• Receba os posts por e-mail:

    Guia de Raças no Mãe de Cachorro: Chow Chow

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 11 de janeiro de 2011


    –> Quer conhecer o verdadeiro temperamento de outras raças disponíveis para adoção? Confira o Guia de Raças Mãe de Cachorro clicando aqui.

    Raça de hoje: Chow Chow
    Texto: Michele Welton Tradução: Ana Corina – Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida.
    Temperamento – O que é bom e o que é ruim sobre eles
    Este cão sério e de aparência digna com sua gola de leão e expressão zangada é um verdadeiro introvertido. Chow Chows devem ser acostumado com pessoas desde a mais tenra idade para que seus instintos territoriais sejam propriamente utilizados. Naturalmente limpos e fáceis de ensinar a usar o “banheiro”, são cães quietos e educados dentro de casa. O Chow é um companheiro impressionante se você consegue estabelecer uma relação de respeito mútuo com ele, como por exemplo, ao admirar seu temperamento independente e enérgico enquanto reforça as regras da casa com consistência, para que ele respeite você também.
    Com seu corpo volumoso e seu andar formal, o Chow Chow não é um cão apto a corridas e caminhadas extenuantes e fica bem com caminhadas diárias. Entretanto, o Chow de pelagem longa é geralmente mais ativo (e mais amigável com estranhos) do que o Chow de pelagem curta.
    Embora este cão geralmente cuide da própria vida a menos que seja provocado, vários Chow Chows podem ser agressivos com outros cães do mesmo sexo. Alguns têm um forte instinto de caça e podem ser predatórios com gatos e pequenos cães.
    Um treino de obediência que use métodos bruscos e violentos não funciona com um Chow – esta raça orgulhosa prefere empacar ou atacar de volta. Chow Chows não podem ser forçados a fazer nada. Métodos positivistas que utilizem recompensas são muito mais produtivos.
    Se você quer um cão que…
    • Tenha um tamanho médio, seja entroncado e peludo, lembrando um pequeno urso
    • Posicione-se firmemente no chão com uma postura calma, digna e confiante
    • Seja um ótimo cão de guarda
    • Seja naturalmente limpo e fácil de adestrar para urinar/defecar no lugar correto
    • Seja quieto e educado dentro de casa
    • Precise apenas de exercício moderado
    Um Chow Chow pode ser bom para você.

    Se você não quer lidar com…

    • Desconfiança excessiva e agressividade, existente em algumas linhagens ou presentes quando o cão não for socializado de maneira apropriada;
    • Agressividade com outros animais;
    • Temperamento forte e independente com tendência a atacar caso seja forçado a fazer algo, o que requer um tutor experiente e confiante que possa lidar com ele sem usar força física;
    • Cuidados constantes com a pelagem, escovações e tosas (na variedade com pelagem densa);
    • Forte troca de pelos
    • Sérios problemas de saúde
    • Problemas legais (possibilidade de processos, leis de banimento da raça, problemas com seguros etc.)
    Um Chow Chow pode NÃO ser bom para você.
    Se você está pensando em adotar um Chow Chow… Considere as questões abaixo seriamente.

    1. Comportamento antisocial e agressividade – Muitos Chow Chows têm instintos de guarda contra estranhos. Eles precisam de exposição intensa a pessoas amigáveis para que aprendam a reconhecer o comportamento normal de pessoas amigas. Só então eles podem reconhecer a diferença quando alguém não agir de acordo. Sem uma socialização cuidadosa, eles tendem as ser antisociais com todo mundo, prontos a morder por qualquer motivo.
    2. Agressividade com animais – Com seu passado de cão de briga e caça, muitos Chow Chows são dominantes ou agressivos com outros cães, especialmente os do mesmo sexo. Muitos têm um forte instinto para caçar gatos e outras pequenas criaturas (cães inclusive). Se algo der errado na criação, socialização, treinamento ou manejo desta raça, é possível que o Chow Chow fira gravemente ou até mesmo mate outros animais.
    3. Temperamento forte – Chow Chows não são Golden Retrievers. Têm uma mente independente e não são fáceis de manipular/persuadir. Muitos Chows são teimosos, obstinados e dominantes (querem ser o líder) e farão você provar que pode realmente pedir com que façam algo. Você deve mostrar a eles através da mais absoluta consistência que realmente deseja que façam o que está pedindo.
    4. Reações defensivas - Como uma instrutora de obediência, sou sempre extra cuidadosa ao colocar as mãos em um Chow Chow para corrigi-lo. Muitos parecem ter um senso maior de “Ei, não é justo!” se você tenta ir além do que ELES pensam que é justo, o que podem demonstrar com uma mordida. Se você tem crianças, eu não recomendo um Chow Chow porque há simplesmente muitos deles que não toleram qualquer tipo de brincadeira.
    5. Intensa troca de pelo – Chow Chows trocam de pelo, e muito! Você achará seus pelos em suas roupas, móveis, roupas de casa, mesa e banho e até em sua comida. O uso frequente do aspirador de pó será um hábito. Tenha certeza de que você realmente quer isto antes de adotar um Chow Chow.
    6. Cuidados com o a pelagem – Chow Chows existem na variação “Pelagem lisa”, que na verdade é bastante densa, e “Pelagem curta”, ainda densa. A pelagem lisa requer escovações constantes para manter a queda de pelo natural sob controle. A pelagem curte requer escovações constantes para controlar tanto a queda de pelo quanto a formação de nós. Se você não está pronto(a) para se comprometer com os cuidados de pelagem, um Chow Chow definitivamente não é o cão certo para você.
    7. Problemas de saúde – De problemas nos quadris aos problemas nos olhos, passando por alergias, Chow Chows são arriscados no departamento “saúde”.
    8. Responsabilidades legais – Chow Chows já são alvo de políticas de banimento em algumas regiões/países. Algumas seguradoras de casa recusam ou cancelam contratos se descobrem que o proprietário possui um Chow. Seus amigos e vizinhos poderão ficar desconfortáveis com seu cão por perto. Nos tempos atuais as responsabilidades legais de manter qualquer raça que pareça intimidante e que tenha um histórico como cão de guarda ou caçador sério deve ser considerada com cuidado. Pessoas são rápidas em processar se um cão como este faz qualquer coisa remotamente questionável.
    Adote um Chow Chow adulto!
    Quando você adota um filhote, você está adquirindo potencial do que ele um dia pode se tornar.  Mas quando você adota um cão adulto, você está adquirindo o que ele já é e pode decidir se é o melhor cão para você baseado em sua rotina e realidade. Há vários Chow Chows adultos que já provaram não ter as características negativas típicas da raça. Se você encontrar um cão assim, não deixe que elas preocupem você. Fique feliz que você encontrou um indivíduo atípico e aproveite!
    Salve uma vida. Adote um cão.

     *Lembrando: Estou traduzindo as descrições de temperamento das raças (que já vi disponíveis para adoção) apresentadas pela autora norte-americana Michele Welton, que obviamente leva em conta que a maior parte de seus leitores mora nos EUA e sempre tendo em mente cães dentro do padrão comportamental de cada raça. Não adianta um cão ter “cara” de uma raça, isso nem é tão difícil, um cão realmente “de raça definida” tem, mais do que qualquer outra coisa, a personalidade, o comportamento e os instintos da raça a que pertence.
    Sobre a autora: Michele Welton tem mais de 35 anos de experiência como educadora canina e tem mais de 17 livros publicados, sendo 15 deles sobre cães.

    Categoria: Guia de Raças
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    188 Comentários:

    1. DAY disse:

      7 de abril de 2014 às 16:16

      GOSTARIA DE ALGUMAS DICAS DE COMO POSSO ENSINAR MEU SHOW A FAZER SUAS NECESSIDADES NO LUGAR CERTO ELE TEM 1 MÊS E 20 DIAS.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        7 de abril de 2014 às 17:18

        Day, o blog possui busca e um índice de posts por assunto, que fica no rodapé. Há uma categoria só com textos sobre isso, veja: http://www.maedecachorro.com.br/category/xixi-e-coco-no-lugar-certo
        Antes de me mandar as dúvidas, os leitores deveriam primeiro usar a busca e o índice, pois a maioria delas já está respondida no blog.
        Leia textos e comentários e, se ficares em dúvida, daí sim comente no texto sobre o assunto, ok?

    2. maria helena disse:

      25 de março de 2014 às 21:22

      oi estou preste a compraum chow chow, como devo saber e escolher un bebe doçil.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        26 de março de 2014 às 10:54

        Maria Helena, bons adestradores oferecem o serviço de ajudar na escolha de filhotes, mas não há como garantir nada, o máximo que podem ver é qual é mais submisso, esse tipo de coisa. Cachorro não é robô, gente, cada animal é único, isso aqui é só uma regra geral para termos PARÂMETROS, cada animal será de uma maneira e há vários fatores, inclusive a maneira como será tratado/educado/exercitado. Prefira outra raça ou um SRD caso não estejas segura.

    3. Jéssyca disse:

      13 de março de 2014 às 18:16

      Olá tenho uma Chow Chow de 4 meses de idade, amo minha filha rs mas estou com muita dificuldade de ensiná-la a fazer as necessidades no lugar certo, faço uso do pipi dog, mas ela nem liga, só faz onde ela quer. O que posso fazer? ainda dá tempo de ensina-lá ?

      Agradeço.

    4. cristina rosa da silva de menezes disse:

      13 de março de 2014 às 16:03

      tenho um chou chou peguei para ciar qdo ele tinha um mes hoje ele esta com um ano,mais estou tendo muitos problemas com ele,meu marido é quem leva ele todos dias duas vezes para passear e mesmo assim outro dia ele o atacou por tres vezes mordeu em tres lugares o caso foi grave mesmo assim não sei o q fazer com ele agora ele deu para rosnar para mim quase me atacou ele é muito estranho por mais carinho q eu de para ele as vezes deu para me estranhar o que devo fazer pois não quero ser obrigada a levar ele para uma instituição.ME AJUDE.

    5. Letícia Torres disse:

      7 de março de 2014 às 01:40

      Sempre li coisas sobre Chow Chow e o meu sonho era ter um bebê desses. Peguei o Kazu (meu chow chow pretinho) com 75 dias, realmente não tive trabalho algum para educá-lo sobre onde era pra ele fazer suas necessidades, na verdade, foi ele quem me mostrou como era acostumado (sempre no jornal desde que esse esteja sempre no mesmo local). Porém, sempre que alguém chega em casa e ouve os latidos fortes dele fica com medo, diz que é uma raça agressiva e tudo mais. Só que o meu nunca foi assim, ele é extremamente dócil, brinca com todo mundo, adora cheirar as pessoas e tudo mais. Acho engraçado, pois todos os lugares em que li sobre a raça definem o chow chow totalmente o oposto do meu bebê. Creio que tive sorte de encontrar uma coisinha tão fofa e meiga como ele, chega até a ser bobão.Rsrs

      • Rosi Souza disse:

        13 de março de 2014 às 08:34

        Ai Letícia tbm tive essa mesma sorte.
        Eles são uma gostosura mesmo!!
        Amo de paixão!

    6. Gisele disse:

      24 de fevereiro de 2014 às 13:53

      Ola Ana Corina!
      Tenho uma chow chow Filhote de 2 meses fêmea, eu fiquei sabendo que temos que lavar os olhos deles sempre. Queria saber se posso lavar os olhos dela com soro fisiológico, e se não, qual você me indicar para lavar sempre os olhos dela?
      Fico no aguardo.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        27 de fevereiro de 2014 às 15:20

        Oi Gisele, não sei dessa coisa de lavar os olhos sempre e nem acho saudável. Se a tua cadela tem secreções, daí sim você pode passar um algodão em redor com água filtrada mesmo ou soro, mas de leve. Não lave sem motivos, ok?

    7. Breno Bezerra disse:

      20 de fevereiro de 2014 às 16:11

      Olá,
      Acabei de compra um Chow Chow, e quando digo acabei é no literal sentido da palavra, pois foi hoje, ele é lindo, parece ser bem calmo e amoroso, em nenhum momento ele sequer rosnou ou tentou morder e está aceitando de boa todos oscarinhos. Este conselhos me serão de grande utilidade na criação do Apolo e é bom saber que temos pessoas que podem nos ajudar nas dúvidas com suas experiências de vivência. Tenho certeza que serei um leitor ativo.

    8. Gabriela disse:

      20 de fevereiro de 2014 às 13:01

      Minha chow chow tem 1 ano e 2 meses, ela é minha companheira de todas as horas, a unica coisa que dá trabalho é quando ela vai pro veterinário ela se transforma de tanto que ela fica nervosa. Mais fora isso ela é uma amor !

    9. Danielly Ramos disse:

      18 de fevereiro de 2014 às 10:28

      eu adotei uma chau chau de 7 anos,,,como eu ja tinha o pinche como eu disse ,,mas segundo a dona da chau me disse que ela e muito calma e estava vivendo na casa da mae com um monte de vira lata,,,o negocio e o pinche acostumar com ela ,,ontem fui deuxei os dois a tarde toda juntos ficaram normal,,,pq a chau chau ela nem liga pro pinche ela e muito quieta,,come e deita rodia a casa pra procurar lugar mas fresco,,mas ela gosta de ficar na varanda que e fresco o dia todo…mas se chamar ela nao dar nem confiança ela olhar…mas se eu falar nory vamos pasear de carro e abrir a porta do carro ela levanta na hora,,,pq a dona dela me disse que ela gosta de andar de carro,,,,mas como sou agostumada com o pinche ela paRECE UM LEOA NO TAMANHO E POUCO ESQUECITO E MUITO GRANDE…MAS CHEGAMOS PERTO DELA PASSAMOS A MAO NA CABEÇA DELA ELA DEIXAR NORMAL…ELA JA TEVE 2 CRIAS ELA PODE TER MAIS,,,

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        19 de fevereiro de 2014 às 09:15

        Danielly, a raça é assim, mais “na dela”. Respeitem este jeito dela e creio que tudo ficará bem. Ela também precisa de tempo para acostumar no novo lar, né? 7 anos já é o início da ‘velhice’ canina, não recomendo crias.

    10. Rafael disse:

      14 de fevereiro de 2014 às 23:08

      Minha sogra tem 2 Chow Chow machos. Um chama bob e é pai do outro q se chama tufão. Os dois tinham um bom relacionamento ate tufão virar adulto, a partir disso os dois começaram a brigar. Ai foi obrigado a separar os dois. O que pode ser feito para eles pararem de brigar?

    11. Rose disse:

      12 de fevereiro de 2014 às 15:02

      Eu tenho um chow chow de 1anoe4 meses e um maltes de 2 anos, no inicio foi dificil a convivência,mas atravéz da net fui aprendendo, hoje eles se dão bem, mas quando saio tranco a maltes. a minha chow chow ela é doce, mas não gosta que agarra ela, então aquilo que ela não gosta, nos não fazemos, ela já mordeu minha filha e tentou me morder,mas isso foi quando ela estava no cio, fora disso é um amor, ela deitada eu agarro e aperto ela toda, seria bom que vocês trabalhassem com seus chow chow com petisco e conversar bastante, assim como falamos igual criança, fala com eles, que eles sentem carinho e gostam e vão confiando, mas dem bastante petisco na hora certa, da brincadeira ou mesmo pra conquistar.

    12. Anderson disse:

      5 de fevereiro de 2014 às 16:13

      Então o ideal seria um labrador ou então até adotar um cão né?o problema é que não quero um cão que muito bagunceiro ao ficar adulto e nem de porte pequeno ou grande, médio seria ideal,pois já tive uma Beagle e gostava muito dela,mas só eu sei como ele era bastante ativada rsrs.Vou ver com minha mãe o que vamos resolver porque quero um amigo para eu não ficar sozinho enquanto minha mãe trabalha.Eu já vi todos os seu posts antes de adotar um cão e acho que já estou pronto para adestrar e brincar muito com ele.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        5 de fevereiro de 2014 às 16:18

        Oi Anderson, com as características que queres, o melhor seria adotar um animal adulto, assim já sabes se ele é calmo ou não e terás certeza também do tamanho! :D Labradores de verdade (raros no Brasil) são CALMÍSSIMOS, muito diferentes dos agitados que temos por aqui, resultado de cruzas mal feitas…

      • angela disse:

        10 de fevereiro de 2014 às 11:27

        Olá queria saber se um chow chow pode cruzar com a irmã

        • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

          10 de fevereiro de 2014 às 13:55

          NENHUM cachorro deveria fazer cruzamentos consanguíneos. Cruzar animais é coisa SÉRIA, que demanda estudos intensos e muito conhecimento. As raças estão cheias de doenças, problemas e cada vez mais longe do padrão de verdade justamente por conta dos cruzamentos sem critério, planejamento e estudos.

    13. Anderson disse:

      4 de fevereiro de 2014 às 23:23

      Olá,queria saber se é possível adquirir um chow para morar em casa sem quintal,mas com caminhada umas 3 vezes por semana,e ele se sentiria mal? Pois moro no Rio de Janeiro e o clima é um pouco quente

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        5 de fevereiro de 2014 às 16:02

        Anderson, EU não teria. Acho uma sacanagem algumas raças existirem no Brasil, Chow é uma delas.

    14. Tamiris disse:

      3 de fevereiro de 2014 às 12:42

      Olá , bom dia gostaria de saber com quantos meses posso usar a coleira enforcadora no meu chow chow? obrigado!

    15. Bruna Marques disse:

      30 de janeiro de 2014 às 09:32

      Olá, eu tenho uma chow chow e ela teve quatro filhotes com outro da mesma raça, fiquei com 2 deles estão com 2 meses, mas nao sei o que fazer porque eles estão brigando muito acho que é ciúme, mas estamos de mãos atadas porque queriamos ficar com eles, mas eles começam a brigar é dificil separa-los. O que eu faço? Quero os dois mais nao estou vendo outra escolha a nao ser vendê-los :( :(

    16. Ana Cristina disse:

      26 de janeiro de 2014 às 21:48

      Olá queria saber se os Chow chows são agressivos pois estou pensando em comprar um e tambem queria saber como refrescar eles pois moro em rondonia e quero garantir que ele seja bem cuidado …
      agradeço desde já

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        28 de janeiro de 2014 às 00:36

        Ana Cristina, POR FAVOR, não faça uma MALDADE dessas! Ter um cão de NEVE em uma cidade tão quente é um verdadeiro pecado :( Muitas raças sequer deveriam ter sido trazidas para o Brasil inteiro, pobres bichos!

    17. Débora disse:

      23 de janeiro de 2014 às 10:27

      Bom dia! Tenho um Chow Chow, estou com ele desde os 2 meses de vida, atualmente está com 1 ano. Ele é a alegria da minha casa. É limpo, faz suas necessidades no mesmo local desde bebê, é companheiro, onde vou ele vai atrás. Se eu levantar da cama pra ir ao banheiro por 10 vezes, as 10 vezes ele vai atrás e me espera na porta. Dorme no meu quarto, comprei uma casa pra ele e ela serve somente para guardar seus brinquedos, ele não dorme lá. Até uns seis meses ele mordia tudo, teve uma vez que meu marido estava brincando com ele e caiu um dente de leite (cachorros também trocam os dentes). Ele é muito amigo e carinhoso, mas os carinhos são breves, ele não gosta que fique alisando ele por muito tempo, essa raça tem personalidade forte. Acostumei ele desde bebê com a minha visitas, principalmente crianças, ele é muito querido. Já com outros cães ele não foi acostumado, então quando saio com ele para passear ele quer morder outros cachorros e até pessoas, Chows são territoriais, o instinto deles é proteger sua casa e seu dono, são cães de guarda e de caça, então, na minha casa ele respeita, mas se um estranho chega no portão ele enlouquece. Uma vez ele ficou rodeando um eletricista que foi na minha casa, quando fui tirar ele ameaçou me morder, é difícil dizer não pra eles, são teimosos. O pelo está caindo muito agora no verão, e a veterinária aconselhou dar água gelada para amenizar o calor, ele adora. Ele não late a não ser que sinta alguma ameaça. Quando ele late vou correndo ver o que é, às vezes é só um inseto, mas ele já achou até aranhas grandes. Saio do trabalho com uma saudade enorme do meu cachorro, quando chegou ele faz festa, corre, traz a bolinha, é por pouco tempo, eles não gostam de bajulação em excesso. Quando ligo o ar condicionado ele deita na cama com a gente, bem folgado. Agora ele deu pra arrancar os pelos das patas, uma delas já está até com uma ferida, é difícil colocar remédio, ele não gosta, e arranca toda a proteção. O veterinário disse que não sinal de doença, que isso se deve ao estresse ou ansiedade, no caso do meu, acredito que seja ansiedade, pois ele não pode ver outros cães na rua que fica maluco. O veterinário mandou colocar pimenta antes que piorasse, mas fiquei com pena e não coloquei, agora com a ferida só posso passar anti-séptico e proteger para não pousar moscas. Mas é isso pessoal. Meu Chow Chow é o nosso melhor amigo.

    18. Lucas disse:

      23 de janeiro de 2014 às 01:32

      Ola! eu tenhu um chow mais estou um pouco preocupado pois nao sei a ração ideal para dar para ele, quando o comprei ele comia a Royal canny mais por um problema financeiro fui obrigado a trocar esse mes pela pedeegre mais ele esta comendo muito mais e esta com um pouco de diarreia gostaria q me desse alguma dicas sobre a raça chow chow, ele e bem tranquilo não morde as coisas e tenho um bom relacionamento com ele, não mimo muito mais brinco bastante com ele mais ultimamente esta muito mais agitado ele ta com 7 meses sei q e normal mais gostaria de dicas sobre a raça e também como faço pra conseguir o certificado de pedigree dele pois na época eu não sabia muito a respeito disso e agora que pesquisei quero ter o pedigree dele. Obrigado.

    19. rafaela disse:

      15 de janeiro de 2014 às 23:39

      Boa noite! Tenhos um casal de chow chow.. Tenho muito problema com o meu chow chow macho ele é muito agressivo, não posso sair com ele na rua que ele quer morder todo mundo! Ate pessoas do convivio dele ele estranha.. Isso é normal ??

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de janeiro de 2014 às 12:32

        Oi Rafaela, se o cão não foi socializado, não foi ensinado a passear na rua e a conviver com estranhos, não vejo nada de anormal no comportamento dele, o que não quer dizer que seja algo desejável.
        A http://www.educadoracanina.com.br dá consultoria paga pela Skype se o caso permitir. É um dinheiro muito bem gasto e aproximará muito mais vocês. Esse é o tipo de caso que PRECISA de orientação de um profissional sério.

    20. Miguel disse:

      3 de janeiro de 2014 às 01:34

      O meu chow chow já tem 4 meses… escovo o pelo todos 3 vezes na semana… e de 2 semanas pra cá… ele nao para de se morder… a patinha direita da frente já está com uma falha na pelagem… mas nao tem nenhum sinal de machucado ou coisa assim… será que é o calor ??? ou o que pode ser ???

    21. Kerolayne disse:

      31 de dezembro de 2013 às 00:39

      Olá,

      Eu ganhei há dois dias um chow de 5 meses e queria uma orientação sobre a quantidade de água que ela deve ingerir, pois vc cita no texto que não deve-se deixar a disposição do cachorro, assim como a comida, certo? Em relação a comida tudo bem eu tenho alimentado-a 3 vezes ao dia, sendo a refeição do meio numa quantidade reduzida mas a água eu deixo a disposição dela e troco varias vezes ao dia porque ela sempre acaba. Resumindo: ela bebe muita água! Levando em consideração que moro em Manaus e nosso clima apesar de úmido é muito quente, acho normal ela beber bastante água, certo ou não?
      Sobre o temperamento dela ainda é muito cedo pra falar mas até agora ela ainda não demonstrou comportamento agressivo, nem nada. É muito carinhosa e vive lambendo minha perna, minha mão.. Enfim, um carinho mt gostoso! Espero que ela continue assim!
      Parabéns pelo blog e Feliz Ano Novo!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        3 de janeiro de 2014 às 17:01

        Kerolayne, UÉ, ONDE ESTÁ ISSO? Imagina, água tem que ser à vontade sempre!
        Beber muiiita água não é tão normal, não. Pode ser problema nos rins ou excesso de sal na ração. Cães que comem alimentação natural (www.cachorroverde.com.br) costumam ingerir pouca água porque a alimentação já tem bastante água. Calor pode aumentar o consumo, sim. Eu faria um checkup renal e hepático, um exame de urina e mudaria a ração. Beijo e feliz 2014 pra vcs também!

    22. Jackie disse:

      30 de dezembro de 2013 às 14:07

      Boa tarde Ana.
      Muito obg por sua atenção ao responder minha pergunta, to adorando seu site, muito interessante. Sou apaixonada por amimais,jamais pensei em ter um cachorro desta raça mas estou adorando. Ele é um fofo, extremamente dócil e calmo. Evitarei sim deixar meus sobrinhos sozinhos com ele. Meu Apolo ta com os pelos um tanto maltratado, acho q última dona dele não tinha tempo para se dedicar, por isso ele não é tão peludo quanto os da raça dela, o pelo ta bem ressecado e caindo muito. O que devo fazer ? esta semana marcarei consulta pra ele…quero deixa-lo lindo como a raça pede rs
      Desde ja grata
      Jackie

    23. deise disse:

      29 de dezembro de 2013 às 19:37

      Oi boa tarde , meu chow é igualzinho o que vc descreveu , mas eu amo ele de paixão e não troco ele por outro cão qualquer, pra mim ele foi a coisa mais importante que ganhei , ele já esta com 3 anos de idade………..

    24. john disse:

      29 de dezembro de 2013 às 16:30

      Oi gostaria de saber como faço para refrescar meu chow chow no verão?
      vou corta o pelo no meio do mes de janeiro mas queria ajudar ele antes pois esta muito quente.
      obrigado

    25. Elaine Damasio disse:

      27 de dezembro de 2013 às 10:51

      Oi, estou precisando de ajuda. Tenho um casal de chow chow e acabaram de nascer 3 filhotes. Já se passaram 24 dias e um deles abriu somente um olho o outro olho parece estar fechado(COLADO), não sei o que fazer..

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        29 de dezembro de 2013 às 09:44

        Elaine, TODO parto precisa de veterinário. Os filhotes e a mãe SEMPRE precisam ser examinados.

    26. Jackie disse:

      26 de dezembro de 2013 às 14:38

      Olá, Boa tarde a todos. Acabei de ganhar um chow chow de 3 anos, ele é super carinhoso, companheiro, dócil. Adora passear de carro. Eu tenho um sobrinho de 3 anos e uma sobrinha de 4 meses, ele não demostrou qualquer reação negativa quanto a eles…será que ele vai continuar sendo tão dócil assim ? casa nova, pessoas diferentes.
      Obg.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        26 de dezembro de 2013 às 17:36

        Oi Jackie, não temos como saber, né? Veja bem, nem nós temos como GARANTIR que seremos sempre calmos, quem dirá um cachorro. Eu, no teu lugar, obedeceria à regra de NÃO deixar as crianças sozinhas com ele e ensinaria aos pequenos que respeitassem o espaço do cão.
        NUNCA é bom tocar em cães que estejam dormindo, comendo ou roendo algo. Não acho que o cão vá atacá-los “do nada”, mas e se eles puxarem o rabo, pisarem nele sem querer etc.? Melhor garantir para que as crianças se comportem bem perto dele, não?

    27. Debora Regina silva disse:

      24 de dezembro de 2013 às 01:20

      Ola ana,tenho dois chow de mais ou menos 3meses um macho e uma femea a femea a preta e tem as orelhas em pe parece um lobo,e o macho tem o pelo amarelho escuro e as orelhas caidas queria saber se tem problema criar eles juntos,embora fico preocupada com medo deles cruzarem ja q nao pode por serem irmaos.como faco para mandar a foto deles para vc me falar se eles sao de reca pura ou nao.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        25 de dezembro de 2013 às 20:14

        Débora, não saberei dizer se são puros ou não, pois não sou estudiosa da raça. Se você castrar os dois o problema acaba! ;)

    28. Amanda disse:

      21 de dezembro de 2013 às 20:13

      Ola, eu queria saber se chow chows adultos podem ser tosados.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        25 de dezembro de 2013 às 18:05

        Oi Amanda, considerando que moram no Brasil, onde a temperatura não é ideal pra raça, não só podem como devem, tadinhos! Apenas não tose demais, deixe aquela camadinha de subpelo que protege a pele, ok?

    29. Geisa Mello disse:

      20 de dezembro de 2013 às 13:24

      Tenho um chow de 8 meses.. mais estou com ele apenas a dois dias.. So que acho ele muito calmo algumas vezes, e outras acho agressivo, ontem fui arrumar a cama dele quando fui me abaixar ele tentou me morder no rosto mais nao me machucou.. fiquei assustada na olhei para ele e ele ficou me olhando mais nao fez mas nada.. fico receio pq tenho um afilha de 2 anos em casa! e acho que ele esteja no cio, pois ontem ele agarrou a perno do meu sobrinho de 7anos e começou a se sacudir.. queria saber se quando os chows ta no cio eles ficam agressivos?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        25 de dezembro de 2013 às 18:55

        Geisa,
        para machos, todo santo dia é “dia de cio”, basta haver fêmeas no cio nas redondezas (mesmo que você nem desconfie, ele sentirá o cheiro e ficará agitado pelos hormônios sexuais).
        Por favor, castre seu cachorro e procure estudar comportamento canino. A http://www.educadoracanina.com.br faz consultoria pela internet (Skype) se o caso permitir, converse com ela.

    30. Ricardo disse:

      15 de dezembro de 2013 às 22:00

      Olá! Tenho um lindo chow chow de 4 anos, sempre foi muito tranquilo e amável e nunca tinha mordido ninguém, porém aqui no prédio tem um sitzu macho que sempre latiu pra ele e ficava provocando e ele nunca nem latiu de volta, ontem na hora que fui descer com ele em um momento de distração ele se soltou da coleira e foi pra cima do sitzu, a dona tentou tirar o cachorro dela e colocou a mão na boca do meu chow chow que mordeu o braço dela e mordeu o glúteo tb. Fiquei assustado pois ele nunca teve nenhum comportamento agressivo antes, será q ele mordeu por se sentir ameaçado? O que devo fazer?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        21 de dezembro de 2013 às 10:56

        Oi Ricardo,
        acho que ele se encheu, né? E a mulher foi mordida por se meter na briga, não pelo teu cão ser agressivo. Eu procuraria ajuda profissional, mas encontrar um bom adestrador de verdade é algo difícil. Tenho alguns pra indicar em São Paulo capital e tem a http://www.educadoracanina.com.br aqui de Floripa que atende também por skype (se possível).

    31. Léia Reis disse:

      5 de dezembro de 2013 às 10:19

      Eu tenho um Chow de 1 ano e 10 meses, ele é muito dócil e inteligente. Ele é criado em uma chácara, no meio de galinhas, gatos, uns 6 vira latas, q ele transformou em vira chow (kkkkkkk), 2 Boder Collie q tem q ficar presos no canil, esses sim ele odeia, tenho q prende-lo qdo solto os Boder, realmente é ele q manda no pedaço. Mas ele é o meu melhor amigo e eu amuuuuu meu Chow.

    32. Thiago Antunes disse:

      4 de dezembro de 2013 às 05:30

      Tenho um Chow de 2 meses e se chama Teddy… Esse rapazinho é danado, mais sem dúvidas que foi a maior conquista de 2013… Tem hora que dá vontade de apertar ele de tão bonito… Paixão minha e da minha esposa!

    33. Giovani Anunciatto disse:

      3 de dezembro de 2013 às 18:07

      Boa tarde, tenho um chow chow que acabei de pegar ele tem 43 dias mais ou menos, ele eh branco de olhos azuis, quero saber quando a lingua dele ficara azul, e quando a orelha dele ira levantar? Obrigado

    34. Angélica disse:

      10 de setembro de 2013 às 14:13

      Boa Tarde,ai estou com um Chow Chow de 02 meses,ai esta mordendo tudo la na minha casa ,ele e amavél estamos dando muito carinho..oque faço?ja comprei uns ossinhos,brinquedos,mas ele ama chinelo e agora ate madeira dos movéis esta mordendo…

    35. Sylvia Castro disse:

      8 de setembro de 2013 às 21:31

      olá! Sou a Sylvia, tenho um chow chow de quase cinco meses e ele não gosta de comer muito, coloco a ração dele, dou vitamina, mas nada de comer um pouco mais… fico preocupada, pois acho ele magro, além do pelo está pequeno. Realmente, não sei o que fazer. Aceito uma ajuda. Obrigada pela atenção.

    36. cristiane disse:

      6 de setembro de 2013 às 09:15

      Bom dia, já estou na 2° criação de chow chow, minha primeira morreu pois tinha uma doeça incuravel, então comprei outra que já esta com minha família há 15 mêses, recentemente adotei um macho da raça 2 anos e 1o mêses, mais ele é muito arisco, só em falar com ele, ele já começa á rosnar, estou com receio de um possível ataque, será que esse comportamento pode mudar ou não? pois caso eu o leve de volta para sua família anterior, ele será levado para um intituição para cães!!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        15 de setembro de 2013 às 22:44

        Contrate um bom adestrador, que não use NENHUM método punitivo. Não existe instituição para cães, né? O que existem são abrigos horríveis e uma vida miserável. :(

    37. Júlio César de Rezende disse:

      4 de setembro de 2013 às 17:25

      Minha esposa tem uma chow chow, ela não gosta de tomar banho, e tem pavor de secador. O que devemos fazer? ela já tem um ano e so conseguimos dar um banho até hoje.É muito complicado, porque ficamos com receio dela ficar agressiva.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        4 de setembro de 2013 às 22:15

        Bem simples: nada de banho! Escovem bastante, limpem as patas e o focinho com um paninho levemente molhado com vinagre de álcool. Também podem escovar polvilhando amido de milho nela inteira e escovando até sair tudo, fica SUPER limpo.

        Mas o problema não é ela não tomar banho, é não se deixar ser manuseada. Pra mudar isso, só a adestrando pouco a pouco, todo santo dia. Leia http://www.maedecachorro.com.br/2007/05/quanto-voce-mexe-no-seu-cachorro.html

        Vcs precisam tirar o medo dela e isso é feito em pequenos passos com MUITO reforço positivo. Por exemplo:
        NÃO chamem pra dar banho. Simplesmente a peguem, levem até onde ela tomaria o banho e façam carinho, deem petisco, deixando ela cheirar tudo em volta (local, apetrechos, toalha etc.). Cada dia vocês avançam um passo, sempre reforçando positivamente quando ela estiver calma e parando totalmente quando ficar nervosa.
        O mais difícil, na verdade, é ficarmos calmos no processo.

        O secador é complicadinho, é a mesma lógica, mas primeiro ela tem que ser acostumada com o barulho. Ou seja, ele fica ligado, mas só perto dela, enqto ela ganha mimos. Depois ele chega perto e ela ganha mimos. Em um terceiro momento (que pode ser dias depois), o secador chega perto do rabo, por exemplo. E por aí vai.

        Agora, se ela nunca mais tomar banho na vida, sendo só escovada como ensinei e sendo limpa nas partes em que for necessário, será ótimo pra saúde dela.

    38. Rosi Souza disse:

      28 de agosto de 2013 às 15:18

      Olá tenho uma chow chow de 4 meses, o nome dela é Meg.
      É a coisa mais fofa do mundo!!! Faz necessidades no tapetinho higienico, dificilmente late e adora brincar com a bolinha (com ou sem gente rsrsrs)
      Hoje ela fez uma cirurgia de desobstrução do canal lacrimal pq a carinha dela vivia molhada por cauda das lagrimas e eu vivia enxugando.
      A veterinaria passou um colirio e uma pomada para continuar o tratamento. Mas dá um trabalhão pra conseguir passar tudo certinho.
      Ela apresenta um problema de entropio que se não melhorar conforme ela for crescendo, teremos de operar novamente..
      Deus queira que dê tudo certo e viva nossos anjos companheiros!!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        29 de agosto de 2013 às 10:35

        Oi Rosi,
        olha… essa cirurgia do entrópio é MUITO delicada e se o veterinário não for MUITO fera, pode só piorar tudo. Agora você já operou, espero que fique tudo bem… Mas principalmente quando subtemos nossos peludos à cirurgia, sempre é bom pegar outras opiniões, viu? Melhor uma carinha molhada (alimentação natural ajuda MUITO isso – http://www.cachorroverde.com.br) do que complicações cirúrgicas… Boa sorte pra ela e pra vc.

        • Rosi Souza disse:

          4 de dezembro de 2013 às 18:07

          Olá Ana, tudo bem?
          Obrigada pela resposta.
          Já fizemos a desobstrução mas infelizmente não resolveu. Tadinha! Foi anestesiada em vão..
          Tenho muito medo da minha pequena desenvolver uma dermatite, por mais que a gente passe o dia cuidando do olhinho e secando, ainda assim a carinha dela fica úmida.
          Levamos ela em um oftalmo de Ribeirão Preto que foi nos indicado e parece ser muito bom, mas ainda estamos com muito receio.
          Ele disse que ela pode desenvolver um tumor na córnea, e pediu pra suspendermos o colírio e pingar o Refresh Gel para hidratar e lubrificar.
          A cirurgia de entrópio é bastante complicada e no caso dela será feito nos dois olhinhos em cima e em baixo.
          Ainda não decidimos pq a cirurgia é caríssima e infelizmente não é garantido que fique 100%, sem contar que a recuperação é bastante dolorosa.
          Estamos com o coração na mão! Ela é muito boazinha e não dá mais trabalho pra pingar o remedinho.
          Só por Deus mesmo..

          • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

            10 de dezembro de 2013 às 15:06

            Oi Rosi,
            mas tem necessidade MESMO da cirurgia? Ela tem o crescimento da pálpebra contra o globo ocular? Já vi veterinário especialista em oftalmo querendo arrancar até olho de cachorro que no fim sarou com pomada… Óleo de linhaça ajuda MUITO na lubrificação dos olhos e o Cachorro Verde recomenda (“Já o óleo de linhaça é melhor aproveitado e fonte de ômegas 3, 6 e 9. fonte: http://www.cachorroverde.com.br/index.php/as-16-duvidas-mais-frequentes-sobre-alimentacao-natural/) Teria só que ver a dose…

          • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

            10 de dezembro de 2013 às 15:06

            Oi Rosi,
            mas tem necessidade MESMO da cirurgia? Ela tem o crescimento da pálpebra contra o globo ocular? Já vi veterinário especialista em oftalmo querendo arrancar até olho de cachorro que no fim sarou com pomada… Óleo de linhaça ajuda MUITO na lubrificação dos olhos e o Cachorro Verde recomenda (“Já o óleo de linhaça é melhor aproveitado e fonte de ômegas 3, 6 e 9″. fonte: http://www.cachorroverde.com.br/index.php/as-16-duvidas-mais-frequentes-sobre-alimentacao-natural/) Teria só que ver a dose…

            • Rosi Souza disse:

              10 de dezembro de 2013 às 19:08

              Olá Ana,
              Infelizmente a cirurgia é necessária pq os cílios dela estão em contato direto com o globo ocular.
              Ela não tem crescimento da pálpebra, mas o atrito dos cílios com o globo ocular o tempo todo pode ocasionar a ulcera de córnea.. assim disse o veterinário né.. Por isso usamos o colírio em gel que lubrifica e diminui o atrito.
              O veterinário disse que se na primeira cirurgia não resolver, ele fica a disposição pra fazer a correção somente com o custo da anestesia.
              Tenho uma amiga que tem 3 chows femeas e na mais velha dela fez a cirurgia e ficou muito mas muito feio.. aí ela optou por não fazer a correção por judiar demais na recuperação.
              Vou procurar saber sobre a dose do óleo de linhaça, mesmo porque com certeza ficará bem mais em conta do que o Refresh Gel (cerca de R$40 p 26 dias).
              Amei o site http://www.cachorroverde.com.br, no começo a Meg brincou com a cenoura achando que fosse um brinquedo qualquer, quando ela descobriu que era de comer simplesmente adorou! Experimentou tbm o pepino e ficou doida com a banana, quase não dá tempo de tirar a casca, demos também morango e melancia. A maça não deu muito certo não, assim como o leite que acabou mexendo um pouco com a barriguinha dela.
              Moro no interior de São Paulo, a 1hr de Campinas. Caso alguém conheça um excelente oftalmo que já tenha tratado um caso assim, por gentileza me indiquem!
              Obrigada =)

              • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

                10 de dezembro de 2013 às 19:19

                Oi, mas leite não é bom! Muitos cães têm intolerância à lactose!
                Tô por fora de oftalmo bom por aí, mas de repente tente contato com a Sylvia do Cachorro Verde e veja se ela indica alguém.
                Sim, sei que essa cirurgia é chatíssima, ainda mais em um cão que não tem aqueles “olhos caídos” como os de outras raças que geralmente fazem entrópio (como mastim napolitano, por ex.). Boa sorte pra vcs. Beijo.

    39. simone alves disse:

      26 de agosto de 2013 às 16:32

      Boa Tarde,
      Nem acredito que algumas pessoas aqui estão falando dessa raça,tenho uma chow de 2 anos e meio e ela é maravilhosa,super calma ,obediente…só nao gosta de gatos..kkkk,mas alguma coisa tem que ter né,kkk. Trabalho em casa e com isso recebo várias pessoas e nunca tive nenhum tipo de problema. e olha ela vive solta …nao gosto de bichos presos.E como costumo dizer o bicho fica da forma que vc o cria.

    40. Fernanda Lopes Sad disse:

      21 de agosto de 2013 às 01:44

      Amo o meu chow. Ele é lindo, dócil e aprendeu a fazer suas necessidades no jornal com muita facilidade. Detesto quando dizem que é um cão burro. Ele tem sim um temperamento difícil mas é inteligente e esperto. Acho que se parece com seres humanos, cada um tem seu gênio e ninguém gosta de que te digam o que fazer toda hora, né? Ajuda ai. Amo meu chow.

    41. Carolina disse:

      16 de agosto de 2013 às 11:14

      Tenho uma chow de 7 meses, é um amor linda demais! Nunca me mordeu, nem ninguém da minha família (exceto quando era neném, mas eram mordidinhas de filhote). Super educada, aprendeu a usar o tapetinho higiênico em 1 dia. Adora passear, e nunca ataca ninguém.
      Mas ela não gosta que estranhos toquem nela, aí ela rosna e tenta morder o estranho. Quando alguém vem eu já aviso logo. Quem tem chow chow sabe, as pessoas na rua ficam apaixonadas e querem logo pegar neles.
      Com outros cães ela é tranquila, só gosta de cheirar. Mas ela não gosta de gatos.
      Com crianças é um amor, nunca tentou morder. Acho que ela sabe que as crianças são frágeis.
      É incrível como minha bebezinha é inteligente, cada dia que passa fico mais admirada.
      É minha alegria mas também minha tristeza, pois penso que no dia que ela partir não vou aguentar de tanta tristeza. Mas sei que esse sentimento todas nós, mães de cachorro, compartilhamos.
      Pras mães de chow chows, não tenham medo. Com muito amor, carinho, disciplina e socialização eles não ficam agressivos.
      Abraços!

    42. Mara Rubia disse:

      11 de agosto de 2013 às 22:40

      Eu tenho uma chow chow que é um presente de Deus, além de ter salvado minha vida(em 2005 avisou insistentemente minha mãe que eu estava desacordada)minha chow chow é uma grande companheira, adora fazer amizades com pessoas e adora cães vira-latas, na verdade ela esnoba os da mesma raça. Aqui na minha rua ela é famosa por sua beleza e simpatia; muito curiosa, nunca mordeu, quando era mais nova rosnava quando eu queria pegá-la no colo(odeia colo), mas na hora ensinei o famoso NAO PODE com voz firme..e comigo deu certo depois de alguns NAO PODE hahahaha …hoje se faço algo que ela não gosta ela só suspira(tipo reclamando). O segredo da parceria com um chow chow é respeitar o jeito dele ser, ou seja, é teimoso sim empaca como um jegue quando não quer voltar pra casa(esta e a hora da paciência e do jeitinho) mas voce nunca deve bater e nem arrastar o seu chow-chow. Faça alguma proposta indecente, convide para um lanche, diga o nome de alguem que seu chow gosta…etc carinho, paciencia e amor é tudo que ele precisa para retribuir da mesma maneira! Amo minha chow chow.

      • Fernanda Lopes Sad disse:

        21 de agosto de 2013 às 01:49

        Concordo plenamente, gostava de brincar de fazer “nana neném” com ele e ele detestava,rosnava etc, hoje com 8 meses ele deixa a gente o pegar e fazer o famoso “nana neném” sem rosnar. Ele também chama a atençaõ aonde vai, todo mundo para pra ver ou quer passar a mão. Amamos o nosso chow.

    43. pollyana disse:

      31 de julho de 2013 às 23:53

      Oi, eu comprei um chow chow de 1 mes e meio, ja esta com quase 2, mas é muito agressivo.. Ele começa a chorar eu grito com ele e ele já rosna e morde de um jeito muito agressivo, oque posso fazer pra ele parar com isso? Ele só é agressivo quando não fazemos oque ele quer..

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        1 de agosto de 2013 às 09:16

        Procure um adestrador que NÃO trabalhe com métodos aversivos (trancos, punições, enforcadores etc.)

    44. Camilla disse:

      27 de julho de 2013 às 15:57

      Olá
      Gostaria de saber como faço para meu chow chow parar de morder ele tem dois meses
      Eu falo com ele mais ele não obedece mesmo que as mordidas sejam de brincadeira mais não posso deixar ele continuar para não ter problemas mais para frente!
      Oque posso fazer para ele parar

    45. Glaucilene disse:

      24 de julho de 2013 às 20:35

      Boa noite, eu tenho um chow chow de 4 meses,um danadinho,mais a um mês eu tive que tirar ele de dentro de casa e está no terraço porque eu estou recém oparada, no início ele chorava muito principalmente quando eu estava internada, ele é muito carinhoso, mais estou preocupara com a temperatura que tem caído muito, já tentei roupinhas ele rasga no corpo,caminhas e paninhos ele destrói td, fico com medo por ele ser novinho de adoecer por conta do frio, durante o dia ele desce e fica todo a vontade subindo e descendo prefere ficar perto da gente, podem me esclarecer se realmente não tem problema a friagem pra ele>

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        25 de julho de 2013 às 16:15

        Glaucilene,

        Nenhum filhote deveria ficar exposto ao frio. Não sei onde vocês moram, mas aqui no Sul está, literalmente, de matar! Ele até pode ficar no terraço, mas sempre abrigado do vento e chuva. Se ele rasga as roupas, paciência, é um cão que tem pelagem para aguentar o clima frio, mas capriche na cama e nos cobertores. De noite prenda-o em um banheiro ou algum outro lugar quente. A casinha/cama deve ficar distante do chão, por cima de um estrado de madeira ou de várias camadas de papelão, ok? Ele pode adoecer SIM, se passar frio. Só não precisa dar vacina contra gripe, ainda mais durante o inverno. Ela fará a imunidade dele cair e daí mesmo é que pode vir a ficar doente. Fora que não é boa para a saúde!

        Ele passa o dia preso no terraço? Isso não é vida! Cachorro precisa de quintal e de passeios, viu?

        • Glaucilene disse:

          25 de julho de 2013 às 20:05

          Ele passa o dia inteiro solto e passeia na rua todos os dias, mais com relação ao frio vou descer e colocar ele pra dormir novamente com a gente, eu jamais compraria um cachorro ou bicho algum para maltratar, ele só se separou porque realmente a minha cirurgia foi muito séria e eu não poderia ter contato com ele, obrigada pela dica!

          • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

            26 de julho de 2013 às 10:37

            Glauci, não tem problema ele ficar pra fora, desde que tenha estrutura. É muito bom ver gente preocupada com o bem estar dos animais, pois ainda ontem fiquei sabendo de um pinscher aqui em Floripa que o BABACA do dono deixou morrer de frio e ainda saiu contando! Seguinte: não deixe teu chow fazer NADA agora que não poderá fazer depois de adulto. Se ele precisar acostumar a morar no quintal, que comece já, ok? Boa sorte!

    46. Raphael Basso disse:

      22 de julho de 2013 às 12:33

      Olá, comprei um chow chow fêmea de 2 meses, na verdade comprei por impulso e pra ficar de companhia pra minha outra cachorra, uma golden retriever ! Mas agora que li um pouco do comportamento dela me deixou preocupado, se eu colocar ela desde pequena pra conviver com a golden elas vao se dar bem? A golden tem 5 meses de vida… Por favor me tire essa dúvida.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        23 de julho de 2013 às 14:14

        Raphael, nunca é legal criar dois filhotes juntos, na verdade. Não tenho como afirmar que elas vão se dar bem, ninguém pode responder isto. É o mesmo que querer saber se dois irmãos vão se dar bem… O que posso dizer é que é melhor ter um casal do que dois cães do mesmo sexo, que é melhor ter cães de idades diferentes etc.

    47. Cristiane santana disse:

      2 de julho de 2013 às 21:02

      Tenho um show show de um ano e nove meses, ela é muito temperamental e ultimamente está agressiva, não deixa prendê-la e está desconfiada como se alguma coisa aconteceu, está assim comigo e com meu filho. Eu trato dela, limpo a orelha e dou remédio quando precisa mas estou pensando em dá-la pois pela primeira vez fiquei com receio de sua agressividade.
      O que poderia fazee?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        4 de julho de 2013 às 10:53

        Oi Cristiane,

        Creio que a resposta da educadora canina Emmanuelle para outra leitora serve para o seu caso:

        Em casos quem envolvam cães agressivos o acompanhamento de um profissional sempre será fundamental. Você não comenta a idade do seu cão, e este é um dado importante, mesmo assim, a castração é sempre indicada. Se não for para ajudar na questão comportamental (e apenas a castração não resulta, é necessário o manejo comportamental), pelo controle de natalidade.

        A agressividade sempre escala e generaliza. Vou dar um exemplo para explicar melhor:
        O seu cão quer defender algum recurso que ele julga importante para ele, um brinquedo. Ele descobre que se rosnar você ficará com medo e o deixará em paz. A partir daí ele descobre uma forma de como proteger os recursos que julga necessário e passa também a fazer em outra situações. O fato de “dar certo” faz com que ele se torne confiante e passe a agir com agressividade também em outras situações. Em algum momento você resolve pegar de fato o brinquedo ele rosna, mostra os dentes, e depois morde. Pronto! Agora além de rosnar ele já sabe que morder resolve ainda mais os conflitos que acontecem com ele e poderá passar a fazer isto também em outras situações.

        Permanecer preso por muitas horas e em uma corrente só vai deixá-lo ainda mais estressado e reativo. Se não há outra maneira de contê-lo durante as obras (prender dentro de casa em algum cômodo,por exemplo), terá que incluir na rotina diária dele passeios para ser estimulado físico e mentalmente. Não vale dar a volta na quadra, tem quer se de no mínimo 30 minutos cada.

        Usar de agressividade com o seu cão, como já aconteceu no passado, também pode tê-lo ensinado a reagir para você. Busque ajuda de um profissional que não utilize aversivos (enforcador, trancos, choque, punições físicas). Suprimir o comportamento agressivo dele apenas irá fazer com que ele vire uma “bomba relógio”. É preciso tratar o problema de fato e não suprimí-lo!

        Emmanuelle Moraes
        Sistema de Educação Canina

        (48) 9994-8603 (Florianópolis/SC)
        http://www.educadoracanina.com.br
        Facebook: Educadora Canina Emmanuelle Moraes

    48. monica disse:

      27 de junho de 2013 às 18:08

      Olá tenho 2 chow chow e não consigo acreditar no que falam em que os chows são cães agressivos e de temperamento difícil, os meu 2 são M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O-S são extremamente dóceis e amáveis com todos, inclusive crianças que até sobem neles puxam a juba e eles adoram… NUNCA sequer rosnaram pra ninguém, a não ser pessoa estranha que invade a casa. Já tive varias raças de cães, poodle,boxer,pinscher,cocker spaniel,mas NUNCA tive um cão que chegasse próximo do que é meus CHOWS eles são inteligentes, amáveis,extremamente limpos e muiiito companheiros… para mim é a melhor raça de cão que existe.

      • Camila disse:

        27 de julho de 2013 às 18:47

        Monica, muuito obrigada pela sua informação, tenho um filhote de apenas 2 meses e tenho escutado coisas horríveis sobre eles, em alguns momentos senti até medo e receio … Mas por outro lado jamais iria me desfazer dele assim pelo que PODE se tornar MAS NÃO É! Como você criou os seus?

        • Paulo Ricardo Venzon disse:

          10 de setembro de 2013 às 12:52

          O chao chao é o melhor companheiro do mundo,nunca tivemos cachorro,ai minha filha adolescente inventou de ter um escolheu o chao chao ,eu não conhecia,chegou em nossa casa com dois meses e meio, no primeiro dia isso foi a tarde, fez sua necessidades num cantinho junto ao muro e até hoje dois anos depois não muda de lugar,esse animalzinho,mudou a rotina de todos, somos um casal com dois filhos adolescentes,todos amam é muito dócil,elegante e uma verdadeira sombra,pois esta sempre ao nosso lado, o pelo da um pouco de trabalho,mas compensa a beleza e a elegância do seu andar,não tem quem veja e não fique impressionado com a beleza.
          Abraços aos amigos.

        • monica disse:

          4 de dezembro de 2013 às 15:57

          Desculpe só te responder agora. Como esta seu chow? é só voce cria-lo com muiiiiito carinho e amor,deixar ficar dentro de casa e nunca mau trata-lo, que vc terá o melhor cachorro que vc já teve, um companheiro fiel pra toda vida. abraço.

          • bete disse:

            11 de dezembro de 2013 às 22:41

            errado pois fiz e faço isso com o meu e do nada ele se tornou super agressivo não deixa limpar nem o olho dele dar um remedio pois tudo ele ataca hoje dia 11/12/2013 tentei colocar veneno de pulga nele e ele avançou na emtodo mundo nã se pode nem pentear ele. não tenho mais confiança nele tanto que ele dorme no quarto com a gente e
            eu tenho medo que ele nos ataque dormindo. no ultimo dia dos pais(agosto de 2013) ele
            atacou meu pai de 78 anos do nada que quase o matou. ele tem 4 anos e 5meses e de 1 ano e meio ele começou ficar agressivo e só vem piorando falei com varios veterinarios que falam que chow chow é assim mesmo e com mais idade eles pioram
            estou pensando seriamente em doar o meu instinto de sobrevivência antes ele do que eu ou um dos meus

            • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

              12 de dezembro de 2013 às 08:56

              Bete, seu cão pode ter vários motivos para estar agindo assim, até mesmo reação a excesso de vacina contra raiva (que poucos sabem, mas que em excesso pode provocar agressividade). Ele pode estar com dor por estar com alguma doença que vcs desconhecem, pode ser problema comportamental causado pelo tipo de manejo, blábláblá. Há vários motivos q podem estar causando essa agressividade. O interessante seria um checkup e a avaliação de um profissional em educação canina. Vcs moram onde?

            • Andresa disse:

              13 de janeiro de 2014 às 13:51

              Eu tbm tenho chow chow de 6 anos e como a Bete falou, ele de uns dois anos pra cá começou a ficar difícil de cuidar, ele é dócil mas, desconfiado. Não deixa colocar remédio pra pulgas e carrapatos ele está com feridinhas nas orelhas por causa de carrapatos e não deixa mexer, estou com medo pois comprei uma pomada e quando fui colocar ele me atacou, fui mais pra segurar meu braço mas, chegou a furar…não sei mais o que fazer com ele, fico triste de ver o meu cachorro assim mas, o que posso fazer? Tem algum remédio pra ele dormir pra poder mexer nele?

              Obrigada.

            • paulo cesar disse:

              1 de abril de 2014 às 20:07

              ola eu nao acredito que ele seja tao agressivo em atacar os donos esperimente passear com ele com uma coleira mas acorda tenque ser curta mostre a ele lugares bonitos so nao caminhe muito com eles pois chow chow cansam muito rapidos experimente fazer isso e tera um cao maravilhoso deixe outras pessoas se aproximar dele mas devagar voce vai ver a diferença quando pegar a coleira de passeio dele ele vai pular de alegria passear com seu cao e uma perapia otima ela nao vai mais ficar agressivo faça isso e me conte depois faça passeios diarios de uns 20 minutos durante uns quinze dias espero ter ajudado pois chow chow sao um amor de cachorro so que se eles acharem que manda no dono ai fica dificil

        • Nayara disse:

          28 de janeiro de 2014 às 18:11

          Tenho uma chow chow preta, e como a Monica eu não consigo acreditar quando falam que é um cachorro de comportamento agressivo.
          A minha é extremamente calma e carinhosa, as vzs gosta de ficar no canto dela mas sempre procura para lamber e dar um carinho. Tenho vários gatinhos em casa também e eles se dão muito bem, passam horas brincando.
          É uma raça que não me arrependo momento algum de ter, pois acho um cachorro maravilhoso.

      • ANDREIA BARBOSA SANTOS disse:

        6 de dezembro de 2013 às 00:12

        Tenho um chowchow o nome dele e panda elee danado mais so apronto pela minhas costas quando eu olho ele corre ,foi a melhor coisa da minha vida ele gosto de todos e super amoroso vai fazer 1 animho e ja quer namorar menina acho um maximo kkkkk

      • bete disse:

        11 de dezembro de 2013 às 22:30

        pois é pura verdADE ciei um chow chow desde um mes de idade com todo o carinho amor cuidados e mimo de um ano e meio pára ca ele não dixa a gonte nem colocar veneno de pulga nele pois ele ataca A GENTE DO NADA . nODIA DOS PAIS de 2013 agora ele mrdeu meu pai que quase o matou estou querendo me dsfzer dele pois não tenho mais confinça nele .. Ele dorme no quarto com a gente não fica no quintal só dentro de casa com a gente. eu tenho medo dele agora e São Francisco que me perdoe tenho até raiva e a sensação de qualquer hora dqo der a louca nele ele mate alguem dentro de casa

    49. Leilane disse:

      18 de junho de 2013 às 11:25

      Fernanda, eu vi seu comentário decidi responder pois já estou no meu 2° chow chow não é preciso fazer nada nas orelhinhas elas começam a ficar de pé sozinhas, apenas evite que as pessoas dobrem ou peguem na orelhinha do seu filhote que é para não correr o risco de quebrá-la!!!

    50. Fernanda disse:

      15 de junho de 2013 às 17:45

      oi gostaria de saber com quantos meses a orelhinha do chow chow fica em pé

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de junho de 2013 às 14:28

        Não tenho ideia, mas NÃO use talas etc., só fazem as orelhas caírem. Quer uma dica boa? Raspe as orelhas por dentro e por fora até que empinem de vez. Fica feio, mas funciona. O peso do pelo em volta pode fazer as orelhas caírem. Uma boa alimentação é fundamental também.

      • cristiane disse:

        6 de setembro de 2013 às 09:04

        Olá Fernada, geralmente apartir do 2° mês as orelhas já estam erguidas,mais isso é só para os da raça pura, se for misturados elas ficam caídas.

      • Letícia Soares disse:

        21 de dezembro de 2013 às 20:21

        Olá,tenho um chow chow macho chamado Ariel ,ele tem 1 mês e 23 dias ! Só que a lingua dele não está totalmente azul , só tem algumas pintinhas , com quantos meses a lingua fica toda azul?? E a orelha dele ainda tá caida, também queria saber com quantos meses ela começa a fica em pé??
        Ele é muito danado, morde todo mundo que chega e me morde também , já comprei ossinhos, bolinha ,pra ele brincar , ele brinca mais no mesmo instante vai e me morde … fico com medo pois tenho medo dele continuar assim .. crio ele com muito carinho .. tenho também uma pinscher eles se dão bem .. apesar dele perturbar ela toda hora e as vezes ela se estressa e morde ele .. então quero saber também se essa danaçãõ dele é normal ? Bjs e fica com Deus !!adoooro esse site

        • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

          25 de dezembro de 2013 às 18:09

          Letícia,
          NÃO SEI sobre línguas e afins porque este perfil é comportamental, não sobre as características físicas da raça, ok? Para essas dúvidas você deve procurar o criador, que na teoria seria um PROFUNDO CONHECEDOR E ESTUDIOSO DA RAÇA, só te vendendo um filhote realmente PURO e te dando TODA assistência antes, durante e depois da compra. Se não for o caso, sinto muito, você deu dinheiro e alimentou a destestável indústria da fábrica de filhotes. :(

          Sobre mordidas, leia o texto http://www.maedecachorro.com.br/?s=meu+filhote+s%C3%B3+quer+saber+de+morder&x=18&y=18 e seus comentários. Cães separados muito cedo da mãe e irmãos tendem a morder muito mais mesmo.

          A “danação” dele é normal, sim, querida. É um bebezinho, poxa! Estude sobre comportamento canino, respeite o temperamento da raça, NÃO MIME e sejam felizes! Beijo.

      • Danielly Ramos disse:

        14 de fevereiro de 2014 às 11:44

        OLA !!!QUERO ADOTAR UM CHAU CHAU FEMEA 5 ANOS O NOME DELA E NORY…MINHA CONHECIDA QUER ME DAR PRA MIM CUIDAR DELA ,,,PQ NAO TEM ESPAÇO ,E ELA DISSE QUE NAO ESTA COM MUITA CONTIÇOES FINANCEIRA ,,,,FIZ UMA VIZITA COM MINHAS CRIANÇAS TENHO UM 6 ANOS E UM11 ANOS,AAPARENTEMENTE ELA A CACHORRO GOSTOU DE NOS,,,MAS ESTOU PENSANDO,,,A NORY JA TEVE 2 CRIAS ..SERAR QUE PODE TER MAIS FILHOTES,,,ELA E MUITO LINDA A NORY ,,,MAS TANBEM TENHO UM PINCHE DE 3 ANOS ,,SERA QUE VAO SE DAR BEM,,,OBRIGADO

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados