• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Placa de identificação: não é frescura, é necessidade!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 18 de Fevereiro de 2010
    Estou simplesmente apavorada com a quantidade de animais desaparecidos ultimamente. São casos e mais casos de cães e gatos sumidos, mas em sua maioria tenho recebido notícias de cães que fugiram de suas casas.

    Em comum quase todos têm duas coisas: não são castrados e nem estão devidamente identificados, o que torna menores suas chances de voltar pra casa.

    Então, gente, dois apelos (e farei a coluna no jornal de amanhã sobre isto, porque está demais):

    • Castrem seus animais para, entre outras coisas, evitar fugas &
    • Identifiquem seus peludos. Vale tudo: coleira com mais de uma placa de identificação (uma pode cair, daí ao menos tem outra), microchip, mais de uma coleira se for o caso!

    Aqui em casa o Shoyo tem dois identificadores. Um deles é pequeno, tem um cãozinho na frente o o verso diz “Cão doente” e dá dois números de telefone. O outro, maior, diz “Tenho chip, me leve ao veterinário” e no verso botei “Recompen$a – Ligue a cobrar” e quatro números de telefone, dois fixos e dois móveis.

    Na placa da Tita, a minha ‘irmã’, botei até mais coisa porque a placa dela é maior, então escrevi “Me devolva e ganhe dinheiro!” e no verso o mesmo texto do identificador do Shoyo. Acho desnecessário botar o nome do animal, o importante é botar tudo que possa ajudar em sua devolução. O tal “Cão doente” é papo meu, mas acho que pode sensibilizar, fora que quem vai querer cachorro doente? Outra frase que pode ser interessante, até mesmo para evitar roubos, é “Sou castrado(a)“, assim quem achar/roubar o animal já sabe que não poderá usá-lo para ganhar dinheiro (a menos que seja para ser trocado por drogas, mas daí o “Cão doente” talvez ajude”). Ainda hoje vi um programa sobre cães nos EUA e reparei que todos tinham três placas penduradas! Até fiquei curiosa e queria saber o que estava escrito. Mas desde que não incomode o cão, neste caso não acho exagero. Claro que as placas não podem estar todas afixadas numa mesma argola, porque daí seriam todas perdidas juntas caso a argola rompesse…

    Se alguém de Floripa quiser, me escreva que posso indicar o local onde mandei fazer meus identificadores, super bons, duráveis e por R$5,00 cada.

    Ah, e se um dia vocês ficarem famosos, ainda pode ser que uma simples coleira com identificador valha muito dinheiro, como a que ilustra este post e pertencia ao peludo de Dickens, o autor de, entre outros livros, Great Expectations, que teve várias filmagens, entre elas a que ficou mais famosinha por aqui, Grandes Esperanças.

    Como tem muita gente pedindo, aí vão as fotos das medalhas do Shoyo, é só clicar nelas para aumentá-las e deu um trabalhão batê-las porque ele só queria me lamber, hehe:

    Quem quiser mandar fazer a medalha branca (eles têm 3 modelos diferentes, inclusive um em forma de patinha), ligue para o Udson: (48)9997-0811 / (48)3233-6772, ou escreva para almafloripa@terra.com.br). Você é quem define os textos e eu botei um na frente e outro no verso, como vocês podem ver. Este é o tamanho que eles indicam para gatos e cães pequenos e elas são super resistentes. Pra quem não for de Floripa, ele deve mandar pelos Correios sem problemas. A outra, com imagem de um cachorrinho, eu comprei em petshop normal e gravei atrás nesses lugares onde se gravam alianças, sai tudo mais caro e acho menos útil, mas o Shoyo já tem desde 2004.

    Categoria: Fugas, Guarda responsável
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    19 Comentários:

    1. Rosana disse:

      3 de Abril de 2014 às 08:48

      Por favor onde consigo comprar a coleira já com a placa de identificação; No mercado em geral consigo apenas com a plaquinha pendurada e não fixa.

    2. tania lamin disse:

      21 de Janeiro de 2013 às 14:14

      E muito bom pessoas que pensam como vc.Adorei seu blog.Fabrico placas de ident. p/ caes e gatos que vc escreve com caneta bic.coloca a película protetora e pronto.E´`linda pratica e protege seu. cão e gato.E tb pode ser gravada.As pessoas tem que aprender a colocar a identificação.Abraços.Tania

    3. Elaine Holanda disse:

      4 de Janeiro de 2013 às 10:53

      Ok obrigada a plaquinha ja estou providenciando,enquanto ao chip,tenho que procurar.

    4. Elaine Holanda disse:

      27 de dezembro de 2012 às 13:45

      ola ana ha alguns dias atras estive no pet com a minha filha fui levar o marley para vacinar,minha filha quis comprar uma plaquinha e eu disse que nao, que era frescura.Bom agora lendo o seu post estou pensando no assunto alias nao é frescura e nescessario.O que me chamou a atençao foi o microchip,como funciona? e vc tem informaçao se aqui no parana na regiao de maringa tem algum lugar que faça,eu morei alguns anos em Portugal e la era obrigatorio e super em conta todo dono de cao tinha a chance de ter um cao bem identificado,acho que nosso pais deveria seguir alguns exemplos desses.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        28 de dezembro de 2012 às 10:05

        Elaine, a gente deve ter plaquinha E microchip. E na placa mandar gravar ‘Tenho chip’, assim quem achar leva no veterinário e sabe o que fazer. Não sei de nada em Maringá, vc precisa ver com um veterinário, ok?

    5. Anonymous disse:

      10 de agosto de 2011 às 19:22

      Oi Kellen fiz a dos meu agora pela bayer entrei no site e achei muito interessante,é super pratico e barato

      paga-se somente r$ 13 pelo kit anjo da guarda o frete é gratis!adorei em breve estarão todos "emplacados"
      um abraço valeu a indicação

      Adriana Mota

    6. Rô! – @robertarez disse:

      16 de dezembro de 2010 às 13:25

      Aii, gente. Queria tanto colocar identificação nos meus bebês felinos! Mas e o medo de eles se enforcarem com a coleira. Existe algum jeito além de coleira e chip (na minha cidade não tem chip =[)?

    7. Anonymous disse:

      22 de Fevereiro de 2010 às 04:47

      Ana,

      Li seu post e lembrei que minhas filhotas têm 3: uma c/ nome e fone; outra c/ RGA que aqui em SP é obrigatório; e a outra é o ANJO DA GUARDA da BAYER.

      Basta se cadastrar no site http://www.bayerpet.com.br, no link Anjo da Guarda, que a medalhinha chega em casa pelo correio.

      Afinal segurança nunca é demais.

      Beijos
      Kelen

    8. Miguel Eibel disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 19:20

      Que legal adorei pois a Catarinense é onde eles tomam banho!!!
      Obrigadão pela ajuda!!!

    9. Ana Corina disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 17:16

      Não, Miguel, no CCZ só os animais de lá estão sendo chipados por enqto. Vc teria que pagar em uma das clínicas aqui em Floripa. A 'menos cara' fica no centro, ali perto da praça dos Bombeiros, é Catarinense o nome, se não me engano, e custa R$70,00 cada chipagem. É caro, mas perto das outras é até barato, achei por R$180,00 e R$150,00, simplesmente RIDÍCULO. Bj

    10. Miguel Eibel disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 15:04

      Boa tarde !
      Coloquei uma medalhinha no Théo e no Bento com nome e número de telefone mas gostaria de saber como faço pra chipalos aqui em Florianópolis??
      É só levar na zoonoze?????
      Tudo de bom e uma bela semana!

      http://migueleibel.blogspot.com

    11. Ana Corina disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 13:12

      hahaha Marina, faz como eu: o Shoyo tem uma placa "fresca" e linda, onde está a frase "Cão doente" e dois telefones de contato, e a outra placa, que não é fresca, nem linda, mas não é feia e é super boa, funcional e bonita (bonito não é lindo, kkk).

      Débora, o Zé é lindo demais, sou fã dos galgos e afins… Um dia ainda adoto um. Sempre que vejo um whippet paro pra babar um pouco, fofoletos!

    12. Marina – Missão Impossível: Casamento disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 12:20

      Minha filhinha ainda não tem placa, to procurando uma charmosinha pra combinar com ela… sou fresca sim, e dai?!
      rs

      Beeijo!

    13. Zé Magrelo♥Débora disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 11:45

      Maravilhoso post!

      A identificação é mesmo muito importante, tanto quanto vacinação.

      E apesar de seu baixo custo não sei porquê muitos cãezinhos não usam.

      Meu Zé Magrelo está SEMPRE de plaquinha, até mesmo quando está dormindo ou no banho..rsrs

      Gostei das sua sugestões com novos dizeres para as plaquinhas, muito bom.
      Parabéns !

    14. Ana Corina disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 10:41

      Feito, já mandei! Beijo.

    15. Marisol Paz disse:

      18 de Fevereiro de 2010 às 03:35

      Oi
      Seu blog é muito booommm!! Estou sempre retuitando.
      Estava mesmo procurando onde fazer as plaquinhas novas da Chocolate ao Leite!! Podes me dizer no e-mail marisolpaz@live.com??

      Obrigada

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados