• Receba os posts por e-mail:

    Minha peluda foi castrada e continua a entrar no cio, por quê?

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 14 de fevereiro de 2011
    O texto da veterinária Alice Ribeiro, Síndrome do ovário remanescente , lá do Tudo Gato, fala especificamente das gatinhas, mas o mesmo acontece com cadelas. Engraçado como há alguns assuntos super sérios e infelizmente comuns, como este, que termino esquecendo de comentar com vocês. Ainda bem que há tantos outros blogs bons e competentes por aí para me lembrar deles! Boa leitura!
    Abaixo, um trecho pra gente, como sempre e clicando aqui você lê o texto da Alice na íntegra.
    Infelizmente essa ocorrência é comum sim e é conhecida como a Síndrome do Ovário Remanescente (SOR).
    Após a castração, a fêmea vai apresentar sintomas de cio como secreção vulvar sanguinolenta, mudança no comportamento e atração de machos.
    É muito embarçoso para o veterinário que realizou a cirrugia se deparar com esses casos. Em 1970, Shemwell e Weed realizaram um estudo com a implantação de fragmentos da córtex de ovários no peritôneo (camada que reveste internamente o abdomen e órgãos abdominais) em gatas que tiveram seus ovários removidos. Após quatro meses algumas gatas do estudo apresentaram cio, o que mostrou que, se for deixado um fragmento do ovário durante o procedimento, ou se o mesmo acidentalmente cair no abdomen, pode haver revascularização e este se tornar funcional. Em mulheres a incidência de SOR é ainda maior que em cães e gatos.
    Categoria: Castração, Gatos, Mãe de Gato
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    57 Comentários:

    1. daiane espindola disse:

      4 de abril de 2014 às 23:07

      Olá…. Tenho uma shitzu de 1 ano e ela está com sintomas de gravidez psicológica, tetinha inchadas, saindo um pouquinho de leite, quanto ao comportamento está normal, só notei que nos últimos dias ela tem se escondido…. To bm preocupada e com medo…. Minha bebê é minha vida…. Não queria castrá-la, existe algum tratamento eficaz, fui na pet Shop onde sempre levo ela para dar banho… super de confiança e me indicaram dar floral pra ela tem algum efeito mesmo….

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        5 de abril de 2014 às 22:08

        Daiane, tudo que sei está nos comentários e no texto. Castração é saúde. Mesmo que ela tenha filhotes, a tendência é ter gravidez psicológica sempre, pois é algo hormonal e, como podes ler, só aumenta as chances dela ter piometra, uma doença terrível que mata rápido. Sugiro reveres teus conceitos sobre castração.

    2. rita de cassia disse:

      26 de março de 2014 às 15:56

      minha gata estava no cio ,apos 15 dias do cio esta sangrando ,parece que quer por algo pra fora e não consegui ,mas come normalmente,brinca sera que é filhotes?

    3. julio cesar disse:

      22 de fevereiro de 2014 às 11:44

      bom dia castrei minha cachorra pretinha a alguns anos , mas ela sempre entrou n cio mesmo depois da castração , sempre achei que fomos enganados .
      Gostaria de saber qual exame tenho que fazer nela para saber se realmente foi castrada e se ela pode pegar cria se por acaso cruzasse pois agora tenho um pastor alemão e ele ta louco e nos deixando louco também ?????? muito obrigado pela atenção. abraços….

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        27 de fevereiro de 2014 às 11:40

        Oi Julio, um ultrassom mostrará se ela tem útero ou não. Não creio que o veterinário que a castrou não tenha retirado o útero. Como o que faz o cio são os hormônios dos ovários, ela continua fazendo cio pq sobrou ovário, entendes? Castre o pastor também. Ele ficará assim não só com ela no cio… Por isso a castração é tão boa para os machos. Abraço.

    4. Tatiane disse:

      13 de fevereiro de 2014 às 14:37

      Esses fragmentos que ficaram acidentalmente causam algum mal à cachorra? Eles devem ser retirados ou podemos deixar assim msm?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        16 de fevereiro de 2014 às 11:36

        Tatiane, o que acontece é que ela continua com ovários e produção de hormônios. Mal ñ vai fazer, só ela continua entrando no cio, mas como não há mais útero, não há chance de engravidar e nem de ter piometra. Doenças, só as relacionadas aos hormônios. Para retirar, só com nova cirurgia, anestesia geral etc. Eu deixaria…

    5. Fanoel Sousa disse:

      10 de fevereiro de 2014 às 14:01

      Ola paguei para minha cachorra fazer uma cesariana e laqueadura, mais ela continua a entra no cio , a veterinaria tem q rever ou tenho q levar em outtra clinica. Vai mim ajudar muito saber.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        11 de fevereiro de 2014 às 08:19

        Fanoel, como vc leu no texto, sobrou algum ovário ainda, o que está ocasionando o cio. Volte na veterinária que a castrou e reclame.

    6. Antonia silva disse:

      2 de fevereiro de 2014 às 01:04

      Cachorra depois de castrada mestrua?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        4 de fevereiro de 2014 às 00:30

        Não tem como, pois o sangue é a descamação do endométrio. Se não há mais útero (ou seja, se foi castrada), não tem como haver endométrio.

    7. Rita disse:

      17 de janeiro de 2014 às 08:32

      OI PESSOAL….CASTREI MINHA ANA DE 10 MESES EM 30 DE DEZEMBRO E HOJE DIA 17/1 AINDA NAO CONSEGUI LUGAR PARA RETIRAR OS PONTOS..OBS O LOCAL DA PREFEITURA E BEM DISTANTE O QUE SIGNIFICA GASTO COM TAXI…ESTOU ESPERANDO QUE CAIAM SOZINHOS…E SE NAO CATREM? ALGUM PROBREMA SERIO COM A TOTO? BOM SE HOUVER UM VETE BONZINHO AQUI EM STA CRUZ RIO DE JANEIRO QUE POSSA RETITAR OS PONTINHOS…

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de janeiro de 2014 às 11:39

        Rita, pegue uma tesourinha pequena, dessas de unha, e uma pinça e retire os pontos você mesma. E SUPER fácil.

    8. angelica disse:

      14 de janeiro de 2014 às 21:16

      ganhei uma lhasa me falaram que ela era castrada mais entrou no cio e deixou o macho cruzar tem a possibilidade de nao ter sido castrada e como cruzou pode pegar cria

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        15 de janeiro de 2014 às 16:56

        Oi Angélica, há duas situações:
        1) foi retirado o útero e sobrou ovário, então ela fica no cio, mas NÃO engravida (pois não há útero!);
        2) ela não foi castrada

        Sugiro que ela seja operada novamente assim que acabar o cio, assim evitas filhotes.
        É fácil sentir os pontos internos da castração ao passar a mão na barriga, então você pode optar em não operá-la se tiver certeza de que ela não tem mais útero, mas a cada 6 meses ela entrará no cio.

    9. Sandra Maria disse:

      8 de janeiro de 2014 às 12:23

      Olá! Tenho uma cadelinha de 3 anos e a 2 anos ela foi castrada. Meses depois começou sintomas semelhantes ao cio. Liguei para o vet. que a operou e ele disse que poderia ser algum problema, tipo doença do carrapato. Fiz exames e nada. Após isso, de 6/6 meses o cio volta. Está agora há mais de quinze dias, parou o sangramento mas quando ela faz xixi, sai uns ponto de sangue coagulado, e ontem percebi uma secreção parecida com pus sem nenhum odor, anda bastante retraída pelos cantos. Pesquisei na net e vi que pode ser piometra. Me desesperei e a levei em outro veterinário. Ele disse que só poderá dar um diagnóstico quando for feita uma ultrassom, que está agendada para sexta, 10/01/13. Não passou nenhuma medicação para não mascarar o problema e me pediu para esperar.
      Minha pergunta é: Se o vet. que a operou, deixou ovário remanescente e eu terei que operá-la novamente, com outro, claro, quem deve pagar a conta da cirurgia e de tudo que eu estou gastando entre consultas e exames?
      Obrigada, e feliz 2013!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        8 de janeiro de 2014 às 14:37

        Oi Sandra, na verdade essa é uma questão mais jurídica e você deve procurar um advogado até mesmo para aventar a possibilidade de processar o profissional. O Conselho de Medicina Veterinária também pode te dar alguma informação. Eu só posso te afirmar que, se foi castrada MESMO, o útero TEM que ter sido retirado e, daí, não tem como ela desenvolver piometra. ;) E sobre o cio, a explicação está no texto, sobrou ovário, continua fazendo cio… :( Beijo, nos conte depois e feliz 2014!

    10. Beatriz disse:

      29 de dezembro de 2013 às 10:03

      Ola bom dia
      li o texto acima e me foi muito útil porém vou contar meu caso.Minha gata foi castrada a 8 dias e ainda esta com os pontos mais ontem começou a miar correr pela casa desesperadamente e nao pode ver alguem saindo que corre para tentar fugir,desconfio que seja Síndrome do ovário remanescente mais pode ser que seja ovulos ainda existentes pelo seu corpo que ainda manifestam essa vontade pelo pouco tempo da cirurgia??

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        30 de dezembro de 2013 às 16:04

        Mas ela foi castrada durante o cio? Putz, não sei dizer se ela entraria no cio logo em seguida de uma castração mal feita…

    11. Evellyn disse:

      9 de outubro de 2013 às 23:39

      Olá.
      Tenho um Labrador fêmea castrada, e de uns dias pra cá meu Lhasa Apso macho fica lambendo sua região íntima e não a deixa em paz. Gostaria de saber o que está acontecendo, por favor, me ajudem. Eu já procurei sobre o assunto em diversos sites e não encontrei nada exato!
      Obrigada. :)

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        25 de outubro de 2013 às 21:48

        Hum… pode ser só comportamental. Mas que tal fazer um checkup de urina e de sangue nela? Ela pode estar com alguma doença que o macho está sentindo. Não é anormal isto acontecer e tem até mesmo gente que já descobriu CÂNCER de tanto que o bicho lambia a pessoa no mesmo local, sabia?

    12. michele disse:

      26 de agosto de 2013 às 09:29

      Bom dia! Castrei minha cadelinha há 2 meses e ontem ele fez coco com uns pedacinhos de sangue parecidos com gelatina, mas continua se alimentando bem, brincando e super disposta. O que pode ser?

    13. Amanda Nascimento disse:

      16 de agosto de 2013 às 14:30

      Minha cadelinha de 06 anos foi castrada pq tinha pseudociese, porém, mesmo depois de 06 meses ainda tem o mesmo comportamento, ou seja, primeiramente fica unhando os cantos da casa, não come, fica irritada e com ciumes dos brinquedos. Reclamei para o veterinário e ele prescreveu Singestar, é só ela tomar que melhora, contudo, depois que passa 15 dias novamente ela desenvolve os sintomas, estou sem saber o que fazer, por favor me ajudem!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        16 de agosto de 2013 às 16:18

        Amanda, será que não ficou um pedaço de ovário e ela continua com produção de hormônios? Tudo bem que os hormônios pré-existentes continuam circulando por um temo no organismo após a castração, mas acho que 6 meses é tempo suficiente pra eles sumirem. Insista com o veterinário ou procure outro profissional, pois ela foi castrada justamente pra parar com este sofrimento, né?

    14. Jéssica oliveira disse:

      20 de julho de 2013 às 10:55

      Oi bom dia! Tenho uma gata, que deve ter mais ou menos uns 2 anos e 7 meses, ja teve filhote e após isso resolvi castrá-la, bem pensei que os meus problemas acabariam por ai, me enganei, pois ela continua no cio e é muito complicado manter ela em casa já que ela dorme em meu quarto e pior que ela mia td hora chamando os gatos ae, vc imagina a gatai ada miando na minha porta! O que eu posso fazer? Aguardo resta! Obrigada

    15. sirlei disse:

      19 de junho de 2013 às 18:49

      Olá
      Minha Border de 3 anos foi castrada antes de entrar no primeiro cio. Um ano depois começou a sangrar e o veterinario disse q ela tinha sindrome de ovario remanescente.
      Foi ela então submetida novamente a cirurgia.
      Faz uma semana q voltou p casa e está sangrando esporadicamente ainda.
      Isso é normal? O que faço?
      Já fizeram ultrasom e não encontram nada. Querem entrar com inibidor de hormonios,isso é correto?
      Aguardo e agradeço.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        21 de junho de 2013 às 16:30

        SÍNDROME DO OVÁRIO REMANESCENTE = o veterinário esqueceu um pedaço de ovário na tua cadela.
        Simples assim. Sinceramente? Procure outro profissional, pois não sei te responder mais do que isso, desculpa. :(

    16. DIELSON CARLOS disse:

      11 de abril de 2013 às 02:26

      Mandei castrar a minha cadela no dia 19/12/2012, só que no dia 06/03/2013 a cadela entrou no cio, pode ocorrer isto, sendo que foi retirado os dois ovários e teve um leve corrimento branco. Fiquei muito preocupado e com medo, pensei q depois da cirurgia isso não iria correr. Gostaria de uma explicacão.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        11 de abril de 2013 às 16:32

        Oi Dielson,
        você leu o texto? Tdas as respostas estão ali e, na verdade, quem te deve explicações é o veterinário que a castrou, né?

    17. Valéria Lima disse:

      10 de março de 2013 às 23:20

      Olá como vai? Tenho uma cadela mestiça com 10 anos, muito saudavel com aproximadamente 5,200Kg. Uma veterinaria fez a retirada do seu utero deixando seus ovarios. Acontece a cada 6 meses o “cio” produção dos hormonios sem o sagramento mas com uma infecção (secreção purulenta que sai da sua vulva). Já fiz o trtamento duas vezes com gentamicina e agora foi usado o baytril. Em todas as vezes foi usado o cloridrato de bromexina mucolitico. Enfim minha pergunta é: sei que terá de fazer uma cirurgia e sei que esta mesma é bem complicada, sabendo dos riscos quero saber quais as chances desta cirurgia ser um sucesso, pois meu animalzinho é muito saudavel pela idade. Já me informei aqui com minha veterinaria que em minha cidade não existe uma clinica especializada somente é feita em faculdade. Tenho medo de fazer e perder meu animalzinho. Aguardo respostas. Obrigada

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        11 de março de 2013 às 22:44

        A troco de quê essa veterinária deixou os ovários, Valéria? Mande castrar totalmente e retirar os ovários. Não tem nada de complicada na cirurgia, complicado é deixar a coitada assim, tomando remédio toda hora.

    18. Barbara disse:

      6 de março de 2013 às 16:58

      Olá,

      minha gatinha foi castrada há 21 dias. Ela tem entre 5,5 e 6 meses (estava para doação) e é pequena. Durante a cirurgia, descobrimos que ela estava entrando no cio (o útero estava inchado e com sanguinho). Correu tudo bem, ela está serelepe e brincalhona. Ela não teve sintomas fortes do cio (somente miou durante a noite, mas sem fazer escândalo).
      Hoje, durante a madrugada, ela estava dormindo quietinha comigo e um gato apareceu na janela. Ela nem chegou a perceber (eu espantei ele rapidinho), mas fiquei preocupada. Será que ainda há óvulos nela. É possível que ainda haja hormônios que atraiam gatos porque a cirurgia é muito recente? Vi que isso acontece com cadelas, mas com gatinhas tb? Por quanto tempo ela ainda poderá atrair gatos?

      Obrigada, Bárbara.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        7 de março de 2013 às 01:03

        Hum, acho que é como nas cadelas mesmo, se ficar um pouco de ovário, o cio continua, ela só não fica mais prenhe pq não há útero. De qq maneira, os hormônios liberados antes da castração levam um tempinho pra sumir, sim.

    19. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      26 de fevereiro de 2013 às 00:11

      Como a castração é recente, talvez ele ainda tenha hormônios circulando, o que é normal. Não achas nada sobre castração dos machos pq com ela não tem erro, cortam-se as ‘bolinhas’ e era isso… Mas cães não montam só pra cruzar, montam também por dominância. Ele pode estar querendo mostrar pra cachorrinha que quem manda é ele. Que tal castrar a pequena também? A castração é MUIIIIIIIIIITO mais saudável pras fêmeas.

    20. Anne disse:

      25 de fevereiro de 2013 às 16:11

      Olá Ana,

      Não achei nada que fale sobre a castração de cães machos (se eles ‘cruzam’ mesmo castrados).
      Castrei meu filhote SRD qdo tinha quase 7 meses, e agora com 9 meses (2 meses e meio após a cirurgia) ele está tentando muitoooo cruzar com uma das minhas cachoras (que está no cio e não é castrada).
      É normal?
      A veterinária me disse apenas para cuidar da cachorra, afastar ela do macho nessa semana para que não desenvolva gravidez pscicológica, mas me desviou quanto a situação do macho, se é normal ou não.Obrigada desde já!

    21. adilio disse:

      18 de fevereiro de 2013 às 11:30

      bom dia castrei ano passado em dezembro pedi ao veterinario que castrasse algumas cachorras de rua sendo que a uma semana uma dessas cachorras entrou no cio e hoje de manhã esta vira lata estava cruzando minha pegunta é isso é normal a cachorra corre algum risco.urgente

    22. Vanessa disse:

      26 de janeiro de 2013 às 09:37

      Bom dia, minha cachorrinha foi castrada há 50 dias. Porem tenta cruzar com o braço de qualquer homem que estiver dentro de casa. Se agarra pra valer e faz os movimentos da cruza. Porque isso está acontecendo? será q nao foi retirado os ovarios, só utero? pq na verdade nós cruzamos pq elas estava com um cisto no ovario direito. ela só fazia isso quando estava no cio de 6 em 6 meses, hoje em dia, é só brincar um pouco com ela, que ela já tenta, as vezes todo dia . Obrigada.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        2 de fevereiro de 2013 às 17:09

        Hum… olha, os hormônios dela ainda vão circular por um tempo, os que já foram ‘fabricados’. Como ela não terá mais produção de hormônios (se tiraram TUDO dos ovários), isso deve passar em alguns poucos meses. Quando ela fizer isso, diga para a pessoa IGNORAR e sair de perto dela, dando as costas. Se ela persistir, sem falar nada, simplesmente a tranque em outro cômodo. Quando ela NÃO fizer, elogie e dê muito carinho.

    23. marcia dos reis alcantara disse:

      5 de novembro de 2012 às 13:59

      minha gata passou por uma cirurgia,tirou todas as mamas do lado direito e castrou so que faz 15 dias e ela entrou no cio.sera que ela vai ter que entrar em outra cirurgia ?e o custo vou ter que pagar novamente ou posso reiventicar?

    24. Tarcisio Guilherme wolfart Silva disse:

      24 de setembro de 2012 às 11:14

      Bom dia Drª,minha Rottweiler foi castrada e após 4 meses está com comportamento de cio,inclusive com pouco sangramento e acasalando com o macho,existe alguma possibilidade de ela não voltar a apresentar esses “sintomas” no próximo ciclo,ou terá que passar por nova cirurgia?
      Muito obrigado e parabéns pelo blog!
      Abraços,
      Tarcisio

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        24 de setembro de 2012 às 15:39

        Oi Tarcísio, NÃO sou veterinária. O texto é da vet. Alice e ela não responde os comentários deste post.
        O correto seria vc procurar o profissional que castrou sua cadela e discutir com ele, até pela responsabilidade envolvida na castração. Se ele deixou um pedaço de ovário, infelizmente sua cadela fará cio a cada 6 meses… Ela não ficará prenhe, pois não tem mais útero (ele TEM que ter tirado o útero pra dizer que a castrou). Infelizmente, só uma nova cirurgia… Por q vc não castra o macho ao invés de submetê-la a nova anestesia? Abraço!

    25. Teresa Rivero disse:

      19 de agosto de 2012 às 12:56

      IVANIR,voce tem que levar em outro vet para fazer a quimio.O TVT engana o macho com sangramento.

    26. ivanir pereira disse:

      28 de julho de 2012 às 18:00

      minha cachorra teve um tipo de cancer que e transmitido ao crusar com o mocho contaminado a vet disse que tinha que castrar para ela nao entrar mais no cio , a cirurgia foi feita e agora depois de quatro meses ela esta no cio ,liguei para a vet e ela disse que e por que a cachorra ta aceitando macho e que eu tenho que cuidar dela pra ela nao cruza se nao ela pode pegar a doença de novo ,to muito brava ja que era pra eu cuidar nao precisava ter operado .sera que ela vai ter que opera de novo ? por favor me oriente.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        29 de julho de 2012 às 21:54

        Ivanir, sua cadela tratou o câncer também? Realmente, se a cadela foi castrada (retirados útero e os dois ovários) e ainda entra no cio é por que a veterinária deixou algum pedaço de ovário para trás… Para o cio não ocorrer mais, só operando novamente, mas eu JAMAIS iria no mesmo veterinário. Quanto ao tumor venéreo, se ela continuar cruzando (mesmo sem chances de engravidar, já que não tem mais útero), pode pegar novamente mesmo. :(

    27. Aline disse:

      17 de julho de 2012 às 12:25

      E no caso, aconteceu com a minha cachorrinha!Uma semana depois de castrar ela teve um leve sangramento (cio) só q muito pouco sangue…ela tera que ser “castrada” novamente?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de julho de 2012 às 12:59

        Infelizmente, sim. Ou você deixa assim mesmo, já que sem útero ela não tem como engravidar…

    28. helena disse:

      1 de abril de 2012 às 21:48

      oi queria saber q cachorro e gatos entra no cio depois de castrado?

    29. Iracy disse:

      23 de março de 2012 às 20:19

      Olá castrei minha york com 2anos e 2meses hoje ela tá com 2 anos e 8 meses e as mamas dela estão inchadas e cheias de leite…o q pod ser?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        24 de março de 2012 às 12:27

        Ué… Bom, tens que ver isso com o veterinário. Eu só consigo pensar que podem ter deixado um pedaço de ovário nela, que está fazendo gravidez psicológica… Vai no vet!!!

    30. Lu disse:

      1 de julho de 2011 às 18:22

      Olá tenho um lhasa de 2 anos ele anda muito agitado destroi tudo que fica perto dele não da p/ descuidar de nada de plástico que ele morde até acabar
      Há fez um mes que adotei ele, os antigos donos era um casal de idosos e eu tenho uma filha de 14anos, 4anos e um baby de 8 meses
      será que ele esta assim pela mudança de ambiente?? Ou será que ele esta querendo namorar?? Ele pode estar deprimido?? SE agente brinca com ele, ele faz bastante festa
      Por favor preciso de uma resposta
      Me ajude meu e-mail é [email protected]

    31. Carolina disse:

      14 de fevereiro de 2011 às 14:27

      Conheci o site de vcs recentemente e adorei, tô curtindo muito as dicas.
      Beijo
      Carol

      @carolgrtn
      http://coisinhascarolina.blogspot.com

    32. Emmanuelle Moraes disse:

      14 de fevereiro de 2011 às 14:11

      Ana, estou com um caso desses.
      A cadela foi castrada a tempos, mas os machos começaram a se "engraçar" para o lado dela de depois vieram as brigas. Depois de exames constatou-se exatamente isso. O veterinário que atendeu o caso explicou que alguns vets cortam o ovário em um ponto onde permite ficar um pedacinho do ovário que na tentativa de sobreviver se regenera um pouco… e resultado, a cadela teve que ser submetida a outra cirurgia…
      Excelente post!

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados