de abril de 2013 às 12:11

      Oi Ana….seria pelas pulgas sim.
      Não lavo a almofada em si…lavo a capa da almofada..rs.
      Mais uma vez obrigada, vou fazer tudo direitinho…bjo

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de abril de 2013 às 12:16

        Então, amada, mesmo assim estás tirando a referência dos cheirinhos, entendeu? Cachorro precisa de uma certa ‘sujeira’. Menos banhos, menos lavagem de tudo! Beijo.

    11. Blanca Giraldi disse:

      17 de abril de 2013 às 01:00

      Muita sensibilidade a sua em nos orientar.
      Obrigada.
      Minha pequena Meg da raça ” te vi não resisti” tem alergia a pulgas, e vc me ajudou muito com suas orientações. Gostaria de perguntar-lhe Ana, -a Meg agora dorme em meu quarto em uma almofada grande de tecido, o qual lavo a cada 2 , 3 dias. Teria algo mais apropriado (…casinha de plástico ajudaria..para evitar pulgas) se sim, o que coloco dentro para o conforto da Meg na hora de dormir.
      Grande Abraço e Parabéns Ana !

    12. Mary Resende disse:

      24 de janeiro de 2013 às 09:00

      Ola. Parabens pelo blog, ajuda muito a entender os males que mesmo sem querer causamos aos nossos caes. Tenho uma Bernesi mountain dog de 10 meses. Ela e muito docil e inteligente. Acabamos de trocar de racao de pedigree para lider, e coincidencia ou nao apareceram varios carocos com casca. No principio achei que fosse machucafo porque moramos em uma fazenda e ela corre o dia todo e as vezes passa pela cercamas depois vi que estam tomando todo o pescoco e agora se espalhando pelo restante do corpo. Gostaria que me ajudasse. Abracos.

    13. Silvia Lettiere Boalento disse:

      11 de setembro de 2012 às 09:18

      Meninas, quero deixar meu relato aqui e talvez possa ajudar nossa amiga Stefania, anteriormente usava no Marley Revolution(pulgas)+Ivermectina(carrapatos),desde que li este post,supendi estes medicamentos e passei para os homeopáticos. Tem mais de 6 meses que estou usando o Biocão para carrapatos(2 bolinhas direto na boca todos os dias)+Fator P&P Animal Glóbulos Laboratório Arenales (5 bolinhas na boca pela manhã+5 bolinhas a noite), está sendo maravilhoso, ele nunca pegou uma pulga ou carrapato…passeio todos os dias com ele na rua, em ambiente que tem muito cavalo =carrapato e nunca pegou um sequer. O produto é maravilhoso.Recomendo!

    14. stefania disse:

      9 de setembro de 2012 às 17:15

      Olá, estpu com infestação de carrapatos nos meus dosi cachorros os dois são rsd ous eja uma é fox paulistainha com viralata e o outro viralta com pastor , ela tem menos pelos ele é bem, peludão, hj por exemplo entrei em pânico tirei uns 30 carrapatos de um e uns 40 do outro todos dentro das orelhas o que uso fiquei sabendo do top-line será que ajuda?

    15. Simone disse:

      5 de setembro de 2012 às 08:43

      Bom dia, Ana.
      Resolvi experimentar o Paracanis da Homeopet, mas infelizmente não funcionou para meus meninos aqui em casa.
      Beijos
      Simone.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        5 de setembro de 2012 às 08:47

        Oie, obrigada pelo retorno. Essa marca eu nunca usei… O que tenho de feedback positivo é do laboratório Arenales, do Estibion Plus Neem e do BioCão… Beijo!

    16. Jane disse:

      19 de agosto de 2012 às 23:49

      Oi,tenho um casal de pastor alemão e 2 cadelinhas pequinês,estou com um grande problema com pulgas,já usei o frontline e não deu nem pro começo,os maiores estão ficando loucos e todo machucados.Gostaria de saber se essa receita com cãnfora realmente funciona,e se eu posso aplicar na minha cadela pastor alemão que está prenha com 1 mês de gestação,ela tem sido a mais prejudicada pois esta toda ferida.E,quanto tempo deixa no animal,depois pode dar banho? Por favor me ajudem,pois tenho grande preoculpação pois a cria dela é sempre em torno 10 a 12 filhotes,isso pode prejudicar muito o parto dela e os filhotinhos.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        20 de agosto de 2012 às 07:54

        Oi Jane,

        Se você der uma lida nos comentários acima poderá escolher um produto saudável baseada no que outras pessoas já testaram e vieram aqui contar. Também tem uma receita de uma veterinária norte-americana que menciona especificamente o fato de poder ser usada em filhotes: http://www.maedecachorro.com.br/2012/07/pulgas-e-carrapatos-confira-esta-receita-natural-saudvel-e-infalvel.html Precisa ser mandada aviada em farmácia.
        NÃO tenho experiência com cadelas prenhes e suas crias pois sou 100% CONTRA a procriação de cães e gatos… Tenho contatos com pessoas do Brasil inteiro e do exterior e conheço muito bem o sofrimento da maioria dos cães, INCLUSIVE (e muitas vezes, PRINCIPALMENTE), dos animais com donos, mesmo que sejam “puros” e que tenham sido comprados a preço de ouro (pior ainda quando é a preço de banana…).

    17. Maria Cristina disse:

      2 de agosto de 2012 às 22:24

      Ok querida obrigada pela atenção!
      Na verdade faz tempo que faço alcool com cravo, deixo descansar e depois misturo com agua e vinagre, borrifo neles e nunca tive problemas, mais como as pulginhas teiman em voltar achei que u outro por ser mais forte resolveria!
      Não uso nada quimico neles….

    18. Maria Cristina disse:

      1 de agosto de 2012 às 18:36

      Olá Ana

      Tinha visto uma vez a receita do repelente com cánfora, mais agora olhando os post sobre pulgas, não consigo encontrar, será que poderias me passar a receita? Comprei a cánfora, o alcool o cravo, mais preciso das quantidades e como fazer, ou me indique o post certo onde fica a receita porque não estou achando, desde já obrigada!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        2 de agosto de 2012 às 01:13

        Oi Maria, eu retirei a receita por que a cânfora é algo bem forte e como não a testei e nem conheço nenhum(a) veterinário(a) de minha confiança que tenha testado, fiquei insegura. Mas é fácil de achá-la no tio Google… Beijo e veja a receita (daí sim testada e aprovada) que postei semana passada. 🙂

    19. Kelly disse:

      10 de julho de 2012 às 16:03

      Ai fiquei muito feliz em ler a materia e ver que existem opçoes p nossos peludos, encontrei Biocão e minhas pets vao fazer uso!!!

    20. Carla disse:

      26 de junho de 2012 às 17:51

      Olá Ana,

      Você tem algum relato do Biocão ter alterado a consistência das fezes do cão? É porque iniciei o tratamento e no mesmo dia as vezes que eram firmes ficaram muito moles.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        26 de junho de 2012 às 22:28

        Não tive, não. Mas dá uma ligada para o fabricante! Ou manda e-mail. Ele não comeu nada de diferente ou não está na hora de tomar vermífugo? A Arenales tem vermífugos homeopáticos bem bons, olha lá: http://www.arenales.com.br E se descobrires algo, nos conte depois =D

    21. kelly disse:

      13 de junho de 2012 às 22:00

      Olá, estou precisando de ajuda. Espero que possa me ajudar.O meu cão é alergico a picada de mosquito, e onde moro tem mosquito o ano todo,que picam o nariz dele e fica sangrando e com feridas, ja levei o meu cão ao veterinario so que ela disse que ele não pode ser picado por mosquitos, porém não posso usar repelente,sinceramente não sei o que fazer se souber de algo que possa me ajudar por favor entre em contato comigo.
      Desde ja sou grata.

    22. EMÍLIA disse:

      25 de maio de 2012 às 15:54

      Ana Corina, eu creio que os cães são como nós o “remédio” que dá certo pra um pode não dar p/o outro. Relatei o que deu certo com o meu e o que não deu, por isso disse que estou a procura de outras soluções naturais para as pulgas. Vc conhece algum outro laboratório que que tenha homeopatia para pulgas? Abraços!

    23. Elizabeth Queiroz disse:

      24 de maio de 2012 às 17:51

      Oi Emilia!

      Muito obrigada pela sua atenção e informação. Vou comprar p/fazer o preparado,pois meu bebezão não pode mais ficar sem proteção contra carrapatos como eu ja disse,pois ainda está em recuperação. Obrigada e beijos.

    24. Silvia Lettiere Boalento disse:

      24 de maio de 2012 às 15:00

      Emilia, muito obrigada pelas informação, poxa, eu acabei de comprar o Fator P&P Animal globulos da Arenales para ele, ainda não comecei e estou super anciosa para que dê resultado. Foi este que vc usou no seu peludo?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        24 de maio de 2012 às 17:31

        Emília FOFA! Super obrigada pelos comentários! Olha, eu uso o Fator ProtoZoo (que agora mudou de nome) pra giárdia e dores de barriga e acho mais do que excelente, mágico… Uma amiga protetora usa esse de pulgas pra canil e gosta também… Espero que seja bom pra vc, Silvia. Beijo, meninas.

    25. EMÍLIA disse:

      23 de maio de 2012 às 16:28

      Elizabeth Queiroz em lojas que vendem essências e produtos para fazer sabonetes e perfumes artesanais vc encontra o álcool de cereais!

    26. EMÍLIA disse:

      23 de maio de 2012 às 16:24

      Silvia Lettiere eu uso o BIOCÃO no meu Freddy desde 2010 qdo ele pegou carrapatos na pracinha perto de casa e realmente o produto é fantástico, acabou com a infestação em uma semana e ele nunca mais pegou nada (continua tomando sempre por precaução), mas quanto às pulgas ele não funciona. Testei a homeopatia do Arenales e até agora não deu resultado, mas ainda não desisti de encontrar uma solução natural, tanto que estou tentando com o óleo de Neem e espero que dê resultados, pois não gosto de usar produtos tóxicos nele!

    27. Silvia Lettiere Boalento disse:

      16 de maio de 2012 às 18:42

      Pessoal,
      Eu faço uso no Marley do Biocão, realmente é ótimo, nunca pedou nada..so me deixaram agora com uma pulga na orelha..eu uso o Biocão nele e o Revolution de 28 em 28 dias…Será que devo suspender o revolution? Tenho medo pelo seguinte…ele so sai de casa para caminhar todos os dias comigo, e onde passamos tem muito cavalo por perto e cachorros de rua…uma vez ele pegou pulga, foi dai em diante que comecei com o revolution de 28 em 28 dias…Será que somente com o Biocão dá certo?o que vcs me aconselham? tenho receio dele pegar pulga, pois ele tem problemas de pele, alergias…e o vet recomendou que fosse assim, para evitarmos dele pegar parasita. me orientem por favor.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de maio de 2012 às 17:49

        O BioCão é anunciado contra carrapatos, mas quando o comprei cheguei a ligar para os fabricantes e eles falaram que funciona para pulgas também. Na verdade tudo é uma questão de você escolher que linha seguir, querida, se mais natureba ou mais tóxica… Esses remédios em pipeta são tóxicos, não importa o que os veterinários ou vendedores falem. São e ponto. Tem cachorro com graves reações, tem cachorro que morre, tem cachorro que aceita bem e que, se um dia ficar doente, você NUNCA vai lembrar de associar a doença ao uso desses produtos. De repente você muda os produtos todos para “naturebas” e faz o teste. Se estiverem dando o resultado que desejas, adeus Revolution 🙂

    28. Elizabeth Queiroz disse:

      16 de maio de 2012 às 17:46

      Oi Ana!

      Onde encontro alcool de cereais? Confeso que desconheço. Meu filhote está se recuperando desta terrível doença do carrapato que graças a Deus foi descoberta no começo, e olha que não foi descuido não, pois ele só fica dentro de casa.
      Bjs
      Beth e Bob

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de maio de 2012 às 17:49

        Oi, em casas de produtos naturais e em farmácias. Sabe essas lojas que vendem granola, castanhas etc.? Tente nelas! Beijos.

    29. Ana Lima disse:

      16 de maio de 2012 às 11:11

      Gente, eu tenho uma lhasa MEGA PELUDA e alérgica a frontline.
      Antes de mandar pro pet e depois de ela tomar banho eu borrifo aquela solução de cânfora, cravo, vinagre e álcool de cereais que está no resumão. FOI UM VERDADEIRO MILAGRE. ELA NÃO TEM SEQUER UMA PULGA OU CARRAPATO HÁ MESES! E fica super cheirosa a semana toda. Recomendo.
      Quanto ao neem, tenho usado em casa para tentar espantar pernilongos e tudo o que posso dizer é que tem sido inócuo.
      Mandem bala nessa solução porque realmente funciona.

    30. Dayane Carneiro disse:

      15 de maio de 2012 às 11:01

      Oi!! Estou vendo pelo site e esse fator p&p é realmente seguro? e por qto tempo tenho que dar os globulos? Achei bastante 10 por dia, tenho uma yorkie de 2,5 e outro de 4 kilos..

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        15 de maio de 2012 às 12:25

        Oi Dayane,
        seguro é, até por que é homeopatia e MUITO mais seguro do que os VENENOS que passamos nos nossos filhos sem sequer questionarmos, tudo por que vêm em embalagens bonitas, são super caros e têm MUITA propaganda em cima…

        Recomendo que você faça contato com a Arenales para tirar dúvidas sobre o produto…

    31. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      13 de outubro de 2011 às 02:32

      Oi Marina,

      Você encontra bem fácil na internet, em agropecuárias e pet shops.

      Tente http://www.dogneem.com.br.
      Leia os outros posts sobre combate a pulgas e carrapatos pq no Resumão botei outros links pra comprar óleo de neem http://www.maedecachorro.com.br/search/label/Pulgas

      =o)

    32. Marina Vieira Branquinho disse:

      13 de outubro de 2011 às 00:58

      Oi!
      Tenho muitos problemas com carrapatos no meu filhote, eles são enormes e fazem muitas feridas! Gostei muito do oleo de neem, mas onde encontro? Obrigada!
      Seu puder responder marinavieira771@gmail.com

    33. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      21 de setembro de 2011 às 18:31

      Pois é, Mara! E ainda assim vemos estes produtos serem vendidos e recomendados por veterinários como se fossem 100% seguros para a saúde de cães e gatos, poucos são os que alertam as pessoas para seus perigos e que lhes apresentam alternativas naturais. Daí a importância de contarmos às pessoas sobre o tema!

      Obrigada pelo relato.

    34. Mara disse:

      21 de setembro de 2011 às 18:28

      Eu tenho uma poodle e um sharpei e eles não tem pulgas e muito raramente tem carrapato, as vezes surgem alguns conforme os passeios. Os veterinários acharam que minha poodle estava com câncer de bexiga, fiquei assustada e comecei a ler artigos sobre o assunto e me assombrei sobre os pesticidas que usamos para pulgas e carrapatos. De vez enquando punha remédio aquele caro usual que põe no pescoço. Estes pesticidas tão afamados provocam câncer
      Aqui vão alguns links para lerem sobre isso.
      Mais informações sobre câncer de bexiga e remédios de controle de pulgas e carrapatos:

      http://www.peterwhite.com.br/cancer_caes.htm

      http://www.revista.inf.br/veterinaria04/relatos/relato05.pdf

      Eu comecei a usar os homeopáticos e estou com a consciência mais leve.
      Se mandarem fazer numa farmácia homeopática staphysagria 12CH e der para eles 10 gotinhas diárias. pode passar na barriguinha, ajuda a afastar pragas, bem como de plantas também.

      Acabei não dizendo que não era câncer de bexiga e sim uma infecção urinária.Mas serviu de alerta, pesticidas químicos nunca mais.

    35. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      6 de agosto de 2011 às 05:10
    36. Ana Corina disse:

      6 de agosto de 2011 às 03:13

      Olá,
      em agropecuárias, petshop ou até mesmo pela internet. Busque no Google "comprar óleo de neem" que você já acha!

      =o]

    37. Vovó Betty disse:

      6 de agosto de 2011 às 03:10

      Ola, parabéns pelo Blog!Tenho um filhinho mestiço lindo,de poodle e lhasa, alérgico a picada de insetos e gostaria de saber onde encontrar o oleo de neem. Será q poderiam me ajudar?
      Obrigada.

    38. Ana Corina disse:

      20 de fevereiro de 2011 às 12:46

      Oi Caroline,

      pra não variar, no Brasil ainda há pouquíssimo material alertando as pessoas sobre estas e outras intoxicações promovidas por produtos que geram muito lucro a grandes empresas e seus principais atravessadores: petshops, agropecuárias, supermercados e clínicas veterinárias.

      Nos Estados Unidos e Europa as denúncias já são frequentes, antigas e bem conhecidas, por isso tantas vezes preciso buscar fontes de lá para estudar sobre malefícios de rações, excessos de vacinação e produtos contra pulgas e carrapatos.

      A Renata do Canina Blog publicou uma matéria curta e objetiva sobre o assunto em português, vale a pena ler: http://caninablog.wordpress.com/2010/03/19/%E2%80%9Canti-pulgas-matam-centenas-de-caes%E2%80%9D-afirma-agencia/

      Mas você já aprendeu na prática o que muita gente não dá bola e espera pagar para ver: venenos para matar pulgas e carrapatos também podem afetar a saúde dos animais que inicialmente deveriam 'proteger'.

      Com tantas alternativas saudáveis e não intoxicantes, acho que pouca coisa justifica fazer uso das famosas pipetas, talcos, comprimidos e afins, usados geralmente por falta de conhecimento do tutor do animal (afinal, é geralmente um médico veterinário formado quem os recomenda e ele deveria saber/indicar o que é melhor mesmo para cães e gatos, não é mesmo?) ou, pior, por comodismo mesmo. É mais 'prático' intoxicar nossos filhos se não vemos os efeitos colaterais surgindo tão fortes como na sua pequena. Enfim… Sigo contando às pessoas o que descubro e cabe a elas decidir se aproveitam para se informar melhor ou não, né?

      Que bom que você já abriu os olhos! Beijo!

    39. Anonymous disse:

      20 de fevereiro de 2011 às 03:01

      Oi Ana,
      Quanto a toxidade desses remedios acho que tens toda a razão, é muito pra eles…
      Para dar ainda mais sustentação a esse teoria vou te contar o que aconteceu com a minha cadela Dothy, ela é grande pesa uns 30 Kg, vira lata peguei na rua e atualmente ela mora em uma casa com patio com o meu pai. Bem, o caso é o seguinte, estava com muita pulga, comprei o Frontline para aplicar no pescoço… minutos após a aplicação inchou muito a pele em volta do pescoço e aonde havia sido pingado o produto abriram erupções, grandes, com sangue… fiquei apavorada e lavei com agua e sabão para tentar remover o produto. O 0800, nao atendia pois era fora de horario mandei e-mail pra eles com foto antes e depois(casualmente havia batido fotos dela antes de passar o produto), no dia seguinte era final de semana e depois feriado… No final me retornaram depois de 3 ou 4 dias e tiraram o corpo fora, dizendo que deve ter sido alguma outra coisa(sendo que nao tinha outra coisa pra ser) e que para dar seguimento ao problema eu deveria tê-la levado ao veterinario para que ele avaliasse e se achasse conveniente abrisse um processo junto a empresa para pesquisa do assunto…
      Lavar é a melhor solução mesmo, no dia seguinte ela ja tava normal novamente. Nao uso mais frontline, de fato acabava com as pulgas, mas também poderia ter acabado com a minha cadela.
      Caroline- Porto Alegre

    40. Ana Corina disse:

      5 de agosto de 2010 às 05:04

      Oi Márcia

      não é nem por Frontline ser caro que estas dicas são boas, é por ser TÓXICO mesmo!
      Beijo!

    41. m teresa costa disse:

      2 de agosto de 2010 às 20:26

      Esta pagina é tudo de bom, tenho mais gatos, pois sou voluntaria, minha casa é lar temporario, meu problema é com carrapatos e pulgas, e o Frontline é tão caro, valeu as dicas, hj tem aqui 10 bichanos a serem adotados.
      ja salvei nos favoritos,
      beijo, e parebéns
      Marcia Costa Veit

    42. Ana Corina disse:

      31 de julho de 2010 às 01:54

      Uiii, amiga, sou perfeita nada. Sou LOTADA de defeitos, não saberia nem por onde começar, kkk. Beijo!

    43. Anonymous disse:

      31 de julho de 2010 às 01:45

      Ana,
      Você é Perfeita!

      Emmanuelle Moraes

    44. SANDRA disse:

      20 de fevereiro de 2010 às 22:21

      Oi,Ana!
      Gostei dessas dicas,eu me preocupo
      principalmente com os carrapatos.
      Já perdi a minha Sunshine,ano passado a Simony teve a doença,descoberta logo no inicio,teve cura.
      Vou ver se acho esses produtos aqui no Rio.
      Um abraço e muitas lambidas das meninas cariocas cheias de calor!

    45. Ana Corina disse:

      20 de fevereiro de 2010 às 18:00

      Ju, botei teu cartaz no meu orkut e mandei pra protetoras que mantêm álbuns de adoção. O blog não tem saída pra doações, quase não posto mais cartazes, mas posso botar sem problemas, claro. Bj.

    46. Ana Corina disse:

      20 de fevereiro de 2010 às 17:59

      Oi Erica, converse com um veterinário homeopata, estou estudando mto esse lance das vacinas pra poder postar, mas se vc me lembrar, posso dar uma olhada, só q tdo toma tempo e eu ainda preciso traduzir p postar. Vc lê bem em inglês? Dá uma procurada pq com certeza acharás algo. Aquele repelente eletrônico ali acho que seria uma boa saída para o teu amoreco.
      Outra saída é o Estibion Neem, já postei sobre ele no blog, dá uma olhada http://www.maedecachorro.com.br/2009/02/diga-adeus-aos-carrapatos.html.

      Beijo

    47. testejoca disse:

      20 de fevereiro de 2010 às 15:40

      Oi Ana! tudo bom querida? pois é… não posso dizer que não concordo com as tuas colocações pq tambem sinto isso em relação a tantas quimicas usadas nos nossos bichos. Mas e para o meu caso, que o meu York de 9 anos tem alergia a picada de pulga? como controlar? é horrível quando ele recebe uma picadinha… o metabolismo todo se alter… chega durar 2 meses com coceiras 🙁
      beijos
      Erica

    48. ju k disse:

      20 de fevereiro de 2010 às 14:20

      Ana: Já botei anúncio no jornal, mandei e-mail, postei no blog, e até agora ninguém quis o pretinho. Põe no teu blog please? bju

    49. Arte dos Gatos disse:

      20 de fevereiro de 2010 às 14:08

      Que dicas boas; aqui em casa o terreno é super grande e não tem como não ter pulgas, por mais que o meu marido viva passando aqueles pós para matá-los, sempre estão lá. Esses dias comprei aquele produto que passa no pescoço, mas não adiantou, eles continuam com pulgas e o meu pastor alemão tem uma baita alergia à mordida delas, fica se coçando, cai o pêlo e dá um dó danado, porque ele já é velhinho.
      Valeu pelas dicas!
      Beijo

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados