• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Listas de veterinários

  • Receba os posts por e-mail:

    Assunto sério e pertinente. Leia com atenção e repasse!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 27 de outubro de 2009
    Recebi, repasso e deixo o alerta: o assunto é sério! Cães, como crianças e idosos, são as maiores vítimas, mas são os únicos a serem mortos (claro!). Uma criança infectada e/ou um idoso é um foco de retransmissão da doença muito mais perigoso que um cão (até porque estão dentro das casas), enquanto isso, só os cachorros são mortos, demonstrando estupidez e ignorância inclusive de órgãos que deveriam, na teoria, defendê-los.

    Não torça o nariz e nem ache que não é com você. Quando meu irmão morava em Campo Grande, MS, simplesmente foi obrigado a entregar suas cadelas para a Vigilância Sanitária, que passou recolhendo e depois matou milhares de animais. Se o governo ou a prefeitura de seu estado/cidade decidirem tomar a mesma atitude drástica, vocês verão que não é simples assim dizer que "não" e serão obrigados a entregar seus filhos para a morte por pura preguiça humana de combater eficazmente a doença.

    LEISHMANIOSE: HORA DE AGIR

    O Projeto Focinhos Gelados promoveu um seminário técnico sobre LEISHMANIOSE, evento que o CRMV-SP tentou proibir, mas que foi extremamente produtivo e com muitas novidades sobre diagnóstico, vacinação e prevenção.

    Entre as conclusões, a necessidade urgente das ONGs, médicos veterinários, setores de saúde pública unirem-se para mudar o foco de combate à doença, que resume-se no extermínio em massa de cães por parte do poder público.

    O Projeto Focinhos Gelados, um dos pioneiros na discussão sobre Leishamaniose, entre os organismos da sociedade civil organizada, está propondo para ONGs, WSPA Brasil, Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, médicos veterinários especializados, entidades representativas da classe, e até para representantes da saúde pública a formação de um FÓRUM PERMANENTE DE DISCUSSÕES E PROPOSTAS SOBRE LEISHAMANIOSE.

    Leiam todos os detalhes do Seminário nos links:

    Leishmaniose - é hora de acabar com o extermínio

    Veterinários podem conter matança

    Projeto Focinhos Gelados propõe Fórum permanente

    Nos próximos dias, o Focinhos também disponibilizará a integra das palestras no site que forem autorizadas pelos autores.

    Cordialmente,

    Fowler T. Braga Filho

    Coordenador

    Projeto Focinhos Gelados
    www.focinhosgelados.com.br
    Trabalhando com a WSPA Brasil
    www.wspabrasil.org


    Categoria: Leishmaniose, Saúde
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    2 Comentários:

    1. nini disse:

      29 de outubro de 2009 às 02:03

      MUITO CUIDADO!!!
      Aqui no df tiveram muitos casos da tal LEISHMANIOSE, foram na minha casa tirar sangue dos meus cachorros, de todos, 1 deu possitivo pra doensa… fiquei desesperada,procurei quem sabia do assunto, fiz um exame mais detalhado (e mais caro) que deu nagativo. bateram aqui em casa e eu esfreguei o exame na cara deles, mas outras historias n tiveram final feliz, mtus cachorros foram sacrificados e talvez nem estivessem doentes o exame que a vigilância sanitária faz nao eh 100%, esso povo eh muito ignorante… agente tem que ficar esperto, so o fato do cachorro estar estressado o resultado pode dar positivo

    2. Lúcia disse:

      27 de outubro de 2009 às 10:47

      Morro de medo disso. A nossa vet diz que nem se cadastrou para dar a vacina (aqui no RJ existe um cadastro de veterinários autorizados) porque pra vacinar tem que fazer o exame e no caso de um positivo ela seria obrigada a comunicar à vigilância sanitária (com o fim que já conhecemos), sob pena de perder o registro de médica veterinária.

      O problema é que sem o resultado do exame a gente não pode vacinar o bichinho, dado que é perigoso vacinar um animal que esteja contaminado… olha só a situação!

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados