• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Cidade de Sorocaba batalha para ajudar Pretinha, uma cadelinha fiel ao tutor morto, a continuar sua vigília no cemitério.

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 19 de maio de 2011

    Ô, Jesus!!! Mais um lindo exemplo de fidelidade animal. Aliás, aguardem a 3ª edição da Revista Au., com o tema Lealdade!

    A cadela Pretinha, que há oito anos vive no portão do Cemitério da Saudade, onde possivelmente seu antigo dono está enterrado, mobiliza moradores de Sorocaba. A cachorra, sem raça definida, dorme em uma caixa de papelão desde que a fiscalização de trânsito mandou retirar a casinha de madeira instalada pelos motoristas de um ponto de táxi para abrigar o animal.

    Mais de 400 pessoas assinaram um documento enviado à Câmara pedindo à prefeitura que autorize a recolocação da casinha.

    O taxista Claudemir Antonio Pastri, de 53 anos, conta que ele e os colegas se cotizam para dar ração e tratamento veterinário à cadela. “Levamos à clínica uma vez por mês.” Segundo ele, Pretinha já teve uma casinha de madeira, mas um carro descontrolado subiu na calçada e a destruiu. “O motorista nos ajudou e compramos outra, mas os fiscais da Urbes (empresa municipal de trânsito) não deixam instalar.”

    Ele diz que a cachorra era pequena quando foi “adotada” pelos taxistas que têm ponto na entrada do cemitério. “Dizem que o dono está enterrado aí, mas acho que é lenda.”

    O motorista de caminhão de aluguel Geraldo Almeida, de 57 anos, afirma que a cachorra costumava seguir enterros, mas foi proibida de entrar no cemitério. “Falam que ela seguiu o enterro do dono e ficou por aqui.” Almeida ajuda a bancar os custos de ração e veterinário do animal.

    Com a chegada do frio, a cachorra “sem-teto” ganhou roupas e manta, mas permanece ao relento.

    Continue a ler clicando aqui. Fonte: Estadão

    Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Categoria: Fidelidade canina, Inteligência canina, Lealdade
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    4 Comentários:

    1. Anonymous disse:

      25 de maio de 2011 às 18:54

      Liberem logo a casinha da pretinha, ela nada mais quer do que poder estar ao lado do seu pai pra sempre!! Essa história me parece com um filme muito lindo, SEMPRE AO SEU LADO, maravilhoso, de um cachorro que esperou seu pai na estação de trem durante dez anos, o qual não voltaria, pois havia falecido 🙁
      O nome do cãozinho era Hachiko (pronuncia rati), ele era maravilhoso, que não por coincidência dei esse nome ao meu bebêbull, hehehe, choreii tanto no filme, então mamães, se querem assistir, uma caixa de lenços e um balde por favor!!!

      Bruna – Cascavel/PR

    2. Isabella oliveira madeira disse:

      19 de maio de 2011 às 22:46

      Burocracia só atrapalha nesse país mesmo… porque só serve pros pobres e oprimidos e não para os ricos….coitada da cachorra….liberem a casinha pra pretinha ser feliz….pelo menos carinho a gente sabe que a bichinha recebe….

    3. Apto dia a dia disse:

      19 de maio de 2011 às 14:28

      Nossa que história linda!!
      Muito parecida com uma que aconteceu no Japão, que virou até filme, conhece??
      Fico emocionada só de pensar…
      Espero que ela fique bem!

      bjoo
      Fer – mãe de cachorro tb

    4. Michelle e o mundo dos cães disse:

      19 de maio de 2011 às 14:12

      Ai genteeeeee…..
      Pelo amor de Deus, libera essa casinha pra pretinha. Ela só quer ficar ao lado do seu dono e não está fazendo mal a ninguém!

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados