• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    O pitbull doador de sangue que é um HERÓI!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 12 de Março de 2009
    Já falei aqui sobre banco de sangue para cães e gatos, mas volto ao assunto devido a um vídeo que a querida Ana Paula Luckman me enviou sobre um boxer doador. Ela, além de mãe de cachorro, é mãe de boxer, então o vídeo a agradou duplamente.

    E a danada me fez uma perguntinha que eu simplesmente não tinha ideia de como responder, então corri pra estudar: “É verdade que os cães da raça boxer são doadores universais?“. E agora???
    Bem, pesquisei bastante na net sobre boxers serem doadores e achei somente que:

    • Achei quem goste de utilizá-los como doares porque são calmos e grandes, suportando bem as retiradas de sangue que podem ser até mensais e porque possuem veias fáceis de serem encontradas;
    • Há treze tipos de sangue canino, mas apenas seis são considerados principais, sendo que 42% dos cães compartilham o mesmo tipo de sangue, que é considerado “universal”;
    • Os tipos sanguíneos não dependem das raças, assim um pastor alemão pode doar sangue a um poodle, por exemplo;
    • Achei até que cães podem ter mais de um tipo de sangue!;
    • Os cães têm seis principais tipos sanguíneos e um cão pode ser considerado doador universal se tiver sangue DEA1.1, DEA 1.2, DEA 7- e DEA 4+;
    • O doador ideal deve ter entre 1 e 7 anos, ser tranquilo e sociável, de porte grande ou gigante e possuir o tipo sanguíneo “universal” (além de ser saudável e não tomar medicamentos).

    Só que pesquisando para responder à Ana também achei um vídeo que me emocionou imensamente. Ele conta a história de Cassius Clay, um pitbull enorme e querido que doa 500ml de sangue a cada três meses e que fica calmamente parado durante todo o processo e sem usar focinheira. A generosidade dele já salvou vários outros cães e inspiriou outros tantos a tornarem-se doadores. É impressionante, mas o mais bonito é o depoimento da mãe dele, Jennifer Nixon, que conta que leva Cassius para doar sangue porque assim ele está fazendo a parte dele não só para ajudar outros animais, mas também para ajudar a desmistificar a triste fama que “pitbulls injustamente ganharam de serem cães violentos. Com adestramento adequado e muito amor eles podem ser uma das raças mais gentis e afetuosas e em alguns casos, até heróis.” (tradução do trecho final da narração do vídeo)

    Abaixo, o vídeo do Cassius (em inglês) e depois o vídeo (em português) sobre o boxer doador.

    Categoria: Doação de sangue, Saúde, Vídeos
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    2 Comentários:

    1. Anonymous disse:

      12 de Março de 2009 às 16:49

      Conheço uma clínica onde foi abandonado um boxer (que ficou por lá um bom tempo até ser adotado) e ele tornou-se o doador de sangue por ter exatamente estas características.
      Agora ele ja foi adotado!
      Será q a Drica seria uma boa doadora? hehehe
      BJ
      Li

    2. Ana Paula disse:

      12 de Março de 2009 às 12:21

      Ana, obrigada por mais essa suuuper aula!!! Valeu mesmo!!!

      Tenho certeza de que Fidel e Lola seriam ótimos doadores voluntários, já que têm exatamente essa característica: são super calmos. Vou conversar com o vet deles para investigar se há algum banco por aqui. Ou quem sabe um cadastro de doadores…

      Um beijão

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados