• Instagram do Mãe de Cachorro

    Instagram
  • Receba os posts por e-mail:

    Luisa Mell fala sobre as enchentes em SC e pede ajuda!

    Mãe de Cachorro - Ana Corina | 4 de dezembro de 2008
    Gente,
    vejam que querida! E ela entrou em contato pessoalmente com o Halem do Instituto Ecosul oferecendo solidariedade.
    Acho que falo em nome de todo mundo: VEM LUISA, DEMOROU!!!! Com certeza a simples presença dela trará mais doações e mais ajuda!


    Direto do blog da Luisa Mell:

    03/12/2008

    tragédia e solidariedade

    Está nos jornais, nas revistas, na televisão. Uma tragédia atingiu Santa Catarina. Como todos vocês, tenho acompanhado esse terrível evento pela mídia. Hoje, acordei com mais uma (depois de tantas) terrível notícia: aproximadamente quarenta cachorros se encontram ilhados, num desamparo total depois das enchentes. Na hora, assustada, fui investigar o assunto. Comecei a ligar para todas as ongs do sul e aos poucos fui entendendo melhor o que está acontecendo. Escrevo esse texto às seis da tarde. Passei o dia inteiro envolvida com esse fato.

    No desespero que só a necessidade de sobrevivência pode gerar em um ser humano, tudo foi deixado para trás. Casas, roupas, toda espécie de pertences, nessas horas, passam a ser secundários. Ao serem resgatadas, as pessoas não puderam levar seus animais. Proibidas pela defesa civil, tiveram que deixar também seus cachorros para trás, sob a alegação de que eles não seriam priorizados nos abrigos, além de poderem trazer doenças para os mesmos.

    Isso é um relato, não um julgamento. Numa hora como essa, é normal que alguns pensem que as pessoas devem ser priorizadas e que os animais não estariam no mesmo lugar de preocupação. Numa hora como essa, é normal que algumas pessoas tenham uma outra compreensão dos bichos e não queiram deixá-los para trás de maneira nenhuma. Num dos telefonemas que dei durante o dia, soube de algumas histórias. De pessoas que não queriam abandonar seus animais por nada; De um senhor que se recusou entrar no helicóptero se seus cachorros não fossem junto. E conseguiu, levar seus cinco cães no bagageiro da aeronave.

    Na medida em que eu me envolvia com a história, telefonava para quem fosse preciso na ânsia de confirmar e checar essas notícias. Falei com a assessoria de imprensa da defesa civil, com ongs de bem estar animal, entre outros profissionais.

    Me chegou a informação de que dez helicópteros estariam parados, mas que a ordem era que eles não fossem utilizados no resgate desses cachorros. Pensei em ir a Santa Catarina. Pensei em usar a força que tenho para fazer alguma coisa por esses bichos. Cheguei a contactar um empresário que me ajudaria, financiando o aluguel de um helicóptero para que eu mesma fizesse o resgate.

    A informação mais recente havia sido da secretaria do Bem Estar animal da prefeitura de Florianópolis. Me disseram que esses animais já teriam sido resgatados, então. Acabei de receber a informação de um protetor dos animais (da Ecosul) de que os bombeiros abriram uma trilha pela mata e conseguiram chegar até esses cachorros, levando alimentos.

    Nesse momento, o que pode ser feito? Ainda penso em ir até lá. Não só para levar medicamentos, mas para levar solidariedade; Essa palavra tão desgastada e distorcida pelo mundo contemporâneo. Mas desde que comecei a me envolver diretamente com essa situação, a solidariedade é um conceito que mais uma vez não me sai da cabeça.

    Sei que para variar, receberei críticas de pessoas mal informadas, que dirão que em um momento desses eu deveria me preocupar com as pessoas e não com os animais. Mas tenho certeza - e essa é absoluta - de que se eu estivesse do outro lado, adoraria - e seria uma grande ajuda para mim - se alguém também se lembrasse dos meus animais.

    Quem puder ajudar também os animais

    Banco do Estado de Santa Catarina-027

    Ag001

    Conta 162.1320

    Ong Instituto Ambiental Ecosul cnpj 04682569/0001-35

    Categoria: Campanhas, Notícias
    Atenção!
    Plágio é crime federal previsto na Lei 9.610/98.
    Conheça a Licença de Uso do blog e saiba o que você pode fazer ou não com os posts do Mãe de Cachorro!

    3 Comentários:

    1. Anonymous disse:

      6 de dezembro de 2008 às 00:04

      VEM LUISA!!!!!!!

      bj
      Li

    2. Kelly Resende disse:

      5 de dezembro de 2008 às 02:14

      Acho maravilhoso que existam pessoas que também pensam nos animais. O que muita gente tem que entender é que uma coisa não exclui a outra, que se preocupar com os animais não exclui se preocupar com as pessoas. Os animais também são vidas que merecem ser salvas e ajudadas!!!

    3. Babi disse:

      4 de dezembro de 2008 às 22:58

      Alguém como a Luisa nessa hora é ótimo para expor o que esta acontecendo com os animais da região. Quem sabe assim as pessoas olhem com mais carinho por eles e ajudem-os.
      Abraços

    Os comentários estão fechados.

  • Arquivo por data

  • Páginas

  • counter for wordpress
  • Assuntos

    Mãe de cachorro também é mãe!

    Todos os direitos reservados