• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Bichanos: mais sobre "fofos ou gordos?" (Mães e pais de cachorro, também leiam, por favor)

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 23 de fevereiro de 2010
    Ontem postei mais material sobre os malefícios do sobrepeso e da obesidade para cães. Hoje é a vez dos bichanos queridos, afinal, eles também são engordados por seus tutores tanto quanto, ou às vezes até mais, do que os cães.

    Cachorro gordo não é fofo, gato gordo não é bonito. Com saúde nós simplesmente não brincamos e ponto final. Da mesma maneira que fico triste e enraivecida quando vejo crianças obesas, quando as vejo tomando coca-cola na mamadeira ou comendo junk food e afins, experimento os mesmos sentimentos de tristeza e desespero profundos quando vejo animais de estimação acima do peso e mais ainda quando escuto argumentos do tipo “Mas se eu sou gordo, meu cachorro não poderia ser magro“. Realmente não poderia, ele deveria!
    Lembre-se: você pode escolher o que come e se estiver fora do peso considerado saudável para um ser humano, seja para mais ou para menos, a decisão de estar/continuar assim é única e exclusivamente sua. Mas seu animal de estimação, aquele a quem você chama de melhor amigo de patas, de filho, de amordasuavida, infelizmente não pode escolher o que come, então depende do seu bom-senso e da sua responsabilidade para ser saudável. E não adianta querer esquecer ou disfarçar: peso sobrando mata e quando seu animal ficar doente, não tenha a menor sombra de dúvida: a culpa será toda sua.

    Não sei quem está me lendo, não sei se o ‘chapéu’ servirá para você ou não, mas não me importo minimamente se serei odiada, meu compromisso é com os animais e bicho não é brinquedo e isso também é aplicável à maneira como você alimenta seu peludo e como mantém sua saúde. Não é muito melhor cuidar da cintura dele agora e economizar dinheiro e sofrimento depois, quando você precisará tratar de ossos e órgãos doentes em virtude do sobrepeso?

    O que mais me arrasa é que as pessoas acham mais fácil e cômodo deixar os animais acima do peso e depois os entupir de remédios e tratamentos. Queria ver se doessem nelas as dores e os males que fazem os peludos sofrer. Pra piorar, cães e gatos só demonstram estar sentindo dor quando ela é imensa e insuportável, caso contrário, vão sofrendo calados e aprendendo a conviver com o sofrimento. Por favor, por favor, um milhão de vezes, por favor: não adoeçam seus animais por ‘pena’ de não dar ‘só mais um’ disto ou daquilo…

    Então, podem me xingar, reclamar, o que for, mas se este post ‘curto e grosso’ ajudar um animal que seja a voltar para um peso saudável e continuar nele, já terá valido a pena.

    E como sempre quando o assunto é a saúde dos nossos peludos, não dá para deixar de recomendar que vocês conheçam, estudem e pratiquem a Alimentação Natural (AN) para cães e gatos, o que pode começar a ser feito clicando aqui.
    Estou bem feliz porque já sei de oito cães aqui em Floripa que mudaram para a AN graças ao Mãe de Cachorro e tanto os peludos quanto seus tutores estão aproveitando 100% os benefícios, sendo que um destes animais estava cerca de 10kg acima do peso e já começou a emagrecer e voltar a ser saudável.

    Clique nas imagens para ampliá-las
    Revista Saúde Vital – fevereiro de 2010 – nº 321


    Quer ler mais sobre os malefícios do sobrepeso em felinos?

    Categoria: Alimentação, Alimentação Natural, Diabetes, Gatos, Obesidade, Saúde
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    6 Comentários:

    1. Ana Corina disse:

      21 de outubro de 2010 às 04:14

      Poxa, que bom que gostou! Beijão e obrigada pelo carinho! Espero que teu fofo emagreça, hehe.

    2. Amor e Miados disse:

      21 de outubro de 2010 às 03:10

      Ana, vc está certissima! Custou colocar na cabeça do pessoal daqui de casa que gordura pode MATAR. o Arthur está com perigosos 7kgs e ja comecei a dieta dele com a mudança p uma ração de caloria minima para gatos castrados e ESPERO que o pessoal daqui aja de acordo.
      abraços e obrigada, como sempre, pelas informacoes do blog! 🙂

    3. Ana Corina disse:

      14 de setembro de 2010 às 13:17

      Oi Adri,
      apenas um pequeno percentual dos casos não é negligência e sim problemas de saúde (como na tireóide, por exemplo), mas infelizmente sabemos que a imensa maioria dos casos de obesidade (seja humana ou animal) é a velha fórmula: comida demais, exercício de menos.

      Dê um pulo no http://www.cachorroverde.com.br/perdadepeso.php para ver alternativas de perda de peso da tua fofa.

      Beijo!

    4. Adri disse:

      14 de setembro de 2010 às 13:10

      A Petruchia não emagrece de jeito nenhum. A vet até receitou Emagripet, ela tomou e nada mudou.
      Meus gatos só comem ração. A ração light ela não aceita. Eu brinco com eles e eles brincam entre si. Só a Petruchia é obesa (são 4 meus e os eventuais hóspedes resgatos da Confraria dos Miados e Latidos http://www.miadoselatidos.com.br). Vou ler as matérias pra ver se eu descubro o que fazer, mas fico chateada quando se iguala obesidade com negligência. Alguns indivíduos simplesmente ganham peso mais que outros. Tem que tratar? Lógico que tem. Mas não quer dizer negligência e falta de cuidado.

    5. Ana Corina disse:

      24 de março de 2010 às 22:59

      Gostei, Ju, botando a cabeça pra funcionar em prol dos peludos! Valeu pela dica. Beijão, amiga.

    6. ju k disse:

      23 de fevereiro de 2010 às 16:58

      Dica para exercitar (e emagrecer) gatos. Eu inventei e deu certo. Compre uma varinha de pescar daquelas simples de bambu (eu paguei 2,40).Geralmente ela vem em 2 partes de encaixar, use apenas a ponta mais fininha. Amarre um fio de nylon de pescaria bem grosso (muito fino pode cortar o fofucho)e na ponta coloque um brinquedinho tipo um ratinho (pode ser com catnip). Pronto, é só balançar e mexer q o gato fica doidinho pulando atrás. Cuidado pra não exagerar e matar o gato de cansaço. =^.^=

      ps: ja doei o fofo (aliás, fofa oops!) Obrigada

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados