• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    O cão NÃO é o vilão! – Campanha Nacional: Diga Não à Leishmaniose!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 16 de abril de 2012

    BANNER CAMPANHA LEISHMANIOSE

    Está sendo organizada uma campanha que pretende ser NACIONAL contra o absurdo do tratamento – leia-se assassinato – que o Brasil dá a cães julgados portadores de leishmaniose visceral. Sim, digo “julgados” por que o número de resultados errados é enorme e a maioria dos cães mortos na verdade NÃO tinha leishmaniose visceral e sim outras doenças que atrapalham o diagnóstico (como sarna demodécica, erliquiose etc.). VOCÊ pode organizar a manifestação em sua cidade! Leia o cartaz e faça contato de acordo com as informações nele contidas.

    Lembrando: o Brasil é o ÚNICO país do MUNDO que mata cães como prevenção (visivelmente FURADA) da leishmaniose visceral.

    Para ler outros posts sobre leishmaniose visceral aqui no blog, clique aqui.

    Para acessar o Índice dos principais posts sobre leishmaniose visceral clique aqui.

    NÃO DEIXE de ler este texto: http://www.maedecachorro.com.br/2010/11/como-foi-pra-mim-o-ii-seminario-de-atualizacao-tecnica-em-leishmaniose-visceral-americana-em-sp.html

    Campanha  “Diga não à Leishmaniose, o cão não é o vilão!”

    O Brasil  adota como forma de controle da Leishmaniose Visceral, a matança de cachorros, tendo por base apenas exames epidemiológicos falhos. Além disso, dificulta o tratamento do animal doente.

    O que deve ser feito é o controle do vetor, conhecido popularmente por mosquito-palha. [e que na verdade NÃO é um mosquito e sim um INSETO, o FLEBÓTOMO, cujo ciclo de procriação acontece em matéria orgânica em decomposição e não na água, como é o caso dos mosquitos]

    A estratégia de eliminar cães supostamente doentes tem sido questionada por vários estudos e não tem demonstrado impacto na redução de casos humanos, até porque existem outros reservatórios, como ratos, gambás, e mesmo os humanos.

    O cão é o reservatório mais estudado, por isso a culpa recai sobre ele. Matá-los é uma medida anti-ética e ineficaz, como podemos comprovar ao observar a franca expansão da doença no país.

    A sociedade civil quer mudanças urgente na maneira como é feito o controle da Leishmaniose Visceral Canina no Brasil e assim, em parceria com a Marli Pó, responsável pela Campanha “Diga não à Leishmaniose”, lança a Campanha

    “DIGA NÃO À LEISHMANIOSE, O CÃO NÃO É O VILÃO!”

    Participem! Inscreva sua cidade e diga não à leishmaniose!

    Não espere ela chegar, pois está cada vez mais próxima de você!

    Mais informações no blog e na comunidade do Facebook, links abaixo.

    Os animais e seus tutores agradecem!

    Juntos somos mais!

    BLOG: http://ocaonaoeovilaodiganaoaleishmaniose.blogspot.com.br/

    FACEBOOK: https://www.facebook.com/pages/Movimento-Diga-N%C3%A3o-%C3%A0-Leishmaniose/287058218040837

    Categoria: Campanhas, Leishmaniose
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    1 Comentário:

    1. Flávia Cristina disse:

      16 de abril de 2012 às 10:00

      Quando tomei consciência da existência das vacinas contra Leishmainose eu procurei vacinar as minhas. Porém o resultado de uma delas deu inconclusivo pois ela estava com Erlichiose. Uma vez tratada pra Erlichiose, fizemos novos exames e já está devidamente vacinada. E fora a vacina também existe a coileira como ajuda na prevenção.

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados