• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Amar é… PREVENIR! Alimentação natural para cães.

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 30 de outubro de 2009

    Quem acompanha o blog desde o início sabe que o Sushi e o Shoyo têm cristais na urina, alterações de ph e outras complicações relacionadas aos rins e e sistema urinário, que monitoro desde que descobri. Ontem a veterinária deles decidiu que devo alimentá-los com alimentação natural. Mais nada de ração. Chega. Necas de pitibiriba.
    Mas na verdade, não é exatamente isso que queria falar pra vocês, e sim comentar a importância da prevenção, não só em nossas vidas, mas nas dos nossos amores peludos.
    A primeira providência a ser tomada neste sentido, caso a pessoa tenha um animal de raça definida, é estudar as doenças a que ele está naturalmente propenso só por ter a carga genética da raça em questão. Depois, e isso vale para todo e qualquer animal, o fundamental é ficar de olho na rotina e comportamento do seu amigo peludo.
    Achei uma matéria muito didática e bem gostosa de ler no site R7, é só clicar aqui para acessar e saber quais os principais sintomas de cães e gatos que nos devem correr para o veterinário.
    Interessante, também, é a enquete no fim da matéria. Vejam como ela está agora:

    Você leva seu bicho ao veterinário regularmente?

    Animais são como humanos e também precisam de cuidados médicos. Mesmo sem nenhum sintoma, especialistas indicam a consultar sempre um veterinário.

    • —- 38,5%
    • —- 28,1%
    • . —- 12,7%
    • . —- 20,7%
    Quem está perdendo disparado? Justamente a opção que deveria, em muitos casos (principalmente para animais de raça definida), ser a mais votada.
    Nenhum dos meus filhos apresentou ou apresenta sintomas de estágios mais avançados de doença renal, mas por sorte e um tanto de neurose minha, descobri a tempo de podermos viver com a prevenção e sem deixar a doença evoluir e, assim, abrir portas para outras através da queda de imunidade da filharada.

    O que me deixou com a pulga atrás da orelha e me fez correr com eles pra clínica?

    No caso dos malinhas, a presença de cristais que eu percebia nitidamente no jornal quando o xixi deles secava e também o fato do Sushi beber água de maneira que me pareceu exagerada (ele deitava em frente ao pote e bebia, bebia, bebia…).
    Resultado dos últimos exames = Sushi e Shoyo continuam com cristais na urina (já estavam no primeiro semestre deste ano, quando fiz exames e eles comeram ração renal por um período), A conta de nada disso é pequena, claro, mas é muiiito menor do que se eu tivesse deixado a coisa evoluir. Fora que quanto mais doentes, mais eles sofrem. E isso, mãe nenhuma quer para seus filhos, não é mesmo?

    Plágio é crime e está previsto no artigo 184 do Código Penal.

    Categoria: Alimentação, Alimentação Natural, Carrapatos, Rins / Doença renal, Saúde
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    3 Comentários:

    1. Ana Corina disse:

      24 de junho de 2010 às 20:39

      Oi, Priscila!
      Não é "dar comida", é dar alimentação natural de acordo com as necessidades específicas de cães e gatos.

      Você encontra toda a informação que precisar no site http://www.cachorroverde.com.br.

      Bons estudos!

    2. Anonymous disse:

      24 de junho de 2010 às 20:22

      Oi, Boa Tarde!

      quer dizer então que não se deve dar ração pra animais e sim comida? eu sempre achei que fosse o contrario, será que poderia me informar quais comidas eu devo dar para cães SRD e como eu devo prepara-las?

      Meu nome é Priscila, sou de Belo Horizonte/Minas Gerais e meu email é priscila.vet.bh@hotmail.com

      aguardo respostas no email se possivel.
      muito obrigada!

    3. Anonymous disse:

      30 de outubro de 2009 às 13:32

      O que me deixa perplexa é que os veterinários só mandam parar de dar ração DEPOIS que os bichos adoecem. Por que eles defendem a ração como a maravilha nutricional se é cada vez mais sabido que os efeitos colaterais são devastadores??? E não adianta comprar ração cara, medicamentosa etc. e tal. A desgraça será a mesma. Depois que o bicho tá todo ferrado, daí é pra dar só comida natural. O componente genético conta muito, claro, ainda mais nessas cruzas infames de animais de raça, mas o que os peludos comem conta muito, mas muito mesmo. O que conheço de bicho alérgico, diabético, com câncer, problema renal, cardíaco, hepático… Graças a Deus que o Neto nunca gostou de ração, de nenhum tipo ou marca, então sempre faço comida pra ele e pra Lili (só crua não rola porque eu tenho nojo e a Lili não come). Dá trabalho? Um pouco, mas é o mínimo que posso fazer por eles.
      Beijo,
      Fabiana.

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados