• Receba os posts por e-mail:

    Gravidez psicológica em cadelas (pseudociese)

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 17 de março de 2009
    Voltando ao assunto da gravidez psicológica em cadelas (que levou as cadelas do RS e de SC a adotar os gatinhos), colo aqui pra gente esta entrevista bem legal que a Sandra, da Lord Cão, deu sobre o tema e que acho que esclare bastante o quanto o assunto não só é sério, como pode ser até fatal.

    As perguntas abaixo foram respondidas por mim para uma reportagem sobre o assunto.

    • Por que e a partir de qual idade ocorre a gravidez psicológica?

    A gravidez psicológica, também conhecida como pseudociese, ocorre devido a uma disfunção hormonal, mais especificamente devido a um desequilíbrio no hormônio chamado progesterona. Esse é um problema bastante comum, pois ocorre em cerca de 50% das fêmeas, e ainda por cima recorrente, ou seja, uma cadela que desenvolveu gravidez psicológica tem grandes chances de apresentar o problema novamente. A fêmea pode apresentar gravidez psicológica mesmo sem nunca ter cruzado. Aproximadamente 2 meses após o cio, período médio que dura a gestação de uma cadela, o organismo passa a se comportar com numa gravidez verdadeira, tanto física quanto emocionalmente. A fêmea se prepara para dar a luz e para cuidar de filhotes que nunca virão. A pseudociese normalmente ocorre em cadelas que nunca cruzaram e que já passaram por mais de um cio. Mas também pode acontecer logo no primeiro cio, que vem lá pelos 7 ou 8 meses de idade, e pode aparecer até mesmo nas cadelas que já foram mães. Não há uma regra, algumas fêmeas simplesmente têm predisposição para desenvolver o problema, outras não.

    • Qualquer fêmea pode passar por isso?

    Qualquer fêmea não castrada sim, porém é mais comum em cadelas de pequeno porte. Algumas apresentam o problema em todos os cios, outras com intervalos entre os cios. Pode acontecer também da cadela ter pseudociese e o dono não perceber porque ela apresenta sintomas leves. As fêmeas mais sortudas nunca chegam a desenvolver o problema.

    • Como perceber que a cachorrinha está passando por esse problema?

    Os sintomas e a intensidade dos mesmos variam de cadela para cadela. De forma geral, a fêmea apresenta os mesmos sintomas maternais típicos de uma gestação verdadeira: tetas inchadas (com ou sem a presença de leite), instinto de preparar um ninho para o parto e adoção de objetos como “filhotes”, por exemplo panos, chinelos, bichos de pelúcia e pequenos brinquedos. Algumas apresentam ainda aumento no abdômen. Há também alterações no comportamento da fêmea: ela pode ficar irritadiça, agressiva, retraída, carente de contato físico, deprimida, sem apetite, inquieta, etc. A agressão por proteção maternal é inclusive mais comum nas fêmeas que não possuem filhotes do que nas que acabaram de parir. Felizmente todos estes sintomas são passageiros, duram em média de 2 a 8 semanas. Menos se forem tratados e mais se forem estimulados.

    • Como tratar?

    Para tratar qualquer problema de saúde é sempre importante conversar com o veterinário, e no caso da gravidez psicológica não é diferente. Só ele poderá determinar o método mais adequado para cada cadela. Existem medicamentos específicos para tratar os sintomas, mas a necessidade ou não de usá-los só poderá ser avaliada pelo veterinário. Em alguns casos, permitir que a cadela fique com os objetos que foram adotados como “filhotes” pode piorar o problema e estimular a produção de leite. Noutros, retirar os “filhotes” pode deixar a fêmea mais ansiosa ainda. É preciso analisar cada situação com cuidado. É importante observar que a pseudociese pode trazer riscos para a cadela. Quando a produção de leite é grande as tetas podem inflamar, o que se chama de mastite ou mamite. O leite também pode endurecer, causando dor, infecções e febre. Outro problema frequente é a fêmea lamber ou sugar as tetas a ponto de feri-las. Além disso, as cadelas que apresentam gravidez psicológica são fortes candidatas a desenvolver tumores mamários e piometra.

    • É possível evitar que a gravidez psicológica ocorra? Existe algum tipo de prevenção?

    É possível evitar sim, através da histerectomia (a castração da cadela). Para que a cirurgia seja eficaz no tratamento da pseudociese, é necessário extrair completamente o útero, as trompas e os ovários. Qualquer resquício desses órgãos que permanecer na fêmea poderá dar continuidade à disfunção hormonal causadora da gravidez psicológica. A única prevenção realmente eficaz é castrar a cadela antes do primeiro cio. Além de eliminar o problema da gravidez psicológica, há diversos outros benefícios para a saúde e o comportamento. A castração precoce diminui enormemente as chances de câncer de mama, elimina as chances de câncer de útero e piometra, aumenta a vida saudável da cadela em média 3 anos, diminui as fugas e reduz certos tipos de agressividade, dentre outras vantagens.

    Copyright 2009 – Sandra Régia – Todos os direitos reservados.
    (Este artigo está registrado na Biblioteca Nacional e tem seus direitos autorais protegidos por lei. É permitida a sua reprodução desde que sejam colocados os créditos de autoria e um link para www.lordcao.com.br)

    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    64 Comentários:

    1. mara disse:

      10 de março de 2014 às 09:01

      Oi bom dia! Gostaria muito da ajuda de vcs. Minha cadelinha está saindo do primeiro cio e tem apresentado um sono excessivo, normalmente ela é ativa brincalhona, mas de quatro dias pra cá ela tem dormido muito. Continua a se alimentar normalmente, as fezes e urina estão com o aspecto normal. A veterinária dela só chega na quinta e eu gostaria que me ajudassem, essa sonolência indica uma possível gravidez psicológica? Obrigada!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        20 de março de 2014 às 01:13

        Mara, acho que é mais pelo cio mesmo, que é chato, dá cólicas etc. Recomendo ontem, hoje e sempre a castração.

    2. Andressa disse:

      27 de janeiro de 2014 às 18:56

      Há pouco mais de 2 meses adotei uma Shitzu de 4 anos. Até onde sei ela só tinha tido gravidez psicológica uma vez, logo após o primeiro cio e o veterinário indicou um remédinho. Após isso, ela nunca mais teve.

      Infelizmente não moro na mesma cidade desse veterinário e a antiga dona não lembra o nome e agora ela voltou a ter esse problema. A questão é que com a antiga dona ela não tinha brinquedos ou ursinhos, como tem comigo. Será que ter esses brinquedos estimula a gravidez? Será que é melhor deixar sem?

      Eu já lí em outros lugares que não tem problema. Que inclusive podemos deixar ela com os brinquedos e administra remédios para o leite empedrado que em cerca de 2 meses vai parar… mas acho uma judiação.

      Pretendo castrá-la, mas ainda não fiz pq estou bem sem dinheiro e recentemente perdi minha companheira poodle, de 15 anos, após uma cirurgia… então estou um pouco traumatizada.

      O que você acha sobre os brinquedos e sobre a cirurgia?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        28 de janeiro de 2014 às 00:31

        Andressa,
        como o texto fala, é muiiiiiiiito provável que agora ela passe a ter a pseudociese todo santo cio, o que aumenta os riscos dela ter piometra.
        Tomara que consigas castrá-la. Os brinquedos podem estimular, sim. Assim como carinho nas mamas etc. Mas o problema é mais hormonal mesmo.
        Não adianta procriá-la, viu? Não fará passar.
        Leia os comentários, pois há uma receita de chá diurético feito de salsinha.
        Sempre recomendo a castração. Sinto muito pela sua poodle, o que podes fazer é escolher um veterinário com muita experiência, pagar a anestesia inalatória (praticamente obrigatória para cães de focinho achatado, como é o caso dela) e fazer um checkup antes da cirurgia. Sei que tudo isso só aumentará o valor da castração, mas de repente vc vai economizando e faz mais pra frente, ou parcela tudo. Não tem veterinário que faça preços sociais na tua cidade em parceria com ONGs de proteção animal?

        Abraço!

        • Andressa disse:

          28 de janeiro de 2014 às 09:32

          Querida, muito obrigada. Vou comprar as coisas pra fazer o chá hoje mesmo.

          O meu problema é que aqui no Rio já fui há mais de 5 veterinários diferentes com a minha cachorrinha anterior e nunca senti confiança em nenhum deles… tá cada dia mais difícil confiar. Tinha uma que até alergia a cachorro tinha!!! Vai entender??!!!

          Enfim, vou continuar procurando até achar alguém que me passe confiança. A única dúvida que fico é a respeito dos bichinhos: mesmo quando ela está fora da gravidez existe alguma possibilidade de os brinquedos incentivarem ela a passar por isso?

          Obrigada!!!

    3. Leticia Mendes disse:

      16 de janeiro de 2014 às 14:08

      Esqueci de dizer, minha Golden tem 4 anos.

    4. Leticia Mendes disse:

      16 de janeiro de 2014 às 14:03

      Tenho uma golden retriver que assim q acabou o cio, ficou com UMA teta inchada, (a última teta perto do rabo). No primeiro dia que notei o inchaço foi logo após acabar a mesntruação dela, quando fui dar banho, isso já faz três dias. No dia que vi fiquei assustadíssima pois não sabia se ela já estava com isso antes pois os pêlos escondem, porém já desinchou bastante. O que pode ser?

    5. Regina disse:

      6 de janeiro de 2014 às 19:30

      Boa noite
      Tenho uma cachorra de 3anos que nunca cruzou e marquei a castração para sábado dia 11/01, só que percebi que está com as tetinhas cheias de leite e comportamento diferente do habitual , conversei com o veterinário que irá castra-la e o mesmo me disse que isto não impede de manter a castração para o dia marcado . Será que posso confiar ?? detalhe, moro em uma cidade hiper pequena aonde só temos este veterinário

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        7 de janeiro de 2014 às 14:46

        Regina, a gravidez psicológica acontece após o cio, que é quando realmente ela não poderia ser castrada. Leia nos comentários a receita do chá de salsinha e faça antes da castração ;)

    6. DANIELA DA ROSA disse:

      6 de outubro de 2013 às 11:05

      Bom Dia,

      Tenho um cachorrinha de pequeno porte de 7 anos e percebi a dois dias que ela esta com a gravidez psicológica. Pela idade posso ainda fazer a castração? Tenho que aguardar passar este período para efetuar a castração?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        6 de outubro de 2013 às 15:21

        Oi Daniela, pode castrar, mas é altamente recomendável que antes ela passe por um check-up com hemograma completo, pesquisa pra doenças do carrapato, perfil renal e perfil hepático. Assim, o veterinário poderá avaliar a necessidade de usar uma anestesia normal ou anestesia inalatória. Para ser castrada, a cadela não pode estar doente e/ou no cio.

    7. Tatiana disse:

      17 de setembro de 2013 às 02:02

      Ola!Tudo bem?Espero que sim!!
      Bom eu tenho uma cachorrinha que já teve essa gravidez psicológica!!
      mas já passou a meses isso!
      Estou querendo tanto filhotes dela!!rsrsrs
      Será que pode deixar ela cruzar? ou tem algum problema?
      Abraços!!

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        17 de setembro de 2013 às 08:10

        Oi Tatiana,

        Não sei responder. Minha opção é sempre a mesma: castrar e não reproduzir.

    8. Alessandra Lucas disse:

      10 de setembro de 2013 às 14:46

      Estou passando por esse momento agora, minha cachorra esta com gravidez psicológica,esta com a teta cheia de leite, ela já teve 3 cios, então acha melhor castra-la para não correr mais esse rico? ou mesmo para evitar doenças indesejáveis?

    9. Renata disse:

      28 de agosto de 2013 às 18:46

      Adorei ler as informações aqui. Minha cadela tem 7 anos e há dois meses atrás teve gravidez psicológica. Agora já está novamente no cio. Acho que a melhor alternativa para evitar esses problemas é realmente castrá-la. Só que estou preocupada com a possibilidade dela engordar mais, já que ela bem gordinha, pois tem predisposição da raça. Li em outros sites que alguns cachorros apresentam aumento do apetite após a castração. Gostaria de saber sua opinião. Obrigada.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        29 de agosto de 2013 às 10:45

        Querida, quem engorda o animal é o dono! Sua cadela não consegue comer sozinha, certo? Se você regular bem a alimentação dela, com quantidades que a deixem magra, nada mudará. Todos os meus cães há 10 anos são castrados e magros, só engordam se dou comida a mais ;)

    10. Richard disse:

      7 de agosto de 2013 às 02:09

      Excelente matéria, me ajudou muito! Estou passando pela mesma situação, minha cadelinha está com gravidez psicológica e por enquanto os sintomas são leite na tetinha e perda de apetite, ela tem 1 aninho… Agora sei que a melhor opção é a castração. Obrigado pelos esclarecimentos.

    11. Gisele disse:

      5 de agosto de 2013 às 18:34

      Olá,minha cocker tem 1 ano e 2 meses,foi castrada a um mes atras,depois de no primeiro cio apresentar gravidez psicologica.Agora dsemana passada ela começou a apresentar sintomas da ”pseudo gravidez”,como cavar o chão,pegar objetos nossos e rosnar quando chegamos perto,nos atacar do nada e a ultima é que chega a noite ela nao deixa ninguem em paz,fica agiatada,nao quer brincar,so quer morder e latir,latir e latir sem parar.é possivel outra gravidez psicologica,já q esta castrada?estou desesperada!Floral nao adianta!Fez o tratamento na outra e de nada adiantou

    12. Marina Funari disse:

      26 de julho de 2013 às 11:14

      Olá, sou mãe de uma labradora que parece ter esse problema de gravidez psicológica…Apareceu aqui em casa uma filhote de rua que adotamos, a partir desse momento minha cadela começou a aumentar as mamas a cada dia como se estivesse prenha,mas não está. Penso que seja pela filhote, porém ela não tem leite e pelo que vejo a menor não mama nela. Será que pode ser esse caso de ”gravidez” psicológica, pois nesse caso o filhote já nasceu?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        26 de julho de 2013 às 14:04

        Pode ser, sim, principalmente se casar com as explicações hormonais da doença (tempo depois do cio etc.). Mtas cadelas adotam chinelos etc. como filhotes, a sua ganhou um de verdade, hehe.

    13. Eduardo disse:

      9 de julho de 2013 às 23:10

      Se todos castrarmos nosso cães em algumas dezenas de anos não teremos mais algumas raças, e isso é triste. A castração não é o problema e sim a educação e consciência de que o animal merece respeito, cuidado e muito amor. Minha cadela (Luna), estava numa gaiola pra adoção é vira-lata mas é uma benção na minha vida e da minha família. Tivemos muitos altos e baixos por gasto e cuidados mas o que é o dinheiro se for pro meu animal (amigo) ter o melhor tratamento e uma qualidade de vida saudável. Quem reclama de gasto com animal ama mais o dinheiro que o seu amigo(animal). Castre se quiser mas não torne essa atitude uma norma e nem trate com preconceito quem não concorda.
      OBS: A luna me escolheu tinham dezenas de pessoas na petshop e ela só brincou comigo, só chorou quando eu fui embora e só aceitou ir sem rosnar quando foi no meu colo.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        10 de julho de 2013 às 11:08

        Oi Eduardo,
        taí uma coisa com a qual você NÃO precisa se preocupar, viu? Extinção de raças… Primeiro que algumas delas já estão tão doentes e comprometidas pelo cruzamento sem critérios feito por vendedores de filhotes e pessoas comuns, que nada sabem sobre cruzamento para melhoria das raças, que já praticamente houve uma extinção da verdadeira raça, ainda que existam cães com o aspecto físico dela. Segundo que sempre haverá pessoas sem noção procriando animais e terceiro que sempre haverá criadores responsáveis (uma ínfima minoria) preservando-as. O que JÁ quase NÃO HÁ em várias, é cães legítimos, com aspectos físicos e psicológicos coerentes e fiéis aos padrões.

        Parabéns pela adoção da Luna! :)

    14. Debora disse:

      4 de abril de 2013 às 19:46

      Venho aqui deixar meu triste relato, para que sirva de exemplo para outros donos de cães…
      Sempre achei que gravidez psicológica era um tipo de “frescura” canina, como uma tpm nas mulheres, que causa desconfortos mais comportamentais do que físicos. Ledo engano. Minha cadela-filha Mel já tinha 8 anos, e já havia passado por algumas pseudocieses bem leves durante a sua vida. Ela não era castrada, embora sempre tivesse desejo de fazer a castraçao, mas confesso que tinha medo de perde-la na cirurgia (por ela ser obesa tb) e fui protelando. Eis que no inicio de outubro do ano passado os sintomas da gravidez psicologica apareceram, e as tetinhas começaram a encher de leite e endurecer. Levei ao veterinário, ela apresentou febre e prostaçao, o vet entao receitou um remedio veterinario proprio para secar o leite. Minha bichinha devia estar com muita dor, e durante a madrugada roeu a cama delainteira sem que percebessemos, machucando toda a boca. Como o remedio para secar o leite era anticoagulante, a boca não parava de sangrar. Voltando ao vet, foi receitado um outro remedio coagulante para cessar o sangramento da boca. Eu estava preocupada, mas o veterinario sempre dizia que o quadro dela estava estável, ela estava melhorando, tinha q esperar o medicamento fazer efeito, etc, e eu pensei que tanta preocupacao era exagero da minha parte. Para resumir, em 2 dias perdi minha Melzinha….estou péssima…nunca imaginei nem ouvi falar que uma cadela morreu de gravidez psicológica; ou complicacoes causadas por ela….por isso, CUIDADO, GRAVIDEZ PSICOLÓGICA NÃO É BRINCADEIRA! você pode sim perder seu animalzinho, assim como aconteceu comigo… :ó(

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        5 de abril de 2013 às 16:48

        Sinto muito, Débora. A próxima você já adota castrada! E aprenda: temos que ESTUDAR e ler muito, não dá pra ficar nas mãos dos veterinários, infelizmente…

    15. franciele cabral disse:

      2 de abril de 2013 às 20:00

      olá gostaria de uma informação minha cachorra de sete anos foi cruzada no começo de janeiro e não ganhou filhotes ainda o que pode ser? ela está com teto bem grande com leites, será que gravides psicológica
      obrigado.
      Att Franciele cabral

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        3 de abril de 2013 às 18:55

        Pode ser sim, mas agora a tendência é que aconteça todo cio. Recomendo castração sempre, reprodução NUNCA.

    16. Rosane disse:

      5 de janeiro de 2013 às 20:13

      Minha cadelinha Nina foi adotada e teve seu 1º cio dia 27/10/12, sempre foi saudável e bem amada, adotamos a mãe dela (Xica) junto pois ninguém queria adotar cadelinha velha, então ficamos com as 2 amadas (não castradas), acontece que a Nina de uns dias prá cá está com as mamas muito inchadas, não há secreção alguma saindo dos mamilos, ela não tem nenhum sintoma de pseudogestação, mas 4 de suas mamas estão bem duras, já verifiquei e não ha secreção vaginal fétida. Agradecida, Rosane.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        9 de janeiro de 2013 às 02:15

        Mas por que vcs não a castram? Precisas de um veterinário, só um bom exame clínico pra te ajudar, Rosane…

    17. Rafaella disse:

      5 de dezembro de 2012 às 23:15

      Olá, minha cachorrinha tem 5 anos e nunca crusou, agora ela esta sempre nervosa, as mamas encharam, e fica procurando ninho!!ja levei ela ao veterinario ele disse a mesma coisa que voce!!!
      obrigada!!!!

    18. andrea disse:

      26 de outubro de 2012 às 00:23

      minha cachorrinha tem 10 anos e sofre com gravidez psicologica,a ultima ficou com os peitos inchados e duro e a perna trazeira inchada ,levei ao veterinario e ela esta tomando antibiótico a 13 dias vai tomar por 18 dias,tomou tambem predinisola e faço complexa com arnica e banho morno.a melhora foi pouca,estou preocupada teria mais alguma coisa a fazer para ajuda-la?

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        31 de outubro de 2012 às 19:29

        Oi, vc leu o texto? Pra isso PARAR de vez, só castrando. Tem dicas no texto pra evitar a formação de leite. Chá de salsinha é ÓTIMO pra secar o leite, deve ser dado por uns 5 dias, várias vezes ao dia, sendo que no primeiro dia a cadela deve ficar 24h em jejum, só tomando o chá no lugar da água (vc vai dando na seringa na boca dela). A dica é da veterinária dos meus cães. Um molho de salsa pra um litro de água, dar o litro de água ao longo do dia.

    19. sonia disse:

      7 de setembro de 2012 às 19:04

      muito obrigado é isso que vou fazer. bjs sonia

    20. sonia disse:

      7 de setembro de 2012 às 08:02

      minha cadela vai ser castrada dia 12de setembro mais percebi que ta com leite nes mamilos posso castrar mesmo assim?tem algum risco? obrigado.

      • Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

        7 de setembro de 2012 às 09:24

        Olha, deve ser gravidez psicológica, que só acontece após o fim do cio, então creio que tudo bem, até pq cadelas também sofrem cesarianas para ter crias, uma cirurgia muitíssimo pior do que a castração e quando ela tem os mamilos cheios de leite, né? Mas ninguém melhor do que um veterinário pra te responder e isto eu não sou, querida…

    21. ione santos disse:

      18 de agosto de 2012 às 10:59

      ola tenho uma cadela que faz dois anos que castrei ela no ano passado ela teve um cio psicologico e o meu cachorro pegava ela normal achei estranho e liguei para o veterinario que havia feito o castração ele disse que era normal masa ia passar agora ela esta com o mesmo problema tenho que prender para o cachorro nao pega-la isso é normal mesmo ate guando isso vai acontecer? obrigado

    22. Andréa disse:

      29 de outubro de 2011 às 01:30

      Amiga Querida, a minha shitzu está com uma gravidez psicologica.Eu estava tão desesperada que procurei no google e achei vc.
      Obrigada por esclarecer as minhas duvidas.
      Sou mãe de primeira viagem de uma shitzu, e estou preocupada e com medo de castrar.
      Sabe porque??? Por causa de alguns veterinarios que não levam muito a serio a sua profissão.
      Sempre levo a Ellen pra tomar banho em um pet shop,e pago as consultas é os banhos é claro.
      Mais um belo dia saiu uma coceirinha perto do pescoço, e pedi pro veterinario dar uma olhadinha, e ele me disse que só olharia se eu pagasse R$60,00.
      Fiquei tão chateada, que era como se ele tivesse dado um soco no meu coração, até chorei.
      poxa eu tô sempre lá né????Não custava olhar.
      Ando medrosa demais, principalmente depois de ver uma reportagem na TV,de alguns pets que judiam dos cachorrinhos no banho.
      Um até morreu com traumatismo craniano.
      Tenho tanto medo de perder ela.
      Já tive dois cachorros grandes, e quando perdi por causa da idade quase tive um treco.
      Ainda lembro deles com muito amor.
      Ai, desculpe,acho que sou eu que devo tá com problema de progesterona.
      Eu é que tô ficando com os sintomas da Ellen, agressiva,carente,com medo,deprê e sei lá mais o quê.
      Vejo a Ellen assim, fico sem saber o que fazer.
      Que DEUS me mande um BOM veterinario.
      Beijos
      Obrigada e desculpe pelo desabafo.
      Andréa

    23. sheila disse:

      13 de outubro de 2011 às 23:01

      Olá! Seu blog me ajudou bastante a ter coragem para procurar um veterinário para castrar minha cachorrinha, que apresentava os sistemas de pseudociese (gravidez psicológica). Parabéns e muito obrigada!

    24. JOSY E REGIS disse:

      7 de outubro de 2011 às 23:31

      Minha cachorra está com todos estes sintomas, fiquei preocupada agora,já é a segunda vez…vou procurar um veterinário.

    25. Ana Corina disse:

      23 de setembro de 2011 às 05:23

      Oi, pode levar um tempo mesmo pq hormônios não somem do corpo da noite pro dia. Tire os bichinhos dela, não dê água de noite, não fique fazendo carinho nas tetinhas, tudo isso ajuda a cadela a "sossegar". Agora fique de olho porque às vezes os veterinários esquecem um pedaço dos ovários e a cadela continua a fazer cio mesmo castrada!

      beijo.

    26. Anonymous disse:

      20 de setembro de 2011 às 00:34

      ola pessoal, tenho uma cadelinha pequena SRD, que adotei desde bebe hoje ela esta com 1 ano e 4 meses o primeiro cio foi em dezembro passado entao com 7 meses, depois entrou no segundo cio em junho agora , e esse mes dia 15 de setembro ela foi castrada ..só que agora depois de 3 dias de castrada ela começou a chorar e adotar bichinhos a carrega-los de um lado pro outro,e me surpriendi quando a peguei pra por pra fora de casa pra dormir, e vi que tinha soltado leite em meu braço,entao eu fiquei preocupada …como pode ela fez hesterectomia total, entao no dia seguinte liguei para o veterinario que a castrou…ele disse que o utero dela estava mesmo inchado, entao na certa gravidez psicologica, pq faz 2 meses que ela saiu do cio entao tem hormonios na corrente sanguinea,dai ele receitou uns comprimidinhos pra secar o leite…que convenhamos bem caro, é o CONTRALAC eu paguei 6 reais em cada comprimido, agora estou ministrado o medicamento, e fico feliz que nunca mais ela passara isso ..ela ira tomar esses comprimidos por 8 dias, e vai ficar muito feliz e tera uma vida longa e saudavel…espero que sirva de ajuda pra vcs que passam pelo mesmo problema…bjos a todos, bye

    27. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      23 de agosto de 2011 às 15:45

      É grave sim e depois da primeira gravidez psicológica a tendência é que ela tenha isso todo cio. Se fosse minha, eu castrava assim que acabasse o cio.

    28. Anonymous disse:

      23 de agosto de 2011 às 15:41

      Oi!!Minha cadelinha tem 3 aninhos e não é castrada ela é muito boazinha e quietinha.Mas faz 2 dias que ela ta muito estranha,ela nunca gostou de brinquedos ,mas desde antes de ontem ela protege o brinquedo com fosse filho dela,e qualquer coisa que chega perto dele ela avança pra morder.Eu to muito preocupada,não sabia que era grave. Você acha que eu levo ela pro vet ou espero um pouco mais?

    29. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      8 de junho de 2011 às 22:30

      Oi Gláucia,
      seja bem-vinda. Querida, o que você precisa é levar sua cadela ao veterinário com urgência… Beijo.

    30. Anonymous disse:

      8 de junho de 2011 às 21:02

      Oi Ana Amei o Blog.
      Meu nome é Gláucia de Mogi Mirim/sp.
      Minha cachorrinha Nara tem 9meses,ela acabou de sair do 1º cio,ela fica sozinha em casa o portão é alto e as grades não é larga.Ela não teve contato com nenhum cachorro,pelo menos eu não vi só se entrou na hora que ela tava sozinha…Minha preocupação é porque as tetas dela ta inchada algumas não todas a barriga dela também tá inchadinha,eu apertei p ver se saia leite não saiu,ela tá normal e também não adotou nenhum "filhote"…
      Se puder mim mandar um e-mail eu agradeço.
      [email protected]
      Desde já muito obrigada

    31. Mãe de Cachorro – Ana Corina disse:

      2 de junho de 2011 às 01:39

      Gravidez psicológica é sempre um problema PÓS-CIO, não anterior a ele. Sua cadela pode estar doente e com muita dor, procure um bom veterinário com urgência. Veterinário de verdade, não atendente de agropecuária etc., ok?

    32. Anonymous disse:

      2 de junho de 2011 às 00:33

      Tenho uma cachorra e ela está arredia, só fica dentro da sua casinha e rosna e avança em todo mundo que chega perdo da casa dela, ela não era assim era amorosa, creio que ela está com a gravidez psicologica será que pode ser isso? ela está quase na epoca de entrar no cio, as vezes ela pega um pano e fica como se tivesse tentando se acasalar com ele. como devo proceder?

    33. dulce disse:

      8 de fevereiro de 2011 às 19:15

      Adoreiiii o blog esclareceu bastante ,estou começando a ter outra idéia sobre "castrar" se é para o bem das meninas……porque essa coisa de gravidez psicológia é muito complicado para as donzelinhas.Obrigada pelos esclarecimentos

    34. Anonymous disse:

      17 de janeiro de 2011 às 14:22

      oi!
      Adotei uma darshund leishimania positiva.ja sofreu tanta…e agora sofre com a gravidez psicologica.amanha vamos castra la para ser mais feliz
      GENTE AME SEUS PEQUENOS…CASTRE JA!!
      Obrigada pelas dicas…ate

    35. Ana Corina disse:

      21 de abril de 2010 às 17:19

      Oi Xará!

      Querida, bom te ver mudando de ideia e pensando no melhor para a tua filha de patas. Sugiro que procures um bom veterinário o quanto antes pq existe uma doença chamada piometra que progride com infestação secundária de bactérias e forma uma bola de pus no útero, matando a cadela muitas vezes sem seus tutores sequer perceberem o que está havendo…

      Beijo e não tem 'meninas', só eu faço o blog. Tem 'meninas' leitoras, né? Daí somos uma família realmente imensa, aumentando a cada dia, seja bem-vinda! Beijo!

    36. Ana Virginia disse:

      21 de abril de 2010 às 13:19

      Sobre a castração…

      Nossa, no começo eu não gostava muito da idéia de castrar um cão ou gato. Não me sentia no direito de castrar um animal que não autorizou fazer isso, entende? Ficava pensando se tinha esse direito, se poderia interferir tanto assim no ciclo natural da vida de um ser vivo. Hoje já vejo a coisa de forma diferente. Ainda me incomoda a idéia de castrar, para ser sincera, mas quando vejo tanto cachorro abandonado e tantos "donos" irresponsáveis…acredito que o melhor para a maioria dos casos é castrar sim. E se olhar esses benefícios para a saúde das meninas, então… estamos cuidando delas… Um beijo em todas!

    37. Ana Vir´ginia disse:

      21 de abril de 2010 às 13:15

      Oi meninas!
      Adorei o blog, era exatamente esse espaço que eu estava precisando para trocar idéias e tirar minhas dúvidas. Parabéns!
      Gostei muito da matéria sobre gravidez psicológica. Tenho uma fêmea shih tzu, de oito meses que está com as tetas muito inchadas, muito quietinha e a vulva bem inchada. Não sei se pode ser a chegada do primeiro cio, uma possível gravidez psicológica ou até mesmo estar prenha já que esteve em um sítio por quase um mês porque realizaei uma viagem recente. Preciso levar ao vet urgente… Um beijo em todas vcs, assim como eu, mães de cachorro!!!

    38. Ana Corina disse:

      5 de dezembro de 2009 às 04:12

      Luan, se você adora MESMO os filhotes que ela tem, então faça um favor: CASTRE A MÃE E CASTRE TODOS OS FILHOTES. Porque quem REALMENTE ama cães, sabe que amar é castrar e não ficar botando mais cães no mundo para sofrerem mais dia, menos dia e para se reproduzirem, gerando inúmeros descendentes.

    39. luan disse:

      4 de dezembro de 2009 às 18:19

      Oi minha cadela já teve gravidez psicologica uma vez, e então no cio seguinte deixamos ela cruzar ela teve 4 lindos filhotinhos, mas no cio seguinte teve gravidez psicologica de novo e esta assim agora, ela esta mamando nela mesma, vc disse que tenho que estereliza-la, mas eu nem penso nisso, adoro os filhotes que ela tem e espero que tenha muitos ainda.Será que não tem outro jeito????????

    40. Ana Corina disse:

      20 de março de 2009 às 22:00

      OLHA, sinceramente? Pra mim a obrigação maior é do PROFISSIONAL que estudou e que ganha para estar bem informado e repassar tudo isto. E todos sabemos o qto eles cobram bem…
      CLARO QUE HÁ VETERINÁRIOS MARAVILHOSOS e parceiros da causa animal, mas na boa, a maioria está pouco se lixando e quer mais é ganhar dinheiro.
      Conheço gente toda hora dizendo que quis castrar o cão e o veterinário diz que melhor não. CLARO, assim o bicho fica muito mais doente, procria e os bolsinhos deles continuam enchendo.

      Nós, pais e mães de cães e gatos também temos que estudar, pesquisar e saber o melhor pra eles, mas mesmo assim, né?

      BEIJO!

    41. Guiga disse:

      20 de março de 2009 às 18:14

      Eu tive uma cachorra (faz muito tempo, uns 15 anos) que volta e meia fazia pseudociese…ela se entocava, ficava arisca, não queria comer, e enchia as tetinhas de leite. E NENHUM veterinário me disse que a castração solucionaria todo esse sofrimento (nosso e dela)!!! Muito tempo depois (uns 10 anos), quando ela teve tumor de mama, é que acabei fazendo a castração.
      Esses dias na sala de espera do vet conversei com uma moça cuja cadelinha sofria do mesmo problema há anos, e não era castrada. Será que os veterinários continuam não incentivando a castração ou a ignorância é só dos donos?

    42. Ana Corina disse:

      17 de março de 2009 às 20:16

      Oi Sandrinha! Sem modéstia nenhuma: eu também a-d-o-r-o! HAHAHAHA. Bjo!

      Fê, deixei recadinho no teu blog. Quero autorização pra divulgar uns cartazes ótimos que achei nele! Bjo!

    43. Sandra disse:

      17 de março de 2009 às 12:57

      Obrigada!!! Eu a-d-o-r-o as imagens que você escolhe para ilustrar os posts. Um luxo!!! Cheiro!!!

    44. Fê Guimarães disse:

      17 de março de 2009 às 11:23

      oiii! tudo ok? adorei o seu blog!!! inclusive já adicionei no meu!!! bjuuuuuuu

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados