• Receba os posts por e-mail:

    Giardíase a gente trata!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 8 de dezembro de 2010
    Medicamento homeopático para tratamento e prevenção da giardíase. 
    Graças ao post “Giárdia, giardíase… hein?” da amiga Bianca foi que me dei conta de que mesmo tendo uma super dica para o tratamento desse protozoário chatinho eu nunca havia postado especificamente sobre ele pra vocês! Que feio, dona Ana!
    Que bicho é esse?
    A giárdia é um protozoário presente no intestino da maioria dos cães – senão de todos. Por queda na imunidade ou mudança brusca na dieta, ela pode se proliferar e causar esse excesso de muco ou eliminação de gordura nas fezes. Solicite exames de fezes (chamados coproparasitológicos), de preferência com amostras de 3 dias consecutivos junto ao médico-veterinário para averiguar se há verminose ou institua a vermifugação para giardíase ou de amplo espectro. fonte: post Presença de Muco nas Fezes, do Cachorro Verde
    E que raio de bicho é um protozoário?
    Os protozoários são seres vivos unicelulares, eucariontes e desprovidos de clorofila. Podem viver como parasitas ou ter vida livre, habitando os mais variados tipos de ambiente. Como parasitas do homem e de outros seres vivos, podem causar muitas doenças e (…) foram classificados segundo o tipo e a presença ou não de elementos especiais de locomoção. Dessa forma, os protozoários são divididos em flagelados, rizópodes, ciliados e esporozoários. (…) O tripanossomo, a Leishmania e a giárdia são exemplos de flagelados parasitas (possuem flagelos, longos filamentos que usam para locomoção). (…) Provocada pela giárdia (Giardia lamblia), flagelado que parasita o intestino humano, a doença geralmente causa fortes diarréias, podendo levar o doente à desidratação. É transmitida através de água e alimentos contaminados pelo protozoário. (…) Para evitar essa doença é necessário ferver a água que se vai beber e lavar muito bem as verduras e frutas, além de cuidados higiênicos, como a lavagem de mãos, principalmente antes das refeições. fonte: Portal Brasil
    Bem… Faltou falar sobre a giardíase canina mais especificamente, certo? No texto Giardíase lá do Dog Times tem tudo bem explicadinho.
    Pois bem, baseada em experiências pessoais digo NÃO vacinem seus cães contra giárdia! Eles não só têm capacidade para lidar com a doença quando devidamente tratados como não há garantia alguma de que estarão protegidos contra ela ao serem vacinados.
    1) Sushi e Shoyo foram devidamente vacinados contra giárdia e tiveram a doença mesmo assim.
    2) Uma amiga tem 7 cães devidamente vacinados contra giárdia todo santo ano e vivia lutando com a doença, a ponto de instalar filtro nas mangueiras externas, ou seja, seus animais só bebem água filtrada. O caso ficou tão feio que o laboratório fabricante da vacina mandou veterinária na casa dela pra colher amostras da água, das fezes dos cães, de tudo! O próprio veterinário dela falou pra ela parar de usar a vacina (e pensem no quanto ele deixou de ganhar $ com isso e mesmo assim a incentivou). Eles pararam de ter crises quando ela parou de entupi-los de vermífugos toda hora!
    3) A vacina contra giárdia não só não é comprovadamente eficaz como é uma das vacinas NÃO recomendadas pela American Animal Hospital Association (ver post Um pouco mais sobre vacinas para cães e gatos e a polêmica das recentes mortes no Brasil) e outras instituições médico-veterinárias de renome internacional. Para provar o que digo, vejam a imagem abaixo.
    Clique para ampliar. fonte: AAHA Canine Vaccine Guidelines Revised
    Para concluir, minha dica na luta contra a giardíase canina é o uso do medicamento homeopático Diproto Zoo, do laboratório Arenales. O descobri por recomendação em consulta com a Carmen Cocca, veterinária homeopata e pessoa do bem e depois dele a giárdia virou só uma doencinha de nada que um dia eu tratei com sucesso ;-D

    Lembrando: NÃO usem nenhum medicamento sem orientação médico-veterinária! Tudo que cito aqui no blog serve de referência para que os leitores conversem com veterinários de confiança. NÃO façam “consultas” com balconistas, vendedores ou qualquer outra pessoa que não esteja inscrita no CRMV de seu Estado como um médico veterinário formado.
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    106 Comentários:

    1. Karina disse:

      14 de janeiro de 2014 às 00:43

      Oi Ana, boa noite!
      Estou com um filhote de labrador de 90 dias. Ela veio de um criador super conceituado, pesquisamos muito, mas para nossa ingrata surpresa chegou com tosse dos canís, otite, e giardia.
      O vet deu Endogard por 4 dias não adiantou, depois passamos para Giargicid e fizemos mais 10 dias e nada.
      Ela come muita besteira (raizes, grama, galhos, flores)ficamos de olho mas as vzs eh tarde demais e vc sabe como é o labrador…
      Porque não temos um bom resultado na cura da Giardia ?(já fizemos dois exams defezes e abos deram Giardia uma cruz). Ela continua tomando amoxilina para a tosse dos canis, acha q o coco mole dela pode ser disso? Ela faz por volta de 3 a 4 cocos por dia tipo “mousse” sem sangue, não é um coco normal, mas tb não é uma diarréia água.
      Estou enlouquecendo de preocupação, amo meus bichos e essa giardia me tir o sono…
      Chegamos a fazer até exame de amilase + lipase e tripsina fecal achando que podia ser pâncreas.
      Obrigada!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        15 de janeiro de 2014 às 18:12

        Oi Karina,
        ai, ai, querida… por que será que não acho surpresa nenhuma? Te digo: porque criadores de verdade são RARÍSSIMOS. Tão raros que mais vale adotar do que comprar…

        Sobre a giárdia, cada organismo responde de uma maneira e a imunidade dele, com tanta doença e em fase de vacinação, com certeza está PÉSSIMA.
        Para aumentar a imunidade sempre que precisares, sugiro a leitura do texto http://www.maedecachorro.com.br/2011/02/sarna-demodecica-dicas-naturais-para-vencer-a-doenca.html E DOS COMENTÁRIOS. Bote as dicas em prática e terás outro filhote!

        As fezes moles podem ser muita coisa, inclusive verme da pulga, muito confundido com giardíase, sabia? Repare se há algo parecido com grãos de arroz no cocô dele.

        E o tratamento da otite? Otite é casca, lê isso: http://www.maedecachorro.com.br/2012/05/otite-em-ces-e-gatos-a-importncia-de-um-diagnstico-correto.html

        Eu usaria o DiprotoZoo por 6 meses. Bj

        • Karina Dohme disse:

          15 de janeiro de 2014 às 18:46

          Oi Ana, vc é uma fofa! Super acompanho se blog e por isso mesmo ela já esta há dois dias tomando o DiprotoZoo, pela sua sugestação aqui no blog tratei logo de ir atrás…
          Quanto ao criador, DE CHORAR, vc liga pro cara dois dias depois que o cachorro está com vc (menos de 48 hrs) relata tudo que está acontecendo e foi diagnosticado e ouve ” Tá insatisfeita? Devolve o filhote q devolvo seu dinheiro” OI ????? Não comprei uma televisão ou liquidificador, comprei um ser vivo que eu já amo e está sob minha responsabilidade!
          Pra agravar mais a situação, liguei para a veterinária que assinou a carteira de vacinação dela e descobri q ela só viu nossa filhote UMA vez com poucos dias e não foi ela quem fez as vacinas dela. Isso é criador sério???
          Eu estou indignada e afim de botar a boca no mundo porque isso não pode continuar assim, se as pessoas não forem alertadas continuarão a comprar desse canil que se diz criador por não saberem as reais praticas com esses animais.
          Vc que é uma mãe de cachorro nata sabe onde posso denunciar e relatar minhas experências? (Sites de animais, Blogs, etc…)
          Mais uma vez obrigada e vamos na Fé que o DirpotoZoo vai me ajudar!
          Bjs e parabéns pelo seu trabalho.

          • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

            15 de janeiro de 2014 às 18:57

            Oi Karina,

            Eu procuraria um advogado e processaria, na boa.
            Pra soltar a boca no trombone, nada como as redes sociais. O alcance é imenso, mas prepare-se para as críticas sobre a compra. Paciência, faz parte, agora você aprendeu. Siga adiante e ajude outras pessoas a não alimentarem este comércio de vidas. Viu como tratam os bichos como COISAS?

            Beijo e volte sempre =D

    2. SIMONE HOFF disse:

      17 de janeiro de 2014 às 10:40

      BOM DIA,GOSTARIA SE SABER O QUE POSSO FAZER PARA CURAR MINHA CADELA DE GIARDIA,ELA TEM 4 ANOS E PESA EM TORNO DE 3K,JÁ DE O GIARDICID COMPRIMIDOS,E O ÚLTIMO TRATAMENTO QUE FIZ FOI COM GIARDICID SOLUÇÃO EM QUE DEI POR 5 DIAS CORRIDOS,A POUCOS DIAS LEVEI ELA AO VETERINÁRIO E O MESMO PEDIU QE EU FIZESSE A VACINA CONTRA GIARDIA,NÃO SEI O QUE FAZER POR FAVOR ME DE UMA OPINIÃO.

    3. Loren Bezerra disse:

      18 de janeiro de 2014 às 20:08

      Ola Ana,

      Tenho acompanhado seu blog a algum tempo e por conta disso já estou no segundo vidrinho de diproto zoo. Estamos com o Johnny a 3 meses, desde então com giardia. Já demos de tudo, de antibióticos a vermífugos e nada. Ele Fez o exame que constatou giardia sp. Hoje, com 5 meses não sei mais o que fazer, toma medicamentos por um tempo e melhora, mas é só parar que volta às fezes com sangue. Estou desesperada!!! Demora em média quanto tempo o efeito do diproto?

      Muito obrigada pela atenção.

      Loren

    4. roberta catelano nnovaes disse:

      5 de fevereiro de 2014 às 11:33

      ol´´a estou tão preocupada … tenho uma pincher e a 6 meses foi confirmado a geardease … comprei ela e sempre vi que o coco dela não era normal ração boa … sempre a melhor e nada de melhorar …. até que um dia ela ficou muito ruim levei ao vet e falou que era geardease passou a tomar panacur diaramente
      toma espero 15 dias repito novamente …úlima crise dela ficou internada com vomitos e sem comer achei que ia perde la … agora de novo com a crise … até casatrei pr não cair muito a imunidade dela mas nada de melhorar o que faço posso dar diproto zoo

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        5 de fevereiro de 2014 às 16:01

        Roberta, leia o texto e os comentários com atenção. O DiprotoZoo é para tratar, pode dar sim, mas faça por 6 meses o tratamento.

    5. Hilda disse:

      26 de fevereiro de 2014 às 11:29

      Adotei uma cachorra srd que depois de 10 dias em casa começou a defecar puro sangue
      me assustei pois sempre tive cachorros e nunca passei por isso. O coco dela parecia figado cru e muito coco. Foi difícil diagnosticar dei giardicid que foi o que 2 vet me indicaram então decidi leva-la na USP la eles fizeram exame de sangue e fezes que foi diagnosticado giardiase foi receitado flagyl 400 1/2 comprimido de 12 em 12 horas
      por 15 dias. mas acada dois meses ela voltava a ter novamente.
      Então mudei de vet e este me mandou fazer o mesmo tratamento por 10 dias parar 7 e dar por mais 10.
      Depois de 1 mês ela a vacinou contra giardiase e de pois disso ela não teve mais.
      Sofri muito pois demorou um ano para ela melhorar. Foi quando adotei outro cachorra que pegou dela pois depois dela estar em casa 7 dias a primeira teve novamente fiz um longo tratamento com flagyl 400 e vacinei as duas. Não tiveram mais o problema.

      Mas tenho uma pintcher que começou a ter o problema que nunca teve pois ela já tinha 10 anos comigo, foi só ela ter contato com a primeira que adotei que começou a ter giardiase também. Levei ela na USP e receitaram Flag pediátrico 0,1ml de 12 em 12 h devido ao seu peso 2,5 kg ela não pode tomar o comprimido pois é muito forte.
      como as duas que adotei ficam no quintal e já foram vacinadas não tiveram mais o problema.
      Mas como minha peque já é idosa ela ainda não tomou a vacina pois no mesmo tempo que dei a vacina para as outras ela estava com câncer e foi operada o médico achou melhor esperar.
      Mês passado ganhei de uma amiga duas filhotes que pegaram giardiase da minha pintcher e infelizmente faleceram depois de 3 dias com diarreia fiquei muito triste e agora como posso fazer para que não passe para outro animal quando for adotado.

      Sera que isso não vai passar é horrível perder dois filhotes com 2 meses..
      Elas tinham vermes e depois pegaram giardiase pois bebiam a agua no pote da pintcher
      como posso fazer para me livrar desse inconveniente…
      me ajuda…

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        27 de fevereiro de 2014 às 15:55

        Hilda,

        giardíase é causada por um protozoário e não tem cura, tem controle. A vacina não funciona e é NÃO recomendada por associações médico veterinárias dos EUA e Europa, inclusive. Inclusive o correto é só vacinar animais que NÃO tiveram a doença, pq depois de terem, não adianta. O que aconteceu foi que as outras não tiveram mais crises, só isso. LEia o texto e os comentários, vais entender. Eu uso do DiprotoZoo para controlar a giardíase nos meus cães. Adotei a Java e ela tem essa chatice. O Shoyo era vacinado contra giardíase (na época eu não tinha estudado tudo que sei hoje) e mesmo assim pegou depois de velho. Hoje os dois estão fazendo tratamento de 6 meses de DiprotoZoo. Abraço.

        • Hilda disse:

          28 de fevereiro de 2014 às 20:30

          Obrigada Ana Corina pela atenção.
          Eu contei para você as minhas cachorras tem giárdias e que quando ganhei da minha
          amiga duas lhasa com poodle elas infelizmente não resistiram.Será que eram muito pequenas ( pesavam 1,400 kg) cada uma.
          Minha amiga me falou que quando a cachorrinha dela der cria novamente ela vai me dar
          filhotinhos novamente. Você poderia me orientar?
          Como eu posso fazer para as bebezinhas não peguem ou se pegar como eu trato?
          Pois com a experiencia que eu tive não quero mais ter.
          Elas ficaram internadas 4 dias e morrem o vet. não soube tratar falou que elas eram muito fraquinhas.O que você sugere para esse caso.
          Obs. as que eu te falei que foram vacinadas são uma coker 15 k e uma dálmata 28 k.
          Acho suas respostas muito sensatas Obrigada desde já.

          • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

            19 de março de 2014 às 05:51

            Hilda,
            primeiro: bom era a sua amiga castrar a cadela dela e parar de botar bichinho neste mundo onde eles já estão mais do que sobrando e sofrendo tanto, né querida? Fala com ela!
            Giárdia é uma praga, infecta o ambiente, os outros animais, é uma chatice mesmo. Por que não adotas um cão adulto e com imunidade melhor?
            Sobre tratamento, leia o texto com atenção e os outros comentários, por favor. Meu Shoyo também era vacinado (na época eu não sabia tudo o que sei) e mesmo assim pegou da Java.

    6. Ana Luiza disse:

      1 de abril de 2014 às 10:20

      Bom dia, minha cachorra vai fazer dois meses e hà 1 semana a barriguinha dela cresceu exageradamente, ela esta vermifugada e vacinada corretamente, me disseram que poderia ser ascite. Liguei para veterinária e ela recomendou que eu comprasse um vermífugo para combater giragia, qual me indicaria? E a 3 dias ela não consegue evacuar direito. Mais esta se alimentado normalmente!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        1 de abril de 2014 às 11:38

        Oi Ana Luiza, olha, o bom MESMO seria fazer um exame de sangue. E a veterinária JAMAIS deveria responder algo assim sem ver o animal, ainda mais pq ela não está evacuando direito. Se fosse giárdia, ela estaria com diarreia. PELAMOR, já mude de veterinária e, se for o caso, faça até mesmo um ultrassom, pois pode ser muita coisa, ela pode até ter comido algum recheio de caminha, de brinquedo etc. Uma vez uma protetora muito amiga minha cuidou de um caso assim e bastou a cadela passar para uma dieta com mais proteína e menos carboidrato (ou seja, nada de ração), mas não lembro exatamente qual era o diagnóstico, só lembro dessa questão dela ter desinchado pq passou a comer proteína e o caso passou por veterinário, não foi automedicação da protetora. Por favor, querida, mude de veterinário e faça um exame de fezes bastante completo antes de sair dando remédio pra ela na tentativa e erro.

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados