• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Só quem já perdeu um filho peludo entende essa dor…

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 27 de junho de 2011
    Acabei de descobrir uma artista russa que desenha bulldogues franceses e que fez uma sequência linda de desenhos em homenagem a Zhuzha, que morreu no fim de março de 2010, de câncer. Seu nome é Olga Gonorovsky e a achei por acaso no perfil do facebook da amiga Cecília Amodeo, autora do blog Cachorros Especiais e Muito Felizes.
    Felizmente a Olga deixa suas ilustrações abertas no Facebook, ou eu não teria como conhecê-las e nem como mostrá-las a vocês.
    Um beijo grande a todos que já sentiram essa dor, tão aguda, profunda e infindável… Dedico este post aos cães da minha vida que já fizeram a Travessia e espero demorar um longo tempo antes de passar por outra Despedida.
     

    Para ver as outras lindíssimas imagens de Olga Gonorovsky, visite seu perfil no facebook clicando aqui.

    Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Categoria: Ponte do arco-íris
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    11 Comentários:

    1. leka disse:

      12 de setembro de 2013 às 22:06

      Perdi ontem minha anjinha amada e outro anjo ano passado. Não dá pra se conformar fácil e muitas pessoas não entendem nosso amor… Nem sei o que é mais triste!

    2. Gabriella disse:

      23 de abril de 2012 às 10:11

      meu filhinho se foi, Bissuko, um gatinho q foi um veraddeiro presente de Deus, q amei por 18 anos e continuarei amando, pra sempre. Filho descanse em paz, acabou o sofrimento. Um dia estaremos juntos novamente.

    3. vilma disse:

      18 de março de 2012 às 15:44

      estava procurando um site a respeito desse assunto quem já perdeu seu amiguinho de estimação; e achei esse site. muito lindo e emocionante. pos minha kenne um pudle de 10 anos apresentou um quadro de diabetes já avansado sua glicose media 560 foi um choque pra minha familia, pos depois de uma cemana dia 01 de setembro ela perdeu a visão. foi desesperador, agente chorou muito, depois ficou no regime total com racão especial e injecão de isulina duas veves por dia, estava bem saudavel emgordou por mas que tivesse cega. mas não terminou por aí, depois que veio o siu, e foi embora. ela piorou o diabetes disparou dinovo voutou todo sofrimento, dela e nosso. parou de comer por uma semana e ficou muito fraca não conseguia andar caia a cabecinha pra um lado até que não levantou mas ficou enternada por dois dias não sirurava nen agua na barriga vomitava tudo foi muito sofrimento minha casa entristeceu nossa vida parou. não tinha-mos mas o que gastar até que pra aliviar o sofrimento dela, com o diabetes em mais de 600 optamos pra o eutanasse. no dia 05 desse mes eu chorei tanto estamos em choque até hoje estamos muito triste pos ela era meu bebe bebe da mamãe. durmia comigo, chupando sua coberta ia pegar sua coberta e vinha dormir comigo, saudades keninha mamãe te ama.♥

    4. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      30 de junho de 2011 às 17:34

      Célia, parabéns pela super adoção!!!

      Sinto muito pela dor de todas vocês e o que tenho a dizer é que acho que a dor não passa nunca, nós só acostumamos com ela e aprendemos a conviver…

      Fiquem de olho no blog porque a Olga vai me conceder uma entrevista exclusiva. Estou só esperando as respostas dela.

      Beijo!

    5. Anonymous disse:

      29 de junho de 2011 às 21:44

      Gente, essa é uma dor que gostaria de saber se um dia vai passar, e ela é cumulativa, já perdi muitos anjinhos, e pode passar o tempo que for, não os esqueço e sei que serão únicos na minha vida, tenho outros anjos, logo vou enviar fotos deles,a passagem da minha Diana já tem 07 anos(e como ainda dói)do Salem foi especialmente sofrida e do meu Bubu, um anjinho que nos deixou aos 04 meses, (nem sei o que ele teve, não foi um diagnóstico preciso)bom, fazem 08 meses, e eu choro até hj, pode?!Bem sei que eles tem alma e que acredito que voltam, mas ainda assim é uma dor que dói de morrer e dói de doer, doi dentro e doi fora, dói tanto que não dá pra esquecer.Mas como o amor por eles, nossos anjos de quatro patas é amor que não acaba mais, eu recebi um presente dos céus, uma princesa(que ia ser sacrificada pela"dona",porque teve cinomose e ficou com sequela, como se fossemos "donos" deles), nós somos os guardiãos deles no máximo, dai a veterinária responsável pela ordem da carnificina"me ligou e perguntou se eu não a queria! Gente! Nem sei explicar o quanto eu amo minha criança "manquinha", meu presente, minha benção, minha alegria, só aumentou minha prole nada pequena, mas muito amada!!!!
      Célia

      • Paula disse:

        15 de setembro de 2013 às 10:54

        Celia querida,estou aqui em prantos, com uma dor dilacerante pois perdemos nossa menina anteontem…tivemos q sacrificá-la, ela se foi no meu colo…,me identifiquei com seu post,seus sentimentos…bj c carinho!

    6. Sandra Sugari disse:

      29 de junho de 2011 às 16:28

      Bom achei por acaso esse site e gostei muito, já adicionei aos favoritos. Eu perdi minha Kinker em fevereiro uma boxer de 10 anos.. era tudo que eu tinha e ainda choro por ela, realmente só quem ama os bichos e ja perdeu um sabe o quanto doi… Parabens pelo site.

    7. Cecília disse:

      28 de junho de 2011 às 23:09

      Valeu Aninha, a Olga é uma super artista mesmo. Bjks Cecília.

    8. FourDogs® disse:

      27 de junho de 2011 às 17:49

      Que fofas as ilustrações dela!!!!
      Ana, já perdi uma querida cachorra por uma doença que nós nem tivemos a oportunidade de ter certeza do que era, chama MEG, embora o neuro (segundo todos os vets que conversei dissessem que ele é o melhor de sp) tenha dito que achava mas não tinha como ter certeza, pois eh uma doença que ainda não se sabe muito e o diagnóstico era bem complicado.
      Você sabe algo sobre ela? Porque eu continuo pesquisando e não consigo muitas respostas! E como existe a possibilidade de ser algo congênito gostaria de avisar a protetora de quem peguei ela, para que sei lá, ela pudesse instruir os outros donos, dos irmãos dela…

      Beijo Ana!

      Aime Chiquini
      (estou postando com outro blog que é o meu sobre bichos!)

    9. Ethiane Sampaio disse:

      27 de junho de 2011 às 15:52

      Estou passando por essa dor desde sábado quando perdi meu velhinho… O nome dele era Toffe, tinha 20 anos. Mas sei que ele está bem onde estiver.

    10. Yully disse:

      27 de junho de 2011 às 15:34

      Muito legal!! Obrigada por compartilhar!!

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados