• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Guia de raças no Mãe de Cachorro: Beagle

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 15 de setembro de 2010

     

    Beagle: Adotar, ou não?

    Fui obrigada a pesquisar um pouco o blog para fazer este post, porque conforme eu traduzia a raça de hoje, lembrava de posts mostrando o quão fujões Beagles podem ser… Abaixo, três exemplos:

    –> Quer conhecer o verdadeiro temperamento de outras raças disponíveis para adoção? Confira o Guia de Raças Mãe de Cachorro clicando aqui.
    Raça de hoje: Beagle: o pequeno que precisa de muito exercício.
    Texto: Michele Welton – Tradução: Ana Corina – Todos os direitos reservados. A reprodução é expressamente proibida.
    Temperamento – O que é bom e o que é ruim sobre eles
    Os Beaglês têm um tamanho conveniente, são bonitos e fáceis de tratar. São amigáveis com pessoas, pacíficos com outros pets e com sua expressão simpática é perfeitamente natural que muitas pessoas os considerem como um cão de estimação em potencial.
    Entretanto, os Beagles foram desenvolvidos para ser cães de caça e têm muitos instintos de caçadores profundamente arraigados em seus genes. Eles precisam de muito mais exercício do que a maioria das pessoas dá a eles, é por isso que você vê tantos Beagles acima do peso ideal e sofrendo com problemas de saúde. Embora eles sejam geralmente mantidos em apartamentos e condomínios, eles não deveriam ser! Beagles precisam de longas e frequentes caminhadas e de um quintal cercado onde eles possam esticar as pernas soltos. Sim, quintais cercados, porque Beagles são exploradores e perseguidores que seguirão seus faros onde quer que os fascinantes cheiros e visões os levem. E desde que os Beagles são dotados de uma surdez seletiva, raramente voltam quando você os chama.
    Além do mais, você não pode deixá-los sozinhos fora de casa sem supervisão porque os Beagles são inclinados a correr o mundo e podem escalar e cavar, o que for preciso!, para fugir. Beagles também não podem ser deixados para fora de casa porque se entediam e quando isto acontece, tendem a ouvir, ganir e cavar buracos.
    A forte teimosia e capacidade de distração dos Beagles requer um treino de obediência consistente e iniciado cedo. Use petiscos como recompensa para motivá-lo, mas exagere, ou você acabará com um Beagle obeso e doente, como mencionado antes. Um Beagle vez ou outra é encontrado com a cabeça enterrada no lixeiro e ele roubará todo contente qualquer pedacinho de comida que você tenha deixado dentro dele!

    Se você quer um cão que…

    • Tenha um tamanho conveniente e seja forte e atlético
    • Seja completamente natural na aparência
    • Tenha uma pelagem curta e fácil de cuidar
    • Ame fazer exercícios, brincar e fazer atividades externas
    • Tenha bom temperamento e seja pacífico com todo mundo
    Um Beagle pode ser bom para você.

    Se você não quer…

    • Providenciar uma grande quantidade de exercício físico, não apenas umas voltinhas ao redor do quarteirão
    • Ligar com destruição por tédio ou falta de exercício físico
    • Uma atitude independente do tipo “O que ganho com isso?” e que ainda pode virar teimosia
    • Manter seu cão solto em uma área segura e cercada e sair com ele sempre na guia
    • Ter que controlar uivos e latidos graves
    • Um cão que demora para aprender a usar o banheiro
    • Troca de pelo de moderada a forte
    • Cheiro forte de cachorro
    • Lidar com problemas de saúde que muitas vezes são específicos da raça
    Um Beagle pode NÃO ser bom para você.
     
    Se você está pensando em adotar um Beagle… Considere as questões abaixo seriamente.
    Temperamento instável. Educadores caninos e adestradores lidam com vários Beagles que são agressivos, medrosos ou neuróticos. Se você está considerando adotar um filhote de Beagle, precisa observar cuidadosamente seu temperamento. E se ele for adulto, seria bom que fizesse testes de temperamento com a ajuda de um educador canino/adestrador (a menos que você queira adotar um cão com temperamento instável de propósito, justamente para o reabilitar e ajudar).
    Oferecer exercício físico suficiente. Beagles não precisam correr por quilômetros, mas precisam de muito mais exercício do que a típica saidinha que a maioria dos tutores oferece a seus cães. Beagles que não fazem exercício suficiente tornam-se entediados, destrutivos, barulhentos e também obesos, o que põe pressão nas suas juntas e causa mais problemas de saúde. Beagles precisam ter oportunidades regulares para esticar as pernas e gastar energia, se você quer que eles sejam saudáveis e magros.
    Beagles são caçadores que usam o faro (há vários tipos de cães caçadores), o que significa que seguirão o que seus focinhos mandem. Você não pode confiar em deixar estes cães soltos porque eles sairão em disparada, surdos a seus chamados, atrás de qualquer coisa que emita cheiro ou corra.
    Segurança cercada. Muitos Beagles são artistas na arte de escapar e fugirão por cima ou por baixo das cercas em busca de aventuras. Você vai precisar de cercas muito maiores do que imagina baseado no tamanho pequeno deste cão. Beagles podem escalar correntes. Você também precisará enterrar ferros abaixo da terra abaixo do muro ou da cerca para evitar que escapem cavando. Cadeados, fechaduras e trancas devem ser da melhor qualidade e alguns Beagles podem abrir trincos!
    Teimosia. Beagles são pensadores independentes que não necessariamente estão preocupados em agradar você. Muitos são teimosos e podem ser manipuladores. Você precisa mostrar a eles atráves da mais absoluta consistência que realmente quer dizer aquilo que está pedindo. Comida é um grande motivador para os Bealges, mas se você exagerar nos petiscos e não oferecer exercício para queimar as calorias extras, terminará com um Beagle obeso e doente.
    Uso do banheiro. Espere pelo menos de 4 a 6 meses de treinamento com caixas de transporte para que ele aprenda a urinar/defecar no lugar que você escolheu como banheiro.
    Barulho. Beagles nunca deveriam ser deixados sozinhos pra fora de casa sem supervisão. Seu latido grave alcança longas distâncias e seus uivos e latidos farão com que seus vizinhos chamem a polícia para reclamar, ou então darão um jeito de soltá-lo para que fuja. [Isso porque a autora não mora no Brasil, ou com certeza acrescentaria “ou o envenenarão”!]
    Queda de pelo e cheiro de cachorro. Para uma cão com pelo tão curto, Beagles soltam mais pelo do que você imagina e têm um cheiro de cachorro característico.
    Problemas de saúde. Beagles sofrem de uma longa lista de problemas oftalmológicos, bem como de problemas de pele, de infecções nos ouvidos, de hipotireoidismo, de epilepsia, de problemas no coração e mais.
    Adote um Beagle adulto!
    Quando você adota um filhote, você está adquirindo potencial do que ele um dia pode se tornar.  Mas quando você adota um cão adulto, você está adquirindo o que ele já é e pode decidir se é o melhor cão para você baseado em sua rotina e realidade. Há vários Beagles adultos que já provaram não ter as características negativas típicas da raça. Se você encontrar um cão assim, não deixe que elas preocupem você. Fique feliz que você encontrou um indivíduo atípico e aproveite!
    Salve uma vida. Adote um cão.

    *Lembrando: Estou traduzindo as descrições de temperamento das raças (que já vi disponíveis para adoção) apresentadas pela autora norte-americana Michele Welton, que obviamente leva em conta que a maior parte de seus leitores mora nos EUA e sempre tendo em mente cães dentro do padrão comportamental de cada raça. Não adianta um cão ter “cara” de uma raça, isso nem é tão difícil, um cão realmente “de raça definida” tem, mais do que qualquer outra coisa, a personalidade, o comportamento e os instintos da raça a que pertence.
    Sobre a autora: Michele Welton tem mais de 35 anos de experiência como educadora canina e tem mais de 17 livros publicados, sendo 15 deles sobre cães.

    Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Categoria: Adoção, Guia de Raças
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    23 Comentários:

    1. Helio disse:

      28 de Março de 2013 às 11:13

      Acho que existem os que fedem e os que não fedem. O meu fede e é muito bem cuidado. Acho que vai na sorte.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        28 de Março de 2013 às 20:47

        Oi Hélio, com certeza cada indivíduo tem mais ou menos cheiro, mas em geral existem as características da raça que são comuns a todos. Tente alimentação natural (www.cachorroverde.com.br) e com certeza terás enorme diferença no cheiro dele.

    2. Sasha Morbeck disse:

      27 de Março de 2013 às 10:20

      Ola Ana , Bem eu Ganhei Um Beagle , ele hoje esta com 48 dias de vida , ele é um amor , seu Nome é ”Charlie” , Mais ele Começou daqui pra cá de ficar Mordendo Quando quer Brincar ,e Machuca , pois os dentes dele esta crescendo , ele é de Pedigree tem ater sua identidade , ele é um Beagle Tricolor, Estou Lendo Muintas Coisas Dizendo que o Beagle é um cachorro Horrível , gostaria de saber se é verdade , e com quantos meses , ele começa a obedecer? ,Pelo Menos Já o encinei a Fazer Xixi no Jornal , Mais o coco estou com um pouco de trabalho ,Gostei Do site e gostaria de algumas dicas , Obrigada , Bjs !

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        28 de Março de 2013 às 21:32

        Oi Sasha, PELAMORDEDIOSSS, teu cachorro é quase um feto, hehe! É SUPER normal que morda etc. Ainda mais que foi retirado da mãe e irmãos MUITO cedo, ANTES DA IDADE IDEAL, que são 12 semanas! As pessoas querem se livrar dos filhotes e repassam muito cedo, só que eles aprendem DEMAIS nessa fase em família, inclusive a não morder com força. Beagle NÃO é um cachorro terrível, o que acontece é que é um cachorro de TRABALHO, não um pet! Ele precisa demais de exercício físico e de estímulos mentais. Vc leu o texto? Sobre a questão das mordidas, por favor leia>http://www.maedecachorro.com.br/2012/08/dvida-do-leitor-meu-filhote-s-quer-saber-de-morder-e-agora.html

        Leia também a Série Filhotes, ok? http://www.maedecachorro.com.br/2010/08/serie-filhotes-no-mae-de-cachorro-%E2%80%93-indice-dos-posts.html

      • Flávia merluzzi disse:

        23 de agosto de 2013 às 16:43

        Oi! Tenho um beagle de 2 anos, comprei depois de ver um reportagem em uma revista sobre folhotes e me pareceu o ideal para minha filha, no começo eles querem brincar de morder mas aperte a lingua dele que logo, logo ele ira parar, é um excelente cachorro, minha filha faz ele de gato de tanto que aperta e ele deixa… super carinhoso, amigo e outra qualidade que nenhum cachorro que começo tem, o meu não late, pode ver cachorro, gente, parece que nem tenho um cachorro em casa, agora sobre os pelos não tem jeito caiu muito….

    3. Bruna disse:

      12 de Março de 2013 às 16:59

      Estava lendo o post sobre o crate, você acha que ter um ajudará na disciplina de um beagle?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        13 de Março de 2013 às 16:21

        Bruna, beagle é cão de TRABALHO, não um pet. Ele PRECISA de exercício físico, de muitas saídas à rua, de muita corrida. Crate pode ajudar, mas o que acalma um beagle é dar TRABALHO a ele. Sou contra, sinceramente.

    4. Bruna disse:

      11 de Março de 2013 às 16:40

      Olá! Adorei o texto! Penso seriamente em ter uma beagle! porém moro em apartamento e sei que vou ter que me esforçar MUITO para deixa-la feliz! Gostaria de saber se você sabe se essa raça se dá bem com outros cães, porque meu namorado tem uma labrador de cinco anos que é uma princesa, um doce de cão e pretendo deixa-las juntas quando for trabalhar, porque ai pelo menos ela terá um quintal e uma companhia! o que você acha?
      Já me sugeriram deixá-la numa creche também, o que você pensa sobre isso? Muito obrigada! Bruna

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        11 de Março de 2013 às 22:43

        Não acho Beagle uma boa para ser pet… Mas ele se dá bem com outros cães sim, é só lembrar que ele é um cão de trabalho que é usado pra farejar com vários outros juntos. Creche é sempre uma boa.

    5. Rosicler Terezinha Matucheski disse:

      29 de agosto de 2012 às 16:31

      Oi acabei de ir ver uns Beagle eles são uma graça daqui 30 dias terei uma linda cachorria ,estou muito feliz com ela ,mas, fiquei preocupada com a queda de pelos, gostaria de saber quantas vezes devo escova-lá.AH eu adorei os comentários e o texto sobre o cão ajudou me muito a respeito da raça.Espero ser uma boa mãe para ela…e com a ajuda de vocês é claro, até!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        29 de agosto de 2012 às 18:03

        Rosicler, considere SERIAMENTE a questão da queda de pelos. Alimentação natural ajuda muito neste sentido (leia http://www.cachorroverde.com.br), mas além disso e de escovar diariamente não há muito o que você possa fazer. Espero que não mores em apartamento, NÃO é um cão para ficar parado. Ele é um cão de trabalho.

    6. Camila disse:

      8 de julho de 2012 às 10:44

      Olá!

      Tenho uma beagle chamada, Sol a dois anos!
      Ela é um cachorro maravilhoso, não morde ninguém é carinhosa e meiga, com banhos de 15 em 15 dias consigo controlar muito bem seus cheirinho, que para mim não é forte! Nos mudamos a pouco tempo para um apartamento, ela sentiu muito a falta do pátio, mas estou conseguindo lidar com caminhadas duas vezes ao dia, cada uma com 30 minutos em média, isso é bom pq me ajuda a fazer atividade física, depois que tive a SOL emagreci 12 KG! O ÚNICO GRANDE PROBLEMA DELA É A QUEDA DE PÊLOS, JÁ TENTEI DE TUDO MAS TENHO QUE VARRER EM MÉDIA 3 VEZES AO DIA, TIRANDO UMA SACOLA PLÁSTICA CHEIA DE PÊLOS, JÁ TOMOU ÔMEGA 3 E 6, FAÇO ESCOVAÇAO E NADA RESOLVE! Alguma dica?

    7. thais disse:

      19 de Maio de 2012 às 20:44

      Oi eu sou a thais uma menina que quer muito um cachorro. E essa beagle vc esta doando

    8. Gisele Tanjoni disse:

      23 de Janeiro de 2012 às 19:22

      Bom,eu tenho um Beagle que já está com 7 aninhos e só tenho elogios a fazer: Ele é super meigo, amigo, carinhoso, obediente. E guloso, como todo e qualquer cachorro, mas se contenta com um mini petisquinho e fica todo contente. Foi extremamente fácil educá-lo quanto às suas necessidades fisiológicas, nunca deu nenhum trabalho quanto a isso.O único inconveniente é a queda de pêlos, que conseguimos minimizar com escovação quase diária.Mas meu Beagle não tem nenhum cheiro ruim, pelo contrário, ele se mantém cheiroso dias após o banho.Porém é preciso dar banhos frequentes com shampoo de boa qualidade, mas isso vale para qualquer raça, não é regra apenas para Beagles.Para quem pretende comprar ou adotar um Beagle eu digo: O Beagle é um cachorro pra ser tratado como cachorro.Ele não é um bibelô!Tenha disciplina,mas o trate sempre com muito respeito e carinho.O Beagle tem muito interesse em aprender.Estimule-o sempre. Faça muito cafuné e passeie bastante.O Beagle tem tudo pra ser o melhor cão do mundo!Pelo menos o meu Beagle é o melhor cão do mundo!

    9. Dri disse:

      31 de dezembro de 2011 às 16:30

      A minha Nina é uma tristeza ela me olha com aquele olhinho que tem um significado de dó,pelo amor de Deus e eu fico com o coração mole.Mas achei o texto bem real é tudo isso e um pouquinho mais,a minha nina não gosta que fico abraçando pegando ,mas quando quer que eu mexo na barriga se joga na minha frente faz cara de pelo amor de deus mamãe e ai já viu né ?paro tudoooooooooooo bjs ameiiiii

    10. Ana Paula disse:

      16 de setembro de 2010 às 12:39

      estou esperando chegar logo o boxer… =)

      beijooo

    11. Fúlvia e Suzie disse:

      16 de setembro de 2010 às 11:38

      Oi Ana!

      Ah, sim, eu entendo a realidade diferente da autora do texto, sei que não é vc =) Mas quis mesmo expressar o que penso. Sei de muita gente q tem cachorro em casa com quintal e não passeia com ele pq "não precisa". E quem tem cachorro em apto sai 2x ao dia por 5 minutos cada uma, se MUITO só p/ fazer xixi e coco pq não podem perder tempo com isso… Mas podem perder tempo lendo porcaria na interne, vendo novela… risos.

      Vc vê só? 2h de caminhada (quando não chove e é dia de semana). Fins de semana ela fica acabada =p

      Beijão!

    12. Ana Corina disse:

      16 de setembro de 2010 às 02:04

      Gente,

      1)Em nenhum momento a autora do texto manda deixar os Beagles morando na rua, inclusive ela diz que eles não devem ser deixados no quintal sem supervisão!

      2)Ela apenas diz que eles precisam de muito mais exercício do que a maioria das pessoas que mora em apartamento dá a eles.

      3)Nem todo cão apresenta todas as qualidades e defeitos da raça.

      4)Meus yorkies só fediam quando comiam ração, principalmente porque tinham tártaro.

      5)Levem em conta que a autora é norte-americana e que lá os hábitos são diferentes dos nossos.

      6)Lógico que ter quintal grande não é sinônimo de ter cachorro no peso ideal. Tirando um ou outro que corre e se exercita sozinho, a maioria precisa de interação (humana ou animal) para gastar mais calorias brincando, correndo, caminhando.

      Fú, parabéns, duas horas de caminhada por dia com a Suzie? Uau!

      Beijo pra todas!

    13. Kamylla… disse:

      15 de setembro de 2010 às 18:13

      já comentei aqui no blog que adorei aquela descrição do Basset Hound,e hoje eu também amei…já que as duas raças são as minhas favoritas,e quero em breve ter um de cada raça…amei…bjkixxxxxxxxxxxxxxxxx

    14. Anonymous disse:

      15 de setembro de 2010 às 17:03

      Olá…adorei o texto mas em algumas partes…eles tem tendencia a engordar…beagle magro com costela aparecendo não existe (a não ser mestiço) eles não fedem (aminha vive cheirosa (a não ser que vc largue no quintal)…cachorro que eu conheço que fede é o york por causa da baba que cai no pelo (tem gente que não vai gostar disso como não gostei do comentário tbm…a minha não é tão dócil como diz ai no texto nem com pessoas e nem com cachorro….agora falar que não pode ter dentro de casa mentira..a minha fica e é super saudável (tem gente que tem labrador ou raças grandes até mais de 1 no apto).
      Mas como qualquer outra raça para você adotar ou comprar um cachorrinho pense muito bem antes, e pense que filhote dá muito trabalho e que ele irá ficar velhinho como sua vó (desculpe mas cachorro é membro da família)se você tiver coragem de colocar seu companheiro de longa data na rua por estar idoso coloque sua mãe ou vó também…pq pessoas tbm dá trabalho quando fica velhinho…ou qdo filhote é igual uma criança…vai colocando na boca tudo que vê pela frente.

    15. Fúlvia e Suzie disse:

      15 de setembro de 2010 às 14:49

      Verdade, Ana, o que mais vejo nas ruas são Beagles obesos (tá, sem falar nos incontáveis Labradores, Teckels, Poodles, Cockers, Virinhas etc etc etc).

      Só sendo um tiquinho chata, tudo bem? Acredito que não é só porque um Beagle more em apto que ele se torne obeso, como a maioria das pessoas acredita. Se fosse assim, cães que vivem em casas com grandes quintais seriam sempre magros (os Labradores do bairro que me perdoem mas são todos Labragordos – e 99% mora em casas com quintal – um deles tem cerca de 200m2 de quintal e tá suuuuper obeso). Mesmo com quintal, os cães precisam de exercício e de estímulo pra tanto. Não basta abrir a porta do quintal e imaginar que ele vá correr, andar… ele vai é deitar e tomar sol =p

      Suzie tem uma rotina de caminhada de 2h diárias (ou mais, dependendo do dia), fora brincadeiras e treininhos. Se mantém no peso. Mas tem gente que acha que eu judio dela, pq ela faz exercício demais, que ela pode morrer assim e que dou comida de menos, afinal, mesmo sendo Whippet, ela deveria ser mais gordinha… pra essas pessoas, apenas dou um sorriso amarelo e vou-me embora.

      Mas estou adorando suas séries! Continue assim, com esse seu lindo trabalho! Os animais agradecem.

      Beijos,

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados