• Produtos licenciados Mãe de Cachorro

    Exiba seu amor!!
    Exiba seu amor!!
  • Especial cuidados de verão!

  • Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Finais Felizes: Ísis, a gata!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 12 de Maio de 2012

    O relato de hoje é curtinho, mas a lição nele contida tem vida longa! Poucas são as pessoas que dariam um lar a uma gata adulta e prenhe. E muitas são as pessoas que podem aprender pelo EXEMPLO e passar a agir como a Renata e o marido, abrindo sua casa e seus corações para ajudar os bichanos!

    Bom fim de semana DAS MÃES para todas nós! Amanhã é nosso dia! Beijoca!

    De: Renata Dantas Bacellar
    Para: anacorina@maedecachorro.com.br
    Enviadas: Segunda-feira, 23 de Abril de 2012 12:33
    Assunto: Finais Felizes

    Oi Ana, bom dia!
    Estou escrevendo pra contar a história de nossa linda gatinha Isis.
    São as fotos dela q estão em anexo.
    Em 2009, eu e meu marido morávamos numa casinha alugada de fundos com nossos 2 gatinhos vira-latas e nos preparávamos pra mudar pro nosso próprio apto. Um dia do mês de junho, apareceu uma gata adulta no nosso quintal e começou a miar pros meus gatos pela porta da sala. Abri a porta e a gata foi logo entrando, como se a casa fosse dela…risos. Mas não gostou nada da idéia de ficar presa em casa e fazia de tudo pra fugir quando abríamos a porta… por isso, coloquei agua e comida no quintal e deixei q ela ficasse saindo e entrando conforme estavamos em casa.
    Passou um mês e agora a gatinha já ficava mais tempo dentro de casa com a gente do q no quintal… e começamos a notar q a barriguinha dela crescia muito rápido… ela estava prenha. Eis q chegou o dia da mudança e, mesmo sem saber se a gata aceitaria bem a idéia de morar dentro de um apto telado, não pensamos 2 vezes e a levamos conosco.
    18 dias depois da mudança, nasceram 5 lindos gatinhos rechonchudos e a mamãe estava sempre presente com eles… muito meiga e atenciosa. Ela foi exemplar e se dedicou totalmente aos seus bebês… por isso resolvemos batizá-la com o nome da deusa egípcia da fertilidade, q também é o nome de uma grande amiga q é apaixonada por gatos como nós: Isis.
    Depois de 60 dias, doamos os filhotinhos e castramos a mamãe.
    A Isis mora com a gente no apto e não chega nem perto da porta de saída… parece não sentir nenhuma falta do mundo lá fora. Dorme nos pés da nossa cama e morre de ciumes se eu der atenção pros outros gatos na frente dela…risos.
    Um abraço,
    Renata e Fernando.

    Categoria: Finais Felizes, Gatos
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    4 Comentários:

    1. Sandra disse:

      9 de setembro de 2012 às 17:14

      Tenho 7 gatinhos. Um casal, recolhidos na rua em épocas diferentes, e seus 5 filhotinhos. O Petrhus chegou primeiro, já tem 4 anos, e Nina veio 3 anos depois. Esperei o desmame dos filhotes ( hoje com 5 meses ) para castrar Nina, mas sofri um pequeno acidente e não pude leva-la, e no dia em que fui ao médico Nina fugiu e prenhou de novo. Mês que vem vou castrar os filhotes e esperar o desmame dos outros para castrar Nina. Só não sei oq fazer com os que vão nascer, pois não tenho condições de ficar com eles.Por outro lado não sei se terei coragem de dá-los, assim como não tive coragem de dar os que estão comigo. Eles são minha paixão.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        10 de setembro de 2012 às 09:30

        Oi Sandra,
        não fique chateada, mas sou 100% a favor da castração SEMPRE, mesmo em fêmeas prenhes. Uma pena que você não tenha castrado a Nina quando chegou, antes da primeira ninhada. E o Petrhus também já poderia estar castrado, né? Por falta dessa prevenção, hoje já tens 5 gatos a mais e, em breve, quantos mais, querida? Você pediu minha opinião e ela é uma só: eu castraria a Nina HOJE! E todos os filhotes dela e o Petrhus, antes que tenhas mais ninhadas vindo aí…

    2. Lucia Martia disse:

      23 de Maio de 2012 às 23:48

      Sou mãe de 3 cachorrinhas, todas que recolhi da rua, e de uma calopsita que entrou pela minha janela a 7 anos. Amo muito os animais, e quando leio relatos como esses, sinto meu coração aquecido e minhas esperanças fortalecidas de que um dia seremos a maioria.
      áh!!! Um dia terei uma gatinha também 🙂
      Um grande beijos a todas as mães <3

    3. silvia helena disse:

      17 de Maio de 2012 às 01:35

      dotbm sou mae de cao e gato, recolhi dois filhotinhos do telhado, ainda com os olhinhos fechados,cuidei e estão comigo ate hoje, são o tiago e a branquinha, e junto com minha laila e a monica, duas lindas cachorrinhas e mais o recem chegado neguinho,são a alegria da nossa casa.São meus filhotes amados,muito amados,sem raça mas com muito amor para nos dar, e ate meu filho mais veho que não gostava de animais, agora brinca feito criança com eles, e minha filha,que tinha rinite alergica, agora dorme com o neguinho ao lado, sarou. amar como ama um animal ao seu dono para mim é igual ao amor de Deus por seus filhos,não existe amor maior, é em preço, sem recompensa, sem trocas,sem alienação, é puramente AMOR.

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados