• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Relatos sobre algumas das ajudas enviadas aos animais vítimas das enchentes no Rio de Janeiro

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 21 de janeiro de 2011

    Notícias recentes enviadas pela Dra. Rosângela Ribeiro, Gerente de Veterinária da WSPA Brasil que está percorrendo as regiões afetadas pela tragédia na região serrana do RJ, com uma equipe de 5 profissionais, entre os quais os Drs. Sérgio Vasquez e Marco Calvo especialistas e coordenação de socorro a animais em desastres da WSPA Costa Rica e de outras iniciativas e parceiros da WSPA Brasil.

    Halem Guerra Nery
    Coordenador da RESA-Rede Catarinense de Solidariedade aos Animais
    Instituto Ambiental Ecosul
    Fone: 48-9934.0880

    LOGOecosulFINALHORIZ6

    Parceiros,

    Finalmente consegui internet e agora posso contar o que encontramos aqui nos últimos dias. Peço desculpas pela demora, mas ficamos em Friburgo sem telefone e foi bem difícil a comunicação por internet .
    Encontrei com o Dr. Sérgio Vasquez e Marco Calvo da Equipe de Desastres (que vieram da Costa Rica) no aeroporto do Galeão na terça bem cedo e seguimos para Nova Friburgo. Optamos por esta cidade, pois tivemos informações de que era a cidade mais devastada e que mais precisava de ajuda em relação aos animais.

    O Dr. Sérgio e Marco Calvo vieram para fazer uma avaliação de toda a situação nas 3 cidades, uma avaliação chamada DANA ( Disaster Assessment Needs Analysis – Avaliação de Desastres Análise das Necessidades) onde são avaliados e contabilizados em números uma série de informações como: quantas pessoas foram afetadas, quantas casas forma desocupadas e que tinham animais, quantas ainda permanecem com animais , quantos animais foram atingidos, quais espécies, quais as reais necessidades de cada espécie, e principalmente como podemos nos organizar para otimizar esta ajuda.
    Este é um procedimento padrão utilizado em todos os desastres que a WSPA atua. Este procedimento leva cerca de 2 a 3 dias e tem a finalidade de avaliar a melhor estratégia. Logicamente durante esta avaliação (onde fazemos visitas aos órgãos de defesa civil, secretarias de saúde, agricultura e meio ambiente) também fazemos as vistas in loco onde os animais que necessitam são resgatados, atendidos e encaminhados aos abrigos locais.

    Infelizmente algumas situações são difíceis de serem contornadas , como naquelas áreas onde o acesso fechado e nem a defesa civil entra. Nestas áreas fica impossível entrarmos e isto é muito frustrante, pois não sabemos se há animais em perigo ou não.  
    As áreas com acesso liberado estão na medida do possível, controladas. Alguns cães que perderam seus tutores estão recebendo auxilio da comunidade, outros foram adotados provisoriamente por vizinhos e parentes. Muitos moradores pedem ração, mas poucos pedem para levar os animais do local.
    A maioria dos cães estão sujos de lama e alguns estão com dermatites devido a sujeira e as moscas, aplicamos ivermectina e spray Bactrovet em vários , mas não houve necessidade de intervenções maiores.  
    Em Friburgo , a coordenadoria de bem estar já esta recebendo muitos animais e esta tentado se organizar para receber mais , mas ainda falta canis e locais apropriados, os voluntários estão improvisando baias.
    Identificamos algumas prioridades e aconselhamo-los na questão de cadastramento, microchipagem e fotos para o cadastro que pode ajudar bastante no futuro , onde o seu tutor antigo pode reencontrá-lo ou ele ser adotado por uma nova em uma feira de adoção.

    Outra situação emergencial é o abrigo da COMBINA, onde o acesso esta bem restrito. Hoje a Juliana conseguiu chegar após uma longa caminhada, mas esta contatando novamente um helicóptero para levar urgentemente uma carga grande de ração e lampiões, pois os animais estão brigando principalmente pela falta de luz. Ela esta em contato com a defesa civil e policia militar para tentar esta operação amanha.
    Hoje em Teresópolis vimos que a situação esta bem melhor  e bem mais controlada que Friburgo e amanha faremos a avaliação em Petrópolis .

    O que eu gostaria de compartilhar, apesar de muitos de vocês já saberem, é que esta situação, alem de muito triste , desafiadora e estressante, nos leva a crer que a organização prévia e o bom senso são fundamentais nesta hora.
    Nestes momentos todos estão estressados e os humores alterados. A ansiedade de ajudar é tanta que acabamos vendo a situação de outro angulo.
    Todos nós protetores, temos o impulso e ansiedade de ajudar os animais que aparecem na nossa frente e acho de suma importância estas ações, pois cada animal tem seu valor intrínseco.Muitos foram salvos graças a coragem, determinação e este impulso de ajudar vindo de pessoas maravilhosas. 

    Mas pude presenciar nestes dias a importância também de avaliações como esta. Sabemos que podemos em um segundo momento ajudar um número maior de animais e providenciar um destino certo e adequado para eles.   
    No momento inicial é importante estarmos preparados para resgatar , medicar e acolher todos aqueles que necessitam , mas agora onde o caos esta implantado,  esta avaliação é fundamental  .
    Depois de Petrópolis escreverei novamente, e volto a informar que se recolherem donativos ou forem enviar voluntários, por favor, priorizem a área de Nova Friburgo e procurem a coordenadoria que ira receber os donativos e precisa agora de mais voluntarios !!

    Obrigada
    Abs 

    Rosangela Ribeiro
    Gerente de Programas Veterinários – Veterinary Programmes Manager
    WSPA – Sociedade Mundial de Proteção Animal
    Tel: +55 21 3820-8213
    www.wspabrasil.org

    De: Elizabeth MacGregor-Gerente de Desenvolvimento da WSPA-Brasil

    19.01.2011

    “O contato com a equipe da WSPA está muito difícil na área de Friburgo, região mais afetada. Ontem à noite foi a última vez que consegui contato. A Rosângela estava concentrada nos animais de companhia e trabalhando em parceria com a Carla Freire do comitê de bem-estar animal da prefeitura que já nos havia ligado no fim de semana para pedir nosso auxílio. O Dr. Sergio iria partir para uma área onde havia animais de grande porte. Vamos ver se agora à noite consigo contato para ter notícias do dia de hoje.

    Enquanto isso, já estão sendo feitas as transferencias de recursos para as contas de nossas 4 afiliadas locais – R$ 15.000,00 para cada uma – GAPA / AnimaVida / COMBINA e SOS Animal, para dar suporte a suas ações locais em seus municípios. Não conseguimos contato com a Juliana da COMBINA.

    Assim que tivermos mais notícias repasso para vocês.

    abços

    Elizabeth”

    De: Patruska Barreiro-Dirigente da ABPA-Assoc. Brasileira Protetora dos Animais

    19.01.2011

    “Daqui da Bahia estamos arrecadando muitas doações para enviar e confirmamos que no início da semana que vem um avião da FAB irá levar essas doações e uma Força Tarefa Especial formada por profissionais que atuam em resgate de animais, médicos veterinários, cães farejadores, equipe de resgate da polícia militar, equipe de controle de animais e corpo de bombeiro.

    Serão 50 pessoas que sairão daqui de Salvador para auxiliar a Cruz Vermelha, no que diz respeito aos humanos, e também os animais. Desejo informações sobre as ações que estão sendo efetuadas para nos engajarmos à WSPA ou ONGs afiliadas no que for necessário.
    Por favor, desejo algum telefone que funcione. Não somos muitos (apenas 50, eu estarei indo junto com a equipe) mas são pessoas muito comprometidas com a causa animal e profissionais que AMAM e estão dispostos a deixar seu cotidiano para auxiliar e dar suporte no que for necessário.
    (é provável que estaremos acampados junto com a Cruz Vermelha.)
    patruska  barreiro
    http://amobicho.zip.net – Diário oficial de uma protetora de animais.
    http://www.abpabahia.org.br – Associação Brasileira Protetora dos Animais”

    De: Carlos Eduardo C. Pereira-Coordenador de Atividades do GAPA

    18.01.2011.

    Também acabamos de postar o segundo lote de imagens de nossa marcha que alcançou, finalmente, o lar provisório no Vale do Cuiabá, no último domingo, dia 16.01.11.
    São imagens também prejudicadas pelas fortes chuvas e pelo cansaço, pois tivemos uma caminhada bastante acidentada como poderão ver. Infelizmente, o canil só tinha partes da certa de pé e os animais foram mortos.
    Não custa registrar novamente nosso agradecimento ao Dr. Wilson Grassi, sua sócia Sheila e a enfermeira Letícia que nos acompanharam e até motoqueiro acidentado atenderam.
    Os links são estes abaixo:
    Parte 1:
    http://www.youtube.com/watch?v=KwjdoMIRNDk
    Parte 2:
    http://www.youtube.com/watch?v=Nr9nfLpTaOU
    Parte 3:
    http://www.youtube.com/watch?v=YUF7a4Nc7YM
    Parte 4:
    http://www.youtube.com/watch?v=d4r51YW36Rs
    Parte 5:
    http://www.youtube.com/watch?v=Y4FOJbuqX2Q
    Parte 6:
    http://www.youtube.com/watch?v=ycLH3jA0ZfE
    Parte 7:
    http://www.youtube.com/watch?v=5fv6rLdnZf8

    Mais uma vez, agradecemos todo apoio ao trabalho que está sendo desenvolvido em Itaipava.
    Abs,
    Carlos Eduardo da Cunha Pereira
    Coordenador de Atividades
    GAPA-MA
    Itaipava/Petrópolis/RJ
    www.gapaitaipava.org.br

    Categoria: Campanhas, Notícias, RESA
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    Nenhum Comentário:

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados